sexta-feira, setembro 24, 2021

Gripen para o Brasil

E-Jet da Azul voará com querosene de cana

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A pista experimental da Embraer em Gavião Peixoto, na região de Ribeirão, servirá de palco para a decolagem do primeiro avião abastecido com bioquerosene de cana.

O projeto é desenvolvido em uma parceria entre Embraer, Azul Linhas Aéreas, Amyris e GE. O teste está programado para ocorrer no primeiro semestre de 2012.

O bioquerosene de pinhão já foi testado em voo da TAM, mas até hoje, segundo a Embraer, nenhuma experiência foi feita com a cana, principal matéria-prima para biocombustíveis no país.

O diretor de estratégias e tecnologias para o meio ambiente da Embraer, Guilherme de Almeida Freire, disse que o objetivo é desenvolver um combustível sustentável que possibilite o voo sem modificações nos aviões.

Ele disse que a fabricação do querosene de cana-de-açúcar utiliza um processo de fermentação “primo”, ou semelhante, ao usado na produção do etanol voltado para carros.

O voo inaugural da novidade será em um avião da Azul Linhas Aéreas.

FONTE: Folha Ribeirão

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo

O Brasil, segue como referência em combustíveis alternativos.

É triste ver o (des)Governo se concentrar mais no complicado pré-sal do que investir pesado em novos combustíveis e em motores para eles.

Já perceberam que os “nossos” carros Flex, usam tão e somente só tecnologia estrangeira?

Leonardo

Deveria haver uma política mais abrangente para essa questão, pois o Brasil criou um dos maiores programas de combustível renováveis do mundo, desenvolveu o carro flex e aumentou a quantidade de etanol adicionada à gasolina, no entanto, continuamos extremamente dependentes das intempéries do mercado mundial de petróleo, quanto ao pré-sal, acho bastante viável o investimento, o problema é a forma que vão ser utilizado os recursos obtidos com ele, faltam pesquisas, faltam cientistas nesse país, e para um país tornar-se desenvolvido isso é primordial.

Observador

Inovação é ter um presidente movido à cana.

Isto sim, é uma baita referência.

Últimas Notícias

FOTOS: J-16D com novos pods de guerra/interferência eletrônica

Foram divulgadas mais fotos do Shenyang J-16D, versão de guerra eletrônica do caça multimissão J-16 da Força Aérea de...
- Advertisement -
- Advertisement -