quinta-feira, abril 15, 2021

Gripen para o Brasil

Adiada compra de Super Tucanos por El Salvador, segundo site

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Segundo notícia divulgada pelo site defensa.com na última sexta -feira, 4 de fevereiro, foram “derrubados, antes de voar, os Super Tucanos salvadorenhos.” O presidente Mauricio Funes declarou que não comprará os Embraer EMB-314 Super Tucano no momento devido a outras necessidades do país. A nota do presidente causou grande controvérsia, segundo o site.

Em declarações à imprensa local, Funes disse que o dinheiro para esses aviões não está incluído no orçamento ordinário e que seria necessário encontrar alguma forma de financiamento com o Ministro da Fazenda. “O Banco Nacional de Desenvolvimento Social fornece crédito sob condições preferenciais que outros bancos não dão, com taxas de juros mais baixas e prazos mais longos. Mas temos que estudar”, disse o Presidente ao Canal 21.

Tratando sobre operações de segurança nacional, o presidente afirmou que a ajuda brasileira seria bem-vinda, e poderia se materializar em blindados revitalizados, como os EE9 e EE11, assim como modelos novos Guará. Citou ainda a possibilidade de se pensar em aviões EMB-312 revitalizados, provenientes da FAB  no lugar dos modernos AT-29. 

Os cinco A-37B operacionais em El Salvador, com mais de 40 anos, estão completamente obsoletos e mesmo de operação insegura, e o Presidente assegurou que o país precisa modernizar seu equipamento aéreo. Parte do problema e resistência à aquisição dos AT-29, além do custo, é o “namoro do povo salvadorenho com helicópteros”. Mas até que se faça uma auditoria completa dos programas de aquisições das Forças Armadas do país nos últimos 11 anos, talvez não seja conveniente seu reforço com fundos nacionais.

Entre outras controvércias estava o uso dos AT-29 em operações de monitoramento do narcotráfico em apoio à FOB  Comalapa, do Governo dos Estados Unidos. Há sugestões de que os EUA proporcionem os meios para tanto, como aviões Air Tractor AT-802U, se possível sob o programa CARSI, assim como a recuperação dos BT-67 que se encontran à espera de peças de reposição e a conversão de pelo menos dois C-47 adicionais. Nesse mesmo contexto, poderia se implementar o programa UAV salvadorenho.

FONTE: defensa.com – tradução, edição e adaptação: Poder Aéreo

COLABOROU: Baschera

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.

Não foi a Guatemala que adquiriu alguns EMB-312F ex-AdA, reformados na própria França por uma empresa local???

Combates Aéreos

Pilotos de Gripen tailandeses aprenderam com a derrota para os J-11

O motivo da derrota dos Gripen JAS39C da Tailândia nos dogfights do exercício Falcon Strike 2015 com caças J-11...
- Advertisement -
- Advertisement -