sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

Batalha da Grã-Bretanha – 15 de setembro

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O 15 de setembro de 1940 ficou marcado como a data decisiva da Batalha da Inglaterra. A Luftwaffe reuniu todas as aeronaves que podia e executou dois gigantescos “raids” contra a Inglaterra.A RAF não ficou atrás e colocou todas as aeronaves do 11 Grupo no ar.

Os combates aéreas duraram o dia inteiro. Sobre os céus da capital Londres era possível ver inúmeras aeronaves enfrentando-se em combates encarniçados. No balanço final os alemães perderam 60 aeronaves (algumas fontes dão números mais modestos) e a RAF teve 26 caças abatidos.

Dois dias depois o fracasso do ataque levou Hitler a suspender a invasão terrestre e a Operação “Sea Lion” foi adiada. Somente em 12 de outubro de 1940 a invasão foi formalmente adiada para “quando a campanha russa estivesse encerrada”.

- Advertisement -

37 Comments

Subscribe
Notify of
guest
37 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Colt

Segue um site muito interessante da RAF sobre a batalha, com muita info, mapas e alguns vídeos.

http://www.raf.mod.uk/bob1940/index.html

Fábio Mayer

A sorte da humanidade é que Hitler ela doido e megalomaníaco e Goering era burro. Porque se eles não tivessem atacado a URSS, provavelmente teriam vencido a Inglaterra no mais ou no menos tempo, com a chancela de Stalin e seu pacto criminoso de não agressão.

Essa batalha foi uma das mais belas páginas da história da humanidade, impediu um regime mundial de terror baseado em ciência deturpada.

“Nunca tanto, na história dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos”.

Fábio Mayer

E tanto é que Churchill conta em seu Memórias da II Guerra, que quando soube do ataque à URSS, exclamou: vencemos!

airacobra

operação “sea lord” ???

operation sea lion ou Operation Seelöwe

é o correto não?

Guilherme Poggio

Grato pela correção airacobra.
O texto já foi modificado.

Rique

Quem definiu a segunda guerra foi Stalingrado e a derrota da maior força conjugada terrestre e aérea de todas as guerras.Alemães perderam mais divisões do que possuíam na Europa Ocidental e norte d´ África.Batalhas aéreas produzem efeitos plásticos mas não são decisivas.

Black Hawk

putz … o Hitler foi muito kamikaze!!!! atacar a URSS !!! po foi suicido atacar a URSS e lutar em duas frentes!!! ao leste enfrentar os EUA,inglaterra e frança, ao oeste a URSS… se o Hitler nao tivesse atacado a urss e concentrado todos ses esforços de guerra na lado ocidental da europa ixxi… TINHA DETONADO!!! a RAF tava cansada, a frança ja tinha caido e os eua passaram sufoco pra invadir a frança. na urss hitler mandou suas melhores divisoes de infantaria,tanques e aviaçao de caça. se eles tivesse colocado essas tropa na franca afim de conter a invasao… Read more »

Hkozamek

Estive em londres a um mes atras e pude constatar quantos monumentos espalhados pela cidade existe em homenagem aos que morreram defendendo sua patria em ambas as guerras, o sentimento de gratidão e muito forte por lá.

Caso os editores queiram posso enviar algumas fotos tiradas do Imperial War Museum e do Churchil War rooms.

“1940 Britain’s finest Hour”

NOTA DOS EDITORES:
PODE MANDAR SIM, HKOZAMEK, PARA OS E-MAILS QUE ESTÃO NA PÁGINA PRINCIPAL.

ZE

Os homens públicos deveriam se inspirar nas sábias palavras de Churchill:

“I have nothing to offer but blood, toil, tears and sweat.”

[ ]s

AceCombat

Hittler não era sou louco era um ocultista por isso ele acreditava que poderia invadir qualquer nação, invadir a Rússia foi inflar demais seu ego seus descendentes históricos Ivan o terrível, Pedro o Grande não iriam permitir isso.

Dalton

“E tanto é que Churchill conta em seu Memórias da II Guerra, que quando soube do ataque à URSS, exclamou: vencemos!”

Fábio !

Na verdade Churchill referiu-se ao ataque a Pearl Harbor…

“To have the United States at our side was to me the greatest joy. Now at
this very moment I knew the United States was in the war, up to the neck and in to the death. So we had won after all!…Hitler’s fate was sealed.”

Winston Churchill

abs

Mauricio R.

“A sorte da humanidade é que Hitler ela doido e megalomaníaco e Goering era burro. Porque se eles não tivessem atacado a URSS,…” Penso cá c/ meus botões, que na verdade a Batalha da Grã Bretanha já estava decidida antes até de começar. Foi qndo Hitler cedeu as amolações de Goering, p/ trocar os panzer pela Luftwaffe, em Dunquerque. Os alemães nunca lograram estabelecer supremacia aérea sobre a cabeça de praia e incorreram em grandes perdas de aeronaves e tripulações, que mais tarde fizeram falta. Não que a RAF tenha saido ilesa dessa briga, mas estava em mto melhores condições… Read more »

Yluss

Tenho profunda gratidão pelos homens e mulheres que morreram para deter Hitler…. Hail Aliados!!!

Uma pena que na adolescência dei fim à fantastica coleção de quase 100 facículos com nome “A 2a Guerra Mundial” , se não me engano. Era detalhada e ilustrada tão bem como os atuais infográficos das revistas atuais 🙁

Dalton

Fantastica realmente Yluss…na verdade 132 fasciculos, comprei de segunda mão encadernada e livrei-me dos fasciculos avulsos que tinha…apesar da idade, alguns erros e alguma desatualização, continua sendo muito útil especialmente pelas fotos.

abs

Ze Carlos

Black Hawk disse: “putz … o Hitler foi muito kamikaze!!!! atacar a URSS !!! po foi suicido atacar a URSS e lutar em duas frentes!!! ao leste enfrentar os EUA,inglaterra e frança, ao oeste a URSS… se o Hitler nao tivesse atacado a urss e concentrado todos ses esforços de guerra na lado ocidental da europa ixxi… TINHA DETONADO!!! a RAF tava cansada, a frança ja tinha caido e os eua passaram sufoco pra invadir a frança. na urss hitler mandou suas melhores divisoes de infantaria,tanques e aviaçao de caça. se eles tivesse colocado essas tropa na franca afim de… Read more »

Giordani RS

A história realmente é contada pelos vencedores. Quando a Alemanha invadiu a Polônia, França e Inglaterra declararam-lhe Guerra. Quando a URSS invadiu a Polônia, juntamente com a Alemanha, ficaram quietos… Realmente, a NÃO queda da Inglaterra inviabilizou o futuro da alemanha. Quanto a Operação Barbarossa, era inevitável a campanha para o leste, pois a máquina de guerra alemã não podería suportar uma longa campanha sem petróleo. Stalin foi uma baita de um malandro. Só tirou proveito de ambas as partes. Certa vez li que existiu um plano que consistia, após a rendição alemã, em um avanço aliado sobre a URSS…bombas… Read more »

Giordani RS

Mas pelo menos os soldados alemães puderam marchar na sombra quando ivadiram a frança…hehehe…

Leonardo

Nesta batalha havia um grande temor de ambos os lados, era o de ser abatido sobre as águas geladas do Canal da Mancha, este terror causou um fato curioso quando o Major Erich Rudorffer da Luftwaffe escoltou de volta à costa inglesa um Hurricane da RAF severamente danificado, e como o mundo da voltas, tempos depois Rudorffer se encontraria na mesma situação só que na condição inversa, quando seu Bf 109 avariado foi “protegido” por caças da RAF até que chegasse à costa francesa, acreditam que essa sua conduta cavalheiresca do piloto alemão cuidando de um Hurricane tivesse se espalhado… Read more »

Leonardo

Errata:

“essa conduta cavalheiresca do piloto alemão…”

leonardo angelozi

Graças a deus a burrice do Hitler em atacar a União Soviética foi não levar em consideração as condições climáticas severas daquele país, senão ele tinha vencido…… Graças a Deus não venceu.!

Giordani RS

leonardo angelozi disse: 16 de setembro de 2010 às 9:45 – Graças a deus a burrice do Hitler em atacar a União Soviética foi não levar em consideração as condições climáticas severas daquele país, senão ele tinha vencido…… Graças a Deus não venceu.! Leonardo, Nunca foi uma questão de burrice a Operação Barbarossa, mas sim, de sobrevivência e um muita ideologia do partido. Vários oficiais do alto escalão não queríam e temiam uma frente de batalha tão extensa(se não me engano, Rommel também), mas a Alemanha precisava de petróleo e minério de ferro para continuar existindo. Minério de ferro ela… Read more »

Pedro

Muitos homenageam e prestam orgulho dos pilotos, mas alem destes, os maiores responsáveis pela Vitoria inglesa foram as mulheres dos comandos táticos e centrais da RAF, que diariamente em um trabalho incansável de orientação e controle dos parcos recursos q a RAF tinha ante a Luftwaffe. Essa foi a primeira vitoria do Comando e Inteligencia ante a força na guerra moderna. Para se ter uma ideia, se um comandante de esquadrão desobedecese ordens desse comando, o mesmo poderia perder o posto (mas não de voar) pois tamanha necessidade de disciplina e organização foi preciso para evitar que os caças saissem… Read more »

Dalton

“Os EUA ainda nao tinham entrado na Guerra, isso soh aconteceu com o ataque a Pearl Harbour em 7/12/1941” oficialmente sim… um mes antes de Pearl Harbor o destroyer USS Reuben James havia sido torpedeado e afundado por um submarino nazista e vários outros navios americanos já haviam sido torpedeados e danificados até pela dificuldade em distinguir um navio americano de um britanico, porém já estava estabelecido um perigoso jogo de gato e rato entre destroyers americanos e submarinos nazistas. Muito antes, os EUA já haviam ocupado a Islandia ampliando a area de escolta a navios mercantes e diversos navios… Read more »

luiz otavio

já vi em documentários que os líderes nazistas avisaram o Hitler que ele estava tentanto coisa demais, mas ele com sua loucura respondia que “morreria tentando”, ainda bem, foi louco até o final.

Max RS

Alguns historiadores afirmam que a virada na “Batalha da Inglaterra” aconteceu devido a ira de Hitler, emotivo nos momentos errados. A princípio, os alvos alemães em território britânico se limitavam às indústrias, portos e bases aéreas. O plano estava dando certo, pois as perdas britânicas mostravam-se maiores que a capacidade de reposição de novas aeronaves. No entanto, os britânicos bombardearam Berlim. Hitler, furioso, ordenou que a partir daquele momento o alvo principal seria Londres. Estava aí o tempo que a RAF desejava para se reorganizar, embora às custas de seu próprio povo. Não seria a primeira vez que a evidente… Read more »

Joao Carlos

Tem o fato tambem da Luftwafe sempre ter sido uma força aerea tatica, seus avioes tinham autonomia no maximo para proteger as tropas terrestres

Se eles tivessem aplicados tanques alijaveis nos caças e bombardeiros quadrimotores nao sei por quanto tempo a iInglaterra aguentaria

E no leste os alemaes foram arrastados pelos russos para uma guerra para qual nao poderiam vencer, a guerra de atrito

O exercito vermelho era quase uma horda desmiolada no começo da guerra , mas depois se profissionalizou e foi dando surras homericas nos alemaes até Berlim

Wiermann

Grande Luftwaffe era sem duvida uma poderosa força aerea assim como a RAF

atirador

Max RS
na verdade houve um bombardeiro alemão despejou suas bombas em Londres por engano, só após isto que Churchil ordenou o ataque a Berlin.
O uso do radar pelos Britânicos, fato desconhecido pelos alemães, fez com que hitler achasse que os mesmos dispunham 10 vezes mais aviões que a realidade

Max RS

atirador,

Esse bombardeio acidental realmente aconteceu. Assim como você disse que “só após isso Churchill ordenou o ataque a Berlim”, só após esse ataque (a Berlim) é que Hitler, furioso, ordenou que Göering mudasse de objetivo: em vez de atacar a própria RAF e os locais de valor estratégico, deveria atacar as cidades principais. Para você ver o que um ataque acidental pode causar…

Larry Bird

Caros O ataque acidental que o Max refere é fato muito conhecido por qualquer entusiasta de WWII. Os alemães usava os estuário do Tâmisa como uma ferramenta de navegacão, porque era facilmente identificado. Havia rotas de ataque que passavam ao lado de Londres. Numa dessas, três bombardeiros despejam suas bombas e o destino da batalha comeca a se alterar. Chuchilll ordena ataque a Berlin, Hitler decide retaliar contra Londres. Campanha que era tática torna-se estratégica e os ingleses conseguem assim maximiar os efeitos de suas exauridas forcas concentrando-as ao redor do óbvio objetivo do inimigo: Londres. Quando ao suposto desconhecimento… Read more »

Larry Bird

Com relacao à loucura hitleriana de invadir a URSS, sempre considerei-a uma infantilidade e um crime absurdo. Até entender um pouco mais a história… É absolutamente cristalino que Hitler odiava o comunismo e os eslavos e pregava na sua filosofia do Lebensraum que os alemães deveriam expulsar os ucranianos das suas terras fertéis na Criméia e tomar a região para si. Ele escreveu isso em seu livro. Para quem curte história, sabe que Marx foi um lumiar do pensamento de uma corrente que encontrou sua expressão máxima no bolchevismo russo. Marx pregava que quem dominasse a Alemanha, dominaria a Europa.… Read more »

fredy

Os pilotos da RAF são verdadeiros herois. A expectativa de vida dos pilotos de caça que travaram a batalha da gran-bretanha era absurdamente baixa. Ao contrário do que alguns afirmaram, não foi a invasão da URSS que impediu a alemanha de invadir a Inglaterra, mas sim a bravura dos pilotos britanicos. Hitler podia ser um estrategista militar mediocre, mas até ele sabia que seria suicídio tentar invadir a gra-betanha sem primeiro obter a superioridade aérea. Tudo bem que os bravos pilotos alemães levavam desvantagem com seus pesados bimotores e com o tempo efetivo de combate bastante limitado pela autonomia de… Read more »

Max RS

Larry Bird, Está bom esse teu resumo do princípio da WWII. Eu também li o “Mein Kampf” e o mínimo que posso dizer é que o sujeito era um grande observador da sociedade naquela época. Ele não era louco, embora tivesse um evidente potencial, sobretudo porque as teorias dele eram baseadas no ódio. Ficou louco durante a guerra. Quanto ao Göering, outra furada dele foi não prestar um eficiente apoio de reconhecimento à arma submarina alemã. Na verdade, acho que quanto a isso, a culpa não cabe somente a ele, pois, a princípio, não havia experiência de um trabalho conjunto… Read more »

Renato

Além da burrice política, o grande erro da Alemanha foi não aprender com os japoneses a usar tanques descartáveis de combustível. Embora os Bf109 fossem excepcionais, tinham alcance curto demais. Os Bf110 não eram grande coisa, e os bombardeiros médios eram pouco efetivos tb. Mas se esperassem um pouco mais, consolidassem o domínio no norte da África e parassem de produzir o Bf109 em favor do FW190 como caça-bombardeiro, e o Me262 como caça puro, ambos com tanques descartáveis, o que seria possível dentro de pouco tempo se houvesse vontade política, a Inglaterra não teria tido a menor chance, pois… Read more »

Larry Bird

Max Excelente ponto sobre o Japão não invadir a URSS Mas mantenho minha visão. Acredito que os EUA não interfeririam naquele momento. Não tinham motivos. Por que “tomar as dores” de um país que havia sido expulso da Liga das Nacões por ter invadido Finlândia, Romênia e dividido a Polônia com os nazistas? E por que só contra os japoneses, se foram os alemães que invadiram primeiro? Não se esqueca que o Japão já tinha tentando contra a URSS (e ninguém interviu), mas Zhukov repeliu-os em uma sangrenta batalha Só que novembro de 1941, Zhukov não estava mais por lá…… Read more »

Max RS

Larry Bird,

Gostei das tuas colocações, espero que continue opinando e que possamos trocar idéias em outras oportunidades.

Saudações.

Larry Bird

Max

Da mesma forma, espero poder continuar a troca de idéias, neste e em outros temas. E isso vale, obviamente, para todos no blog.
(Até porque o assunto F-X2 cansa e a essa altura do campeonato duvido que alguém consiga fazer uma só pessoa do “outro time” mudar de idéia)

Ah, simplemente fantástico o site que você recomendou, sobre a Luftwaffe
Se conhece pessoalmente os autores, favor mande diga que estão de parabéns

Abraco!

Reportagens especiais

Brasil: parceria estratégica para a Saab

Por Guilherme Poggio Em matéria recente mencionamos palestra realizada por Fredrik Gustafson, atual presidente da Saab na América Latina, no...
- Advertisement -
- Advertisement -