quinta-feira, setembro 29, 2022

Gripen para o Brasil

Site acusa ex-governador do Acre de fazer lobby para o Typhoon

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Segundo reportagem do site ucho.info, Jorge Viana poderia ser próximo ministro da defesa no caso da vitória da situação

Mesmo sem saber se sairá vitoriosa das urnas de outubro próximo, a candidata Dilma Rousseff já tem ao menos um ministro escolhido. Trata-se de acreano Jorge Viana, candidato do PT ao Senado Federal. Ex-governador do Acre e irmão do senador Tião Viana, também do PT, Jorge tem como candidato a primeiro suplente Nilson Mourão, que nos bastidores exala inquietante certeza quando fala da sua atuação como senador a partir de 2011. Tudo porque Jorge Viana, segundo apurou o ucho.info, deve assumir o Ministério da Defesa, atualmente sob o comando o gaúcho Nelson Jobim.

A preferência de Jorge Viana pela pasta da Defesa tem uma explicação que passa obrigatoriamente pela iniciativa privada. No período em que esteve na presidência do conselho de administração da Helibrás, entre setembro de 2007 a março deste ano, Jorge Viana aproveitou para estreitar o seu relacionamento com a EADS, fabricante de aviões militares e cacas supersônicos. No Brasil, a EADS se faz presente através da Eurocopter, fabricante do helicóptero Esquilo, produzido em parceria com a Helibrás.

Entre os produtos que realçam o brilho dos olhos do agora milionário Jorge Viana está o Eurofighter Typhoon, caça bombardeiro fabricado por um consórcio do qual faz parte a EADS. Além de mirar o orçamento de R$ 400 bilhões do Ministério da Defesa para os próximos quinze anos – dinheiro que será investido basicamente em equipamentos e obras – Viana tem atuado como um braço avançado do tal consórcio no Brasil.

Como existem algumas propostas de venda do Typhoon à Índia, Suíça, Grécia e Arábia Saudita, entre outros países, a EADS torce para que a decisão do governo brasileiro de renovar a frota da FAB com os caças Rafale, da francesa Dassault, não desestimule seus eventuais e potenciais clientes. Situação intrincada, mas que pode facilmente explicar a proximidade de Jorge Viana ao presidente Lula da Silva, que para atender um companheiro pode até postergar o anúncio oficial sobre os Rafale, desde que tenha certeza da vitória de Dilma Rousseff na s urnas que se avizinham.

Caso venha a adiar mais uma vez o anúncio sobre os caças, Lula da Silva poderá cair em desgraça com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, que recentemente condecorou Jorge Viana com “Legião de Honra”, distinção conferida a àqueles que contribuíram de alguma maneira com a França nas áreas cultural, social e econômica.

Em outro vértice de suas andanças, Jorge Viana tem circulado com folga nos bastidores políticos e financeiros da Alemanha, Espanha, França e Itália, países que têm interesse no bilionário programa brasileiro de modernização da Defesa.

Resumindo, os eleitores acreanos que decidiram votar em Jorge Viana, acreditando que no Senado os interesses do estado serão defendidos, devem pensar melhor. Viana está interessado apenas em estar ministro e facilitar negócios.

FONTE/FOTO: Ucho.info/onortao.com.br

NOTA DO BLOG: o Typhoon não faz parte da “short-list” do Porgrama F-X2. Para que o mesmo fosse reconsiderado, o atual processo deveria ser cancelado e um novo processo teria que ser aberto.

- Advertisement -

54 Comments

Subscribe
Notify of
guest

54 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Charles

Algumas pesoas vivem no mundo de Oz. O autor desse artigo deveria vir para o mundo real. Crescer, quem sabe.

Paulo

Pode ser verdade, pode ser invenção ou mesmo ser meia verdade. Mas tais notícias têm como objetivo queimar uma pessoa, uma ação/estratégia ou uma empresa/instituição. O tempo responderá.

HMS_TIRELESS

Por que não?

Era o melhor a se fazer. Cancelar o FX-2, que já virou palhaçada, e adquire-se diretamente o Typhoon. Certamente teríamos o melhor vetor da AL por muitos anos.

Eloi

Não entendi, o blog publicar isso, baseado em suposições, isso e campanha política a favor de candidatos adiversarios de Jorje Viana, se ele se intereça por equipamentos militares melhor para o Brasil que precisa muito disso,,,, ou estou erado,,,,

Jakson Almeida

Comunicado geral as viuvas da jaca,o enterro de tal personalidade se dara no dia 01/01/2011,independente de quem seja o proximo presidente.

Antonio M

E não duvido mesmo.

Por que não seguem o que deveria se lógico? A FAB escolhe o vetor e o governo faz sua parte para viabilizar a aquisição. Simples assim mas, parece que os políticos encontraram mais um filão de como ganhar un$$$ a mais …….

Darkman

Não acredito que o Typhoon esteja cotado para ser o caça da FAB e nem que o Jorge Viana possa ser o próximo MD.
Mas começoa acreditar que o Nelson Jobim não será o ministro caso a Dilma ganhe as eleições.
Aldo Rabelo seria um bom nome.

Abs.

kwhvelasco

Um mistão de estupidez, inocência e muita palhaçada editorial.

Se o Rafale está caro, e o EF-2000, que nem alemanha consegue manter? Besteira grande, já se explicitou a boa relação do cara. A fábrica dos EC725. A grana enorme que pagaremos para aprender a fazer helis ultrapassados… simples assim? typhoon… Eu mereço essa logo de manhã…

Drcoakroach

Fazem uns 2-3 anos li um projeto de lei de autoria do irmao dele muito interessante, que aumentava a concorrencia no transporte aereo no Brasil; de memoria mencionava alterar a restricao a participacao acionaria a estrangeiros em voos domesticos e liberava a Infraero a trabalhar com equipamentos importados ao inves dos equip. de fabricacao nacional (não obrigava, dava a opcao). Lembro que o projeto era surpreendente pois contrariava a posicao ideologica de muitos do partido dele. Quando tiver algum tempo, irei procurar o projeto … []s! P.S.: No mais eh verdade Antonio M, o MinDef serah o proximo Ministerio dos… Read more »

Fabio Silva

é engraçado que este tipo de matéria só apareça em tempos eleitorais, coincidência não????

th98

pelo visto não é só o Evo que anda “alterado”, se o typhoon estivesse na lista talvez fizesse sentido,embora a diferença deste pro rafale não me pareça muita, mas como não está tudo o que eu posso concluir é que é uma opinião infundada e até eleitoreira

Luan

Esse cabra apoio o Typhon por motivos tão futeis quanto os que o Jobim usa pra apoiar o Rafale.E nenhum desses motivos é pensando na FAB ou na defesa nacional.Só política,política,política,política,política…

Darkman

Não acredito que este senhor seja o próximo MD, acredito sim em uma mudança no setor.
Sem chance do Typhoon não está nanlista dos 3 finalista.

Abs.

HMS_TIRELESS

Amigos:

Melhor que venha o Typhoon do que insistir em comprar a jaca francesa. O FX-2 já não tem credibilidade alguma. Melhor cancelar esse ridículo e partir para uma aquisição direta do EF-2000

Mauricio R.

“…distinção conferida a àqueles que contribuíram de alguma maneira com a França nas áreas cultural, social e econômica.”

Além dos 3 exemplares ora sendo fabricados na França, garantiu aos bem remunerados empregados da Eurocopter, mais alguns anos de trabalho graças aos 47 kits de EC-725 que faltam ser fabricados lá.

Aurio A. Terloni

Typhoon ???????? será..??? não creio!!

Mauricio R.

“Se o Rafale está caro, e o EF-2000, que nem alemanha consegue manter?”

Qntos Typhoon estão em serviço ativo??? A última conta era de 200.
Em qntos países??? 1, 2, 3, 4, 5, 6 e contando!!!
Os alemães retiraram de serviço ativo, sem mais nem menos 6 submarinos, devem reduzir as aquisições de A-400M em 10%, algo semelhante tb deve acontecer c/ as encomendas de NH-90.

Mauricio R.

“Sem chance do Typhoon não está nanlista dos 3 finalista.”

Ué, uns e outros que tanto defendem o Rafale, não dizem ser o FX-2 uma compra direta???
Qual então seria o problema em cancelar tdo, e adquirir a melhor aeronave de combate européia???

grifo

Ué, uns e outros que tanto defendem o Rafale, não dizem ser o FX-2 uma compra direta??? Qual então seria o problema em cancelar tdo, e adquirir a melhor aeronave de combate européia???

Caro Mauricio R., realmente quem defende a compra do Rafale por motivos “políticos” não tem moral para criticar a escolha de um outro concorrente também pelos mesmos motivos.

Para os demais como nós que já acham que comprar o último colocado do short list já é ruim, escolher um outro que nem no short list entrou é ainda pior.

João Gabriel

É pelo que parece,se isso realmente acontecer,mais uma vez os interesses pessoais e políticos sobressaem sobre os interesses públicos,é impressionante como a sociedade e as FAs se submetem a uma minoria que faz e desfaz do país de acordo com seus interesses políticos e pessoais….Esse sujeito aí agora faz parte da tal Legião de Honra da França ,justo por defender interesses franceses no país? só o Brasil mesmo pra permitir isso,pois por mais que as relações entre Brasil e França sejam boas,é um ultraje que esse sujeito sirva aos interesses franceses e não brasileiros,assim sendo daqui a pouco aparece outro… Read more »

Luiz Ricardo

Poxa… se o que querem é caça com asa em delta e canard é só pegar um mapa e olhar um pouco ao norte! a Suécia tá lá!!!!!!

Obs: Podiam aproveitar e trazer aquelas suécas pra cá 😀

Abraço

Mauricio R.

Aliás usando desse “caça com asa em delta e canard”, resolveria alguns outros assuntos:

Cancelamento do upgrade dos AMX e substituição pelo Gripen C/D.

Cancelamento do upgrade dos Skyhawks e substituição pelo Gripen C/D.

Desativação sumária dos M-2000 e substituição pelo Gripen C/D.

Nick

Não sei se essa nota tem fundamentos, mas tudo é possível.

Typhoon no lugar do Rafale? Para mim é trocar uma jaca por outra. Tem mais unidades produzidas mas é igualmente caro de se manter e não é um caça de 5ª geração que justifique mais custos.

Agora se o Rafale perder aqui depois de todo o apoio desse governo, iria ser a maior derrota de todos os tempos para a Dassault.

[]’s

FelipeTP

Será que existe alguém a altura do cargo de ministro da defesa que tenha neutralidade perante todos os fornecedores mundiais? Citem nomes. É fácil tocar pedras, mas difícil achar soluções.

Luis

O EF-2000 era a minha escolha no começo do FX-2. Mas, assim como o Rafale, é muito caro. Porém apoio a compras dos 20 Typhoon T1 da Itália para o lugar dos M2000. Além da escolha do Gripen NG.

Mais uma vez interesses escusos dos políticos se sobrepõem às necessidades do Brasil.

Galileu

todos querem fazer o seu pé de meia no Min da Defesa lol

Ulisses

Isto que é _______________

EDITADO. POSSÍVEL TROLLER.

paulao

Nao teria como o typhoom ganhar uma concorencia aqí neste país (ou tem mais só se o grupo de países europeus aceitassem transferir tecnologia o que já foi negado por eles a nós).
Mesmo se eles ganhassem vamos supor, um FX-3, eles nao transferindo tecnologia o contrato dos caças seria caçado porque agora existe a lei da END e iria ser tudo cancelado antes mesmo da entrega da primeira unidade.

Gabriel T.

Será que ninguém percebeu aqui o recado dado para o FX? O caça que o governo quer impor é mais problema do que solução. Isso não é por causa da eleição, isso se fala por baixo dos panos desde o começo do ano. Acorda gente…

Drcoakroach

Sobre o Blog,

Um pouco acima fiz um comentario elogiando o irmao do ex-governador. Comentei que ele apresentou uma PEC que, de memoria, era muito boa p/ aviacao; uma proposta bem liberal.
O Blog não censurou meu post; evidencia de imparcialidade.

[]s!
P.S.: não tenho nada a ver com o referido partido.

eduardo

Não sei sobre o Typhoon, mas que o Sr. acima está “casadinho” com a EADS e a Eurocopter, não dá para negar. É só ver o negócio dos EC-725. Já postei uma vez, ele foi para a Helibrás, fechou a compra dos EC-725, empurrou a decisão para as FFAA, passou o controle do capital social da Helibrás para a Eurocopter, e depois saiu da presidência do Conselho de Adminitração da empresa. Certamente não fez tudo isso sozinho, teve apoio de pessoal mais graúdo.

Baschera

Vou te contar…… tem horas que dá vontade de rasgar a identidade e ir morar……….. na Índia……. o MMRCA começou anos depois e logo vai sair…isto fora o resto…. já aqui, é na base do quem “vai ganhar mais”.

Sds.

Baschera

Brasil….. qual é o teu negócio… o nome do teu “sócio”… confia em mim…

Sds.

Ricardo_Recife

Bobagem, especulação pura e inútil.

kwhvelasco

Tem gente levando a sério a nota ainda… hehehe… carochinha… mole?

“DEAR USER: PLEASE DON’T FEED THE TROLLS”

Gabriel T.

Eu acho quer vocês viajam muito. Não se trata de ter o EF-2000 no FX porque ele é tão caro como o RAFALE. Será que ninguém percebeu que o RAFALE está sendo empurrado goela abaixo ignorando o que a FAB quer?

Rique

Se quem edita desconfia da veracidade do conteúdo da nota, por que publica? Jorge Vianna,pelo que se conhece ,ex-governador do Acre,não tem antecedentes que o classifiquem com as características mencionadas.Claramente é matéria eleitoral plantada por desafetos
do suposto futuro MD.Como bonificação, fustiga-se a eminente escolha do Rafale e as relações como governo francês.O que não se faz para vender teco-tecos suecos…

Raptor

“Baschera disse:
31 de julho de 2010 às 16:21
Vou te contar…… tem horas que dá vontade de rasgar a identidade e ir morar……….. na Índia……. o MMRCA começou anos depois e logo vai sair…isto fora o resto…. já aqui, é na base do quem “vai ganhar mais”.

Sds.”

Este é o grande e péssimo hábito na política brasileira. Não é mais possível, devido a realocação de poderes e mudança de paradigmas tal situação.

Vão ser obrigados a mudar o foco do próprio rabo para o que realmente interessa: o próprio país.

Abraços.

Justin Case

Amigos,

Se não me engano, MMRCA teve requisitos em 2001, RFI em 2004 e RFP em agosto de 2007.
Até agora não foi decidido o “short list” e não foi sequer aberta qualquer oferta comercial.
Além disso, teve vários eventos inesperados, como: adesão tardia de alguns participantes, anúncios de “eliminações” que não se confirmaram ou foram revertidas, etc.
Certamente as condicionantes políticas e estratégicas também terão influência na decisão.
Creio que não devemos nem menosprezar a nossa capacidade, nem “endeusar” a capacidade de gestão de projeto dos indianos.
Abraços,

Justin

“Justin Case supports Rafale”

grifo

Senhores, vale lembrar que no MMRCA nenhuma autoridade indiana abriu a boca declarando qualquer “preferência” por um dos concorrentes. Vale lembrar que no MMRCA não se tem nenhuma informação pública sobre a avaliação técnica nem sobre as propostas dos concorrentes. Vale lembrar que a Índia está até agora seguindo os critérios de avaliação definidos na RFP enviada aos concorrentes, sem nenhum sinal de alteração para beneficiar um deles. Não se sabe da presença do ministro da Defesa da Índia, sr. A. K. Antony, em encontros fora da agenda em dependências castelescas de um dos concorrentes. Em resumo, senhores, na Índia… Read more »

Fábio Mayer

Um político do Acre fazendo lobby com poderosíssima companhia aeroespacial européia?

Se a EADS quizesse fazer lobby não ia no meio do mato procurar político, já tratava direto com um Michel Temmer ou José Sarney!

Vader

grifo disse: 31 de julho de 2010 às 20:11 “Senhores, vale lembrar que no MMRCA nenhuma autoridade indiana abriu a boca declarando qualquer “preferência” por um dos concorrentes. Vale lembrar que no MMRCA não se tem nenhuma informação pública sobre a avaliação técnica nem sobre as propostas dos concorrentes. Vale lembrar que a Índia está até agora seguindo os critérios de avaliação definidos na RFP enviada aos concorrentes, sem nenhum sinal de alteração para beneficiar um deles. Não se sabe da presença do ministro da Defesa da Índia, sr. A. K. Antony, em encontros fora da agenda em dependências castelescas… Read more »

paulo damasceno

o brasil deveria dar como vencedor o gripen,entrar de cara e alma no
projeto e acertar com a italia acompra e montagem no brasil de uns 80 a 120 typhoon e acertar com a rolls-royce montagem das turbinas no
brasil sob licensa,tanto para typhoon quanto o gripen,assim aos poucos ganhariamos autonomia nos programas,temos que pensar grande para termos um futuro melhor,thxs

Jonas Rafael

Como é bom reclamar do Brasil. Agora a Índia é que faz direito. Reclamam que o governo não compra “o que a FAB quer” (como se a FAB tivesse dito o que quer) mas elogiam o governo da Índia, que atropelou a IAF (o que a FA indiana queria era comprar/fabricar mais Mirage 2000, mas os políticos atropelaram e resolveram propor uma “concorrência justa” – atravancaram tanto o processo que o caça que a IAF queria nem é mais fabricado).

bulldog

Nunca vi um tema ter tanta desinformação quanto o FX-2. Superou o assassinato de JFK, entre outros.

Mauricio R.

“…atropelou a IAF (o que a FA indiana queria era comprar/fabricar mais Mirage 2000, mas…” Duvidoso, no momento os indianos estão preparando o upgrade do Mig-29 Fulcrum, do qual há quase 3x mais em serviço do que o ac francês. Os indianos tentaram um upgrade via Israel, os franceses protestaram e se meteram no negócio. Depois c/ assessoria francesa tentaram adquirir os M-2000 do Qatar que estão estocados, parte das células dos UAE e finalmente células da AA, nenhuma das propostas prosperou. Aliás o upgrade recém contratado somente está sindo, se é que vai vingar, devido ao fornecimento de F-16C/D… Read more »

Mauricio R.

“…do qual há quase 3x mais em serviço do que o ac francês.”

Oooooppppssss!!!

Exagerei no números, são 54 monoplaces + 8 twin stickers, que deverão ser reformados.

grifo

Caro Jonas Rafael, para efeito de comparação:

O ministro da Defesa A K Antony se recusa a voar qualquer um dos aviões concorrentes, citando preocupação com a reputação de integridade do Ministério (http://www.stratpost.com/squeaky-clean-antony-disappoints-mmrca-contenders).

O ministro da Defesa Nelson Jobim vai a França em julho de 2009, voa um dos concorrentes, janta no castelo de propriedade deste concorrente, dorme lá e esconde isto da sua agenda.

Vem agora você dizer que a nós estamos bem e a Índia está mal? Realmente…

grifo

Caro Maurício R., lembrando que foi a Dassault que retirou o M-2000 da concorrência por decisão unilateral sua, e não a Índia.

Mauricio R.

Grifo,

Eu me refiro aos M-2000H/TH, do inventário corrente da IAF.

Últimas Notícias

VÍDEO: Novos caças Gripen sobem aos ceús no Brasil

Dois caças Gripen E da Força Aérea Brasileira (FAB) chegaram ao Brasil no último domingo, 25 e voaram hoje,...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -