Home Sistemas de Armas Voa o demonstrador do F-15 ‘Silent Eagle’

Voa o demonstrador do F-15 ‘Silent Eagle’

352
56

A Boeing informou nesta sexta-feira, 9 de julho, que seu demonstrador de voo do ‘Silent Eagle’, a aeronave F-15E1, fez o seu primeiro voo em 8 de julho a partir do Lambert St. Louis International Airport. O teste durou 80 minutos, e o F-15 E1 abriu e fechou sua baia conformal de armamentos da esquerda, a qual estava equipada com um míssil AIM-120 instrumental de testes (Instrumented Test Vehicle – ITV), que não foi lançado.

Segundo a empresa, tudo correu conforme o planejado durante o voo e, nas próximas semanas, o F-15E1 deverá ser levado para um campo de provas para lançar um AIM-120.

O ‘Silent Eagle’ foi desenvolvido em resposta a requerimentos de clientes internacionais para um avião de combate custo-efetivo, de alta performance, e capaz de se defender de futuras ameaças. O avião, segundo a Boeing, oferece características únicas de aerodinâmica, aviônica e redução da Seção Reta Radar (RCS), e sua baia conformal de armamentos pode carregar diversos mísseis ar-ar e armas ar-solo.

FONTE / FOTOS: Boeing

NOTA DO BLOG: os leitores interessados em discutir questões semânticas (ou mesmo históricas e técnicas) a respeito do termo “demonstrador”, podem utilizar para esse fim o espaço dos comentários desta matéria do voo do demonstrador do ‘Silent Eagle’ e, assim, aliviar um pouco desse assunto repetitivo as matérias sobre o Gripen Demo NG. Mas preferimos que tratem de outros assuntos mais interessantes a respeito dessa nova versão do F-15.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
56 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
Vader
9 anos atrás

Depois que a Boeing desistiu das derivas inclinadas, percebi que esse é apenas um remendão do F-15… Embora possa vir a ser útil para os países que já utilizam o F-15 (Arábia Saudita, Coréia do Sul, Japão, Israel, etc).

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

De acordo c/ o flightglobal:

“Depending on the customer’s desires, the F-15SE also may include other upgrades, including a panorama cockpit display, a BAE Systems digital electronic warfare system (DEWS) and tail fins canted outward by 15º.”

(http://www.flightglobal.com/articles/2010/07/09/344274/f-15-silent-eagle-scores-two-firsts-with-export-license-flight.html)

As derivas inclinadas são um opcional ao upgrade.
Se bem que eu já ví em um desses videos de youtube, aonde as derivas apareciam inclinadas na totalidade de sua altura e não parcialmente como tem aparecido em fotos.

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Conforme o flightglobal:

“Depending on the customer’s desires, the F-15SE also may include other upgrades, including a panorama cockpit display, a BAE Systems digital electronic warfare system (DEWS) and tail fins canted outward by 15º.”

(http://www.flightglobal.com/articles/2010/07/09/344274/f-15-silent-eagle-scores-two-firsts-with-export-license-flight.html)

A empenagem inclinada é um item de upgrade.

Hornet
Hornet
9 anos atrás

Na minha opinião, o F-15 é um dos caças mais belos já feito até hoje…o SE deu uma “enfeiada” com esses tanques conformais, mas mesmo assim ainda é um belo caça. abraços a todos ps. não sei porque tanta confusão em torno dos conceitos. Não se trata exatamente de semântica, mas sim de conceito. Um demonstrador de tecnologia é algo mais “simples”, mais “qualquer nota”, e pode sem dúvida alguma, como quase sempre ocorre, estar baseado em uma “modernização” de um avião anterior (o SE é um exemplo disso). Já um protótipo industrial é outra coisa: visa a produção do… Read more »

Theo Gatos
Theo Gatos
9 anos atrás

Acho que ele pode se tornar um belo custo-benefício para nações que queiram ter um vetor com baixa assinatura de radar, mas sem comprar um de 5a. geração propriamente dito. Além do que um F-15 já é um excelente vetor (na minha opinião entre os mais bonitos, apesar de eu nesse mesmo estilo ter uma leve preferência pelo F-14 tomcat) e agregando mais uma característica, ele pode ganhar uma sobrevida interessante no mercado… Mesmo se tratando de um aperfeiçoamento de um modelo antigo… Nós voamos ainda com F-5 depois de modernizações, imaginem um F-15 stealth… Sds. PS. visualmente achei que… Read more »

Raptor
Raptor
9 anos atrás

A questão é quanto vale em ativos reais a Boieng…

Quer queira quer não, as empresas norte americanas de alta tecnologia, fazem parte importante da tradição de armamentos AMERICANOS…

É recomendável o monitoramento do mercado americano, para logo depois da queda (menor preço dos ativos), comprá-los com títulos lastreados em energéticos (refinados do petróleo, gás, biocombustíveis, combustível nuclear). Se não cair (que duvido) não se perde nada. Se cair e não fizer nada, perde tudo.

Alguém sabe a resposta do “show do milhão”…

Raptor
Raptor
9 anos atrás

Cabe também, “títulos acumuladores”, Bolivia/Brasil (baterias automotivas de lítio), Brasil/Argentina (Solar/Eólica/Marítima/Nuclear – excedente estocado na forma de hidrogênio).

Raptor
Raptor
9 anos atrás

Pessoal,

Alguém poderia verificar qual o valor dos ativos reais (sem patentes) das principais empresas de tecnologia americanas e publica-las aqui no blog…

Cadê o ZÉ…

Abraços.

Raptor
Raptor
9 anos atrás

O capital Nacional Brasileiro poderia ficar em posse dos brasileiros e outros americanos que se dispuserem por um período máximo de 25 anos (quarentena), para reestruturação, manutenção da capacidade crítica de pesquisa e TRANSFERÊNCIA IRRESTRITA de tecnologia.

Adivinha quem vai pagar parte da conta do bordel…

Raptor
Raptor
9 anos atrás

continuando a brincadeira…

Cuba, tem muitas terras altamente produtivas para cana de açucar (faltam refinarias de álcool combustível) assim a Nação Cubana poderá se beneficiar da emissão de títulos baseados em biocombustíveis.

Venezuela também poderá emitir os seus títulos.

Chile em cobre.

Parcerias para salvar as empresas Americanas, os empregos e principalmente TECNOLOGIAS – conseguir manter a mínima massa crítica para não se perder para outro continente.

Quem topa…

Apenas uma piada…

Raptor
Raptor
9 anos atrás

Para descontrair, tomando caipirinha com uma bela morena e tocando harpa… Burn…

http://www.youtube.com/watch?v=cO7HY_CUavI&feature=related

Raptor
Raptor
9 anos atrás

Minha felina me soprou nos ouvidos…

Bem, é bom não irritar a “Bruxa” do castelo, os negócios podem e devem ser intermediados pelos ingleses (legitimidade perante os anglo saxões), mediante comissão a combinar.

Apenas, se recomenda o negócio, se o BC Bretão estiver no controle dos representantes legítimos da NAÇÃO Bretã. Na dúvida, verifique quem esta nas cédulas. O BC Bretão, ficaria como fiscal do FED (PÚBLICO).

Justo, Madame..

Raptor
Raptor
9 anos atrás

Não há de se negar que foram eles próprios que pediram…

http://www.youtube.com/watch?v=6O6x_m4zvFs&feature=related

risos…

Raptor
Raptor
9 anos atrás

“mediante comissão a combinar.” E honorários advocatícios de um NACIONAL brasileiro (tabela da OAB mínimo 20%). Desculpe, não posso desrespeitar as leis de meu país cobrando menos. Não é ético perante meus outros colegas de profissão.

Contatos, mande um emissário em DISCRIÇÃO de minha jurisdição em minha RESIDÊNCIA, caso esteja interessados nos meus serviços.

Sigilo profissional garantido, desde que não prejudique interesses brasileiros. (quer participar N… 50/50 ). Justo…

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Bom dia meu amigo NUNÃO Foi bom você ter aberto este espaço. Na realifdade está sendo atribuido a confusão às pessoas que não tem preferência do Gripen NG na FAB, mas pelos pontos colocados aqui por defensores deste caça, tenho a certeza que a confusão está do outro lado. Não vou voltar mais neste assunto, mas vale a pena alguns comentários: > O F-18 SH e o Rafale oferecido a FAB é um demo, protótipo ou um caça operacional? > E o Gripen NG? em qual categoria se enquadra? Já coloquei no outro post o conceito de Demo e Protótipo.… Read more »

drcoakroach
drcoakroach
9 anos atrás

JAh que o ZE nao disse, digo eu:

“Galante (e Nunao), este aviao NAO EXISTE!!!” 🙂

E se a Boeing oferecer parceria no desenvolvimento, co-propriedade dos avionicos, exclusividade na producao de partes da estrutura (inclusive o que for p/ ser vendido nos EUA), valores fixos, taxa de financiamento de 15 anos com 8 de carencia (pgto soh depois de entregue), off-sets, etc…

Diriamos: “E o risco gente!!!” Mecho… Mas nao irao propor adquirir o KC390 (mesmo que nunca o comprem)?! Entao nao!

[]s!

Tito
Tito
9 anos atrás

Mais um avião que “non ecxiste”, não é Rafaletes? 🙂

Raptor, a balada foi boa????

Abs

Tito
Tito
9 anos atrás

drcoakroach, muito boa. 🙂

Guilherme Poggio
Reply to  Tito
9 anos atrás

Essa foto deve ser montagem.

Demonstradores não existem!
🙂

Vader
Vader
9 anos atrás

Fui só eu que não entendi nada que o colega Raptor falou ou tem mais alguém? Acho que ele tomou umas biritas antes de comentar, hehehe… 🙂 __________________ Quanto à eterna questão das rafalechetes: um demonstrador de tecnologia é algo feito para demonstrar na prática um conceito teórico, sem qualquer obrigatoriedade de produção. Como exemplo tome-se o Su-47 Berkut: foi planejado apenas para testar o conceito das asas em enflechamento negativo. Nesse sentido, malgrado a escolha equivocada do nome pelo departamento de marketing, o SAAB Gripen NG não é um demonstrador de tecnologia. É um PROTÓTIPO, eis que já há… Read more »

Wilton Cavalheiro
9 anos atrás

Legal, estou ancioso para ver alguma matéria com o DEMONSTRADOR do emPAKFA.
🙂 🙂 🙂 🙂
Vento que venta la, venta ca.

Vader
Vader
9 anos atrás

Ah, e detalhe: se houver em algum momento algum compromisso por algum comprador de efetivamente adquirir o Boeing F-15 Silent Eagle, este deixará, no ato, de ser um demonstrador, para se tornar um protótipo.

Aí, só alguém que quer desinformar ou tumultuar poderá dizer que ele não existe…

Sds.

Raptor
Raptor
9 anos atrás

Pessoal,

Desculpem pela bricadeira…

Prometo não mais repiti-la.

Agradeço a compreensão.

abraços

Guilherme Poggio
Reply to  Raptor
9 anos atrás

Segundo o US DoD

prototype — A model suitable for evaluation of design, performance, and production
potential.

Ricardo-Recife
Ricardo-Recife
9 anos atrás

O F-15 SE não existe. O F-16 SV não existe. O F-22 não existe. O F-35 não existe. O KC 390 não existe. O SU-35 não existe. O PAK-50 não existe. O Gripen NG não existe. Nada existe, estamos todos utilizando computadores que não existem. Este blog, também não existe. A única coisa que existem são fantasmas, como a produção de 4 caças ao mês e o número de 300 exportados que foram projetados pela Dassault Aviation para quando o Rafale tivesse 10 anos de entrada em serviço. Drcoakroach. Ótimo. Vander. Permita me fazer mais uma observação ao seu comentário.… Read more »

Nick
Nick
9 anos atrás

A grande vantagem do F-15 SE sobre os 4.5 geração como o F-18E, Rafail, Typhoon, Gripen Ng e SU-35BM é sua capacidade de “voar limpo”, mantendo um RCS, se não furtivo, bastante baixo. É o que mais se aproxima de um 5ª geração verdadeiro. Se vale a pena adquirir ou não, se resumiria basicamente se há disponibilidade ou não de um verdadeiro 5ª geração como o F-35. Sobre ser um demonstrador ou não, acredito que esse assunto já está esgotado. As rafaletes adoram usar isso para desqualificar o GripenNg, mas, sinceramente, é a principal qualidade da proposta da SAAB. []’s

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

“Essa foto deve ser montagem.

Demonstradores não existem!”

Ah, mas esse aí deve ser um tipo de demonstrados diferente, pois tem até o tal do “buzz number”, na deriva.

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Eu não colocaria a tentativa de se incorporar alguma furtividade do SE, acima daquela existente no SH e no Pak-FA.
A aeronave não incorpora facetamento, então p/ o deleite do Wellington, seria assim como o Su-35, RAM p/ tdo qnto é canto.

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Aos administradores do blog:

Por favor apagar meu post de 10/07 as 01:46h.

Está redundante.

Obrigado!!!

Paulo Andrade
Paulo Andrade
9 anos atrás

Discussão meio tola e. no meu modo de ver, um tanto quanto vazia. Que há diferenças óbvias entre demonstradores e protótipos não há como negar. Que o Gripen NG seja apenas um demonstrador também não há pq negar. Aliás vejo os defensores do NG tentando negar um fato que é, para o projeto da SAAB, uma virtude dentro da idéia vendida pela própria SAAB. O fato concreto é que isso não é desmérito nenhum para o produto da SAAB. Inclusive a própria SAAB utiliza esse fato como um trunfo. Ou seja, está oferecendo seu produto no estágio inicial do processo… Read more »

Theo Gatos
Theo Gatos
9 anos atrás

Ficou uma dúvida… O Raptor é advogado? rsrsrs….

Se bem que existem alguns pontos interessantes nos comentários dele… Verdade, pensamentos energéticos interessantes com hidrocarbonetos ou outras fontes de energia e sua relação com a geopolítica…

Mas acho que vou pra balada beber um pouco hoje, quando voltar leio de novo pra ver se consigo responder!

Abs.

Danilo
Danilo
9 anos atrás

Ótimo vetor, até o Brasil poderia adquirir, afinal um F-15 semi stealth, com RCS diminuido, armas confinadas em baias internas, com tecnologia BVR, pode ter certeza que esta aeronave tem mercado sim principalmente pra quem ainda não tem condições de adquirir algo como F-35B Lightning II ou PAK-FA T-50 e ainda porque o F-15 tem muitos operadores de seus modelos anteriores, ele seria o caça tampão até a total disponibilidade de venda de aeronaves do modelo F-35. Resta saber sobre seu valor final se realmente compensa adquirir imediamente ou seria mais barato manter esquadrões mais velhos voando por mais um… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

O Rafale assim como o Typhoon, são aeronaves incompletas colocadas em serviço em caráter precário devido a necessidades de seus contratantes iniciais. A RAF necessitava tirar do ar o Tornado ADV, a Aeronavale o F-8E(FN), os italianos e espanhóis o F-104 e os alemães o Mig-29. O NG é a 2ª geração, o follow on de uma aeronave que entrou em serviço mais completa e sem o drama dos outros 2 canards europeus. Deverá se conseguir algum cliente que lhe banque o desenvolvimento final, passar a pré série e a produção, pois não é uma aeronave nova em uma folha… Read more »

Guilherme Poggio
Reply to  Mauricio R.
9 anos atrás

Mauricio R.

Eu não diria que “são incompletas”, mas que entraram em atividade enquanto outros componentes/tecnologias ainda eram desenvolvidos. Na verdade existiram alguns atrasos.

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Poggio,

De fato e como houveram atrasos, mas eu digo incompletas pois ambos entraram em serviço c/ somente a capacidade de superioridade aérea.
Como cronológicamente o Rafale está sempre um pouco a frente do Typhoon, qndo houve a desqualificação do ac da EADS em Cingapura, o consórcio passou a se mexer mais rapidamente.

Guilherme Poggio
Reply to  Mauricio R.
9 anos atrás

Concordo, mas lembremos que os participantes do Eurofighter tinham uma maior urgência para defesa aérea.

Baschera
Baschera
9 anos atrás

Para mim, perece mais um Maverick V8 tunado e com pintura nova.
Mas o motor…… bebe de mais da conta.
Dizem que a conta da “oficina” deste aí é de lascar…. se bobear mais caro que dois Rafales.

Se a Arábia Saúdita bancar o resto do desenvolvimento poderá sair do papel. O problema é que Israel já pediu direito de veto.

Sds.

Paulo Andrade
Paulo Andrade
9 anos atrás

Guilherme Poggio, desculpe discordar, mas acho que a Marinha Francesa tinha ainda mais urgência em colocar o Rafale em operação. Lembremos que precisavam substituir os Crusader´s para “ontem”.
Um abraço

Guilherme Poggio
Reply to  Paulo Andrade
9 anos atrás

Paulo Andrade escreveu:

desculpe discordar, mas acho que a Marinha Francesa tinha ainda mais urgência em colocar o Rafale em operação.

Concordo plenamente. Tanto que eles receberam os aviões primeiro.

Foi exatamente o conflito entre as características do PA francês com os requisitos dos outros países que o projeto de um caça conjunto, verdadeiramente europeu, não saiu.

Henrique Sousa
Henrique Sousa
9 anos atrás

Elaia avião bonito.

Sonhar não custa nada, então 36 destes com o cocar da FAB ficariam uma maravilha.

Vader
Vader
9 anos atrás

Ronaldo disse: 10 de julho de 2010 às 17:43 “uma coisa é um demonstrador e outra bem diferente é um protótipo” Ah, vc acha? Então tá bem… Eu não acho a diferença tão crucial: se um demonstrador tem intenção de compra ele passa a ser um protótipo. Exemplo de aeronave que não passou de demonstrador: Berkut Exemplo de aeronave que poassou de demonstrador a protótipo: T-50, Gripen NG. Mas repito, essa discussão é semântica. Besta. Não desqualifica a proposta da SAAB. “outro erro é dizer que a Suécia vai compra-lo independente de pedidos externos” Então leia: http://www.aviationweek.com/aw/generic/story_channel.jsp?channel=defense&id=news/asd/2010/06/15/01.xml Destaco: “the decision… Read more »

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Meu amgo Vader, vou pedir licença a companheiro Paulo Andrade, para reproduzir parte de seu texto: 10 de julho de 2010 às 13:00 “”Que há diferenças óbvias entre demonstradores e protótipos não há como negar. Que o Gripen NG seja apenas um demonstrador também não há pq negar. Entre o vôo de um demonstrador e de um protótipo é necessário muito tempo, pesquisa e dinheiro, aliás, muito dinheiro.”” Não tenho nada contra você, nem dos editores, mas tentando fazer do gripen um gripen NG não é nada correto. A Saab não sai do lugar desde 2008. Para chegar na configuraão… Read more »

Vader
Vader
9 anos atrás

Ah tá bem Robson, já falei o que tinha pra dizer do assunto. Que outros julguem o seu reiterado comportamento, que eu chamo simplesmente de “trollagem” (minha opinião – com todo o respeito).

Até porque não sou nem juiz nem babá de ninguém. Não ganho pra fazer lobby ou “contra-lobby” e nem sou dono do blog.

Sds.

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

“”reiterado comportamento”” Seria mais simpático de sua parte utilizar termos como: reitarada opinião. A sua opinião também não muda, pois sempre tem a mesma opinão quando fala dos franceses. Não sei o motivo para que você está usando a expressão trolagem, mas a questão é de conceitos. Se seus conceitos são estes, se só sua opinão vale, então tenho certeza que não vai mudar. Não sou eu que toda vez que tem post que não de meu interesse, usa palavras inadequadas….etc. Então meu amigo..paciência…. Já falei que desse assunto de gripen não toco mais.

Vader
Vader
9 anos atrás

Ronaldo disse: 10 de julho de 2010 às 22:25 Não, Ronaldo, ele não é o Primeiro-Ministro da Suécia, nem o Rei da Suécia, nem o Presidente Obama, nem o Presidente Mulla, nem o Papa Bento XVI. Ele é só um jornalista de um site especializado em aviação, reconhecido internacionalmente. E ele está preocupado em falar do Projeto Gripen NG, não de um mísero FX2 de 36 caças que deve fazer o americano sorrir de vergonha alheia. Portanto ele não está de “trollagem”. Mas possivelmente ele não saiba de nada mesmo… quem sabe são as rafalechetes… Porém se o cidadão quer… Read more »

Vader
Vader
9 anos atrás

Tá bem Ronaldo, mantenha-se na sua discussão semântica, que lhe fará muito bem. Adeus.

Luan
Luan
9 anos atrás

Santo! Discução boba.Até parece que alguem vai morrer se o Gripen Ng for considerado protótipo! O PAK-FA existe…o Gripen NG não?Tudo bem é direito de cada um achar o que mais lhe convém.mas achar que o NG não existe pq é derivado de um C? Oxa,o quem tem de Gripen C no NG que o faz não existir para os olhos de alguns (cof cof todos rafaletes cof cof)? Só me resta concordar com o Vader,Só pode ser trollagem,pq a sisma de alguns ja está está virando até paranoia,fica até engraçado de ler os comentarios de um certo entusiasta em… Read more »

drcoakroach
drcoakroach
9 anos atrás

Vader disse:
10 de julho de 2010 às 22:45
“Então repito: para a Aviation Week, um dos maiores, se não o maior, site de aviação do MUNDO, o Gripen NG Demo é um PROTÓTIPO!”

A proposito:
http://gb.zinio.com/reader.jsp?issue=416131818

Qual eh a capa da revista? “GO GO Gripen”!

Mas eles erraram, eh “Go Gripen Go!!” 🙂

[]s

P.S.: Irei viajar com a familia, confiro o Blog quando possivel… Quem sabe haverah uma decisao na India logo, o que seria muito interessante…

Vader
Vader
9 anos atrás

Ronaldo, vc tem tanta credibilidade que afirmou que a Suécia não adquiriria o Gripen NG. Bem, eu lhe provei, e muitos outros também já o fizeram anteriormente, que o parlamento sueco e o Reino da Suécia decidiu investir no Gripen NG, eis que aquele país com o projeto Gripen até 2040. A Aviation Week nos dá conta de que a questão quanto ao Gripen NG não é mais SE, e sim QUANDO e QUANTOS. Eu não compreendo a língua sueca, mas entendesse poderia procurar nos próprios meios informáticos do Governo da Suécia. Se você entender, fique à vontade para procurar.… Read more »

Vader
Vader
9 anos atrás

Ronaldo disse:
11 de julho de 2010 às 9:50

Ah, dá licença troll, tenho mais o que fazer…

É claro, eu vou aprender sueco só para satisfazer a sua curiosidade por um pronunciamento oficial dizendo que a Suécia comprará o Gripen NG…

Vá você procurar, já que essa questão lhe é essencial para a vida…

No mais, prefiro acreditar na Aviation Week, um dos maiores sites de aviação do mundo, que afirma textualmente que o Gripen NG Demonstrator é um PROTÓTIPO, do que em trollagem de rafalechete fanatizada…

Alexandre Galante
9 anos atrás

“O Gripen Demo foi apresentado no último dia 23 de abril numa cerimônia em Linköping, para quase mil pessoas, entre jornalistas de todo o planeta, além de convidados da Saab. Pouco mais de um mês depois, em 27 de maio, o protótipo do caça realizou o primeiro vôo. O Gripen Demo é uma plataforma para testes de soluções e sistemas do futuro Gripen NG, um projeto original, desenvolvido numa plataforma comprovada.” – Bengt Janér diretor geral da Gripen International no Brasil

http://www.segurancaedefesa.com/EntrevistaBengt.html

Vader
Vader
9 anos atrás

Ok Ronaldo, quando os SAAB Gripen E/F começarem a sair do forno vou te lembrar dessa sua frase.

Luiz Eduardo
Luiz Eduardo
9 anos atrás

Vader, näo te stressa, para os rafalistas, fontes oficiais sao apenas o Nelson Jobim e cia (Amorim, MAG…) e a revista Foxthree da Dassault… o resto é questionável, näo entende nada ou é simples Lobby mesmo… E meus cumprimentos ao Sr. Paulo Ricardo, um raro exemplo de entusiasta do Rafale que sua “torcida” nao afetou seu raciocínio lógico… quiçá todos os pró-Rafale fossem como vocë – que gostam deste caça (particularmente tbm gosto bastante, apesar de minha preferencia ser a proposta da Boeing, nem tanto pelo caça em si, mas pela proposta como um todo e tudo que poderia ocasionar… Read more »

rafael
rafael
9 anos atrás

O F-15 é um caça surpreendente e essa configuração stealth só eleva suas características positivas, sem falar que ele custa menos que o F-35, que ainda faltam 4 anos para estar a venda. Neste sentido, vale afirmar que o F-22 já existe e o F-35 já voa em testes a anos, mas o pak-fa começou a voar esse ano e, sem dúvidas, vai demorar muito mais para estar pronto, sem falar que, é impossível realizar qualquer afirmação de que este caça russo será superior ou inferior a qualquer outro, pois ele ainda não existe de fato (aquilo que voo era… Read more »