Home Sistemas de Armas Gripen NG Demo decolando de Malmen

Gripen NG Demo decolando de Malmen

272
45

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 1

Como o Poder Aéreo adiantou no sábado, a Aviation Week anunciou que o Governo Sueco decidiu ir em frente com o desenvolvimento do Gripen NG.

Se a Saab ganhar em uma ou mais competições, no Brasil ou Suíça primeiramente, isto afetará a entrada em serviço do Gripen NG na Força Aérea Sueca, onde ele será designado como JAS 39E/F, segundo o chefe do marketing do Gripen, Hans Rosen.

A Suécia está comprometida em usar o Gripen até 2040, disse Hans Rosen, no sábado, na base aérea de Malmen, na Suécia. A questão é quando comprar o NG e em que quantidade.

O programa básico prevê a entrada em serviço do Gripen NG em 2017-18, mas a Suécia disse que ela pode ajustar seu calendário e colocar em serviço seus JAS 39E/F antes dos seus clientes de exportação.

A Suécia precisa do Gripen NG porque, depois da Guerra Fria, só restaram três bases aéreas, tornando necessária a aquisição da nova versão com maior autonomia de voo.

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 2

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 3

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 4

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 5

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 6

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 7

FOTOS: Alexandre Galante

LEIA TAMBÉM:

45
Deixe um comentário

avatar
40 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
curvoMarcosTitoRoberto F SantanaRobson Br Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Paulo Renato
Visitante
Paulo Renato

Olha o cara aí !!!!
Gripen NG deu as caras e logo no Aereo.
Para aqueles que sempre disseram que não existia está prova !!!

E agora adorares da Jaca de Asas ???

Mas uma porretada do Aereo !!!

Boa Galante !!!

Abs.

ZE
Visitante
ZE

Vamos ter mais comentários bobos do tipo: Esse caça não existe (olhe a foto. Espero que o Galante tenha trazido uma foto dele tocando no avião); O desenvolvimento desse novo caça é arriscado (não, não é, pois não se trata de um caça novo, mas sim de um grande upgrade do já existente Gripen C/D. Além disso, eventual sobrepreço ficará a cargo dos suecos, como já foi afirmado várias e várias vezes por eles); Nem a Suécia vai comprá-lo (vai sim. Inclusive colocará em contrato, como já indicou o Governo Sueco); Ele também não tem escala (mentira deslavada, pois como… Read more »

Ivan
Visitante
Ivan

ZE, Dá uma olhadinha no endereço abaixo: http://www.aviationweek.com/aw/blogs/defense/index.jsp?plckController=Blog&plckScript=blogScript&plckElementId=blogDest&plckBlogPage=BlogViewPost&plckPostId=Blog:27ec4a53-dcc8-42d0-bd3a-01329aef79a7Post:34903d28-5d5a-4d03-99cc-6c12038c0ab4 Vou reproduzir o começo da matéria da Aviation Week: ______________________ New Gripen Firms Up Posted by Bill Sweetman at 6/14/2010 1:05 AM CDT According to Saab executives, the decision to go ahead with the Gripen Next Generation has already been taken by the Swedish government. If Saab wins one or more of the upcoming fighter competitions – with Brazil and Switzerland among those closest to a decision date – it will affect the timing of Sweden’s own deployment of the Gripen NG, already identified by the Swedish military as the JAS 39E/F.… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

“A Suécia precisa do Gripen NG porque, depois da Guerra Fria, só restaram três bases aéreas, tornando necessária a aquisição da nova versão com maior autonomia de voo.”

Ué, mas ele precisa de Base Aérea? rsrsrsrs, pq segundo alguns aqui ele pousa e decola, facinho, até de estrada de saibro ou chão batido…
é só fazer um prédio, tipo estação de polícia rodoviária, com umas “garagens”, que tá tudo resolvido! parece até que um mecânico de fusca pode dar manutenção tb, fácil fácil… rsrsrsrs

Sds!

Alexandre Galante
Visitante

Sim Xyco, ele decola de rodovias, como há vídeos no Youtube mostrando isso. Mas operar de rodovias significa que você tem que atrapalhar o dia-a-dia dos cidadãos da Suécia.

O treinamento normal é feito a partir de bases aéreas, como é no Brasil.

Ivan
Visitante
Ivan

Francisco AMX,

O Gripen só não decola de quadra de tênis de saibro por conta de um veemente protesto do grande tenista Bjorn Borg, ex-campeão de Wimbledon… ka ka ka…

Abç,
Ivan 🙂

Antonio M
Visitante
Antonio M

Há alguma coisa oficial a respeito do teste do Gripen NG Demo na Índia, por autoridades indianas?

E sobre o caça que “pifou” no deserto durante o teste?

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

he he AlexGalante! só tava zuando mesmo! he he

Como tu estás amigo?! espero que bem feliz! parabéns pelo sucesso! tu merece! aproveita a viagem! e… que inveja!

Sds!

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Hey Ivan! o Terrível! rsrsrsrs BOA esta!

o Bjorn… que depois virou cantor do ABBA? rsrsrsrs

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

D E C L A R A Ç Ã O Amigos, venho pensando nesta situação Brasil x França a umas 2 semanas… e depois que a França votou “contra” o Brasil no caso Irã x nuclear, ficaria feliz se o GF decidisse pela Suécia, no FX-2, porém mais feliz com seu cancelamento, provaria que não foi bravata do GF, e quem não está conosco na estratégia de um mundo novo e multipolar, de um espaço aos emergentes “pobres”, não merece nossa consideração em compras militares… pena o Gripen não ser todo sueco (sistemas, motor e radar)! Apesar de achar o… Read more »

Guilherme Poggio
Editor

Francisco AMX, o cancelamento do F-X2 tem uma série de implicações como o processo da escolha de um caça tampão antes de partirmos para o F-X3. Pense bem se o cancelamento do F-X2 será bom para o país. Lembra quanto o país gastou para comprar os últimos caças tampão somente para dez anos?

ZE
Visitante
ZE

Ivan disse: 15 de junho de 2010 às 12:23 Ivan, eu já tinha postado aqui a decisão por UNANIMIDADE do Conselho de Ministros da Suécia. A decisão, de forma UNÂNIME, foi tomada acerca de 3 meses atrás. Só para esclarecer: a decisão a qual me refiro é a de manter o desenvolvimento do Gripen NG, e da compra do seu produto final, qual seja, o Gripen E/F (depois do desenvolvimento final, o Gripen NG será chamado de Gripen E/F). Nessa mesma decisão, ficou acertado que os Gripen serão levados para o padrão Gripen E/F (no que couber, pois é obvio… Read more »

ZE
Visitante
ZE

Antonio M disse:
15 de junho de 2010 às 13:37

Antonio M, nos testes em Leh (região muito fria, e não muito quente) só 2 caças conseguiram passar nos testes (dizem que um deles foi o Gripen NG. Considerando que o Super Hornet usa o mesmo motor, talvez você tenha a resposta para o outro caça que obteve sucesso).

Desta forma, os outros 4 participantes falharam no teste.

Não está claro em que situação eles falharam. Dizem que foi na hora de ligar ou de religar o motor no frio intenso.

[ ]s

Guilherme Poggio
Editor

ZE

A principal característica de Leh, não é o frio, mas sim a altitude (e o ar rarefeito associado). A pista fica a 3237m e as montanhas ao redor passam de 5.000m tranquilo. Sem falar que Leh é a única pista na região de Ladakh, na problemática Kachemira.

ZE
Visitante
ZE

(corrigindo)

Grande altitude e frio intenso.

[ ]s

Alexandre Galante
Visitante

Conversando com dois jornalistas indianos que estavam na Suécia, ambos me disseram que o Gripen é o mais forte competidor do MRCA, por ser monomotor e mais leve, pois a IAF quer um avião do porte do MiG-21, que se pretende substituir.

Os outros além de serem maiores, bimotores e mais caros (fora o F-16), alguns não conseguiram passar no teste de altitude.

O MiG-35 que eu pensava ser o favorito, foi descartado pelos jornalistas indianos, apesar da Marinha Indiana usar o MiG-29K, que tem sistemas muito parecidos.

Pelo jeito o Gripen NG também vai ganhar na Índia.

Robson Br
Visitante
Robson Br

Mais um post do Gripen falando das mesmas coisas. Seria até “”honesto”” da parte do blog mostrar os outros dois com o mesmo ímpeto que mostram o produto da SAAB. A SAAB propôs o Gripen NG com um monte de características e até agora, depois de dois anos de FX-2 não chegaram a nem um DEMO. Já teriam que ter pelo menos um protótipo. É claro que o Gripen exixte. Agora o que as fotos mostram é o de sempre. É apenas um versão “”D”” que ninguem sabe o que tem por dentro. É o mesmo caça que mostram desde… Read more »

Guilherme Poggio
Editor

Robson Br

Seria até “”honesto”” da parte do blog mostrar os outros dois com o mesmo ímpeto que mostram o produto da SAAB.

Concordo. Espero que os outros dois concorrentes sejam honestos e convidem o blog da mesma maneira que a Saab fez.

Alexandre Galante
Visitante

Boa Poggio, a Dassault levou um monte de jornalistas à França e preteriu o Poder Aéreo.
Não foi por falta de vontade nossa de ir. A mesma coisa a Boeing, mas fizemos cobertura do F-18 quando o USS Carl Vinson esteve aqui.

ZE
Visitante
ZE

Guilherme Poggio disse: 15 de junho de 2010 às 15:02 Obrigado, Poggio. Eu já tinha corrigido. Na verdade, o problema são dois : a grande altitude, daí o ar rarefeito e o frio. Entre os dois, o problema maior, sem sombra de dúvida, é a grande altitude (ar rarefeito). A base em Leh fica a 3200 metros acima do nível do mar. O F-16, por exemplo, nunca operou em bases acima de 1840 metros acima do nível do mar. O Mig-35, antes do programa MMRCA, já tinha operado em Leh. O frio não deve ser assim tão importante, pois em… Read more »

Roberto F Santana
Visitante
Roberto F Santana

A temperatura é tão importante quanto a altitude.
Quanto menor a temperatura melhor para a decolagem.
Leh, se não me engano é a base mais alta do mundo.
Difìcil é operar o T-33 em La Paz +/- 3650 metros a 10 graus só que positivo.

O frio é amigo do motor.

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

“Pelo jeito o Gripen NG também vai ganhar na Índia.”

explica o também aí pra nós Galante!

Sds!

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Poggio, sinceramente sou mais um caça tampão mesmo: poderia ser os Gripens do estoque Sueco, ou F-16MLUs, Mirage 2000-9 ou 5…
Não acho boa idéia investir em projeto de 4 geração hoje… se for para se associar aos Suecos em um projeto, que seja para desenvolver um caça de 5 geração!

Sds!

Tito
Visitante
Tito

Robson Br disse: 15 de junho de 2010 às 16:40 “Mais um post do Gripen falando das mesmas coisas. Seria até “”honesto”” da parte do blog mostrar os outros dois com o mesmo ímpeto que mostram o produto da SAAB.” Robson, o Galante só nos quer deixar “inteirados” do que realmente interessa, o caça ganhador do FX-2. Os outros, (ou o outro se preferir), teremos tempo de conhecer melhor depois. 🙂 Falando sério agora, pô meu, o cara tá na Suécia, foi convidado pela SAAB, tá vendo e fotografando o Gripen todo dia e você quer que ele escreva sobre… Read more »

Robson Br
Visitante
Robson Br

Francisco AMX disse:
15 de junho de 2010 às 17:38

“”Não acho boa idéia investir em projeto de 4 geração hoje…””
assino embaixo.

Tiveram muito tempo para chegar pelo menos em um DEMO verdadeiro. Mas até agora o mesmo tipo de fotos que são mostradas desde o início.
Ninguem sabe o atual estágio de desenvolvimento deste caça.

Realmente, se fosse um protótipo, mas….

Robson Br
Visitante
Robson Br

Tito disse: 15 de junho de 2010 às 17:56 “”Robson, o Galante só nos quer deixar “inteirados” do que realmente interessa, o caça ganhador do FX-2.”” ???????????????????????????????????????????????????????? “”Espera ele voltar ou procure no blog mesmo, que materia sobre o Rafale teve aos montes. (perda de tempo, mas o Blog tem que agradar a todos”” ????????????????????????????????????????????????????????? (rsrsrsrsrsrsrrsrs) rs=risos O melhor caça do FX-2 é o F-18 SH; Caça realmente pronto e verdadeiramente testado; Possui o melhor radar; Possui os melhores armamentos integrados. >Pena que o Congresso americano é muito radical; >Pena que os americanos são mais dados ao aspecto comercial do… Read more »

Roberto F Santana
Visitante
Roberto F Santana

Prezados Galante e Poggio,
O Poder Aéreo estará em Farnborough 2010 ou em Oshkosh?

Guilherme Poggio
Editor

Roberto F Santana escreveu:

O Poder Aéreo estará em Farnborough 2010 ou em Oshkosh?

Só com patrocínio Roberto. Já estive em Oshkosh, mas foi do próprio bolso. Agora só com patrocínio.

Alexandre Galante
Visitante

Roberto, se conseguirmos patrocinador, sim.

Tito
Visitante
Tito

Robson,

o meu caça no Super Trunfo é o F-18, mas no meu ponto de vista a melhor proposta é a do Gripen, não porque acho os Suecos bonzinhos, mas porque eles precisam de nós assim como nós precisamos deles. Negócio bom é negócio bom para as duas partes.

Mas qualquer um que vier será muito bom para FAB. (desde que não seja a Jaca) 😉

Robson Br
Visitante
Robson Br

Guilherme Poggio disse: 15 de junho de 2010 às 18:43 Alexandre Galante disse: 15 de junho de 2010 às 18:57 Em hipótese alguma quero desmerecer o trabalho de vocês. Pelo contrário, acompanho o Poder Naval dede o início onde era postada algumas notícias periodicamente. Praticamente uma a cada mês. Meu nome é esse mesmo e o meu e-mail acompanha meu nome. Nunca usei nicks diferentes de meu nome. Antigamente usava meu primeiro nome mais um sobrenome, depois passei a usar Robson Br, pois é mais apropriado para o blog. Aliás mudei de Robson Br para RobsonMBr por causa do gravatar… Read more »

Robson Br
Visitante
Robson Br

Tito disse: 15 de junho de 2010 às 19:11 Como eu disse ao Galante/Poggio, a grande empresa de defesa no Brasil resultará da joint venture formada pela EADS com a Odebrecht. Será a união da tecnologia com o capital no Brasil. A EADS reune grandes conhecimentos tecnológicos e a Odebrecht reúne a organização e o capital de uma multinacional brasileira. Será uma empresa mais profissional. A Embraer está em uma encruzilhada. Seus produtos vão sofrer grandes concorrências daqui para frente. Seus e-jets terão vários concorrentes de peso, principalmente com motores mais modernos e muito mais econômicos. O Super Tucano terá… Read more »

Marcos
Visitante
Marcos

Alexandre Galante

Com a demora no encerramento do Fx2, mudaria tambem os prazos, para entrega dos 1ª Caças Gripen?
Eles comentaram algo a respeito do Brasil, sobre esta demora ou pela preferencia do GF pelo ou rival?
Ou os Suecos evitaram falar a respeito?
Infelizmente queria ter participado do Chat, com voce a respeito de sua visita a Suecia, mas não tive como.

Obrigado

Ivan
Visitante
Ivan

Robson Br, Tenho um olhar muito crítico com relação a joint venture formada pela EADS com a Odebrecht. A Odebrecht, os mais antigos sabem, é uma empresa especializada em construção de grandes obras, principalmente para o governo. Isto há décadas, não importa o governo. Sempre foi muito boa em engenharia civil e lobby político. Nada contra, muito pelo contrário. Engenharia civil é importantíssimo e o Brasil tem um grande déficit de infra-estrutura. Quanto ao lobby penso que deveria ser legalizado e normatizado, como em outros países, pois irá existir sempre. Melhor que seja à luz da lei. Contudo não tem… Read more »

Robson Br
Visitante
Robson Br

Ivan disse: 15 de junho de 2010 às 21:05 A Odebrecht ainda é forte na área de construção civil, mas esta transferindo o capital para a indústria. Hoje já é uma das maiores na área petroquímica. Agora está entrando na área de defesa. A coisa tem que ser profissional e não romântica. A própria EADS nasceu para unir muitas empresas românticas em torno de uma empresa profissional. DEFESA NACIONAL A Odebrecht vai à guerra Herdeiro de um império de 100 mil empregados que fatura R$ 38 bilhões em 18 países, Marcelo Odebrecht, presidente do grupo Odebrecht, raramente dá declarações ou… Read more »

Robson Br
Visitante
Robson Br

Ivan disse: 15 de junho de 2010 às 21:05 CONTINUANDO… ==>>””Quando o Governo de Minas vendeu a participação da Helibrás para a Eurocopter fiquei muito triste, pois entendi que seríamos apenas montadores de helicópteros.”” Não tinha outro jeito. Ou vendia, ou ela iria embora, pois a roubalheira era muito grande. É triste falar assim, mas no tempo que ficou o controle com o estado de minas nada funcionava bem. Na realidade as coisas estão começando agora. ==>>””A Embraer é privada, mas é de capital nacional, os acionistas são, na maioria, brasileiros, sua matriz é em São Paulo.”” A situação do… Read more »

Antonio M
Visitante
Antonio M

E é bom que decolem com o avião com o tempo bom como na foto, pois se pegar uma chuva sabem como é, avião de papel derrete …….

curvo
Visitante
curvo

Só uma pergunta (dúvida ?) o que a Dilma Má foi dizer para o Sarkozy ??
Ela está na França e deverá se encontrar com ele … (PAra quê ?)

curvo
Visitante
curvo

Robson Br disse: 15 de junho de 2010 às 20:29 Então Robson devo depreender que como brasileiro e patriota, você prefere ver a Embraer garantir a venda de partes e peças para a linha Dassault – Falcon, do que ver a Embraer disputando mercado de aeronaves militares prontas ? Pois a se concretizar “ESTE TIRO DE BAZUCA” no pé, e isto o que a industria nacional servirá ! Leia as propostas da Assault (digo Dassault) pois é isto o que está escrito lá, à propósito como estão as vendas do Falcon da Assault (digo Dassault) e, qual a tecnologia fantástica… Read more »

curvo
Visitante
curvo

Antonio M

Papel couchÊ com verniz derrete não !!!! (hehehehehe)

Robson Br
Visitante
Robson Br

curvo disse:
16 de junho de 2010 às 9:47

Em qualquer processo a Embraer é apenas assistente, principalmente se for o gripen, pois a SAAB que passar longe de São José dos Campos e gavião peixoto.

curvo
Visitante
curvo

Robson, lêdo engano, onde você leu tamanha bárbarie ????
Sê até no ABC já tem gente pensando em novas fábricas (hehehehe) …
Seriam gerados com o Gripen algo em torno de 22.000 empregos, com a Jaca, digo RAFALE, seriam algo em torno de 9.000 empregos, conforme já discutido aqui ad nauseum.

Quem quer fugir da EMBRAER ou ainda, torná-la capacho é a Assault (digo Dassault, êta teclado ruim sô …. hihihihihihihi) …

curvo
Visitante
curvo

Aliás das três propostas a pior em geração de emprêgos no Brasil é de longe a da Assault (Dassault, êta !!! tecladin difici, insiste em escrever “honestamente” hihihihihihihi) !!!!

curvo
Visitante
curvo

No caso da Assault (Dassault !) iríamos montarem regime de CKD !!!
Que TT é esta ? Saí fora abre uma cerva (ainda é quinta, mas vá lá, prá você quebro esta !!! Só não vale dizer prá patroa que fui eu quem disse hehehehehe) …

curvo
Visitante
curvo

Ops corrigindo, montarem -> montar em