quarta-feira, janeiro 26, 2022

Gripen para o Brasil

Rafale ‘stealth’, made in Argentina

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Calma: antes que você pense que a Argentina está desenvolvendo uma versão furtiva do Rafale, avisamos que o ‘made in’ do título se refere à pessoa que criou as imagens: Buitreaux, que no Key Publishing Aviation Forum se apresenta como proveniente da Argentina e que optou por deixar as aeronaves com as cores do nosso vizinho.

As imagens já apareceram nos sites Livefist e Rafale News, que chamaram a atenção para a cauda dupla inclinada e os pods de armas com desenho furtivo.

IMAGENS: Buitreaux

Colaborou: Maurício R

- Advertisement -

11 Comments

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Em uma palavra?

H O R R Í V E L !!!

Giordani RS

Pelo andar da carruagem(ou será do Aerodilma?) é mais fácil los hermanos reaparelharem(sic!!!!) seu museu aéreo chamado FAA do que o “efexisdohell” ser finalizado…

Observador

Ficou um misto de Rafale e F-18 “Silent Hornet”.

Só queria saber que solução ele adotou para esconder aquela sonda de reabastecimento horrível do Rafale.

Mas, olhando pela ótica de um argentino, é o sonho deles: um caça com um bom nível de furtividade e boa autonomia.

Ideal para invadir as Malvinas.

Renato Oliveira

É bom eles esquecerem das Falklands, ainda mais agora, com EF-2000 por lá… 😉

Baschera

Stealth ???? Aonde ??

Só se for sem os cabides das asas e o ventral.

Sds.

Nick

Sinceramente, gostei da solução 🙂

Não é 100% 5ªG, mas seria uma evolução em relação ao que existe. Só acrescentaria um espaçamento maior entre os motores, para poder acomodar mais combustível e uma baia interna.

[]’s

joseboscojr

A tecnologia furtiva está evoluindo muito e o que era verdade há uns 5 anos atrás já pode não ser hoje. Um exemplo é a necessidade de angular os estabilizadores verticais para se reduzir o RCS lateral. O Silent Eagle não usará desse artifício. A angulação reduz o RCS lateral mas como obriga a usarem dois estabilizadores, em teoria aumenta o frontal. Sendo possível atingir um RCS lateral ideal, sem angular o dito cujo, tudo fica mais facilitado. Também ao que parece, num futuro próximo, não haverá necessidade de baias internas já que os suportes subalares usaram depósitos furtivos ou… Read more »

Nick

Caro Bosco, será?

Acho que as derivas duplas inclinadas em V ainda é solução, mas o objetivo mesmo é eliminar essas derivas, como por exemplo o B2, os UCAVs X-45 e X-47 e a proposta do F-XX da Boeing para a USNavy.

Essa solução de usar casulos me parece mais um quebra-galho 🙂

[]’s

Tadeu Mendes

Amigos, Nao sou contra o uso de jargao militar. O problema para mim e que o meu jargao (em minha memoria) esta todo em ingles, porque aprendi aqui. Quado voces se referem por exemplo a “cabide furtivo” , subentendo que isso deve equivaler a stealth pilon. Certo?? Claro que o site esta em portugues, mas sera que nao poderiam criar um glossario desses termos e acronimos com equivalencia em ingles??? Eu nao quero parecer descortez por usar termos em ingles. O uso de termos especificos e acronimos, faz parte da comunicacao entre as pessoas que trabalham ou pesquisam uma mesma… Read more »

joseboscojr

Nick, Sem dúvida nenhum estabilizador é melhor que um ou dois (inclinados ou não). Quanto aos casulos furtivos, além dos quebra galho em desenvolvimento, para ser uma solução até no T-50, que inegavelmente será um legítimo caça de 5ªG. Agora, sem dúvida há uma série de vantagens (aerodinâmicas e em relação ao RCS) em se ter e usar apenas compartimentos internos, mas creio que tanques conformais, compartimentos de armas conformais e esses casulos irão alcançar um nível aceitável de furtividade. Tadeu, Boa idéia essa do glossário. Agora, não vai dar pra por tudo lá. E só de curiosidade, já fui… Read more »

LuppusFurius

Jose Bosco Jr
Acho importante os termos técnicos.Mesmo ” voando muito alto” pois nós aprendemos coisas novas.Este é o prazer do conhecimento, não?
Saudações
Lobo (LuppusFurius)

Últimas Notícias

Embraer conclui com sucesso reintegração do negócio de Aviação Comercial

São José dos Campos, 26 de janeiro de 2022 - A Embraer concluiu com sucesso a reintegração dos principais...
- Advertisement -
- Advertisement -