Home Sistemas de Armas Nariz do Gripen NG

Nariz do Gripen NG

303
93

Seção do nariz do Gripen NG em exposição, com o IRST Selex Skyward e o radar AESA Raven  ES-05.

93
Deixe um comentário

avatar
88 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
35 Comment authors
aquinoVadertoniJohn top gumEdmar Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
THIAGO
Visitante
THIAGO

Esse Nariz é de uma caça que nao existe…… kkkk

Quem dera em 2015-16 estarmos recebendo os primeiros NGs…..

Estou ancioso para o fim do FX-2 ( digo a escolha final)…

abraços

Klevston kstonboner
Visitante
Klevston kstonboner

Depois do Super Hornet que venha o Gripen, mais só não aguento mais esperar.

THIAGO
Visitante
THIAGO

Klevston kstonboner disse:
18 de agosto de 2010 às 18:54
mais só não aguento mais esperar.

A espera é horrivel mesmo. Creio que os tres caça cumpririam a missao de proteger nossos céus, mas creio que existem opçoes mais coerentes e seguras entre os tres… Ng o mais promissor com mais parceria, SH o mais testado e cumpre o que promete com certeza, rafale um caça moderno mas demasiadamente caro pois parece, ao meu ver, ser tão inacabado quanto o Ng que é criticado justamente por ser ainda um demonstrador….

THIAGO
Visitante
THIAGO

Alguem chuta quando saira o anunciamento do vencedor?? tipo depois das eleições??

Drcockroach
Visitante
Drcockroach

Gripen: “Both air-to-air and air-to-ground modes have been integrated with great success and the expected performance has been achieved. Particular focus was placed on the air-to-ground capability and Raven 1000P produced excellent medium and high resolution SAR imagery at long ranges…. With the Raven ES-05 and with the IRST, the Company will be guaranteeing the full mission effectiveness of the next generation aircraft Gripen NG.” http://www.selex-sas.com/EN/Common/files/SELEX_Galileo/Press_Releases/PR_RAVEN_Saab_gripen_proving_programme-DEF.pdf O Mico: “O que os Emirados estão pedindo é muito mais complexo: eles querem, além da AESA, ter novas funcionalidades no seu Rafale, como GMTT/GMTI (detecção e rastreamento de alvos móveis em terra), o… Read more »

Drcockroach
Visitante
Drcockroach

Drcockroach adorou as ferias na Tailandia, agora tb eh um admirador da Forca Aerea deles:

http://www.thaiarmedforce.com/taf-special/170-tafspecial25-2.html

O Blog tb poderia colocar um materia sobre a retractable refueling probe do Gripen (a 15 foto no link acima) e comparar com o do mico; assim compariamos “nariz” e …

[]s!

P.S.: Quem nao gostaria de participar de um jantar com vinho e um Gripen ao lado da mesa? Eu gostaria de ter estado nesta apresentacao. Faltou as “Go Go Girls”, mas ai tb era querer demais… 🙂

ZE
Visitante
ZE

Pessoal, aí vai uma entrevista bastante interessante ocorrida no final do ano passado. Créditos para a Alide. “Alide entrevista César Silva da Akaer Escrito por Felipe Salles Sáb, 26 de Setembro de 2009 18:12 Nas movimentadas últimas semanas da concorrência para fornecer o novo caça da FAB, um nome novo surgiu no noticiário, o da empresa brasileira Akaer. Introduzido na mídia por sua associação com a Saab que deve fazer da Akaer seu principal parceiro brasileiro no programa Gripen NG. ALIDE falou pelo telefone com o Sr César Silva, diretor executivo da Akaer para entender o que é essa empresa… Read more »

Colt
Visitante

Alguém sabe, por qual motivo, as antenas de alguns radares de varredura eletrônica tem as superfícies na diagonal ” \ ” e não na vertical ” | ” ??

ZE
Visitante
ZE

Brincadeira, o Echelon do Galante tá ligado.

Ô Galante, desliga esse troço aí, vai !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

[ ]s

NOTA DOS EDITORES:

CALMA ZE, VOCÊ JÁ DEVE TER PERCEBIDO QUE O ANTISPAM NÃO DIGERE BEM MATÉRIAS COM MUITOS LINKS NEM MUITO EXTENSAS.

O COMENTÁRIO EM QUESTÃO (LOGO ACIMA) ACABA DE SER LIBERADO.

rodrigo ds
Visitante
rodrigo ds

Desculpe a minha ignorancia, mas esse é o tal radar que não existe do caça que não existe, segundo alguns do blog??

david
Visitante
david

ele ja ta prontinho so falta por no ng, enguanto isso na frança?
kade o radar kade o radar?
kkkkkkkkkkkkkkkkkk

zorann
Visitante
zorann

Fico inconformado com muitos comentários aqui neste blog. Éclaro que devemos respeitar as opniões de todos, mas pensem bem: – Linha de montagem só no Brasil – Nacionalização de 40% da aeronave – Participação em todo o desenvolvimento – Cada avião vendido terá 40% de suas peças fabricadas no Brasil – Encomendas firmes da Suécia (cerca de 60 aeronaves), cujos aviões serão montados no Brasil. – Não haverá linha de montagem na Suécia. – Real transferencia de tecnologia (possibilitada pela participação no desenvolvimento da aeronave). – Ter uma fábrica de aviões militares de última geração em território nacional, no ABC… Read more »

THIAGO
Visitante
THIAGO

zorann disse: 18 de agosto de 2010 às 20:05 Agora, lendo tudo isso, como que alguém, em sã consciência pode defender outra escolha para nosso país? Não precisa ser economista, nem extrategista militar, para reconhecer o Gripen NG como nossa melhor escolha. Penso como você. Toda compra há riscos, principalmente as militares. Caso a parte tecnica vença e nao a politica, dará Ng ou hornet. Tenho certeza que o NG não é nem de perto um matador de f22 ou mesmo su35Bm, mas é o que pode nos dar mais tecnologia e independencia. -Pensem, O SH tem contra si o… Read more »

Marcelo
Visitante
Marcelo

o fato de haver um protótipo do radar não significa que o desenvolvimento esteja completo. Este radar está muito mais verde que o RBE2 AESA e quando ficar pronto terá alcance menor.

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Marcelo disse:

Este radar está muito mais verde que o RBE2 AESA e quando ficar pronto terá alcance menor.

Marcelo, você teria os dados dos dois radares para comprararmos?

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

Zorann, boa noite. Se conseguirem convencer a nós rafaletes e aos vespetes que isso tudo é verdade, acho que a gente muda de time rapidamente. Veja só o radar Raven: O contrato executivo entre as empresas foi assinado em maio deste ano, mas já trabalhavam nele há quase um ano só na confiança. O radar foi desenvolvido, integrado, realizou todos os testes na Índia e foi aprovado. Está operacional. Essa operacionalidade foi testada e aprovada em um avião que não está operacional (não sei ainda se é Demo ou Protótipo), com uma aviônica que não está operacional (nem se sabe… Read more »

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Justin Case disse:

O radar foi desenvolvido, integrado, realizou todos os testes na Índia e foi aprovado.

Mas quem disse que ele foi aprovado na Índia? Tudo que se sabe é que ele foi para a Índia para ser testado. O resultado ainda é desconhecido. Mas uma coisa é verdade. Se mandaram para lá para ser testado é porque a Saab já tem uma certa credibilidade nele.

grifo
Visitante
Member
grifo

Marcelo, você teria os dados dos dois radares para comprararmos?

Caro Poggio, a não ser na remota possibilidade do Marcelo trabalhar na Selex Galileu ou servir na Força Aérea da Índia, acho que não teremos estes dados…

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Grifo disse:

Caro Poggio, a não ser na remota possibilidade do Marcelo trabalhar na Selex Galileu ou servir na Força Aérea da Índia, acho que não teremos estes dados…

Então é mais uma para a pilha de “achismos”.

Jakson Almeida
Visitante
Jakson Almeida

O Galante foi abduzido e levado pra alfa-centauro ou outro lugar, porque segundo alguns aqui esse radar e o “caça no ecxiste”. Só padre Quevedo explica esse radar ai.HAHAHAHAHAHAHA!

Nick
Visitante
Nick

Caro Justin, Zorann, Se a proposta que foi entregue à FAB, analisada pela mesma, e está agora no MD contemplar todos esses itens fica difícil não apoiar o Gripen NG. De certa forma todos os itens citados resumem o porque do apoio à essa proposta por parte dos “gripeiros”. Resumo tudo: 2 itens: Operacionalidade: É o caça mais viável frente à realidade vivida pela FAB. Substituto natural tanto para o F-5M quanto o A-1. Possibilidades: Eu vejo o Gripen NG como um primeira etapa. No futuro, seja com Suecos, ou Indianos ou Coreanos e até mesmo Franceses, deveríamos estar trabalhando… Read more »

zorann
Visitante
zorann

Justin Case, boa noite. Não é nem questão de quem convence quem. Essas propostas da SAAB que enumerei, cansaram de ser discutidas aqui neste blog através de inúmeras postagens a respeito de todos esses assuntos. Mas as eleições vem aí, podemos, ou não, ter uma mudança no governo e a pergunta que fica é se teremos condições de comprar e operar as 120 aeronaves necessárias para substituir os A1, F5 e F2000 nos próximos anos, principalmente se escolhermos um modelo de custos de aquisição e operação caros para nossos padrões orçamentários. Ou ainda se seremos capazes de atingir a tão… Read more »

Ricardo_Recife
Visitante
Ricardo_Recife

Só a Akaer participar do projeto já mostra a diferença de perspectivas entre os dois projetos, o Gripen e o outro.

zorann
Visitante
zorann

Boa noite Justin Case. A questão principal não é se este ou aquele, seria a melhor aeronave. A FAB emitiu sua opnião sobre o vencedor, que seria o NG. Não acredito que depois de todas as avaliações, de todos os questionamentos e tendo tanta gente capaz envolvida, a FAB tenha escolhido de maneira errada.. Teremos eleições e poderemos, ou não, ter uma mudança no governo. Escolher um caça de última geração baseado em questões políticas, pode causar uma descontinuidade no futuro próximo e poderemos correr um sério risco de não termos aeronaves adicionais contratadas. Aumento dos gastos militares são sempre… Read more »

Galileu
Visitante
Galileu

Vem que vem!!
O NG tá mais avançado que o incompleto Rafale ahahahah

Ivan
Visitante
Ivan

Justin Case disse: 18 de agosto de 2010 às 20:25 “… acho que a gente muda de time rapidamente.” Justin, Antes de mais nada, rogo ao amigo que não cumpra esta ameaça. Vc virar casaca (e tornar-se gripete) seria uma enorme perda para a alegria dos debates do Aereo… 🙂 Se por ventura o fizer, o que é possível (he he he), faça em segredo, sem declarações públicas, para não constranger os muitos amigos rafaletes que temos. _______________ Quanto as antenas dos novos radares AESA europeus, Raven ES-05, CAPTOR (ex ECR-90) e RBE2 AESA, sabemos que todas tem a mesma… Read more »

Robson Br
Visitante
Robson Br

ZE disse: 18 de agosto de 2010 às 19:33 Colocar um evento de um ano atrás é meio estranho. Isto já é fato histórico, inclusive tem um pessoal fazendo cursos na França. Neste período a AKAER já praticamente virou francesa. O estraho, que me desculpe a todos, mas o post do próprio Poggio confirma isso, de 2009 até hoje, o NG continua no computador, pois o que está aí voando não passa de de um “D” modificado.(inclusive o Poggio deu até o número dele) Interessante que esta entrevista praticamente so apareceu aqui. O Rafale já está operacional na França e… Read more »

zorann
Visitante
zorann

Desculpe meus comentarios muito semelhantes, é que a postagem aqui não tinha dado certo e acabei reescrevendo +ou- o mesmo comentario

Marcelo
Visitante
Marcelo

Grifo e Poggio,
incrível o poder de usar a ironia dos senhores. É possível obter dados do RBE2 AESA, mas do Raven, não, simplesmente por que não está terminado o seu desenvolvimento, nem se eu trabalhasse na Selex eu os teria… Pode-se inferir que o alcance do Raven será menor, pois tudo no Gripen é menor: menor potência elétrica (pois só tem um motor), diâmetro da fuselagem, tamanho de antena. Milagres não existem ! Já a versão do Typhoon, sim, pode-se inferir que terá (daqui a vários anos) um alcance melhor que o do Rafale.

A7X
Visitante
A7X

ZE disse:
18 de agosto de 2010 às 19:33

Bastante interessante essa matéria!

Algum dos amigos poderia me dizer qual será o alcance do radar do Gripen NG?

Abs.

Diego
Visitante
Diego

A jaca está caida e rachada ha muito tempo.

Vitor
Visitante
Vitor

Uma coisa que o pessoal nao entendeu é que o Gripen esta eternamente em desenvolvimento. A estrategia da Suecia sempre foi ter um caça multimissao que pudesse atualizar com o passar dos anos sempre pesquizando e incorporando as novidades. Por isso o Gripen NG mesmo pode ser desenvolvido em menos tempo e com grande confiabilidade porque tudo ja vem de um conhecimento previo e de desenvolvimento contínuo. Mas nos ja vamos de Rafale e é torcer para termos orçamento pra Rafale, porta avioes, submarino, copa 2014, Olimpiadas 2016, Trem Bala, Pre-Sal, Educacao Publica… Daqui a 4 anos a gente vai… Read more »

Colt
Visitante

Já assinaram o contrato pros Rafale?

ZE
Visitante
ZE

Vitor disse: 18 de agosto de 2010 às 22:34 É verdade. A doutrina sueca preza o desenvolvimento contínuo. A maioria das forças aéreas do mundo tem como doutrina as chamadas atualizações periódicas, ou seja, não se mexe no avião durante muitos anos, para depois fazer uma média/grande atualização. Já na atualização contínua, o desenvolvimento do vetor nunca para. O Processo de Modernização Sueco: A Suécia adota um processo de modernização de caças praticamente único no mundo. Ao contrário de adotar o princípio de grandes degraus os suecos adotam o processo de pequenas e constantes modernizações e atualizações. Elas são chamadas… Read more »

Drcockroach
Visitante
Drcockroach

E, diga-se de passagem, o nariz nao seria tao bonito sem aquela cor vermelha, igualzinha do Internacional 🙂

[]s!

Ricardo_Recife
Visitante
Ricardo_Recife

As cores da ponta do radar do Gripen são VERMELHO E PRETO. Ivan, companheiro, veja bem: VERMELHO E PRETO. A diferença entre o Gripen E/F e a Jaca é resultado da diferença entre as empresas envolvidas no projeto. O Raven ES-05 AESA não é o primeiro radar AESA que a Selex Galileo constrói, ao contrário da Thales, que nunca desenvolveu um radar deste tipo antes do RBE2. O portfólio de radares AESA da SG é grande: PICOSAR, Seaspray 5000E, 7000E e 7.500E, Vixen 500E e The Vixen 1000ES. A SG é a mais importante empresa de tecnologia de defesa da… Read more »

zmun
Visitante
zmun

Vocês já viram aqueles debates na TV em que um dito “convidado” é contratado para dar mais, eu diria, emoção na discussão? Esse convidado faz o papel do provocador, é o cara que traz a divergência para a conversa. Mesmo estando completamente errado.

O Justin Case só pode ser contratado pelo blog para fazer esse papel. Só isso explica a maneira coerente com que ele expoem seus argumentos.

Edcreek
Visitante
Edcreek

Olá, O post do Ivan é o mais sensato…. De toda forma o radar do Rafale começa a ser produzido em serie esse ano, para os novos Rafales F-3. Imagino que no meio do ano que vem eles estaram na força aerea e marinha Franceses no operacional. Mas imagino(especulação minha) que pelo menos 2 Rafales-M(da marinha Francesa) que foram retrofitados do padrão F-2 para F-3 devem ter o radar já instalado além de já ter integrado o POD damocles. Visto que até o fim do ano o NAe Chales the gaulle vai ao Afeganistão, como o presidente Françês já declarou.… Read more »

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Desculpem, mas tem coisas que eu não entendo…

O que adianta o Rafale ter o novo radar AESA se ele ainda é ultrapassado, comparando com os AESAS mais modernos ?

Entre pegar um radar já defasado, eu prefiro arriscar no desenvolvimento do radar sueco.

Idem para os outros itens do F3+ que ainda não são 100% estado da arte, comparando com a concorrência.

Se a nossa intenção é usar o vetor por 30 anos, entrar com um mais ou menos 10 anos atrasado com a concorrência e infelizmente com vísiveis problemas de escalabilidade me soa como um péssimo negócio.

Ivan
Visitante
Ivan

Drcockroach, Saudações alvi-rubras do Recife. Parabéns pela vitória do seu Inter, representando o Brasil na Libertadores. Vai chegar nos Emirados mais rápido que o Rafale. Parabéns a todos os torcedores do Internacional. Ontem Porto Alegre era vermelho e branco na camisa, mas verde e amarelo no coração. _________________ Ricardo_Recife, Aquelas cores foi uma brincadeira sem graça que o pessoal da Saab fez comigo… já mandei demitir o pintor… he he he… Mas fique calmo, o campeão da Libertadores 2010 é alvi-rubro mas chama-se Sport Club Internacional. Fazer o que? Tem o mesmo nome da “coisa”… he he he. _________________ Edcreek,… Read more »

Fabio
Visitante
Fabio

Desculpem a minha ignorância, mas tenho algumas (muitas) dúvidas:

1 – Com a entrada do NG, os C/D sairiam de produção?

2 – Se não, a linha de montagem seria a mesma e exclusivamente no Brasil?

3 – No caso dos operadores “externos” como Africa do Sul, Tailandia, etc, que operam os C/D resolverem ampliar a frota teriam que comprar o NG se a linha do antigo for desativada?

Obrigado.

Ivan
Visitante
Ivan

Rodrigo, O RBE2 AESA não é ultrapassado, muito pelo contrário. Mas ele ainda precisará de muito investimento (e tempo) para atingir a maturidade e capacidade operacional do APG-79 e APG-80. Entretanto os ‘americanus’ não dormem em serviço. Quando o francês chegar lá, os yankees já estarão bem à frente… Este é o X da questão. Investimento. A Europa está desenvolvendo 3 (três) radares de porte semelhantes, Raven ES-05, CAPTOR (ex ECR-90) e RBE2 AESA, sendo que dois deles com a mesma empresa lider de projeto. O pior, como os “narizes” dos 3 (três) euro-canards são diferentes, certamente os 3 (três)… Read more »

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Ivan disse:
19 de agosto de 2010 às 9:34

Se ele está atrás do mais moderno é ultrapassado, não adianta dourar a pílula.

É o mesmo caso dos automóveis e motos vendidos no Brasil, são modernos por aqui, comparando com o que se vende fora são bem ultrapassados.

RAFAEL (RS)
Visitante
RAFAEL (RS)

Sonho meu, sonho meu….poderia acontecer o quase impossível e anunciarem o Gripen,….sonho meu, sonho meu

Paulo Andrade
Visitante
Paulo Andrade

Eu só não consigo entender uma coisa simples… Pq a SAAB queria um radar AESA desenvolvido em conjunto com a Thales francesa? Será que alguns esquecem que só optaram pelo SELEX depois que os franceses “vetaram” seus radares para o NG? Ainda há outro ponto…Numa matéria da Revista da Força Aérea que trata da escolha do SELEX pela SAAB, está escrito que essa opção era para a concorrência brasileira, sendo que o desenvolvimento em conjunto entre suecos e franceses prosseguiria. Sinceramente acho estranho que agora a segunda ou terceira opção dos suecos seja tão elogiada. Continuo com a opinião de… Read more »

grifo
Visitante
Member
grifo

Pq a SAAB queria um radar AESA desenvolvido em conjunto com a Thales francesa? Será que alguns esquecem que só optaram pelo SELEX depois que os franceses “vetaram” seus radares para o NG? Caro Paulo Andrade, a história não é bem essa. Segue em inglês: Saab had originally rolled out the Gripen NG with an agreement to use an RBE-2 AESA demonstrator provided by THALES, but their relationship quickly crumbled. THALES claims that it withdrew the technology as it was already under contract for the Rafale, but Kemp gives a different explanation. “The radar wasn’t good enough for what we… Read more »

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

zmun disse: 19 de agosto de 2010 às 8:34 “Vocês já viram aqueles debates na TV em que um dito “convidado” é contratado para dar mais, eu diria, emoção na discussão? Esse convidado faz o papel do provocador, é o cara que traz a divergência para a conversa. Mesmo estando completamente errado. O Justin Case só pode ser contratado pelo blog para fazer esse papel. Só isso explica a maneira coerente com que ele expoem seus argumentos.” Bom dia, Zmun. Tenho certeza que todos que concorrem no F-X2 são excelentes caças, com uma montanha de pontos fortes e alguns pontos… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

“Justin Case em 19/08/2010 às 11:04 O fato de você estranhar que eu apoie o Rafale provavelmente é influenciado pela posição da absoluta maioria de participantes deste blog, que defende prioritariamente o Gripen.” Justin, Apenas um reparo: por acompanhar os comentários de todos os que aqui exprimem sua opinião, posso lhe dizer que os defensores do Gripen não são maioria entre os que comentam, muito menos absoluta. A maioria dos que comentam aqui defende o Rafale. Talvez sua percepção seja baseada nos comentários dos participantes que escrevem com mais frequência. Saudações! PS – se é que dá pra lhe chamar… Read more »

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

“Se você tiver oportunidade, visite outros sites de defesa, fóruns e blogs e verá que, em muitos deles, a maioria absoluta defende a opção Rafale.”

Agora você forçou…

A esmagadora maioria defende o Rafale, nos blogs e fóruns “oficiais” do MD, onde criticar o Rafale o GF são pecados mortais.

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

E verdade, Nunão.

Esqueci de considerar o resultado das pesquisas de preferência da página inicial.
Minha impressão deve mesmo ser decorrente da assiduidade dos comentaristas defensores do Gripen.
Abraço,

Justin

“Justin Case supports Rafale”

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Ah, Justin, nem estou falando das enquetes não.

Isso é baseado no acompanhamento dos comentaristas e de seus comentários, desde o início do blog.

As pesquisas, quando muito, revelam a preferência dos leitores (e a maioria absoluta – aí sim dá pra usar esse termo – só lê, sem comentar), na proporção de centenas de leitores para cada comentador.

Edcreek
Visitante
Edcreek

Olá, Sobre o radar do Rafale certamente não apresentara problemas. Tanto que segundo consta informalmente na concorrencia Indiana as duvidas pairam sobre o radar do NG, sobre sobre o Rafale. Vale lembrar alguns pontos importantes: 1) O Parametro de escolha é diferente de um país e outro, a India é coberta por AEW&C logo o alcançe do radar não é tão importante já que os alvos já teriam sido detectados muito antes pelo AEW&C que pode passar informações e iluminar os possiveis alvos. Logo para eles é melhor um avião mais discreto com grande capacidade de carga e radar que… Read more »

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Como o parâmetro aqui é o F5, então podemos comprar qualquer coisa que vai suprir.

Eita Ed..

Você já foi melhor.

Se é defasado amiguinho, é defasado.

Não adianta comparar com o que se tem, mas com o que se planeja rivalizar e qual será o ponto de evolução.

Os indianos, não tinham dúvida alguma sobre o Rafale. Ele estava lá full, com o que se espera dele, suas virtudes e muitos problemas.

As dúvidas sobre o NG, são pelo amadurecimento do projeto e não somente sobre o radar.

rodrigo ds
Visitante
rodrigo ds

ehehehehehehe!!!! Ultimamente estou vendo e lendo é um massacre dos defensores do SH e NG em cima do Gaules, já tá de goleada (100 X 0), é de dar dó, hehehehe!!!!

hms tireless
Visitante
hms tireless

Caro Edcreek

QUe tal responder uma pergunta: Por que o “avançado e poderoso” RBE-2 AESA não possui modos de restreamento GMTT/GMTI (detecção e rastreamento de alvos móveis em terra)? Não seria estranho para uma plataforma denominada tão enfaticamente de “Omnirole” afinal radadres como o APG-80, APG-79 e mesmo radares de varredura mecânica como o APG-70 já possuem esses modos de rastreamento?