Home Tecnologia Sobre a possibilidade de troca da turbina do Gripen para a Eurojet...

Sobre a possibilidade de troca da turbina do Gripen para a Eurojet EJ200

771
90

Dear Mr. *******

Thank you for your e-mail.

Saab has years ago already investigated the technical and operational feasibility for re-engineering JAS 39 Gripen with the EJ200 engine. Both Saab and EUROJET Turbo GmbH concluded that a re-engineering onlyshall be considered if there is a customer demand available. From a technical point of view, the EJ200 engine would fit into the engine bay of JAS39 Gripen with minor changes applied to the interface connections.

The commercial feasibility of re-engineering JAS39 Gripen would be supported, if required, by individual business case calculations.

The Thrust vectoring nozzle is offered as an optional item for any of the EJ200 engine standards.

I hope this answer can help.

Yours sincerely,Katarina Elbogen

Katarina Elbogen
Executive PR and Political Affairs EUROJET Turbo GmbH
Lilienthalstr. 2b85339 Hallbergmoos

90
Deixe um comentário

avatar
84 Comment threads
6 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
31 Comment authors
IvanJustin CaseGuilherme PoggiodrcoakroachRogério Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
ZE
Visitante
ZE

Ihhh, só estou vendo.

Vai ter gente falando que isso é mentira.

[ ]s

DrCockroach
Visitante
DrCockroach

Duas boas noticias:

1) Existe a possibilidade de integrar outra turbina; ninguem estah dizendo que eh barato e que seja imediato, mas eh possivel;

2) Quem ninguem estah interessado na fraquinha 75Kn Snecma M88 do Rafale. Fiuuuu!! 8)

[]s!

Robson Br
Visitante
Robson Br

Isto pode ser um mal sinal.
Ou os americanos não querem concorrência, ou a F414 não foi bem sucedida no caça.

Uma cois é certa. O Gripen NG cada vez mais está longe de ser um DEMO.
Não chega e nem vai passar desta fase.

Ricardo-Recife
Visitante
Ricardo-Recife

Versatilidade! Cada vez mais o Gripen NG demonstra suas qualidades superiores como caça multipropósito. Pode ser equipado com a melhor turbina americana ou a melhor turbina europeia, depende do desejo do comprador. A utilização do EJ200 já era algo discutido pela SAAB a algum tempo. Com a definição do Gripen NG com F- 414 completada, agora a SAAB vai buscar aumentar a versatilidade do seu caça, com isto vai multiplicar por muito seus operadores. Versões anteriores já foram exportadas para países da Europa, Ásia e África. O Gripen pode utilizar as duas melhores turbinas, possue excelente radar AESA, Meteor, o… Read more »

Vader
Visitante
Vader

“From a technical point of view, the EJ200 engine would fit into the engine bay of JAS39 Gripen with minor changes applied to the interface connections.” Traduzindo 1: Do ponto de vista técnico, o motor EJ200 caberia dentro da baia de motor do JAS39 Gripen com apenas mudanças menores aplicadas às conexões de interface. Traduzindo 2: Com pequenas mudanças poderíamos ter um Gripen propulsado pela excelente turbina do Typhoon (que já dá a este – muito mais pesado – supercruise). E detalhe: se bem entendi, com EMPUXO VETORADO! Pois é… enquanto isso a JACA tem um motorzinho tão mequetrefe que… Read more »

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Lord Vader,

Lembre-se do risco de embargo inglês para estas turbinas Rolls Royce.

Ops!
Esquecimento meu…
O Brasil já usa motores Rolls Royce a 4 (quatro) décadas.

Neste mesmo Blog, em 30 de setembro de 2009:

“Nossos principais clientes no setor aeroespacial civil brasileiro são a TAM, que utiliza motores Rolls-Royce Trent 500 em seus A340s, e a Embraer, que emprega o AE3007 para impulsionar as aeronaves da família ERJ145 de jatos regionais, e os Jatos Executivos Legacy 600. A Força Aérea Brasileira tem utilizado motores Rolls-Royce desde 1953, e a Marinha do Brasil usa turbinas a gás numa variedade de embarcações e fragatas.”

Abç,
Ivan.

Antonio M
Visitante
Antonio M

“…O Gripen NG cada vez mais está longe de ser um DEMO …”

Isso não é opinião ou análise, é simplesmente pura torcida.

Mas continue a apresentar sua tese “H2O em estado sólido não é água e sim gelo” que é muito divertida!!! rsrsrsr!!!

grifo
Visitante
grifo

Sinceramente, este é um dos absurdos que somente no Brasil mesmo… Uma pessoa que ouvisse o ministro da Defesa falar dos motores GE F-414 como sendo um “problema” no Super Hornet e no Gripen NG, certamente imaginaria que a GE é uma persona non grata no Brasil, com histórico terrível e que deve ser mantida a distância a qualquer preço. Essa pessoa nem imaginaria que a GE possui uma subsidiária brasileira especializada de grande porte especializada na revisão de motores, que gera mais de mil empregos qualificados diretos e fatura 1 bilhão de dólares por ano, a maioria vinda de… Read more »

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Grifo escreveu:

Essa pessoa talvez nem imaginaria que os motores GE são utilizados largamente pela FAB e por companhias aéreas nacionais. A onipresente turbina LM2500 é utilizada pela MB e por companhias estratégicas brasileiras como Petrobras e Vale.

Complementando – os motores do F-5 também são …. GE!

Antonio M
Visitante
Antonio M

“…Ou os americanos não querem concorrência, ou a F414 não foi bem sucedida no caça. …”

E no MMRCA Indiano, não foi esta turbina que falhou em pleno voô aliás, foi muito bem no teste!

Qual terá sido hein ?!?!?!?!?!?!

Nick
Visitante
Nick

Alguns dados: EJ-200: 4m de comp, 737mm de diam, 989kg de peso, 20.000lbs de empuxo, relação T/W: 9,17:1 GE-414:3,912m de comp, 889mm de diam, 1036kg de peso, 22.000lbs de empuxo. Relação T/W:9:1 Snecma M-88 2 3,5m de comp, 698mm de diam, 897kg de peso, 17.000lbs de empuxo. relação T/W:8,5:1 Para quem está preocupado com embargos a EJ200 é uma opção. Acredito que perderia um pouco de desempenho, visto que a GE-414tem mais empuxo, e em termos logísticos, imbatível. Além do que já possui uma versão sendo oferecida pela GE com mais potencia ainda, o que tornaria o Gripen imbativel em… Read more »

Fuzila
Visitante
Fuzila

A maior vantagem do Gripen NG é a F-414. Por que trocar? TT? Com a F-414 não terá TT, ok. Entretanto, com a EJ-200 muito menos … Não faz sentido trocar seis por meia dúzia … Se um dia os EUA embargarem a F-414, pode ter certeza que EJ-200 também será … Pagar uma fortuna para bancar a adaptação de uma turbina inferior e com menor escala? A única com alguma chance de TT é a M-88, mesmo que pequena existe … Só gostaria de lembrar aos amigos anti-gauleses extremistas, que a M-88 apesar de pussuir menor empuxo, é menor… Read more »

Fuzila
Visitante
Fuzila

Nick,

Tem algum erro aí, não ? A F-414 tem uma relação melhor que a EJ-200, mesmo se levarmos em consideração seus dados …

curvo
Visitante
curvo

Fuzila, concordo contigo com relação a ataques gratuítos, mas com relação à póssibilidade de TT com as Snecma, acho muito mais dificil de acontecer, acho mais fácil com a GE, que de acordo com o pedido da FAB teríamos de ter a capacidade de dar manutenção nas turbinas, e de acordo com o que escrito pelo Grifo, acho que logísticamente falando, estamos mais para GE ou Rolls Royce, do que para Snecma, não acham ?

DrCockroach
Visitante
DrCockroach

Nick, E talvez comparar a M88-2 com a RM12 (http://www.volvoaero.com/volvoaero/global/en-gb/products/Aircraft%20engines/RM12/Pages/technical_data.aspx). Mas o ponto aqui eh que, considerando value for money, a F414 eh a melhor escolha. A possibilidade de usar a EJ200 fica apenas p/ destruir mais um argumento fantasioso com relacao as turbinas americanas, a de que existe uma outra opcao. Mas a verdade que em caso (esoterico) de guerra com os EUA bastaria ter estoques p/ manutencao da F414, nenhuma guerra se prolongaria por anos. Alem do que, a GE tem um enorme investimento no Brasil, o que tb reafirma a opcao comercial pela F414 (belo sumario Grifo!).… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Se fosse pra escolher, eu manteria a Turbina (F414) e trocaria o caça.

O F-18 Super Hornet é muito mais avião que o Gripen, em todos os aspectos.

abraços a todos

DrCockroach
Visitante
DrCockroach

Ok, ok… Em negociacao alguem tem que ceder.

Entao achamos um ponto em comum. Que se mantenha a turbina F414, independentemente do jet (Gripen ou SH, 1 ou 2). E descartamos o Rafale 🙂

[]s!

P.S.: O FX-2 (finado, postergado…) nao eh apenas a escolha de um aviao, sao 7 quesitos

curvo
Visitante
curvo

Hornet, concordaria contigo se não fosse pelo pacoted de off-set envolvido (no que tange À questão de TT), por isto defendo F-18 S/H (mais rápida entrega e avião mais comprovado em combate) junto com a aquisição do Gripen E/F (os dois dentro do contexto do FX-2 – RIP-2) ! Melhor avião com melhor pacote !!! Simples !!! Se bobear sairia mais barato do que comprar simplesmente os “36” RAfales, querem apostar ?? Tenho certeza de que se abrissem um BAFo (só para deixar em pé de igualdade, liberdade e fraternidade com os francêses) para os outros dois concorrentes, teriamos preços… Read more »

CAL
Visitante
CAL

Acho esse anti americanismo bobagem, pois se entrassemos em conflito com eles não teriamos a minima chance com qualquer que fosse dos tres caças, porque certamente haveria embargo até dos franceses se eles pedissem. Para mim, esse papo é só para sustentar uma posiçao esquerdista, perante os amigos bolivarianos que na verdade apenas nos prejudicam, dando calotes ou tomando nossas empresas. Se pensar em produzir para vender aos vizinhos, tambem é besteira, pois todos estão falidos e nenhum teria condiçoes para adquiri-los. Acho que só ficariamos livres de embargos realmente, se adquirissemos avioes chineses ou russos, caso contrario não importa,… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Curvo,

eu nem estava me referindo ao FX2. Falava em geral.

para o FX2 o pacote melhor é o da Dassault.

abraços

RenanZ
Visitante
RenanZ

Ixi, agora a casa caiu para os concorrentes …

Giordani RS
Visitante
Giordani RS

Trocar o motor(turbina é somente uma peça do motor à reação) do gripen não é encarecer o produto? Se a grande vantagem, sempre lembrada pela SAAB, não é o baixo custo? E o NG? Como ficará? E o seu mais propalado baixo custo/h? Se o motor tem vetoração e supercruise, os custos de manutenção não serão maiores?

Agora não entendi…

RenanZ
Visitante
RenanZ

Por favor, esclareçam uma pequena dúvida minha

No caso da EJ2000, é esta turbina ou o avião (EUROFIGHTER) responsável pelo Super-cruise ?!?!?

PS:
Com empuxo vetorado, e menor chance de embargo, o que os Rafalistas e defensores do hornet iram argumentar contra o Gripen, lembrando que o embargo à motorização era a última desculpa !!!

Nick
Visitante
Nick

Caro Fuzila, Os dados são estes mesmos, o cálculo é simples pegue o valor de empuxo total em libras e divida pelo peso dry do motor tb em libras(ou fazer tudo em kilos). Sobre o F-414, o site da GE não fornece o peso seco dele, mas por estimativas giraria em torno de 1100kilos, ou pouco menos. Pode dar alguma diferença, mas não foge muito disso não. De qualquer forma o impressionante são os planos da GE para oferecer uma versão do GE-414 com 30% a mais de potência o que daria ao GE-414 uma potência superior ao F-101 400… Read more »

Nick
Visitante
Nick

errata : onde se lê F-101, lê-se F-110

[]’s

Alexandre Galante
Visitante
Member

Giordani, a questão é algumas pessoas criticam o Gripen por causa do motor americano, então existe uma opção européia, embora nem a Suécia tenha preferido tal motor.

A razão da postagem, como percebeu o RenanZ, é justamente desmontar a falácia de que o motor do Gripen seria um problema.

Se fosse realmente um problema, a FAB estaria em situação complicada com seus F-5M e Super Tucano, mas não é o caso.

FelipeTP
Visitante
FelipeTP

Rafale de F-414 seria curioso!

Antonio M
Visitante
Antonio M

“…para o FX2 o pacote melhor é o da Dassault….”

Melhor para a França e Dassault é claro, não para FAB. ´

E a própria FAB escolheu outro…….

Antonio M
Visitante
Antonio M

E por falar em motores franceses, tem essa aqui no blog mesmo: “… jornal indiano The Hindu noticiou nesta sexta-feira, dia 26 de dezembro, que a Força Aérea Indiana (IAF) não se entusiasmou com a oferta da companhia francesa Snecma de cooperar com o desenvolvimento do motor Kaveri. ….Segundo fontes do comitê contactadas pelo jornal The Hindu, os franceses estariam oferecendo uma turbina já desenvolvida, o que comprometeria ou mesmo mataria os esforços já realizados localmente para desenvolver o turbofan Kaveri, na medida em que não contemplaria o co-desenvolvimento de um motor, mas simplesmente uma fabricação sob licença a um… Read more »

Antonio M
Visitante
Antonio M
CAL
Visitante
CAL

Ninguém vai fornecer um projeto para fabricação de uma turbina de graça. Ou o GF investe no desenvolvimento de uma, ou pode esquecer. Mas acho que como isso não vai acontecer, o melhor para o Brasil seria o F-18 S/H. Pensem bem, até quando estes aviões vão permanecer em serviço e até quando vão existir as reservas de petroleo no mundo? Será que não seria uma vantagem desenvolver um motor junto com a GE, movido a etanol como foi proposto? Será que no futuro, com o fim do petróleo quem utilizar aviões com turbinas movidas a combustivel renovavel não terão… Read more »

CAL
Visitante
CAL

quiz dizer vantagem em vez de “chance”

tiagojl
Visitante
tiagojl

Bom saber que não sou o único que ainda apoia o Super Hornet, estou com o Hornet e o Curvo, mantem a F414 e troca o caça! F/A-18 E/F é a melhor escolha.

Vader
Visitante
Vader

Ah, essa aqui eu encontrei vadiando pela net (em becos escuros e habitados por feras monstruosas, rsrsrs):

http://pbrasil.wordpress.com/2010/07/07/primeiro-radar-aesa-de-producao-para-o-rafale-sera-entregue-em-agosto/

Essa é para um certo cidadão que falava que “o Rafale já tem AESA operacional, inclusive no Afeganistão”… Um que disse que “o Rafale utilizou mísseis Magic e Exocet no Afeganistão”…

Primeiro AESA em AGOSTO! Ou seja: a JACA não tem radar AESA operacional, conforme muitos já tinham dito antes!

Sds.

Jonas
Visitante
Jonas

Poderiamos comprar uns 40 SH de pratilheira e embarcar com TT no Gripen E/F. Assim, ficaríamos com High/Low, e o preço dos dois seriam próximo ao pacote da Dassault. Com SH fariamos a nossa defesa emergencial (um caça de compravada qualidade) e poderíamos transferí-los depois para os futuros NAe de 50 mil toneladas. Com a Saab criamos uma parceria sem problema de tempo de entrega, podendo desenvolver o NG com calma e absorvendo o máximo de conhecimento possível. Encomendaríamos uns 100 NG. Assim resolveríamos o problema de TT e o problema da defesa do país. Com F414 teríamos uma única… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

“Jonas em 07/07/2010 às 16:04 Poderiamos comprar uns 40 SH de pratilheira e embarcar com TT no Gripen E/F. Assim, ficaríamos com High/Low, e o preço dos dois seriam próximo ao pacote da Dassault. Com SH fariamos a nossa defesa emergencial (um caça de compravada qualidade) e poderíamos transferí-los depois para os futuros NAe de 50 mil toneladas.” Pois é, Jonas, tenho uma visão muito próxima da sua, pensando na FAB e na MB como um conjunto de necessidades, que podem se complementar no que uma precisa hoje e no que a outra pode precisar amanhã. Por isso defendi uma… Read more »

Jonas
Visitante
Jonas

Complementando, a avião comercial já está se juntando para homologar um padrão para o etanol para equipar os seus avião.
Com 200 turbinas, fariamos o acordo com a GE para utilizar e homologar o nosso etanol para todo o mundo. Quer um melhor acordo do que esse, que ainda valorizaria o nosso bio-combustível para o mundo.
Imagine se depois de fazer isso com os caças, poderia surgir no futuro a possibilidade de fazer isso com motores dos navios. Aí sim, poderiamos exportar nosso etanol com muito sucesso.

CAL
Visitante
CAL

Pois é Jonas, isso seria ótimo, mas com o molusco no poder, apoiando a gangue do mal vai ser dificil de acontecer infelizmente!

CAL
Visitante
CAL

O pior é que querem aparecer, e estão loucos para fazer uma burrada e sofrer algum embargo de verdade!
Bom, aí fazem que nem o Chavez, que fica culpando os Yankes por tudo que acontece no planeta.

Manock
Visitante
Manock

Alguém sabe se existe alguma possibilidade de uso/adaptação de um motor não ocidental no Gripen NG? Valeria a pena?

Afinal de contas embargo americano significa embargo europeu? Certo?

Abraço

Ricardo_Recife
Visitante
Ricardo_Recife

Um off topic: Por que o Rafale também não serve para a Suíça. Revista Cockpit – Suiça Take Off Caro Leitor, Pergunta tendenciosa: Você compraria um carro de uma concessionária chamada Sarkozy? Sim? Ou melhor não? E quanto a aeronaves do presidente com o mesmo nome? Por muitos bilhões? Pare! Perguntas que induzem uma resposta não são justas. E emoções não são adequadas à discussão sobre a sucessão dos Tigers. Portanto, vamos começar de novo: Caro Leitor. O Rafale é uma aeronave linda (novamente emocional). E jatos bonitos são bons – esta é a regra. Eles são o sonho de… Read more »

alexandre_m_p
Visitante
alexandre_m_p

Boa noite a todos,
A possibilidade de utilização das EJ200, nos possibilitaria oferecer o Gripen para outros paises sem o risco de embargo dos EUA(caso Super Tucano/Venzuela), claro que o motor não é o unico item.
Os caças utilizado no Brasil não acredito que sofreriam algum tipo de embargo, e em caso extremo de entrarmos em conflito com eles, nos temos a unidade da GE no Brasil que seria obrigada a nos prestar a manutenção e em ultima caso nos nacionalizariamos a mesma, mas claro que estou somente divagando em um caso extremissimo que não acredito ocorrer.

Lol
Visitante
Lol

Exelente comentário Ricardo_Recife!!!

Robson Br
Visitante
Robson Br

Antonio M disse: 7 de julho de 2010 às 9:54 “…O Gripen NG cada vez mais está longe de ser um DEMO …” “”Isso não é opinião ou análise, é simplesmente pura torcida.”” Meu amigo Antônio…isto é uma ANÁLISE!!!! Alguem já viu um Gripen NG operacional? Alguem já viu pelo menos um protótipo do Gripen NG? CADÊ este caça? O que existe é um caça da versão “D” com várias adaptações que alguns teimam em chamar em DEMO!!! Esta do motor é mais uma tentativa de empurrar o caça, ou simplismente o F414, apesar de ser um dos melhores motores… Read more »

Robson Br
Visitante
Robson Br

infelismente=infelizmente

Hornet
Visitante
Hornet

tiagojl disse: 7 de julho de 2010 às 15:51 Tiago, na verdade acho o pacote da Dassault mais abrangente e menos problemático. Mas se o FX2 fosse pra comprar um caça e não um pacote tecnológico, acho que o certo seria o Super Hornet. Entendo o que vc defende, e não discordo. Apenas vejo por outro ângulo: a complicação que seria fazer a parceria desejada e necessária com os EUA para efetuar a TT. Os EUA não topam, fazer o quê? isso não depende de nós, depende do Congresso dos caras, que é mais temperamental que o Maradona. Então… E… Read more »

Antonio M
Visitante
Antonio M

Robson Br disse:
7 de julho de 2010 às 19:48

Eu compreendo. Com tantos argumentos contra o Rafale, lhe resta ficar batendo sempre na mesma tecla.

Lagarta não é borboleta e nunca será…..

Antonio M
Visitante
Antonio M

“…O Gripen é um bom avião, para países como a África do Sul, Tailândia, Hungria, república Tcheca, …”

E o Rafale é um bom avião para a França. E para a França.

Típico. Agora vão avacalhar com a FA de outros países para justificar o fracasso da jaca……..

Robson Br
Visitante
Robson Br

Antonio M disse:
7 de julho de 2010 às 20:38

“”lhe resta ficar batendo sempre na mesma tecla.””

Quem? EU ou VOCÊS?

Ficar falando a mesma cois de uma coisa que não existe. Como tem gente aqui com a imaginação fértil.

Só que uma coisa. Esta aí uma chance para mostrar que estou errado.

Não vou pedir muito. MOSTRE PELO MENOS UM PROTÓTIPO DO NG.

Marcos
Visitante
Marcos

Ha unica coisa em os defensores de “EL RAFAIL” conseguem fazer, é falar mal de um caça que se mostra cada vez mais superior (Comparado ao RaFAIL).

O que o RaFAIL tem para mostrar de novo?
A resposta é “NADA”, e por que?
Porque é um completo FRACASSO tanto de vendas com de técnologia.

DEFENDER O RaFAIL É QUESTÃO DE FÉ E NÃO DE RAZÃO

Robson Br
Visitante
Robson Br

Marcos disse:
7 de julho de 2010 às 21:26

“”DEFENDER O RaFAIL É QUESTÃO DE FÉ E NÃO DE RAZÃO””

====>>E defender um caça que não existe oque é?

===>> MOSTREM O CAÇA!!! Pelo menos um protótipo!!!!

Robson Br
Visitante
Robson Br

Como deve ser difícil ficar o tempo todo tentando provar que as notícias que aparecem do tal Gripen NG é verdadeira.

Mostrem pelo menos um protótipo do caça!!! vou sempre repetir isso!!!

Com tanta adaptação (gambiarra), não poderemos nem chamar de Auto CAD e sim de um rascunho.

rsrsrsrs