Home Noticiário Internacional Índia modernizará seus Mirage 2000 por US$ 2 bi

Índia modernizará seus Mirage 2000 por US$ 2 bi

311
53

Mirage 2000 - IAF

A índia negocia com a França um acordo estimado em US$ 2,15 bilhões para modernizar sua frote de 56 Mirage 2000 “Vajra” (Trovão Divino). As primeiras unidades serão modernizadas na França e as demais na Índia pela Hindustan Aeronautics através de transferência de tecnologia. Os 56 caças franceses foram adquiridos em dois diferentes lotes, sendo o primeiro de 41 aeronaves em 1985.

As aeronaves serão desmontadas e receberão novo cabeamento. Uma nova suíte de aviônicos mais moderna, incluindo um “glass cockipt”, capacidade para o emprego de HMDS, novos equipamentos de EW e sistemas de armas melhorado serão integrados aos aviões. Com esta modernização, a Índia espera empregar os seus Mirage 2000 por mais 20 anos.

Foi também anunciado um exercício conjunto entre as Forças Aéreas da Índia e da França no próximo mês. A Índia enviará seis Sukhoi-30MKI e três Il-76 de sua força aérea (sendo um reabastecedor) para participar do exercício conjunto Garuda-IV. O mesmo ocorrerá na base aérea de Istres entre os dias 14 e 25 de junho.

FONTE/FOTO: The Times of India/IAF

NOTA DO PODER AÉREO: a Índia gastará aproximadamente US$ 35 milhões por aeronave. Será que vale a pena a FAB modernizar seus 12 F-2000, por um valor equivalente, e estender a vida útil desses caças por mais duas décadas?

Subscribe
Notify of
guest
53 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
10 anos atrás

Antes modernizar os Mirragens que já tem, do que comprar Jaca, é aí sim ficar enterrada com essa coisa.
Esses caras não são nem de longe Bobos.
Poderiam ter anunciado quantas unidades serão modernizadas na França e quantas na India.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

O problema é que os M-2000 brasileiros estão/devem estar com as estruturas muito desgastadas, não é somente a eletrônica embarcada que é antiga, e sim o avião todo.

Se for para pagar isso tudo compensa comprar F-16C/D usados.

Cunha
Cunha
10 anos atrás

Bah, cheira como um “plano C”, caso o FX-2 vá para a cucuia. Não me parece uma grande idéia gastar para modernizar 12 aviões, ainda mais se eles realmente já enfrentam problemas de disponibilidade. A razão custo-beneficio me parece ruim e de toda forma eles seriam insuficientes.

E é impressionante a diferença entre a nossa força aerea e a indiana, tanto em tamanho quanto vetores. Tá certo que eles tem uma fronteira estremamente turbulenta e a ameaça de guerra sempre beirando, mas tem um caminho aparentemente bem planejado para seus vetores.

Cláudio
Cláudio
10 anos atrás

COM TOTAL RESPEITO A OPINIÕES EM SENTIDO CONTRÁRIO…!! Tudo bem !!! são Jacas voadoras, pois se desligar os motores caem feito Jacas…sem possibilidade de plainar. Porém, se juntamente com o Porta Aviões São Paulo tivessem vindo umas 56 Jacas Modelo 2000-C ou outra mais avançada (qualquer um para Porta Aviões), tenho certeza que a aviação naval seria vista de forma diferente. Ademais, a Índia vai gastar 2 Bilhões de Dólares na manutenção dos Mirages. Esses Caças são interessantes, pois apesar de “NÓS” não gostarmos muito deles sempre os respeitamos. Ao se falar em Mirage me vem na mente a Guerra… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Uma coisa é modernizar 56 e outra 12…

O valor para nós vai sair muito mais caro.

Cláudio
Cláudio
10 anos atrás

Alex Nogueira disse:
31 de maio de 2010 às 14:28

Comprar F16 usado não é correto, pois nossa infraestrutura é para manutenção do F5-EM e dos Mirages 2000-C. Ademais, o F16 já está saindo de linha, bem como os Mirages.

Brazilwolfpack
Brazilwolfpack
10 anos atrás

Enquanto isso,o Brasil se arrasta por duas décadas para comprar 36 caças. Parece até piada mesmo. Os numeros de caças na India,Indonesia,Australia e outros são sempre 50,120,240,e por ai.

Nick
Nick
10 anos atrás

Na minha opinião, no caso dos M-2000C valeria se:

As células pemitissem mais 20 anos de vida útil, com 180 horas/voo/ano.
Incluísse um radar tipo AESA.
Atualizar os sistemas de EW.
Incluísse um IRST.
O valor não poderia passar desses US$35 milhões por unidade.

Poderia ser um plano C, no caso do FX-2 não for adiante.
[]’s

Brazilwolfpack
Brazilwolfpack
10 anos atrás

É uma palhaçada levar duas décadas para nem sequer poder tomar uma decisão de comprar um número insignificante de 36 caças.

drcoakroach
drcoakroach
10 anos atrás

Quanto custaria a manutencao das maravilhas da foto?…

24 Gripens C/Ds novos foram oferecidos p/ Bulgaria por US$ 1.2 bi, 100% de offsets + financiamento em 15 anos com 2 de carencia.

[]s!

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá, Pelo visto a India não deve achar tão caro o custo beneficio já que quer estender a vida do caça por mais 20 anos. Eu diria que pela estrutura montada seria mais vantajoso(claro em caso do Fx-2 melar) comprar mais Mirage-2000(C, D ou -5 ou ainda -9) e padronizar a frota, com pelo menos 36 unidades. Junto com lote de misseis MICA(uns 72) e pods Damocles e Recon NG(pelo menos 5 de cada). Isso claro se a parte estrutural não estiver comprometida por desgaste, veja que o preço vai ser baixo devido aos aviões retidados de ar pela França,… Read more »

paulo damasceno
10 anos atrás

o que a no brasil e uma falta muito grande de visao ,futura,ja deviamos ter em andamento esse fx2 e tambem comprado compras de ocasiao mais mirages usados e reformados como a india esta fazendo ate a chegada dos novos cacas,eu penso que as coisas estao esquentando
na area internacional ,em caso de uma guerra mundial o brasil nao tem
como se defender dos grandes e poderosos,acorda brasil,os grandes estao de olho nas riquesas brasileira

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Adivinha aonde vão “morrer” esses M2000 modernizados…se não for aqui, vai ser um pouco mais ao sul…
É óbvio que sai muito mais em conta MLU em 56 unidades do que em 12, e além do mais, é bem provável que os caças indianos estejam em melhores condições de voo do que os nossos, apesar de voarem beeeeeem mais que aqui…
Interessante que a índia não se interessa pelo F-16, nem pelos encantos do Gripen…

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Não existe estrutura do M2000 aqui é tudo muito pequeno e a maior parte dos problemas são resolvidos de má vontade na França a custo alto e prazos elásticos.

A pequena estrutura aqui foi feita justamente por eles serem tampões.

Leandro RQ
Leandro RQ
10 anos atrás

Eu fico impressionado com as notícias que vem da Índia.

Uma hora é a notícia que vão comprar mais 50 SU 30.
Outra é sobre o MRCA a maior licitação de caças multi uso em vigor.
Depois falam sobre compras de lotes de MiG-29K para a Marinha.
Cogitam investir até 10 bilhões de doletas no T50
E agora a reforma de 56 Mirage 2000.

Sério, eu sinto uma BAITA INVEJA dos caras… 🙁

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

OLá, Rodrigo

A estrutura pode ser considerada pequena mas existe. Além do amplo conheçimento de doutrina desde o Mirage III sendo que o 2000 foi uma evolução natural do projeto.

O F-16 é um otimo caça se tiver o up-grade necessario, mas teriamos que começar do zero apesar de ser uma evolução não tão natural do
F-5, no Mirage é chegar e voar com nossos pilotos já treinados no caça.

Toda via considero essa opções ruins, o melhor seria algo novo ou seja RAFALE ou SUPER HORNET nas condições de venda casada.

Abraços,

RL
RL
10 anos atrás

Ao invez de modernizar os nossos M2000, seria mais inteligente deixa-los como sucatas para peças de reposição e comprar os 60 M2000-9 dos EAU.

F-5M + M200-9 + AMX-Modernizados.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Não se aproveita nada do MIII para o 2000, tirando os dois serem da Dassault e a mesma aparência básica. O resto é 100% diferente. Se tivessem algo em comum, pode ter certeza eu seria mais crítico ainda do lixo francês, por requentar tecnologia da década de 60. Vamos aumentar a atual estrutura com o que ? Só se forem mais vôos para a França ?!?! Não esqueça que o M2000 tem a pior manutenção da Força, justamente pela má vontade dos franceses e os seus embargos disfarçados. Fala sério Ed… Quem está falando em F16 aqui ?!? A PROBABILIDADE… Read more »

Vitor
Vitor
10 anos atrás

Ola pessoal, so lembrando ao pessoal que esta dizendo que demoramos pra escolher e comprar só 36 caças, lembrem que esse numero é so o lote inicial. Pretende-se comprar um numero de até 120 caças. Mas se até a França fez cortes no número de Rafales. provavelmente faremos também. Se tivermos pelo menos 80 caças Rafales, ou Hornets, ou Gripens ja teremos uma força respeitavel. Mas que esta demorando esse processo ele está sim. Se nao me engano todo mundo ja até esperava uma resposta pra 7 de setembro do ano passado! :p Acho o número de Mirages muito insignificantes… Read more »

Brandalise
Brandalise
10 anos atrás

Pergunta original: “Será que vale a pena a FAB modernizar seus 12 F-2000, por um valor equivalente, e estender a vida útil desses caças por mais duas décadas?”
R1. Naaaaaaaaaooooooo!
R2. O diabo eh que talvez nao seja uma questao de escolha, mas de necessidade…
R3. US$ 35 milhoes/aviao? Esses caras beberam? Para ter um Mirage updated? Quanto estah um Sukhoi novo?

Brandalise
Brandalise
10 anos atrás

“Porém, se juntamente com o Porta Aviões São Paulo tivessem vindo umas 56 Jacas Modelo 2000-C ou outra mais avançada (qualquer um para Porta Aviões), tenho certeza que a aviação naval seria vista de forma diferente.” Claudio, nao sei se entendi errado a sua ideia… mas: (i) os Mirage 2000 nao operam em porta-avioes; (ii) os Rafale sao pesados demais paraefetivamente operarem no nosso porta-avioes; (iii) os “outros avioes Franceses” sao os Super Etendard, que conseguem ser piores que um Skyhawk. Para nossa aviacao naval ser vista de forma diferente, o Sao Paulo precisa de um monte de melhorias (radar,… Read more »

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá, A tá então Mirage-2000 não foi baseado em outros projetos Dassault? É mais que natural ter a pior manutenção da força, já que é o que tem menos unidades. Sem escala não há preço seja na França, EUA ou Inglaterra. Coloquei uma comparação com F-16 por ser um avião relativamente facil de adquirir só vai depender do estado que você quer compra-los. Atualmente os caças de 2º mão mais faceis de adquirir são esses Mirage-2000, F-16 ou talvez JAS-39, aviões russos não são uma opção para a FAB. Eles podem ter a opinião deles que é sem duvidas muito… Read more »

Edu Nicácio
10 anos atrás

“Eu fico impressionado com as notícias que vem da Índia.”

Isso se deve ao Paquistão e à China. A Índia tem que acompanhar os investimentos em defesa desses dois países para criar dissuasão real.

Quanto a nós: não temos “inimigos”… Pra que defesa?

Lamentável…

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

drcoakroach,

Gripens foram OFERECIDOS para a Bulgária… hipotéticamente, por este preço que tu fala… mas lembre… foram oferecidos…

Porém, para a Thailândia eles foram vendidos a 80 milhas a unidade… só o caça… tem algo de errado não acha?

A India está modernizando pq vale a pena! vão ter um caça confiável, guerreiro, que rivaliza com o F-16 em tudo, por 35 milhões… nada ruim… estes caças podem ser armados inclusive com o Meteor…

Sds!

Galileu
Galileu
10 anos atrás

Tem louco pra tudo!!

A índia perdeu o juízo, gastar uma grana pra “maquiar” lixo!!

Certeza que mirage 2000, opera meteor ? lol

vassili
vassili
10 anos atrás

35 milhões de dólares por cada M-2000 modernizado……………… bem caro essa reforma. Tem que reformar tudo, desde o M-53, passando pela completa substituição do cabeamento e painéis da cabine. Isso sem falar nos computadores de missão. Mas, isso tudo terá pouca valia se a parte estrutural não estiver tb inclusa no “retrofit”. Afinal, existem boatos que nossos Jaguares estão voando com algumas restrições, por causa de fadiga nas asas. Usei esta frase apenas como exemplo. Imaginem só os indianos gastando U$ 2 Bilhões, para depois ser cornetada na internet pq a grana foi mal empregada, pois mesmo modernizados os caças… Read more »

hailton
hailton
10 anos atrás

O problema é que nosso país é imenso, no nosso litoral,ou seja de frente pro atlântico, só temos Canoas e Sta Maria , depois Santa Cruz, e aí ,só Natal( e la só tem Xavante e A-29). Ou seja uns 50 F5 e 50 AMX, são poucos, e olha ñ são interceptadores, e nem carregam misseis anti navio.( ñ vou nem falar na Amazônia), Isto posto, acho que mehor era aumentar a quantidade, mesmo que sejam caças de segunda mão, Um Mirage 2000 -9 só como exemplo leva misseis Mica , tem um e exelente radar, pode transportar um exocet,… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Galileu… é só integrar… o M2000-5BII já testou armas que foram desenvolvidas especialmente para o Rafale… será que eles não testarão o Meteor antes nos M2000 tb? é uma questão de mercado… se alguém se interessar em integrar o Meteor no M2000…

Djalma L.A.
Djalma L.A.
10 anos atrás

Alguém poderia me explicar de onde a Índia tira tanto dinheiro para aviões novos, upgrades e sistemas de defesa !

abç !

Henrique
Henrique
10 anos atrás

Como não é proibido opinar, mesmo não sendo expert em aviação, compraria F16s como tampão e encomendaria da Embraer um projeto de caça geração 4,5 nacional. Creio que temos capacidade industrial e tecnológica para isso, basta ter número suficiente de encomendas iniciais para rodar um projeto desta monta…
Pra quem está levando mais de uma década para decidir por míseros 36 caças… se tivessem feito isso desde o início já estaríamos voando os primeiros protótipos para a FAB.
O Brasil e nossas Forças Armadas merecem investimento sério e permanente…
Abraços.

Cláudio
Cláudio
10 anos atrás

Henrique disse:
31 de maio de 2010 às 20:00

Henrique,

– no que diz respeito ao F16. O nosso País tem todo o Know-How para a manutenção dos F5-EM e dos Mirages 2000-C, portanto não seria lógico comprar F16, uma porque não estão sendo mais fabricados e outra porque teríamos que adquirir Know-how para esses Caças que já estão fora de linha.

– no que diz respeito a Embraer fabricar um Caça 4.5 Geração. O máximo que nós conseguiremos é montar com muito sacrifício o Caça Subsônico AMX. Se tivéssemos tecnologia a Embraer já teria fabricado tal Caça.

Abraços.

Cláudio
Cláudio
10 anos atrás

Brandalise disse:
31 de maio de 2010 às 17:21

Se você estiver correto está feia a situação…

Leandro RQ
Leandro RQ
10 anos atrás

Edu Nicácio

Eu sei que eles mantém esse verdadeiro “arsenal aéreo” devido a vizinhança nada confiável. Mas tenho inveja do mesmo jeito! 🙂

Agora esse papinho inventado pelos nossos políticos entreguistas de que “não temos inimigos” e que “somos um país pacífico”, tenho que concordar com você.

É lamentável…

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

Se e qndo o FX-2 melar oficialmente ao menos, que se comprem os Gripen C/D do excedente sueco e se troquem todas as aeronaves da FAB.
Podemos até economizar a verba dos upgrades do A-1/AMX e dos Skyhawks e adquirir alguns T-45 p/ a MB poder treinar no Opalão!!!

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

F16 continuam em linha de produção, só ligar para Marietta e encomendar.

http://www.lockheedmartin.com/products/index.html

(800) F16-5672 ou (800)316-5672

F16.help@lmtas.lmco.com

Embora eu não ache a melhor solução para a FAB, mas é uma das poucas disponíveis.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
10 anos atrás

Puxa vida,eh uma vergonha agente ter q considerar comprar M2000 dos EAU ou modernizar os que agente tem…

Fabio Mayer
Fabio Mayer
10 anos atrás

Sinceramente, o Brasil tem plenas condições de elevar os M 2000 C ao padrão M que se usou nos F-5. O problema é que isso não resolve nada, não vislumbra o futuro da FAB, não moderniza doutrina nenhuma. Eu sou da modesta opinião que o Brasil deveria comprar mais 2 esquadrões de F 2000 C e modernizá-los e além disso, comprar 36 unidades de um caça de superioridade aérea, com opção para mais 84, mantendo os F-2000 pelo menos até 2030. Isso im seria proteção aérea a um país que de uns tempos para cá,m resolveu ser voz ativa em… Read more »

Henrique
Henrique
10 anos atrás

Caro Claudio, respeito sua opinião mas acredito que se nunca adquirirmos outro tipo de equipamento certamente nunca teremos know-how de manutenção. Isso já está mudando com a aquisição dos MIs da FAB correto? (vejo muita gente reclamendo da manutenção dos Mirage por conta de “má vontade” dos franceses então não seria o momento de realmente mudar alguma coisa..) Com as dimensões que temos não podemos pensar pequeno como fora feito até hoje pois (isso eu seu que concordará comigo) não temos condição nenhuma hoje de uma defesa efetiva contra qualquer potência que queira nos atacar (hipotéticamente falando). No que tange… Read more »

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá, Vamos ser razoaveis a India opera mais de de 100 Su-30 MKI, pelo menos 12 Mig-29 já atualizado para o padrão SMT. Tem tambem jaguares e Mig-27. Está no projeto do T-50 e vai comprar caças 0 KM pelo menos 126, além da produção de HAL tejas que deve passar facil das centenas. Se eles vão modernizar os Mirage-2000 é porque vale a pena eles tem experiencia de sobra tanto em guerras, quanto em tempo de calmaria e sabem que na hora do vamos ver precisão ter os melhores vetores, não adianta nada comprar caças julgando que não vá… Read more »

Cláudio
Cláudio
10 anos atrás

Henrique disse:
1 de junho de 2010 às 0:21

Caro Henrique,

– quanto ao MI-35. São Helicópteros essencialmente de ataque com capacidade de transporte de um pequeno número de Soldados, o Brasil não dispõe de nenhum Helicóptero de “ataque”, dessa forma, a compra do MI-35 (que não vai sair de linha) veio a preencher uma lacuna, sendo assim, o know-how adquirido é proveitoso.

abçs…

Jaguarr
Jaguarr
10 anos atrás

Meus amigos, não se surpreendam, se o Mirage-2000Br ressurgir.

Paulo
Paulo
10 anos atrás

Prezado Henrique

Isto que você defende, a Embraer desenvolver um 4,5 G, já está em curso e se chama FX-2. Se está demorando “um pouquinho”, aí são outros 500. Porisso a exigência da TT. E nada de venda casada. O que vale é TT mesmo.

Abraços

Marcos
Marcos
10 anos atrás

Tudo bem Cláudio?
Olha eu tenho varias duvidas sobre os MI-35, se voce tiver como esclarecer ficarei agredecido.
Uma delas é por que, a asa é tão menor quanto as do MI-35 Russo?
Outra é por que ele não tem armamentos (Russos) e principalmente pelo que vi, não veio com dispositivos Warflare?
Abraço

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Edcreek disse:
1 de junho de 2010 às 8:28

Ed, se o nosso Governo se dispuser a pagar e dar as devidas condições, para o seu agrado poderemos comprar a França inteira.

Não da para comparar as nossas condições com as dos indianos.

Cláudio
Cláudio
10 anos atrás

Marcos disse: 1 de junho de 2010 às 11:03 Marcos, – esse ponto técnico saiu meu conhecimento, reconheço minha ignorância; e acabei de aprender que os nossos Helicópteros MI-35 “não são tão iguais” aos dos Russos…….. HEHEHEHEHEHE….se for procedente sua colocação, é interessante saber o porquê da diferença. – a questão que Eu estava discutindo era uma questão de “lógica” e de “logística”. Mirage, F5, F16 e MIG 21 é farinha do mesmo saco, não vale a pena financeiramente ($$$$) nos dias de hoje, para quem já tem a “logística” do Mirage e F5 adquirir a “logística” do F16, pois… Read more »

Henrique
Henrique
10 anos atrás

Caro Paulo,

Espero que realmente vc tenha razão pois a tal TT é que me preocupa.
Ouvimos isso quando compramos os submarinos alemães que foram montados aqui e para nossa total surpresa nos deparamos com este novo acordo com a França (dos subs) justo por alegarem que não adquirimos capacidade nenhuma de construir esses equipamentos no arsenal de marinha.
Se a coisa não for séria (da parte do Brasil) teremos mais um engodo…
Abraços.

Luis Rufasto
Luis Rufasto
10 anos atrás

FX-2 ta parecendo que vai melar, sinceramente, tou começando a ver reforma dos mirages nos jornais e quem sabe compra de caças usados de algum pais da europa ou dos gringos..

Sinceramente, todo mes eles prometem a desição e nada…

Que inveja dos indianos.. =[

Marcos
Marcos
10 anos atrás

Agradeço os esclarecimentode
A Guilherme Poggio e Cláudio

Marcos
Marcos
10 anos atrás

Caro colega Cláudio Tenho pesquisado (MI-35) é o que encontrei (quase nada) me deixou preocupado. Algumas fontes muito duvidosas, me disseram que por enquanto o Brasil irá ficar apenas com 12 unidades. Isso porque segundo o mesmo dependera muito da politica praticada pelo GF. O que segundo o mesmo (militar), assim como eu acha esse numero ridiculo, mas concordei com ele entre outros pontos, por exemplo: É a 1ª vez que o Brasil utiliza tal equipamento (Russo) Pouco se conhece sobre o armamento real deles A fama deles não é tão boa (reposição e armas) E assim como ele, eu… Read more »

Rafael Guerra
10 anos atrás

A principio gostaria de resaltar que o Mirage e um verdadeiro cavalo de guerra e que toda a avionica ( eu disse toda, sem exeção) do Rafale pode ser introdizida no mirage, a unica diferença e que o mirage tem uma turbina ( o que o torna hora voo mais economica) e 10 pontos duros, o rafaleco tem 14.
Um abraço a todos.