sexta-feira, janeiro 28, 2022

Gripen para o Brasil

Prefeito discorda sobre falta de dinheiro para comprar caças

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

 

O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), discordou das declarações do ministro da Fazenda, Guido Mantega, de que não há dinheiro para comprar os 36 caças da Força Aérea Brasileira (FAB), no projeto chamado de FX-2. “Isso é um subterfúgio. Pelo que sei, o Brasil só deve começar a pagar (os caças) em 2016 ou 2018.”

Segundo Marinho, não se justifica o fato de o negócio não ser fechado por questões financeiras do ano corrente. “A declaração do ministro Guido, com todo respeito, não tem fundamento. A não ser que o país tenha problema de caixa nos próximos anos.”

A sueca Saab, a francesa Dassault e a norte-americana Boeing disputam a concorrência, e as duas primeiras pro­meteram investimentos na cidade. Existe a possibilidade de Marinho visitar a Boeing. “Estou aguardando. Fizeram o convite e disse que estou à disposição.”

FONTE: Diário Regional

COLABOROU: DrCockroach

- Advertisement -

17 Comments

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

É bom mesmo o Marinho jogar a caca no ventilador. Tirando o defenestrado Jobim, é o único político brasileiro que se levantou contra a desculpa esfarrapada do “não tem dinheiro esse ano”.

Vader

A propósito: CADÊ A OPOSIÇÃO?

Como diria Zeca Pagodinho “Nunca vi nem cumi, eu só ouço falar”

É triste a situação do Brasil…

tplayer

E tinha gente aqui falando que o Marinho não trazia nada de relevante para o F-X2. Felizmente ele meio que está sendo “nossa” voz no projeto.

Rodrigo

Fale por você…

Este cidadão devia é se preocupar com as chuvas na cidade dele, isto sim.

É mais um leigo com interesses próprios se metendo no processo, vocês gostam dele porque ele diz o que vocês gostariam de ler.

Observador

Isto é que é fogo amigo! No Brasil, cada vez mais a oposição é aliada e os aliados são oposição. Se alguém ainda não sabe, saiu o resultado do PIB brasileiro. Já é maior que o da França e o do Reino Unido. Isto apenas demonstra a incompetência a e a falência do Estado Brasileiro. Isto serve para todas as áreas, mas vamos nos ater ao que interessa aqui: as nossas forças armadas. Virou uma piada o nosso investimento em defesa. O Marinho disse apenas a verdade que todos conhecem. E não se enganem: este corte anunciado é para otário… Read more »

Grifo

Olha o helicóptero e o submarino dos amigos do Jobim subindo o telhado:

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,gasto-de-r-339-bi-deixado-por-lula-por-ser-cancelado,687052,0.htm

A ministra Miriam Belchior (Planejamento) já orientou seus colegas de Esplanada a selecionar despesas contratadas pelo governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que não serão honradas pela sucessora Dilma Rousseff. Levantamento do jornal O Estado de S. Paulo indica que o cancelamento de contratos pode alcançar R$ 33,9 bilhões, valor equivalente ao custo estimado do polêmico trem-bala entre São Paulo e Rio de Janeiro.

Guilherme Poggio

Grifo disse:

Olha o helicóptero e o submarino dos amigos do Jobim subindo o telhado

O problema da marinha não é na CONFORSUB. Esta até que opera meios eficientes e, em comparação com o resto da esquadra, muito mais novos.

O problema dela é mais em cima. Mais precisamente na superfície. O grosso das escoltas está perto de completar 40 anos e não há uma luz no final do túnel. A FORMINVAR está três gerações atrasada. ApLog então nem dá para comentar. Mas tudo isso é assunto para outro fórum, certo?

Observador

Completando:

E a posição da FAB sobre isto tudo? O que será? Na Líbia, os pilotos preferiram destruir seus aviões e desertar a atacar a população.

Os comandantes das FAs deveriam vir a público denunciar o que está ocorrendo. Ou vão continuar a respeitar a hierarquia quando esta é danosa aos interesses nacionais?

O silêncio dos militares serve ao governo do PT, não serve ao país.

Observador

à propósito:

http://g1.globo.com/economia/noticia/2011/03/dado-preliminar-indica-que-brasil-ultrapassou-franca-e-reino-unido.html

Isto é a prova da falência dos governos de esquerda. Dinheiro há, mais é desperdiçado.

Ou faz algum sentido termos o PIB do Reino Unido e uma FAB menos capaz que a força aérea de Portugal, por exemplo?

ZE

Eu JURO que se o contrato “muy amigo” daquelas porcarias de helicópteros for cancelado, eu subo as escadarias da Igreja da Penha de JOELHOS.

E olha que eu sou ateu !!!!!!!!

[ ]s

Rodrigo

Grifo, o EC725 já caiu….

Falta só pegarem uma vassoura varrer os cacos, colocar no Antonov e mandar de volta.

Wagner

ZE

Sempre haverá tempo para uma conversão !! ah ah ah !!!!

Grifo

Oi Poggio, o tema da notícia era o cancelamento de contratos já assinados, por isso mencionei os submarinos.

Eu não sei nada sobre as necessidades da MB, mas se o problema principal são as escoltas e não os submarinos, porque ela priorizou comprar quatro submarinos convencionais Scorpene ao invés de gastar esse dinheiro com as escoltas?

Ok, respostas para o outro fórum…

Justin Case

Grifo, boa tarde.

Pensei que o Governo só pudesse firmar qualquer contrato se houvesse recursos financeiros já alocados.
Como chegar depois e cancelar um contrato por falta de recursos?
Sei que para contratos plurianuais a situação é mais complexa, mas, no fim, não é uma incongruência?
Abraços,

Justin

DrCockroach

– “Isso é um subterfúgio. Pelo que sei, o Brasil só deve começar a pagar (os caças) em 2016 ou 2018.” -“A declaração do ministro Guido, com todo respeito, não tem fundamento. A não ser que o país tenha problema de caixa nos próximos anos.” Mais uma vez o Marinho surge p/ falar verdades, o unico a fazer um contra-ponto a este non-sense do nao haver dinheiro. Parabens ao MArinho pela coragem de contradizer os Ministros do GF,jah que oposicaonao existe aqui; – Dinheiro existe,pois este tipo de compras sao pagas, depois de todas as indas e vindas contabeis, com… Read more »

Grifo

Pensei que o Governo só pudesse firmar qualquer contrato se houvesse recursos financeiros já alocados.

Caro Justin Case, isto seguramente não é verdade em contratos multi-anuais, dado que o orçamento é anual. A cada ano os recursos tem que ser alocados pelo Congresso.

Como chegar depois e cancelar um contrato por falta de recursos?

Todo contrato pode ser cancelado unilateralmente. Pagam-se as multas contratuais previstas e pronto.

Eu não sei se o contrato do EC-725 vai ser cancelado. Mas se o governo quiser fazer isso, pode tranquilamente fazê-lo.

DrCockroach

Vcs perceberam que quando o NJ fala que os recursos somente serao pagos depois do contrato assinado (2012) ele se refere a uma proposta sem carencia; mais uma vez evidente que ele tem somente o Rafale na cabeca…

Quando me refiro a uma carta aberta dos oficiais da reserva da FAB, nao me refiro em especifico ao JC (Just Guessing… 8) ), pois poderah defender a opcao Rafale… 🙂

[]s!

Últimas Notícias

AFA realiza primeiro voo de instrução com Cadetes no T-27M

O primeiro voo de instrução da Turma Anúbis, do 4º Esquadrão do Corpo de Cadetes da Aeronáutica (CCAer), aconteceu...
- Advertisement -
- Advertisement -