Home Tecnologia Embraer e israelense Elbit formam joint venture no Brasil

Embraer e israelense Elbit formam joint venture no Brasil

292
4

A Embraer Defesa e Segurança e a AEL Sistemas, uma subsidiária da empresa israelense Elbit Systems Ltd., formalizaram uma parceria para a criação de uma nova empresa, Harpia Sistemas S.A., que tem como foco a exploração do mercado de veículos aéreos não-tripulados, denominados de VANT. A Embraer Defesa e Segurança é detentora de 51% do capital social da Harpia, e a AEL 49%.

Com sede em Brasília, Distrito Federal, as atividades da Harpia envolverão marketing, desenvolvimento, integração de sistemas, fabricação, comercialização e suporte pós-venda de VANT, bem como simuladores e atividades de modernização de sistemas aviônicos. A empresa oferecerá soluções mais abrangentes em sistemas complexos, aumentando a oferta de produtos genuinamente brasileiros no mercado de defesa e segurança.

“Entre as diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa (END) estão a busca de parcerias para o desenvolvimento e capacitação tecnológica e a fabricação de produtos de defesa nacionais”, disse Luiz Carlos Aguiar, Presidente da Embraer Defesa e Segurança. “A criação da Harpia está em perfeito alinhamento com a END e será um importante instrumento para atender às necessidades das forças armadas e de segurança, devendo-se também ressaltar o potencial de aplicação dual do VANT e da tecnologia gerada em sua obtenção.”

O executivo da Embraer Rodrigo Fanton, anteriormente dedicado à área de suprimentos, foi designado CEO da nova empresa. Como parte desta parceria, e com o objetivo de participar no processo de transferência de tecnologia para o Brasil, a Embraer Defesa e Segurança fará a aquisição de 25% do capital social da AEL.

“Estamos muito contentes com a decisão da Embraer Defesa e Segurança em investir na AEL e com o estabelecimento desta sociedade, que é prova do alto nível de satisfação e confiança mútua que nossas duas empresas desenvolveram ao longo de muitos anos de cooperação”, disse Shlomo Erez, Presidente da AEL Sistemas.

A AEL foi uma das primeiras fornecedoras de sistemas para o turboélice de treinamento básico Tucano e o caça subsônico AMX, aeronaves fabricadas pela Embraer nas décadas de 1980 e 1990. Atualmente, a empresa fornece o sistema aviônico do turboélice de ataque leve e treinamento avançado Super Tucano, bem como dos caças F-5M, modernizados pela Embraer para a Força Aérea Brasileira (FAB).

Sobre a AEL Sistemas

A AEL Sistemas (www.ael.com.br) é uma empresa brasileira com sede em Porto Alegre. Há mais de duas décadas, dedica-se ao projeto, desenvolvimento, fabricação, manutenção e suporte logístico de produtos eletrônicos, militares e civis, para aplicações em veículos aéreos, marítimos e terrestres, tripulados ou não, e em 2001 tornou-se uma subsidiária da Elbit Systems Ltd., a maior empresa privada fabricante de produtos de defesa de Israel.

BATE-PAPO ONLINE: Converse com outros leitores sobre este e outros assuntos no ‘Xat’ do Poder Aéreo, clicando aqui.

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ricardo_recife
ricardo_recife
8 anos atrás

Essa é uma noticia muito boa. União da Embraer e da AEL vem dando certo a tempos, e agora a coisa vai melhorar muito mais. Pena que a FAB não tem grana para investir pesado nos VANT’s.

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

Eu não sei se fico c/ pena da FAB, ou digo que ela fez por merecer???

Franco Ferreira
Franco Ferreira
8 anos atrás

Mauricio R. disse:
8 de setembro de 2011 às 23:09

Plagiando Você: Todos as acima!!!

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

O que será do Santos Lab, deglutido anteriormente pela Embraer, seu expertise e a parceria c/ a Insitu, o fabricante do Scan Eagle, parte do grupo Boeing???