domingo, dezembro 5, 2021

Gripen para o Brasil

Gripen NG Demo vai ao RIAT

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A Gripen International informou nesta quinta-feira, 15 de julho, que o Gripen NG Demo será exibido ao público pela primeira vez fora da Suécia. A exibição será no Royal International Air Tattoo (RIAT) que acontecerá em Fairford, no Reino Unido, entre 17 e 18 de julho, e também na semana seguinte, no Farnborough International Airshow. O caça chegará a Farnborough na segunda-feira, 19 de julho, e estará em exposição estática até a sexta-feira, dia 23.

Sobre o desenvolvimento do Gripen NG Demo, Lennart Sindahl, Vice President Senior da Saab AB e chefe da área de negócios aeronáuticos, informou que “o extensivo programa de testes com a aeronave continua com sucesso e de acordo com os planos na unidade da Saab em Linköping, na Suécia. Isso nos dá a oportunidade única de trazer a aeronave ao Reino Unido durante os feriados de verão da Suécia.”

A única vez que o Gripen NG Demo esteve fora da Suécia foi em maio deste ano, quando voou para a Índia, onde realizou avaliações conduzidas pela Força Aérea Indiana. Essa fase de exigentes testes incluiu operações na Base Aérea de Leh, situada a 3.300 metros acima do nível do mar. Na ocasião, a aeronave realizou seu 150º voo e, até o momento, já ultrapassou a marca de 175 voos bem sucedidos, segundo o informe da Gripen International.

O informe também destaca que o Programa Gripen NG oferece uma estrutura de sistemas aviônicos completamente nova, que garantirá mais de 100% de capacidade reserva de computação e 30% de capacidade reserva em todos os outros sistemas da aeronave. A nova estrutura também facilita e melhora o custo-benefício da incorporação de novas funcionalidades, assim como a integração de novo hardware, para que o Gripen mantenha sua capacidade ao longo do tempo de serviço.

Atualmente estão sendo testados todos os sistemas táticos, como o radar AESA e o novo sistema de comunicação.

Mattias Bergström, gerente de projeto do Demonstrador Gripen NG, complementa: “O programa de teste é bastante extensivo. Finalizamos e verificamos com sucesso os testes de voo do sistema eletro-óptico de aviso de aproximação de mísseis (Missile Approach Warning System – MAWS) e o novo sistema de combustível com os tanques internos de maior capacidade.”

Os resultados do Programa ‘Gripen NG Demonstrator’ serão usados tanto em versões existentes quanto novas do Gripen, especificamente adaptadas às necessidades de clientes específicos, seja na Suécia ou para exportação.

O Governo Sueco, a Saab e algumas das empresas aeroespaciais líderes no mundo estabeleceram uma parceria para apoiar e financiar o programa ‘Gripen NG Demonstrator’, cujo objetivo é demonstrar uma gama de tecnologias futuras e capacidades para assegurar que o Gripen mantenha-se na vanguarda do desempenho e da capacidade dos aviões de caça, para muito além de 2040.

FONTE / FOTO DE BAIXO: Gripen International

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

62 Comments

Subscribe
Notify of
guest
62 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Caipira

Não foi nesse evento que o Pelicano foi premiado ano passado??
Se for…nossa…já faz um ano….

Vplemes

“Atualmente estão sendo testados todos os sistemas táticos, como o radar AESA e o novo sistema de comunicação.”

E ainda tem aqueles que teimam em dizer que o AESA do Gripen não existe, ou vai demorar muito até ser finalizado. São os mesmos que não conseguem aceitar que o rafake tem um motor mirrado, um radar que mesmo melhorado continua miope, e não será capaz de aproveitar todo o potencial do meteor.

Vader

“Na ocasião, a aeronave realizou seu 150º voo”

Ou seja, o Gripen NG vôou em Leh. Se só dois voaram, quem será o outro?

Caipira

rsrsrs

Olhei em um dos links sobre a RIAT 2009 e o primeiro coment é meu….provocando os fãs do NG, rachei de rir aqui…

hoje em dia eu não me atrevo mais…os animos estão exaltados…rsrsrs

Marcos

E agora, o que será que a turma dos RaFAILs irão inventar como desculpas para tentar difamar o Gripen?

Ele esta ai, voa (150Voos), tem radar AESA, dispara Meteor, e inovações e o que não falta.

Agora eu pergunto o que eles irão fazer?
Há sim, “CHORAR”. e só o que resta a eles.

Hehehehehe

Antonio M

É. Não adianta tentar convencer este blog que o Gripen NG não existe ! rsrsrsrsrsr!!!!!

Jakson Almeida

Olha as rafaletes dizendo!O GRIPEN NG NÃO EXISTE!!!!!!!!!!!!!!!hahahahahaha.

Glauco

Opa mais é claro que ele existe… se até o F-20 existiu pq o Gripen NG não tera esse direito?

Agora Falar que o Rafaleco tem motor miradinho… é brincadeira…

Caça para o BRASIL de hoje tem que com 2 motores depois podera vir um mono motor … mais fazer uma compra de um mono motor e depois pensar em comprar aviao com 2 motores esqueça nunca vai acontecer..

é No minimo o Rafale e infelizmente o F-18 não vem e já sabem até porque

Glauco

Torço para o FX-2 acabar e vir logo os russos que aquilo sim pode se chamar de caça de verdade

Marcos

Glauco
Mas se for dois, ao menos que sejem dois motores que não morram, principalmente em combate,porque em testes já aconteceu na India.

Sds

Marcos

E completando
Concordo com voce, poderia vir os Russos Su-30,35, e por fim o Pak Fa.

Sds

Nick

Radar AESA….MAWS…. Tanques Internos maiores…..tudo photoshop! 😀 hasduhasuhdasduhasdhasdhu!!

Francisco AMX

pois é… continua um demo… cadê o primeiro protótipo? isso sim é de chorar! rsrsrsrs

Sds!

Edu Nicácio

Go, Gripen! Go!

Voa de Gripen, Brasil! E projete um 5ª geração para o futuro…

Luther

Disse tudo Francisco….quero ver protótipo e não gripen D recauchutado com gambiarras…
Super Hornet é melhor que esse nanico monomotor que depende ainda de um APU francês pra sair do chão…

Gumpy

Hahahaaaaa…
Podíamos pegar um Hornet D, trocarmos o radar, motor, sensores, aviônicos e chamá-lo de Super Hornet Demo….rsss

MatheusTS

pode ser qualquer caça menos o Hornet com todo respeito a ele mais a proposta do Gripen e do Rafale abateu ele antes de entrar no programa. Eu acho que para ter uma industria boa seria o Gripen e um caça bom o Rafale. Ambos os 2 são novos e podem ser modernizados por exemplo. O Rafale Feito aqui pode ser com a GE F141 tiraria dele uma bela desvantagem e ele ficaria com a hora de voo aproximada da do Hornet. Poderiamos colocar o A-Darter tambem o Piranha qualquer missel que agente quiser. O Gripen é logico que existe… Read more »

airacobra

ao menos o gripen não eh obrigado a decolar toda vez com aqueles tanques monstrengos

Clevston Kvowster

Nossa o Gripadinho apareceu? Hum continua sem meter medo em ninguém,pena…Que isso é sonho de alguém.

Falcon

O fato dele ser monomotor é o argumento mais idiota para se desfazer do Gripen,o Gripen tem seus méritos assim como o Rafale,cada um que bote na balança e veja o que compensa mais.Mas esse argumento é bem primário,o F-16 ta aí na cara pra mostrar que tamanho de caça não é documento, monoturbina menos ainda,ele é um sucesso operacional e de vendas,muita mais provado em combate do que o dito bi-turbina do Rafale e incomparavelmente mais vendido.O fato da aparência e tamanho dele não ”assustarem” não diz nada em sua eficiência em combate aéreo como alguns teimam em insistir,se… Read more »

Falcon

Off:Alguém ai viu hoje a notícia no jornal da RedeTv,4 pessoas(peixes grandes) presas na França acusadas de fazer caixa-2 na campanha do Sarkozy?

Ivan

Francisco AMX disse:
15 de julho de 2010 às 21:35
“… continua um demo… cadê o primeiro protótipo?”

Pois é, Xikão,

Esta é minha esperança!
Que o protótipo demore o suficiente para ser sueco-brasileiro.
Sonho meu.

Abç,
Ivan.

Ricardo_Recife

Gostei desta falcon.

O Gripen NG vai a Riat! Era algo de se esperar, parodiando Descartes “se voa, logo existe”.

airacobra

eh isso ai ivan conterraneo

torço muito para que isso aconteça, eh o melhor para o Brasil, para a FAB, para a embraer, melhor que comprar um avião sem mercado que nao vendeu pra ninguem

Nick

Meio que off topic mas é relacionado ao FX-2:

http://www.defensenews.com/story.php?i=4710029&c=&s=TOP

Traduzindo: França tá numa pindaíba…..

Entre adiamentos e cortes o que eu achei interessante foi : que a linha de produção do Rafale poderá ficar 2 anos fechado, visto que a produção econômica mínima é de 11 unidades / ano. A salvação é o FX-2 ou os EAU.

[]’s

Lizzard

Engraçado… Aqui nesse blog só se fala bem do Gripen. Esse avião é muito menos potente que o seu antecessor, o Viggen, sendo o modelo original sequer equipado com uma probe de combustível – algo impensável num caça moderno, mas acontecia com o Gripen. Os suecos simplesmente desmereciam esse recurso, dizendo que o caça foi projetado pra eles e não necessitavam disso. Ainda queriam vender pra outras nações? Fala sério… O alcance do modelo original era simplesmente ridículo. Sem falar do teto máximo de vôo, razão de subida, aceleração… Isso porque o motor que foi patenteado do F-18 original teve… Read more »

Ricardo_Recife

Nick, Quando a Dassault apresentou ao governo francês o projeto do Rafale ela previa fabricar 48 caças ao ano. Tinha imaginado vender em 10 anos 460 caças, 300 exportados. Hoje ela produz menos de 1 por mês, tem uma taxa de ociosidade superior a 80%. Como coloquei a alguns dias hoje a redução dos gastos com defesa do governo francês tem atingido principalmente a Dassault, Thales e Snecma. Para não dizer que não falei do Gripen NG acredito que agora no RIAT ele vai demonstrar suas qualidades como o projeto mais avançado europeu e com melhor relação custo de aquisição/manutenção/benefício.… Read more »

Cor Tau

“Francisco AMX disse:
15 de julho de 2010 às 21:35 ”

É o caça dos sonhos……..Rumo ao desconhecido…….Assim como a Força Aérea deste pais…………

Abraços amigão…..

Ivan

Cor Tau disse:
16 de julho de 2010 às 5:34

Cor Tau,

Não conhecemos o futuro, não sabemos como será.

Mas Victor Hugo tinha um conceito interessante:

“O futuro têm muitos nomes. Para os incapazes o inalcansável, para os medrosos o desconhecido, para os valentes a oportunidade.”

Grande abraço,
Ivan, um sonhador.

Ivan

Ops!!

inalcansável = inalcançável

Desculpem o erro.

Edcreek

Olá,

Então o Gripen D vai a Inglaterra atraz de alguém para custear a continuidade do projeto?

Ainda bem que o caça Sueco já foi descartado aqui no Brasil já que sempre será um demo.

Abraços,

Guilherme Poggio

Edcreek escreveu:

Ainda bem que o caça Sueco já foi descartado aqui no Brasil

Como assim descartado? Oficialmente nenhuma decisão foi tomada e os três continuam na briga.

Craveiro

Sobre as relações Brasil x França
—————————————————-

Segundo a Folha de SP de hoje, Lula espera converncer Sarkozy a ignorar as críticas internas e dar seu aval ao acordo UE Mercosul. A França é, aparentemente, o principal entrave a esta negociação.

Seria isto capaz de reduzir a “alinaça carnal” entre Brasil e França?

Vader

Interessantíssimo o Off-Topic enviado pelo Nick: “As part of the budget, the government has assumed there will be export sales of the Rafale, which would allow a two-year pause in domestic orders of the strike fighter, Morin said. “I hope this target will be achieved, as it will be extremely difficult to find measures which mitigate the situation,” he said. He said the main risk is an absence of foreign sales of the Rafale. Dassault Aviation needs to deliver 11 Rafale aircraft a year to keep its production line working at an economic rate, and if the French government were… Read more »

Marcos

Os seguidores de EL RaFAIL ainda buscam defeitos, que só eles consegue ver.
E turminha que parece Jacaré em filme de Tarzan, nasceram para perder.

Hehehehe.

Giordani RS

Falcon disse: 15 de julho de 2010 às 22:55 O fato dele ser monomotor é o argumento mais idiota para se desfazer do Gripen,o Gripen tem seus méritos assim como o Rafale,cada um que bote na balança e veja o que compensa mais.Mas esse argumento é bem primário,o F-16 ta aí na cara pra mostrar que tamanho de caça não é documento, monoturbina menos ainda,ele é um sucesso operacional e de vendas… Eu não queria entrar nestas falácias de viúvas(e eu faço parte da turma do Sukhoi…), mas neste quesito do F-16, sou obrigado a perguntar aos amigos: Por quê… Read more »

Orion_paris

Dear Ricardo_Recife, It has been 10 years since Dassault knows that 400 Rafale will not be sold to France, this is not a new issue for Dassault, Safran or Thales. Today 11 units per year can be produced, but it is ready to go for more than 30 units per years if needed. The Rafale is not concerned about the cost cutting to come in defense minister. Like all such military programms Gripen NG and Rafale need exports. But the main difference is that Rafale needs exports to complete the updates in long term, Gripen NG needs exports to simply… Read more »

Manock

Me coloco ao lado dos defensores do Gripen NG como melhor opçao à FAB por razões já exaustivamente discutidas, mas depois de ler o post do Vader me lembrei de uma frase do meu finado avô: Vendedor que tem pressa ou vende barato ou perde o cliente! Partindo do pressuposto que nossos dirigentes e/ou comandandes não estão recebendo “presentinhos” dos franceses gostaria de levantar duas questões: 1- Seria uma boa oportunidade para impor à Dassault condições muito favoráveis para a FAB. 2- Seria uma ótima oportuniadade para impor ao Governo Francês vantagens políticas e econômicas espetaculares ao Brasil nas negociações… Read more »

Francisco AMX

Pois é Ivan, “the dreamer”

Dae meu amigo, o Rafale vai sair de graça! e o “nosso” NG… o risco é grande, ou vai ser um caça “mal feito” ou vai custar muito, mas muito mais do que vcs imaginam… e lembra que é um caça de 4ª geração…

Abraço… sonhador… rsrsrs

grifo

Bem, diante disso pergunto:

Caro Vader, se me permite acrescento uma outra perguntinha:

d) É este país “nadando em dinheiro” que vai comprar 12 KC-390 de que eles não precisam?

ZE

EDITORES,

Por favor, transformem em matéria o post do Vader disse:
16 de julho de 2010 às 8:45 (a tradução para o Português da matéria original).

OBS: o gasto de 1 Bilhão de Euros para manter aberta a linha de produção do Rafale é ANUAL.

1 Bilhão de Euros por ANO !!!!

[ ]s

Edu Nicácio

“Ele esta ai, voa (150Voos), tem radar AESA, dispara Meteor”

Complementando: também é a plataforma de testes do míssil A-Darter, que em breve estará nas forças aéreas da África do Sul e do Brasil, e terá um ótimo potencial de exportação…

No mais, vou tentar escanear uma reportagem completa sobre o Gripen que saiu na revista Inova ABC de maio, inclusive com visita às instalações da Saab na Suécia…

Com a abertura dos códigos, a FAB poderá integrar qualquer míssil que desenvolvamos, seja MAA-1, MAA-1B, MAR-1 e, por que não, até o míssil anti-navio que a Mectron está desenvolvendo…

ZE

Para completar o post: O ministro da defesa da França disse que, para manter a linha de montagem do Rafale aberta, é preciso gastar 1 Bilhão de Euros POR ANO !!! Esse 1 Bilhão de Euros, é o preço que eles pagarm para comprar 11 Rafale e manter a respectiva linha de montagem aberta (com todos os encargos). Ou seja, é preciso fabricar, no mínimo, 11 Rafale POR ANO !!!! Pois bem, a Lei de Programação Militar da República Francesa prevê a seguinte compra de Rafale (quaisquer reclamações, por favor, escrevam para o Parlamento Francês que aprovou a LEI !!!!):… Read more »

relampago

Amigos vamos parar de bater na mesma tecla e ficar discutindo se aquele e melhor ou pior,e sim discutimos para que esse ou proximo
gov,aumente verbas para nossos cientistas tec e eng etc, para que desenvolvemos nosso proprio motor por exemplo.Dai partimos para nosso caça de quinta geraçao ja que investir em uma tot que daqui a dez ou quinze anos estara defesada e que custara bilhoes ,nao e melhor
sairmos de vez por todas da dependencia estrangeira?

Craveiro

relampago disse: 16 de julho de 2010 às 11:31 Concordo com você. Mais importante do que a aeronave que será comprada (será mesmo?) agora é o que as nossas autoridades planejam para o médio e longo prazo em relação a pesquisa e desenvolvimento. A bendita TT em que tanto batem é muito bem vinda mas não será panacéia. Nosso subnuc está em desenvolvimento há cercxa de 30 anos por conta de problemas tecnológicos mas principalmente por falta de financiamento contínuo. Uma aeronave de combate deve ser menos complexa e cara do que um subnuc. Inocentemente falando, o país deveria começar… Read more »

Vplemes

“Craveiro disse: 16 de julho de 2010 às 8:45 Sobre as relações Brasil x França” Amigo Craveiro, com o marido da Carla Bruni metido até o pescoço em denuncias de corrupção, com a sua popularidade caindo feito pedra, com a França e a Europa atoladas até a alma em uma crise financeira sem precedentes, com a França sendo obrigada a cortar direitos dos aposentados, com a França sendo obrigada a cortar seus orçamentos (defesa, educação, saúde, etc…) na carne. Será que dá para imaginar o Sarkozy aceitando a proposta do Mulla-Allá? Se por algum milagre isto acontecesse, com certeza haveria… Read more »

Henrique Sousa

Poxa, vamos usar argumentos razoáveis: razão peso/combustível, empuxo/peso, carga alar, custo esperado/contratado de manutenção, custo por sortida, missão principal, entre outros.

E não ficar naquela: não mete medo em ninguém, é monoturbina não presta, e por ai vai.

Lembro sempre da máxima: você luta como você treina. Isto para mim é o mais importante, muito mais que ganhar no Super-Trunfo….. 😕

cal

Tomara que o novo governantee que provavelmente terá um novo MD, tenham uma preferencia diferente dos atuais e cancelem logo esse Fx-2, entrando logo no PAK e adquirindo alguns SU-35

Edcreek

Olá, Guilherme Poggio oficialmente nenhuma opção foi descarta extra-oficialmente temos: 1) O comando da FAB considerou o projeto de alto risco; 2) O Governo Federal prefere o caça Françes; Basicamente a FAB não quer e governo não quer, como já foi dito aqui varias vezes é Rafale ou nada essa hipotese de NG é o mais puro devaneio. Pessoalmente vejo assim: 90% de assinar um protocolo de intensões de compra do caça Françes; 5% de não ter nenhuma resposta oficial; 5% de dar Super Hornet com venda casada de ALX; Em caso da 1º hipotese ocorrer com vitoria do PT… Read more »

Guilherme Poggio

Edcreek escreveu:

oficialmente nenhuma opção foi descarta extra-oficialmente temos:

1) O comando da FAB considerou o projeto de alto risco;
2) O Governo Federal prefere o caça Françes;

Extra-oficialmente o Gripen foi declarado em primeiro lugar, o SH em segundo e o Rafale em terceiro.

fredy

Muito bom os comentários.

Se metade do que foi exposto for verdade fica evidente que a compra do rafale é uma furada.

Acho que se o Lulla tivesse juízo ele deixava a decisão para o próximo governo.

já imaginaram se o Rafale vence o FX2, o Serra ganha a eleição e se recusa a assinar o contrato ao argumento de que não seria a melhor apção aos interesses nacionais?

Ai até o vigarista do Sarcozy vai ter todo o direito de invocar a célebre frase uma vez dita pelo general charles de gaulle sobre o Brasil.

Edcreek

Me desculpem o erro gravissimo de português:

procimas=proximas

Últimas Notícias

Os jatos mais avançados da Força Aérea dos EUA podem estar vulneráveis ​​devido às suas próprias armas

A Força Aérea dos Estados Unidos tem algumas das aeronaves mais sofisticadas do mundo e está desenvolvendo jatos mais...
- Advertisement -
- Advertisement -