Home Noticiário Internacional ‘Green Hornet’

‘Green Hornet’

318
60

Boeing anuncia F/A-18 com biocombustível

Barra de Cinco Pixels

Super Hornet VFA 137 em formação - foto USN

Em campanha para ser escolhida a fornecedora de caças de combate à FAB (Força Aérea Brasileira), a fabricante de aviões americana Boeing declarou nesta quinta-feira (22) que pretende fazer uma parceria com o Brasil para utilizar biocombustível em caças militares caso o seu F/A-18 Super Hornet seja o vencedor do projeto FX-2, que tem como objetivo renovar a frota de caças do Brasil. Além da empresa americana, a sueca Saab e a francesa Rafale concorrem para vender 36 caças ao Brasil.

O gerente da campanha de venda do F/A-18 Super Hornet da Boeing no Brasil, Michael Coggins, afirmou que como líder mundial em biocombustíveis, o Brasil poderia ser a primeira Força Aérea da América do Sul a voar com um caça usando combustível bioderivado e o primeiro país sul-americano a qualificar biocombustíveis dentro dos padrões militares.

O governo brasileiro, no entanto, já demonstrou disposição de fechar acordo com a francesa Rafale. Para o ministro da Defesa, Nelson Jobim, a compra dos novos caças trata-se de uma decisão política. Outra questão também tratada como crucial para o governo é a transferência de tecnologia, o que a Boeing não se comprometeu de forma efetiva.

A decisão sobre o vencedor da licitação deve ser anunciada pelo governo em breve. Em setembro do ano passado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a dizer que os franceses levariam, mas voltou atrás e agora aguarda relatório final do Ministério da Defesa para fazer o anúncio.

FONTE: R7, via Notimp

LEIA MAIS

Subscribe
Notify of
guest
60 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Tecnologia é para quem pode e não para quem quer.

É duro ver o nosso país entrando em aliança tão “carnal”, com um atravessador do que ir direto na fonte ( EUA ou Rússia).

Matheusts
Matheusts
10 anos atrás

Acho que ja temos o primeiro avião movido a etanol e certificado para voar.
Queria que podesemos criar uma turbina (Não scranjet) que igualase uam de F-5 pelo menos.
Acho que no final do FX o Governo deve criar uma empresa ou melhorar uma para fabricar motores. Quem sabe……

GSV
GSV
10 anos atrás

Acredito que o negocio com os EUA seria valido apenas no caso de compra casada (34 SH + TT = 100 ST).
Se a propria Boeing sita Biocombustivel já é uma demonstração de parceria estratégica – Ponto positivo.

Porem como eu já postei aqui, acredito que o Lula já comprou nosso Renault!!!

Abraço a todos e bom FDS.

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

“…cho que no final do FX o Governo deve criar uma empresa ou melhorar uma para fabricar motores. Quem sabe…….”

Pois é. Se a CELMA fosse tratada como a EMBRAER foi, esse sonho já poderia ter virado realidade a muito tempo ……

Wilson Giordani de Souza
Wilson Giordani de Souza
10 anos atrás

1) Isso só pode ser piada…

2) Só eu fui nerd o suficiente para pegar o “Green Hornet” do título? 🙂

Edu Nicácio
10 anos atrás

Não se esqueçam que, com R$ 20 milhões por ano, até que os avanços são promissores. Porém, não passam disso: promessa! Defendo o investimento de 2% do PIB ao ano, pelos próximos 20 anos, nas áreas consideradas estratégicas pela END: cibernética (circuitos, microprocessadores, software), espacial (ligas, motores, turbinas, VLS) e nuclear (melhores e maiores instalações, operando em ritmo industrial). Esses US$ 40 bilhões/ano (valores de 2009) seriam um complemento desejável ao orçamento dos ministérios responsáveis por esses programas (ciência e tecnologia, minas e energia e defesa). Independência tecnológica já! Se o Brasil almeja um lugar ao Sol, não é comprando… Read more »

Marcos
Marcos
10 anos atrás

Quando se trata de vendas, e neste caso, uma boa venda e com possibilidade de ser ampliada, os Gringos mostram a sua força de persuazão.
Se este fosse um gorverno serio, poderiamos lucrar alguma coisa, mas como foi, e é um jogo de cartas marcadas, só podemos lamentar e esperar o pior.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
10 anos atrás

Wilson Giordani de Souza disse:
23 de abril de 2010 às 10:28

1) Isso só pode ser piada…

2) Só eu fui nerd o suficiente para pegar o “Green Hornet” do título? 🙂

Wilson, dois prêmios off-topic pra você, por ter sido nerd o suficiente. Parabéns!

http://www.youtube.com/watch?v=wIwsqFjfKPs

http://www.youtube.com/watch?v=GSlshB_ABtY

J Jacahead da Silva
J Jacahead da Silva
10 anos atrás

Olha só! Agora o FX2 ficou bom: 1 – O aviao da CUT, do MST, da EMBRAER, FIESP, Meu (porque é o mais parato e para pobre tá bom) 2 – O aviao do Santos Dumont, do Lula, do FHC, da AMBraga, da Torcida do Curinthians e Flamengo, dos carnavalescos, da Pantera Cor de Rosa e outros coloridos 3 – E finalmente chegou o aviao da PETROBRAS (Biocombustivel), e MEU com o modo MATAR GENTE ATIVADO. Acho que eles foram feitos para isso, mas foi um item retirado do RFP. Já levou é PETROBRAS, é BRASISISISL na FXORMULA 1 Hehehehehe… Read more »

Wilson Giordani de Souza
Wilson Giordani de Souza
10 anos atrás

Nunão disse:
23 de abril de 2010 às 10:51

HuAhauaAHAhaha… eu sabia que o título não podia ser por acaso.

Divido os prêmios contigo e com o Poggio (autor do post), Nunão!

E salve Bruce Lee!

J Jacahead da Silva
J Jacahead da Silva
10 anos atrás

MO o DDC c@!#$@#$ o nosso post. Entrou antes e distorceu a nossa ideia.

Agora ele é o ex-DDC (Poggio) pois esta junto com Kim Dae JUlien (Nosso grande amado, iluminado e esóterico lider)

J Jacahead da Silva
J Jacahead da Silva
10 anos atrás

Deixa quieto agora nois fais o da Marinha do Uruguai na decada de 80.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  J Jacahead da Silva
10 anos atrás

Putz Zé, acho que perdi alguma coisa nessa semana de férias forçadas na edição do Blog…

shungria
shungria
10 anos atrás

“Green Hornet”, extermina gente, porém se preocupa com o aquecimento global e o meio ambiente!!

Nick
Nick
10 anos atrás

Off Topic de lado, é mais um componente a se considerar a favor do F-18 SH…..Imaginem a FAB voando Total Flex 😀

E teria de ver duas coisas… esse “etanol de aviação” seria mais eficiente que o querosene e mais barato???

[]’s

tyrion
tyrion
10 anos atrás

Ja pensou quando os SH tiverem entregando suas bombas…no final da reportagem tem que aparecer o selo do IBAMA…ja pensou SH com selo do IBAMA…hehehe

Humberto
Humberto
10 anos atrás

Uma dúvida um tanto off-topic
Já li mais de uma vez que o pessoal de manutenção dos MIG-25 usavam o alcool do mesmo para dar umas bebericadas..Este alcool era para fluidos ou era o próprio combustivel dos MIGs?
[]

Audaz
Audaz
10 anos atrás

“VESPÃO FLEX!!! Esta é boa!…Eh eh eh!!

A7X
A7X
10 anos atrás

A coisa ta ficando “braba” pro Rafale.
O SAAB e a Boeing além de apresentarem propostas mais baratas, estão a cada dia oferecendo novos motivos para que o Brasil escolha seus vetores.

Cada vez fica mais difícil pro governo justificar a compra do vetro francês.

Abs.

Brandalise
Brandalise
10 anos atrás

Comentarios a parte, a ideia do “Green Hornet” foi genial! Vlw, Poggio!

Se adquirirmos o Super Green Hornet, a transferencia de tecnologia vai incluir aulas de Kung Fu p/ os pilotos, ao estilo Bruce Lee?

Agora serio: A turbina do Gripen eh essencialmente a mesma do Hornet, entao eh igualmente facil fazer um “Green Gripen” ^^

Matheusts
Matheusts
10 anos atrás

(Agência Senado) – O senador Augusto Botelho (PT-RR) pediu o apoio do governo para o projeto de desenvolvimento das primeiras turbinas brasileiras para jatos ou para geração de eletricidade. O protótipo da primeira turbina já ficou pronto e, agora, são necessários pelo menos R$ 117 milhões até 2014 para outros protótipos, com outras potências – a primeira tem potência de 1.300 HP. Botelho saudou os engenheiros da pequena empresa brasileira Polaris Engenharia, que desenvolveram a turbina com engenheiros do Centro Tecnológico de Aeronáutica (CTA), de São José dos Campos (ASP). A Polaris trabalhou com uma verba de apenas R$ 3… Read more »

Gunsalmo
Gunsalmo
10 anos atrás

Será que vai ter aquele tanquinho de combustível normal pra dar a partida 🙂

Max
Max
10 anos atrás

Matheusts disse:
23 de abril de 2010 às 12:31

“O senador lembrou que apenas quatro países (Canadá, Estados Unidos, França e Inglaterra) têm capacidade de fabricar e certificar turbinas aeronáuticas. ”

O senador nunca ouviu falar dos motores produzidos na Russia?!!

Segundo o site Air-attack.com, um
F/A-18 utilizando uma mistura de bio- combustível estava programado para fazer o primeiro vôo ontem dia 22.

http://www.air-attack.com/news/article/4075/Green-Hornet-to-take-Flight-on-Earth-Day.html

M1
M1
10 anos atrás

“LuLiNhA LuLaO anuncia o aviao”

Fsinzato
Fsinzato
10 anos atrás

Senhores. Em minha opinião, Não tem nada a ver os argumentos ecológicos com a decisão de se certificar aeronaves militares em biocombustíveis. A alguns dias atrás foi reconhecido oficialmente o “peak oil”, ou seja, daqui para frente petróleo e derivados vão se tornar cada vez mais escassos e consequentemente mais caro. Sozinho o pentágono é o maior consumidor mundial de combustível fóssil, fato este, que em médio e longo prazo representará um risco a segurança americana e acirrará os ânimos entre EUA e China na questão energética. Os “Gringos” estão desesperados em diversificar sua matriz energética, já que o tema,… Read more »

Tito
Tito
10 anos atrás

Total Flex, Hummm

Se voar com 51 a Boeng vira o FX de cabeça pra baixo. 🙂

Galileu
Galileu
10 anos atrás

2 coisas…….. 1º Quem acha que o Tio sã não investe em bio combustíveis, está enganado, eles investem sim muitoooo mais que aqui. Só que não vai pro lado prático da coisa porque ainda não é interessante, a 60 anos que se fala que o petróleo vai acabar e na verdade, ano após ano vem sendo descoberto mais e mais reservas de petróleo. 2º Quanto mais compensação seja em tecnologia de combustíveis por ex. é melhor para o brasil, que sempre estará atrasado em tecnologia. A FAB conta as moedas para o combustível, um bio ia ser interessante, mesmo que… Read more »

Vader
Vader
10 anos atrás

Tito: ehehehehe 🙂

Francoorp
Francoorp
10 anos atrás

Fsinzato disse: 23 de abril de 2010 às 13:49 Pow eu pensei a mesma coisa, sò que não quis postar pra gerar polêmica… anti isso ou aquilo… mas tu pode né !! 😆 Se falar que os “Yankees” estão desesperados por uma solução ao EXTRA-MEGA consumo de Petróleo do Pentágono, viria gente falando que eu estou sendo anti -“eles”, que eles são assim mega por que são os maiores e eu estou sò pichando eles com estas minhas “verdades” de vermelho… bla bla bla ! Então te ponho na roda… “faço minha as tua palavras!” 😛 Valeu !!

Mateus Lobo
Mateus Lobo
10 anos atrás

É xará persimos investir nessa empresa pesadamente, pra pelo menos poder fabricar a turbina do ST.
Eu desejo essa empresa fabricando turbinas para a embraer(não só), poder ser um sonho mas temos que pelo menos tentar.

Zirium
Zirium
10 anos atrás

KKKKKKKKKK, boa Tito!

SO
SO
10 anos atrás

É Zé, parece até mentira, nossa ideia foi de ontem mais ou menos 2200 hrs

Bom, agora tas ai o Aviao da Petrobras = Bioodizeu (que fornece até patra a F1, quem dirá os Hornet)

O)n Avião dos frentistas, que tem ordem de apaixonar o cliente com kilometros de milhagem

E o aviao da GLOBO que adora este papo de BI pra cah, BI pra lah, que BI é bonito …

SO

trackback
10 anos atrás

[…] ‘Green Hornet’   Se você gostou desse post, compartilhe! […]

Jonas
Jonas
10 anos atrás

Green Hornet -> Conhecido por aqui como Besouro Verde… não é da minha época, nasci no começo da décade de 80.
Super Hornet -> Super Vespa…., logo Super Green Hornet, seria Super Vespa Verde… É besouro, vespa … são todos insetos voadores mesmos…

Certificar o motor a etanol é uma boa coisa… Aumentaria a demanda internacional pelos BioCombustíveis… diminuiria nossa necessidade do petróleo, principalmente para a FAB… e ainda geraria empregos nos vastos canaviais desse Brasil…
Produzir nossa própria turbina é ainda melhor…

Vader
Vader
10 anos atrás

Do Defesanet: “Se o Super Hornet for o escolhido, a Boeing se compromete a colaborar com o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da FAB, em São José dos Campos, e com fornecedores de combustíveis brasileiros selecionados para avaliar e escolher um biocombustível para testes em aeronaves militares. ” Pessoal, isso é mais importante do que pode parecer à primeira vista. Ser a primeira nação do mundo a operar caças a biocombustível, bem como a segunda a homologar tal combustível para aviação (em especial a militar) nos dará uma vantagem estratégica gigantesca e em termos globais! Se é verdade… Read more »

Caipira
Caipira
10 anos atrás

O que já era bm ficou ainda melhor, da short-list avião pra FAB é o SH…

M1
M1
10 anos atrás

manda 200 ST+ biocombustivel…

recebe 36SH+TT+MERCADO+SH embarcado+…

Onde eu assino!!!!!!(eu sonhando, é lógico!)

drcoakroach
drcoakroach
10 anos atrás

Interessante, perguntas:

– Isto nao afetaria a autonomia dos F-18? O consumo serah similar?
– Nao seria + interessante iniciar estudos p/ aviacao civil, grande consumidora? A Qatar Airways fez um voo no ano passado de Londres a Doha com um Airbus com gas natural (GTL). http://www.airlinepost.com/airline-news/qatar-airways-first-airline-to-fly-with-gas.html

[]s!

Paulo Pedro
Paulo Pedro
10 anos atrás

os americanos sao bons em negocios,os caras tem papo,se querem vender os seus total air flex,poderiam pelo ao menos tirar as taxas do nosso etanol,pelo jeito teriamos que usar os combustivel deles,isto e apenas conversa fiada .

Bruno Rocha
Bruno Rocha
10 anos atrás

Proposta interesante, porém… Na minha opinião não podemos confiar o F-X2 nessa proposta, porque o senado americano sempre muda os “rumos” dos “negócios” de compra e venda de material militar, sem falar também que isso significa “repensar” as parcerias. Não tem como colocarmos o futuro da FAB por uma promessa dessas. Se for olhar para o lado comercial, estamos com algumas vantagens. Temos um setor com um potencial maior que o americano, só que carece de investimentos. Um “Green Hornet”, eles podem fazer sim, isso independeria de nós, no momento. Poderíamos sim fazer uma parceria no setor dos biocombustível, pois… Read more »

Bruno Rocha
Bruno Rocha
10 anos atrás

Uma observação para quem não me entendeu.
Eu não sou contra uma parceria desse nível, mas não podemos contar com isso no F-X2.
Por fora, ficaria até melhor, com comprometimento mútuo entre outros países.
Mas no F-X2 eu não sei se seria boa idéia.

Sds

Jorge
Jorge
10 anos atrás

O Brasil precisa aprender e muito com os U.S.A.:
Fazer Negócios ! Eles são os caras !
” Duela a quien duela “

Almeida
Almeida
10 anos atrás

Green Hornet, Grey Rafale. A M-88 ECO nao chega perto…

M1
M1
10 anos atrás

Notícia:

ECONOMIA/ABC
23/04/2010
Grana discute produção e caças em audiência com ministro

http://www.reporterdiario.com.br/site/noticia.php?id=185228&secao=2

bartolomeu
bartolomeu
10 anos atrás

O que não fazem para vender o avião: torná-lo biocombustível. Acenam em comprar os ST…. bem que podíamos “negociar” uma parte do que falta para VLS e ficar com os SH. Bom, mas os franceses, aparentemente, têm algum charme $ecreto.

Roberto Tamashiro
Roberto Tamashiro
10 anos atrás

Tanto barulho por bioquerosene de aviacao , aposto que eles usam uma bacteria para transformar oleos em bioquerosene. Mais precisamente na bacteria do estomago do cupim.

RobsonMBr
RobsonMBr
10 anos atrás

“””Boeing declarou nesta quinta-feira (22) que pretende fazer uma parceria com o Brasil para utilizar biocombustível em caças militares caso o seu F/A-18 Super Hornet seja o vencedor do projeto FX-2,”””

Quanta farsa…..quanta mentira…..Estão querendo desviar o que todos nos queremos saber….
A EMBRAER VAI SER A FORNECEDORA DE SUPER TUCANOS PARA A USN E USAF?
O único fator que pode mudar o rumo do FX-2 é esse.
O MD quer ter motivos para evitar retalhiações por parte deles.

O Resto é bla-bla-bá.
Depois falam dos franceses.
Quanta hipocrisia……

Lucius Clay
Lucius Clay
10 anos atrás

Vou repetir aqui minha opinião que para muitos pode parecer absurda, e inconveniente para ser administrada, mas aposto que o Brasil tem condições e deveria ter dois parceiros estratégicos e não apenas um, compra o americano e o francês e vê quem trata melhor os seus parceiros…

luciano
luciano
10 anos atrás

lulinha,lulão anuncia o avião!!!!
lulinha,lulão anuncia o avião!!!!
lulinha,lulão anuncia o avião!!!!
lulinha,lulão anuncia o avião!!!!
lulinha,lulão anuncia o avião!!!!
lulinha,lulão anuncia o avião!!!!
lulinha,lulão anuncia o avião!!!!
lulinha,lulão anuncia o avião!!!!
lulinha,lulão anuncia o avião!!!!

Fsinzato
Fsinzato
10 anos atrás

“Galileu disse: 23 de abril de 2010 às 14:12” Prezado Galileu Concordo com sua afirmação, apesar de outra ótica. Os EUA vem investido pesadamente nos últimos anos, na produção de biocombustíveis, porém, devido a N fatores sua produção ainda é ineficiente do ponto de vista energético. Nós já temos o expertise de mais de 30 anos na área, sendo reconhecidamente o país mais avançado e com maior experiência no ramo. Não se faz a transição de matriz energética do dia para a noite. Em relação ao “peak oil” mesmo os baluartes tradicionais da negação do “peak oil” já o reconhecem,… Read more »

Fsinzato
Fsinzato
10 anos atrás

“Francoorp disse: 23 de abril de 2010 às 14:18” Grato amigo pela deferência. Já me apercebi que o amigo tem consciência dos mecanismos que vem a ditar a geopolítica mundial nesta transição e acomodação de poderes, que refletem diretamente no assunto defesa. Quando possível e houver algum post em que estes assuntos encaixem, vou tentar esplanar meu ponto de vista sobre o assunto. Sua ajuda será bem vinda. Mais uma vez, meus sinceros parabéns pela audácia e coragem em confrontar seus próprios pontos de vista, uma demonstração clara e inequívoca de honestidade intelectual. Seja bem vindo. Abs.