Home Sistemas de Armas Austrália quer comprar 110 AMRAAMs para seus Super Hornets

Austrália quer comprar 110 AMRAAMs para seus Super Hornets

215
10

Aquisição dos mísseis, via FMS, está cotada em 202 milhões de dólares

Na quarta-feira, 2 de junho, a DSCA (Defense Security Cooperation Agency – Agência de Cooperação em Defesa e Segurança dos Estados Unidos)  notificou o Congresso dos EUA sobre uma possível venda de 110 AIM-120C-7 Advanced Medium-Range Air-to-Air Missiles (AMRAAM) à Austrália, além de equipamentos e serviços associados. O valor estimado da compra, via FMS (Foreign Military Sale – venda de material militar ao estrangeiro) é de 202 milhões de dólares.

A requisição do Governo da Austrália inclui, além desses 110 mísseis do tipo BVR (Beyond Visual Range – além do alcance visual), 10 AIM-120C-7 Air Vehicle-Instrumented (veículo aéreo instrumentado), 16 AIM-120C-7 Captive Air Training Missiles (mísseis cativos de treinamento aéreo), contêineres, equipamentos de apoio ao sistema de armas, equipamentos de teste, transporte, reparo, garantias, peças sobressalentes, publicações, treinamento de pessoal, serviços de apoio técnico entre outros detalhes.

O objetivo da Austrália é uma compra via FMS que apoie a aquisição, integração e introdução em serviço do sistema AIM-120C-7 para suas aeronaves F/A-18F, de modo a complementar o programa desses caças. A fase 1 do chamado Projeto AIR 5359 permitiu a aquisição dos F/A-18 Block II e a fase 2 está relacionada à aquisição de armamentos.

FONTE: DSCA

FOTOS: Ministério da Defesa da Austrália e Raytheon

10
Deixe um comentário

avatar
10 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
joseboscojrVassiliNickWagnerVader Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
edcreek
Visitante
edcreek

Olá,

Vamos as contas de padaria do Vader:

Temos um total de 136 por 202 milhões isso da um valor de US$ 1.4 milhão por unidade de missil….

A França em 2001 comprou 1537 misseis Mica por 854 milhões isso dá um US$ 555 mil a unidade.

Ou seja com o preço cobrado pelos Americanos, poderiamos comprar 3 misseis Mica, ainda ontem diziam que o Mica era caro…..

Qualidade não se discute, preço não é tudo…..

Abraços,

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Comparem o número de mísseis e caças da matéria com a proposta para o Brasil

Para 36 caças (F-X2) foram oferecidos apenas 28 mísseis.

edcreek
Visitante
edcreek

Olá,

Verdade Poggio bem lembrado o numero oferecido de 28 misseis era uma piada de muito mal gosto……..

Abraços,

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Como se o Mica RF tivesse a mesma capacidade, que o Slammer tem hoje e a zona do Euro não tivesse inflação.

Mas…

OFF TOPIC…

…mas nem tanto, pois tem a ver c/ as razões da desclassifição do F-16 e do F-18, no MMRCA:

(http://livefist.blogspot.com/2011/06/new-light-on-why-india-rejected-f-16-fa.html)

Vader
Visitante

edcreek disse: 3 de junho de 2011 às 15:08 “A França em 2001 comprou 1537 misseis Mica por 854 milhões isso dá um US$ 555 mil a unidade” Teria a fonte oficial de tal aquisição caro Edcreek? É que não encontrei tal aquisição nas minhas fontes preferidas e, como sou fanático por contas (rsrs), queria ver se você não cometeu o inacreditável erro de deixar de converter os valores de euro para dólar… 🙂 No mais, estou com o Maurício: o MICA não chega nem perto da capacidade do AIM-120, e esses valores postados são de 2005. Ademais, a compra… Read more »

Wagner
Visitante
Member
Wagner

Igualzinho ao Brasil, faz mais de 30 anos que desenvolve o Piranha e sequer temos misseis para equipar a FAB inteira…

Nick
Visitante
Member
Nick

Esse off topic do Mauricio R. merece ser um tópico 🙂

Se lerem sobre os “motivos técnicos” da desclassificação do F-18 E verão que no mínimo é estranho, é estranho….

[]’s

Vassili
Visitante
Vassili

110 AIM-120 C7 mais logística por 202 milhões de dólares……… um preço que eu considero “realista”.

Agora, tentam me fazer acreditar que o atual modelo do Tomahawk custa “apenas” 750 mil dólares a unidade, rsrsrsrsrsrssss…… conta outra, pq essa num cola.

abraços.

Vader
Visitante

Vassili disse:
4 de junho de 2011 às 14:18

É a escala Vassili…

joseboscojr
Visitante
Member
joseboscojr

Grande Lorde do Lado Negro,
Apesar da escala eu também não creio que um Tomahawk saia por menos de 2 milhões de doletas a unidade, sem “opcionais”, independente do que consta no site da USN.
A unidade do Amraam C-7 deve ficar na casa dos 500.000 a 700.000 dólares.
Só pra comparação um Javelin custa uns 80.000 dólares e o TOW uns 20.000 dólares,por isso que o último irá continuar a ser fabricado pelo menos até 2020, apesar de ser tecnologicamente defasado, embora adequado para operações assimétricas.