terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

Vídeo da queda do CF-18

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

- Advertisement -

29 Comments

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Roberto F Santana

Repito o que eu disse em outro blog,
Aeronaves nao foram feitas para apresentacoes em publico.
No caso, de duas, uma.
Ou o piloto abusou da famosa passagem com alto AOA (angulo de ataque), que e caracterista do Hornet.Estolou, em outras palavras, culpa do piloto.
Ou durante a passagem um dos motores falhou, ai nao tem como salvar o aviao mesmo.
Prepare-se para correr em shows aereos.

Roberto F Santana

Digo, aeronaves militares

Latino

Macacos me mordam o cara ejetou na hora certa !!!

Esse nasceu de novo ;;;mas um pouquinho e tinha ia pra cucuias !!!

Flávio

Sou só um curioso falando… mas, da maneira que ele “pendeu” para a direita, talvez o motor deste lado tenha falhado…

Roberto F Santana

A testemunha fala do “pop,pop,pop” vindo do motor.
Provavelmente um estol de compressor, possível em altos AOA, coisa que acontecia muito no F-14.
Note que o cara trabalha os tailerons e ainda dá leme pra esquerda.
Não era para estar fazendo isso, ou seja, estava dando chance.

Rique

Da ejeção ao solo,o piloto levou 4 segundos!

Francisco AMX

Tem certas coisas que o F-18 não pode fazer… esta é uma! e se falhar um motor então… (porém tem gente aqui que diz que motor americano não falha…) então, deve ter sido o avião mesmo… rsrsrsrs

Samuel B. Pysklyvicz "Jaguar"

concordo latino

Nick

Felizmente o piloto se salvou.

Caro Francisco AMX,

Ueh mas não era bimotor??? E caiu mesmo assim??

Vai entender….

[]’s

Galileu

Não sei o nome da manobra, mas ele tentou elevar o bico a quase 90º e a baixa velocidade, comum ver F16 faze-la tranquilamente.

Dificil saber o que houve, dá a impressão que a aeronave perdeu potência….

abraço

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin

Avisa o ministro canadense que bimotor tb cai, ele estava com medo dos F-35 sobrevoarem o Ártico…

Ira

nossa, incrível como o assento de ejeção funciona bem, até corrigiu a posição logo após acionado; uma bela anv. perdida, uma pena. Ainda bem que não caiu em ninguém.

Roberto F Santana

Francisco AMX e Nick, Qualquer aeronave birreatora em baixa velocidade (próxima do estol), se um motor apaga, já era. Note bem que se um dia você estiver dentro de um Boieng na aproximção para pouso, estará também em baixa velocidade e próxima do estol, entretanto se um motor apagar, pousará em segurança e você nem vai notar. O que diferencia no caso, é que o F-18 estava voando nivelado e com alto angulo de ataque, muito maior que em uma aproximação para pouso, ou seja além do envelope para voo monomotor. Vale lembrar aquela apresentação de um MIG-29 na Inglaterra,… Read more »

evandro

Rique.

eu cronometrei aqui e deu 1.91 segundos da hora que saiu da aéronave até o momento que explodiu no chão.

Roni

Um outro fator que pode apontar a falha da turbina direita se demonstra aos 28 segundos de video quando se nota uma chama lançada pelo motor esquerdo, fato que reforça um possível problema na turbina direita, talvez por falta de combustível.

Francisco AMX

Nick, e se ele tivesse um motor só? se tivesse numa altura onde pudesse sair do estol e ganhar sustentação? como faria isso sem nenhum motor? com um só ele faria…

vai entender…

Abraço!

Nick

Caro Francisco AMX ,

Foi só uma pequena provocação 😉

Não tenho estatísticas de quedas de aeronaves, e motivos, mas seria interessante te-los para comparar por exemplo, se as perdas do F-16 e Mirage 2000 são maiores que o F-18 C e MIG-29, todos da mesma época, e produzidos em grandes quantidades. Será que há realmente uma grande vantagem nos bimotores em termos de segurança? Queria ver uma estatística confiável sobre isso.

[]’s

Roberto F Santana

“e se ele tivesse um motor só?”
-Caia do mesmo jeito.
“se tivesse numa altura onde pudesse sair do estol e ganhar sustentação?”
-Não caia.
” como faria isso sem nenhum motor? ”
-Não faria.
“com um só ele faria…”
-Repitiu a primeira pergunta.

Nas duas, uma:
Estou metendo a colher em “panela” alheia, ou estou sendo prolixo?

Luiz R.

Se o F-18 tivesse os motores mais separados e TVC, acho que a história seria outra!

Duvida?
http://www.youtube.com/watch?v=hVH4LGQ-aTM

Podem dizer que é feio isso e aquilo, mas que os russos sabem fazer acrobacias, ah! Isso sabem!

Luiz R.

Fazer manobras com o avião no “instal” é f*****.

Flanker

http://www.youtube.com/watch?v=8mN9ZAfadpE

Esses russos e seus caças acrobáticos…

Luiz R.

Roberto F Santana disse:
24 de julho de 2010 às 17:03

O problema é quando vem os famosos trolls e nos obrigam a acreditar no que eles acreditam.

Roberto F Santana

Eu diria que a solução desse problema é quando vem os que sabem e ensinam os que não sabem, que são obrigados pela verdade, a acreditar.

Fiquem com os comentários sobre política e a economia e deixem a aviação para os profissionais.

Watch and learn, my friend!

Roberto F Santana

Flanker,
Ótimo seu vídeo, essa eu não tinha visto ainda, gostei do título também.
“Unsuccessful cobra landing attempt “.
Russo adora destruir Sukhoi e MiG.

Alex

esses aviões possuem CAIXA PRETA.

MatheusTS

Flanker intaum é assim que os Russos limpam seu conves de objetos que possam danificar as aeronaves……
Quanto ao F-18 acho que uma revisão a + nese motor e ele estaria voando ainda. Piloto meio loco pra faser isso com caças…..
Bela admostração só faltava ele ter completado =/

Ricardo GF

By the way, o próprio vídeo diz que este batch de CF-18s canadenses havia recentemente recebido um upgrade/renovação que custou quase 3 bilhões de dólares…

MB

Mais uma demonstração inútil de uma capacidade inútil. Nenhum piloto de caça irá reduzir a sua velocidade para escapar de um míssil ou de um, pouco provável hoje em dia, dogfight.
Essa manobra pode até parecer bonita para o público, mas já demonstrou um custo muito alto, tanto em equipamentos quanto em vidas. Ainda prefiro as passagens rápidas que demonstram a manobrabilidade em condições mais parecidas com as reais. E como arremate uma boa quebra da barreira do som para estremecer o show!

rafhael

kkkkkkkkkkk Deu “stol”, a velocidade não era compativel com o peso da aeronave.

E é só um F-18 a menos… f_18 pra eles é fusquinha.

Depois de uma encomenda de mais de 2000 F35, mais de 200 F22… e por ai a fora, eles estavam só testando o novo sistema de ejeção.

Reportagens especiais

Saab Press Trip 2019 – parte 2

Entrega do primeiro Gripen E brasileiro Por Guilherme Poggio Linköping é uma cidade pequena para os padrões brasileiros (possui cerca de...
- Advertisement -
- Advertisement -