quinta-feira, maio 6, 2021

Gripen para o Brasil

Mirage III: corrigindo as falhas do projeto

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

(…) À noite, eu acordava e o via entre os cobertores , submerso nos livros e enchendo cadernos com desenhos e gráficos. Ainda não havia computadores eletrônicos, mas o talento natural de Efraim em matemática era tão grande que, após alguns anos, ele descobriu, de posse apenas de papel e lápis, um erro de cálculo cometido pelos engenheiros franceses que construíram a mira da arma do Mirage e o corrigiu. Esse foi um fato histórico: até então os Mirages – que substituíram os Super Miystères como aviões de caça – não haviam conseguido atingir suas metas. Seus projéties voavam no ar sabe-se lá para onde, e os MiGs voltavam para casa sãos e salvos. Somente depois que foi consertado o erro nos cálculos da mira da arma, o Mirage se tornou assassino. Se Yaque nos ensinou a todos como alcançar a posição de disparo, foi Efraim quem possibilitou que todos os nossos projéteisatingissem a meta. É impossível estimar o valor da contribuição desses dois homens extraordinários com o fato de que a Força Aérea israelense derrubou centenas de MiGs nos vinte anos depois disso.(…)

Iftach Spertor, piloto da Força Aérea Israelense em “Ram u-varur” (Alto e Bom Som).

Previous articleEntregue 11º C-40A para a USN
Next articleDiminuiu?
- Advertisement -

19 Comments

Subscribe
Notify of
guest
19 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo

Esta é mais uma para a galeria do Ser Francês é:

Entregar o produto sem testar direito.

Grifo

Ser Francês é:

Entregar o produto sem testar direito.

E depois cobrar uma fortuna para consertar. Lá na França.

Rogério

Ser Francês é:

Entregar o produto sem testar direito

============================================

Rodrigo e Grifo, quanta maldade, rssss.

http://www.youtube.com/watch?v=5Cqix9b9uKc&feature=related

[]s

Justin Case

Amigos,

Acho que a decepção com a indecisão do Governo fez o nível dos comentários despencar.
Uma pena.
Abraços,

Justin

Rodrigo

Justin Case disse:
1 de fevereiro de 2011 às 20:54

Então suba o nível por favor.

Estou desesperado para ver algo seu que eleve o nível do nosso tão rasteiro bate-papo.

Tadeu Mendes

Amigos, Quando vejo essas fotos dos Mirage da gloriosa Forca Aerea de Israel, me da nostalgia. Aqueles cacas com cockpit analogico e fuselagem de aluminio. Foi realmente uma era romantica na aviacao de caca. Alguem se surpreende que um judeu tenha corrigido um defeito gravissimo e uma aeronave, que para a epoca, estava entre as 3 ou 4 melhores do mundo??? Entao pasmen…porque para aqueles que nao sabem, foram os fisicos judeus que realcularam as cargas das lentes implosivas da bomba atomica francesa. Os franceses ja tinham o dominio de todo o ciclo de enriquecimento do Uranio, mas suas ogivas… Read more »

Tadeu Mendes

Iftach Spector foi um az e um heroi da forca aerea israelense. Eu recomendaria a leitura do livro de sua autoria: Loud and Clear.

Para aqueles que amam aaviacao de caca e se deleiltam com as taticas da IAF, esse livro e para estar na cabeceira da cama.

Esse livro e para ser lido nas noites chuvosas do Brasil, ou durante as tempestades de neve por aqui. Rsrsrsrs.

.

Mauricio R.

Interessante, mas aonde esse cara aí estava qndo trocaram a Atar pela J-79, p/ fazer o Kfir e não perceberam que o cg da aeronave ficou mto atrás???

Grifo

Caro Justin Case, desculpe ter ofendido a sensibilidade dos franceses, tanto os de fato quanto os de espírito.

Justin Case

Grifo e Rodrigo,

Desculpem pelo mau jeito no último comentário.
Eu estava de mau humor e identifiquei generalização absurda contra a capacidade da indústria de defesa francesa.
Isso ocorre frequentemente nos comentários gerais, mas não é comum partindo de quem conhece e tem credibilidade.
Os franceses tem a segunda indústria de defesa mais desenvolvida, são potência nuclear e no setor aeroespacial.
Os comentários “entregar sem testar” e “para cobrar o reparo depois” para mim soaram inesperados para o padrão Rodrigo/Grifo.
Desculpem pela crítica que eu não tinha o direito de fazer.
Abraços,

Justin

Grifo

Caro Justin Case, acho que faltou deixar claro no meu comentário que se tratava de uma piada (ou pelo menos de uma tentativa de), e foi assim que eu vi também o comentário do Rodrigo.

Todo mundo aqui sabe que o Mirage III foi um excelente avião, e dizer o contrário seria passar um atestado de ignorância.

Rodrigo

Só o que me faltava agora, sou eu não pode falar o que eu quero, independente de ser piada ou não, para não ofender a sensibilidade afetada de fanboy.

Isto vale para qualquer nacionalidade, porém normalmente os franceses são mais lembrados porque as agadas e furadas vindas da França são mais corriqueiras.

Tadeu Mendes

Caro Poggio,

Foi ele memso quem disparou seu canhao 30 mm. contra o USS. Liberty. O cara tem culhao meu amigo.

Mas para ele, naquele exato momento, a seguranca do Estado de Israel estava acima de qualquer Nacao.

Ha quem diga que os disparos feitos contra o USS Liberty, foi uma decisao baseada na possibilidade de que tal navio fosse realmente russo (ainda que ostentando bandeira americana).

[]s

Renato Oliveira

Primeiramente, liberdade de opinião, desde que se respeitem os limites. Piadinhas sem ‘pecados’ como incitação e racismo fazem parte de qualquer blog, e aqui não seria diferente. O avião ser entregue sem que a mira esteja perfeitamente ajustada, realmente, é imperdoável. E foi um grande feito da IAF corrigir o erro, o que se mostrou vital nas guerras contra os árabes. Quando ao J-79 x Atar, foi simples pra IAF decidir. O J-79 desenvolve muito mais empuxo que o Atar, cerca de 1 – 2 toneladas a mais, com dimensões semelhantes, mais o fato que os EUA forneceriam J-79 à… Read more »

Mauricio R.

“…e acrescentou aletas Canard, então uma novidade, gerando…”

Na verdade a adição dos “canards” foi a gambiarra que corrigiu em parte, o deslocamento do cg p/ trás, devido a instalação da turbina J-79.
Que é mais curta e pesada que a turbina francesa Atar, apesar de mais potente e econômica.

Argos Carreiro

Gambiarra é feio. Melhor dizer “recurso técnico”! 😁

Reportagens especiais

As chances do Gripen ao redor do planeta

E como isso poderá ser benéfico para o Brasil Por Guilherme Poggio (colaborou: Fernando "Nunão" De Martini) Em matéria anterior eu mencionei...
- Advertisement -
- Advertisement -