sexta-feira, maio 27, 2022

Gripen para o Brasil

RAF: Tornados voam a milhão

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres
 
  

Após mais de três décadas de serviço, frota de Tornados da Força Aérea Real atinge a marca de um milhão de horas de voo

 

 

Segundo informe do BFBS (British Forces Broadcast Service), a frota de Tornados da RAF atingiu a marca de um milhão de horas de voo na semana passada. O voo que atingiu esse marco foi realizado por uma aeronave em do Esquadrão 617, que opera atualmente no Afeganistão. O Esquadrão 617 é conhecido como “Dambusters”, devido às missões que desempenhou na Segunda Guerra Mundial (voando bombardeiros quadrimotores Lancaster especializados em ataques a represas).

O primeiro voo de um Tornado da RAF foi realizado em 1979 e, desde então, a frota voou o equivalente a duas idas e voltas da Terra ao Sol. O Tornado também opera atualmente sobre a Líbia e participou das duas Guerras do Golfo, além de operações sobre os Bálcans.

Segundo o Chefe do Estado Maior do Ar, o marechal Sir Stephen Dalton, “o Tornado tem sido usado para negar o uso de pistas de pouso inimigas, atacar sua infraestrutura e equipamentos, aplicar zonas de exclusão aérea e prover apoio aéreo próximo para as tropas no solo. Ele cotinua a ser um avião de combate, vigilância, inteligência e reconhecimento de classe mundial, no Afeganistão e na Líbia.

Sir Stephen Dalton acrescentou que, “por muitos anos ainda, o Tornado dará à RAF a capacidade de poder aéreo rápido e de longo alcance que ela precisa para proteger os interesses da nação, graças ao alcance de suas sofisticadas armas de precisão e seus sensores no estado da arte, além do fato de poder crescer ainda mais nessas capacidades.”

Segundo informe do Ministério da Defesa do Reino Unido sobre a marca atingida pela frota, as aeronaves Tornado da RAF estão atualmente operando em cinco esquadrões de linha de frente. Dois deles, o 12(B) e o 617, estão baseados em Lossiemouth, que também abriga a unidade de conversão operacional, o Esquadrão 15 (R). Na foto logo acima, um Tornado exibe na lateral da fuselagem os brasões de todas as unidades que operam o Tornado na RAF.

No momento, o Esquadrão 617 está desdobrado para operações no Afeganistão e o II(AC) está apoiando a operação sobre a Líbia.  

 
FONTES E FOTOS: BFBS e Mod UKFOTO DO ALTO: RAF
- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luis

Mais de 200 Tornados a seram aposentados da RAF, LW e AM. Daria pra nós “fazermos a festa” com eles, equipando a FAB e a MB (em terra). Precisariam ser modernizados sim, mas ainda têm muitas horas a voar.

Vader

O verdadeiro carregador de piano da RAF, da OTAN, da Desert Storm, etc…

Últimas Notícias

Ucrânia diz ter derrubado mais um caça Su-35 da Rússia sobre a região de Kherson

“Hoje, 27 de maio, por volta das 14h00, um caça MiG-29 da Força Aérea das Forças Armadas da Ucrânia...
- Advertisement -
- Advertisement -