domingo, julho 3, 2022

Gripen para o Brasil

300! … no chão

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Na pista

Tiago Pariz e Leonardo Santos

Enquanto a novela da compra dos caças de última geração para a Força Aérea Brasileira (FAB) continua, estão sem condições de voar, por falta de peças e dinheiro para revisão, cerca de 300 aeronaves.

FONTE: Diário de Pernambuco, via Notimp

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick

Segundo o Air Forces 2010, a FAB tem quase 600 aeronaves, contando tudo. 300 aeronaves no chão significa 50% de disponibilidade. Não parece muito, embora o ideal seja em torno de 60 a 70%.

[]’s

tplayer

Não sei se isso é tão alarmante, como o Nick disse uma disponibilidade boa seria algo em torno de 60% a 70%.

Grande parte dessas aeronaves devem ser bastante defasadas, por isso já nem compensa mante-las no ar.

Rodrigo

O principal problema é o quanto demoraria, para estas células voltarem a condição de vôo e o custo disto.

Se pegarmos no GDA, com 12 células.

Teríamos 7 disponíveis, duas para o alerta e cinco para missões.

Com os dois bipostos bipistos disponíveis, teríamos apenas 3 aviões monopostos para combate.

Não me parece um nro bom.

Samuel B. Pysklyvicz "Jaguar"

Ta complicado

Baschera

Aviões na chon não ser bão, zalim….

Como sempre diz meu amigo Juarez Castro…. “ter não significa manter e operar”…. que é o que importa.

Já segundo o GlobalFirepower, a FAB teria em seu inventário, embora os dados sejam notóriamente defasados (de 2003), 1272 aeronaves, mais 372 hélicopteros….

Mas, se os números são díspares, já foram até piores… lembro que no final do governo FHC, o número de aeronaves paradas por falta de condições e/ou materiais sobreçalentes era acima de 500….

Enfim, sai sapo, entra perereca….. continuamos uma meleca !!

Sds.

Tadeu Mendes

300 “grounded” aeronaves nao significa 300 cacas, de um total de 600 cacas. Rsrsrsrsrs.

Quem dera tivessemo pelo menos 300 cacas operacionais, e outros 300 necessitando de manutencao.

Ai sim daria para sentir orgulho.

Mas me parece essas aeronaves em terra, deve ser um monte de ferro velho (T-6, Bandeirantes, Xavante, Gloster Meteor, 14 Bis) que nem da para recauchutar.

Manda toda essa lata velha para a Bolivia e conversemos com a Embraer sobre construir uma nova geracao de avioes para a FAB.

Últimas Notícias

Marinha e Força Aérea dos EUA testam novo míssil de microondas de alta potência

ALBUQUERQUE, N.M. - Os laboratórios de pesquisa da Marinha e da Força Aérea dos EUA estão encerrando um esforço...
- Advertisement -
- Advertisement -