Home Noticiário Nacional Íntegra do discurso do ministro da Defesa na entrega das aeronaves MI-35

Íntegra do discurso do ministro da Defesa na entrega das aeronaves MI-35

253
65

AH-2-FOTO3-Rondoniaaovivo

Base Aérea de Porto Velho – RO, em 17 de abril de 2010

Entrega das aeronaves Mi-35 (Helicópteros de ataque adquiridos da Rússia) ao Esquadrão Poti.

O Ministro da Defesa comparece a esta solenidade dividido entre emoção, o orgulho e a honra na participação no processo de aquisição destes Mi-35H.

Coroamos, agora, longa, penosa e vitoriosa negociação. É relevante momento histórico para a FAB.

Estes equipamentos robustecem a aviação de asas rotativas. Dá à Força importante ganho doutrinário, operacional e tecnológico, referidos pelo Brigadeiro Saito.

Estes helicópteros constituem importante negociação na linha determinada pela Estratégia Nacional de Defesa de 2008. São 12 Mi-35 no valor de 363,9 milhões de dólares. Mas não é mera compra.

Incluem o mesmo valor da compra – 363,9 milhões de dólares – como compensação comercial. Ou seja, são investimentos russos no Brasil.

Além da primeira plataforma de helicópteros de combate, teremos no Brasil:

  • Oficinas de manutenção para, por exemplo, plataforma, rotores, motores, caixa de engrenagem, estrutura, tais oficinas prestarão serviços para a América Latina (Peru, Venezuela, Colômbia, por exemplo) e, também, para o continente africano. Estarão disponíveis ao setor privado nacional;
  • Absoreveremos, ainda, tecnologia em simuladores de voo;
  • Além do mais, o intercâmbio em certificação e homologação de aeronaves.

Os nossos pilotos, engenheiros e mecânicos já estão e continuarão treinamento de últimas técnicas de empregos. Este é o Brasil não comprador líquido. É uma quebra de paradigma.

Somos internalizadores de tecnologia, conhecimento e treinamento para o desenvolvimento nacional. Mas temos mais.

Referimo-me o projeto fx-2.  O procedimento do fx-2 iniciou em 1995. São 15 anos. O Brasil tinha, então, o propósito específico de aquisição de aeronaves de caça. Tal propósito foi reorientado em razão da Estratégia Nacional de Defesa (END).

A partir da END foram rejeitadas soluções que envolvessem tão-somente a compra de aeronaves. Passou-se a priorizar a contratação de um pacote tecnológico de capacitação da indústria nacional,  para a produção da aeronave desejada e desenvolvimento da próxima geração.

O brigadeiro Saito é testemunha do esforço do governo para que o projeto fx-2 “reorientado” se concretize a tempo. O processo é longo. Provoca ansiedade. No entanto, estamos muito próximos da decisão final, decisão final essa que o Presidente da República deseja tomar nos próximos 30 dias.

Observo que o brigadeiro Saito mencionou que os equipamentos do “AH-2 Sabre” permitirão o cumprimento de missões de superioridade aérea e de interdição com muito mais eficiência. Eles garantirão a inviolabilidade do espaço aéreo da região amazônica.

Não venha ninguém dizer como o Brasil deve tratar a Amazônia. Nós protegeremos a Amazônia para nós e para o mundo, e que o mundo saiba disso. Encerro e cumprimento a todos.

O Ministério da Defesa tem conciência que o “Sabre” será, rapidamente, integrado às rotinas do Esquadrão Poti.
Tudo isso não é para nós; não é para a nossa geração; não é para os atuais pilotos da Força Aérea, do Exército, da Marinha. Tudo isso é pelo Brasil. Para o Brasil

Muito obrigado!

AH-2-FOTO1-Rondoniaaovivo

FONTE: MinDefCOLABOROU: Leandro RQ

65
Deixe um comentário

avatar
65 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
48 Comment authors
EdcreekLacerdinhaHMS_TIRELESSSukhoiSO Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Leandro RQ
Visitante
Leandro RQ

Jobim: “ALÉM DA PRIMEIRA PLATAFORMA DE HELICÓPTEROS DE COMBATE, TEREMOS NO BRASIL:

– OFICINAS DE MANUTENÇÃO PARA, POR EXEMPLO, PLATAFORMA, ROTORES, MOTORES, CAIXA DE ENGRENAGEM, ESTRUTURA. TAIS OFICINAS PRESTARÃO SERVIÇOS PARA A AMÉRICA LATINA (PERU, VENEZUELA, COLÔMBIA, POR EXEMPLO) E, TAMBÉM, PARA O CONTINENTE AFRICANO. ESTARÃO DISPONÍVEIS AO SETOR PRIVADO NACIONAL;

ABSOVEREMOS, AINDA, TECNOLOGIA EM SIMULADORES DE VÔO.”

Parece ser bem interessante! Alguém já sabia desse acordo?
Não lembro de ter lido algo sobre isso…

th98
Visitante
th98

TUDO ISSO É PELO BRASIL.PARA O BRASIL
que se lembrem disso na hora de decidir o FX-2

th98
Visitante
th98

Leandro RQ
acho que estes acordos são guardados a 777 chaves até a hora certa de se dizer

Nick
Visitante
Nick

Que os AH-2 Sabres cumpram com sua missão, e que o pós-vendas seja bem referenciado por esse equipamentos para um futuro não muito distante, entrarmos em reais parcerias com os russos (pós FX-2).

Gostei da nova palavra que o Jobin colocou, “reorientado” …..hahahahaha 😀
Tudo pelo Rafale, venham caças franceses, e que não fiquem apenas de decoração nos hangares da FAB.

[]’s

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Colômbia e Perú usam helos russos a mto mais tempo que o Brasil, na Colômbia tem até mais infra que aqui.
E os africanos tratam diretamente c/ os russos, não necessitam tanto assim de nós.

Qnto ao FX, vou adorar qndo o próximo governo trocar “reorientado” por cancelado!!!

Miguel
Visitante
Miguel

Que a FAB faça bom uso dos AH-2 SABRE e que esse seja o início da uma parceria com os russos.
Assim, quem sabe, poderemos ir de PAK FA no futuro.

Em relação ao FX-2, indenpendente do vetor escolhido, torço para que nossos pilotos possam o mínimo de horas do padrão OTAN e que possam garantir a defesa e soberania do espaço aéreo brasileiro pelos próximos 30 ou 40 anos

Abs.

Tecnocop
Visitante
Tecnocop

Parabéns a nós Brasileiros.

Jovert L Garotti
Visitante
Jovert L Garotti

Quem já trabalhou com equipamento Russo, sabe que a qualidade do equipamento aeronáutico deles é inferior a do mundo ocidental. Eu não sei porque o Brasil tomou essa decisão, mas pela qualidade do equipamento é que não deve ter sido. Boa sorte.

RenanZ
Visitante
RenanZ

“DO ESFORÇO DO GOVERNO PARA QUE O PROJETO FX-2 “REORIENTADO” SE CONCRETIZE A TEMPO.”

Piada isso né ?!??!?!?!

Ricardo_Recife
Visitante
Ricardo_Recife

“Reorientado”. Isto significa: Vai dar Rafale de qualquer jeito, não importa que a Dassault já tenha mentido para a FAB (isto dito oficialmente pelo Brigadeiro Saito) e que não tenhamos garantia alguma de transferência de tecnologia, importa apenas o que o presidente prometeu em um jantar. Some-se a isto que “Reorientado” também significa que não há qualquer garantia de recursos para manter o Rafale no ar depois que ele for integrado a FAB. Colocando o pingo nos “is” “Reorientado” significa que estamos ferrados.

Danilo
Visitante
Danilo

“PASSOU-SE A PRIORIZAR A CONTRATAÇÃO DE UM PACOTE TECNOLÓGICO DE CAPACITAÇÃO DA INDÚSTRIA NACIONAL, PARA A PRODUÇÃO DA AERONAVE DESEJADA E DESENVOLVIMENTO DA PRÓXIMA GERAÇÃO.”

Então vamos de Gripen!!!

Harry
Visitante
Harry

Caros

“PASSOU-SE A PRIORIZAR A CONTRATAÇÃO DE UM PACOTE TECNOLÓGICO ………PARA A PRODUÇÃO DA AERONAVE DESEJADA .”

Com aquisição de 36 Rafales, não teremos nenhuma produção de aeronave, a não ser montagem de Kits

“ELES GARANTIRÃO A INVIOLABILIDADE DO ESPAÇO AÉREO DA REGIÃO AMAZÔNICA”

12 Sabres não garatem inviolabilidade nem das fronteiras quanto mais do espaço Aéreo

“É UMA QUEBRA DE PARADIGMA.
PASSOU-SE A PRIORIZAR A CONTRATAÇÃO DE UM PACOTE TECNOLÓGICO”

Conta outra piada Ministro a Heliobras é francesa

“TUDO ISSO É PELO BRASIL.PARA O BRASIL”

Não passa de um embusteiro .

Abs

Nick
Visitante
Nick

Caro Danilo,

Percebeu como esse discuroso se encaixa na proposta do Gripen? Mas vai dar Rafale Reorientado. 😀

[]’s

Nick
Visitante
Nick

errata : discuroso = discurso

[]’s

rogerio
Visitante

Mauricio R assino embaixo

rogerio
Visitante

Esses 12 são como dizem pro brasil brincar um pouco com seu novo brinquedinho

Harry
Visitante
Harry

Caros

quando a FAB não é ” reorientada ” da nisso,(exibe sua competencia) :

Segundo a Cecomsaer
“Os técnicos da FAB, terão acesso aos processos de certificação e homologação de produtos aeronáuticos russos, uma oportunidade considerada inédita, tendo em vista que a Rússia não tem o costume de abrir informações em áreas estratégicas.

O contrato explorou ao máximo todas as oportunidades de intercâmbio de informações e tecnologias que no futuro permitirão ao Brasil montar, desmontar, consertar e alterar os helicópteros quando necessário.”

Será a ausencia dos 5% do lobby???????

Abs

Branda
Visitante
Branda

Citando diretamente o Ministro: “Coroamos, agora, longa, penosa e vitoriosa negociação. É relevante momento histórico para a FAB. Estes equipamentos robustecem a aviação de asas rotativas. Dá à força importante ganho doutrinário, operacional e tecnológico, referidos pelo Brigadeiro Saito. Estes helicópteros constituem importante negociação na linha determinada pela estratégia nacional de defesa de 2008. (…) Além do mais, o intercâmbio em certificação e homologação de aeronaves. Os nossos pilotos, engenheiros e mecânicos já estão e continuarão treinamento de últimas técnicas de empregos. (…)” Bonito! Imaginem o que nao se poderia dizer quando do recebimento de caças Sukhoi, hein? Pena que… Read more »

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Parabéns ao Ministro Jobim. O homem certo no momento certo, tomando as decisões mais certas para as três Forças. Quem deve reconhecer seu esforço, quem conhece do tema, e quem realmente está ao lado das três forças sabe de sua importância histórica. Nelson Jobim já está na História do Brasil por muitas realizações. A próxima, que o aval dos candidatos a Presidência, será o FX2. O cara sabe tudo e mais um pouco. Quem sabe permanecerá a frente do MD no próximo Governo, seja quem o próximo presidente. Parabéns. Agora aqueles que não entendem este processo, chorem a vontade, se… Read more »

Gerson Carvalho
Visitante
Gerson Carvalho

Caros amigos, não sou otimista, porem sou realista e observando que vão implantar todo este suporte tecnico, podem esperar muito mais coisas vindo da russia, incluindo claro mais sabres.

Carlito
Visitante
Carlito

“Jovert L Garotti disse: 17 de abril de 2010 às 17:32 Quem já trabalhou com equipamento Russo, sabe que a qualidade do equipamento aeronáutico deles é inferior a do mundo ocidental. Eu não sei porque o Brasil tomou essa decisão, mas pela qualidade do equipamento é que não deve ter sido. Boa sorte.” Boa tarde colega Jovert! Apenas por curiosidade, você já trabalhou com algum tipo de equipamento russo? Estou perguntando apenas por curiosidade mesmo. Às vezes eu costumo por em dúvida a qualidade de produtos chineses, e minha opinião baseia-se devido a uma experiência recente que tive. Trabalhei no… Read more »

RL
Visitante
RL

Que venham SS-300, Abhramos, T-95, PAK-T50 dentre outros.

Barca
Visitante
Barca

Carlito de onde vc tirou que os equipamentos russos são inferiores ?,o que a história mostra é o contrário,os alemãs pensavem assim,,,srs,eu conheço outra história,conheço os tanques T34 russos que foram considerado o mais avançado do seu temoi,conheço o MIG-25 que na sua época fez o mundo tremer,conheço o submarinos da classe PAPAS,que durante 10 anos nenhum torpedo do ocidente era capaz de pega-lo! Parabéns Jobim por isso que vc tem o respeito dos Oficiais das Forças,e tb dos parlamentares. Wolfpack prabéns pelo comentário,penso igual a vc,quando o FX-2 terminar e tudo vier a público muita gente vai ficar sem… Read more »

Harry
Visitante
Harry

Caros A razão, segundo explicou o governo brasileiro ao russo, pela qual os jatos Sukhoi foram excluídos da licitação para o projeto FX de compra de novos jatos para a Força aérea Brasileira é que os russos foram os únicos a não oferecer transferência de tecnologia no pacote de venda (acho que os russos entederam o erro). Explicitado por Mangabeira Unger quando de viagem a Paris e Moscou a tendência do Brasil é evitar-se a excessiva dependência de fornecedores de alguma parte do globo e buscar aproveitar a reestruturação das Forças Armadas para incentivar o desenvolvimento tecnológico do setor de… Read more »

Skill
Visitante
Skill

Parabéns ao Jobim!

Agora sim parece que o Brasil tem um Ministério da Defesa…todos nós vamos ganhar com isto.

Sou fã deste Jobim!

grifo
Visitante
Member
grifo

Meu Deus, já é uma piada ver um civil vestindo um macacão e usando o distintivo da FAB.

Pior é ver o sujeito se gabar de ter “reorientado” um processo de concorrência para que o seu preferido ganhasse.

Uma coisa ele está certo: o brigadeiro Saito é testemunha desta “reorientação”. Vai testemunha tudo bem direitinho junto ao ministério público…

Fábio Mayer
Visitante
Fábio Mayer

Não é um discurso, nem a aquisição desses 12(com entrega de 3) helis, que vai mudar o fato de que Nelson Jobim é um incompetente, incapaz de aconselhar o presidente a decidir de uma vez o FX-2.

Danilo
Visitante
Danilo

Boas noticias são sempre bem vindas !

Longa vida aos AH-2 SABRE !

(MIL MI-35M)

Fernando
Visitante
Fernando

Èééé pessoal contra fatos nao á argumentos temos que assumir qui esse jobim ta fazendo um bele papel no ministerio da defesa.
Ei viuvada do gripen ve si parem de chorar.Virão Rafales e com transferencia de tecnologia sim pq esta no contrato se nao transferir nao tem pagamento.
Rafales e Mi-35 nos céus no Brasil… scorpenes e futuramente subs nucleares em nossos mares…quem imaginaria isso alguns anos atras hein pessoal to gostando de ver!

Danilo
Visitante
Danilo

F-X Reorientado? Esse ministro se supera a cada dia.
Esse processo sempre esteve muito bem orientado na direção do Chateau Dassault.
Depois da “parceria estratégica” e da “transferência de tecnologia irrestrita”, vamos de “processo reorientado”.
Espero que o presidente “oriente” esse seu ministro.

CADU
Visitante
CADU

Ééé!!!. O Brasil, o GF, o MD, e as 3 Forças estão perdendo e muito, por não estarem ligadas aqui no site, como tem expert por aqui, deveriam pelo menos serem orientados por alguém daqui para poderem comprar qualquer material belico, se lerem pelo menos uma vez o site, vão ver as mentes privilegiadas que aqui se manifestam, e talvez mudem de opinião e deixem para quem entende, isto algum dia ainda vai mudar, tenho fé.
PS: Chega a ser patético.

Wilhelm Ax
Visitante
Wilhelm Ax

Patética a “roupinha” que o Jobâ está vestindo.

Marcos
Visitante
Marcos

Caro Wolfpack
Se Deus quiser, tenho certeza, que o proximo governo tambem não vai quere-lo. Este é o famoso falastrão; que o Brasil iria buscar outra fonte(helicopteros) já era certeza, arruinar literalmente a FA com esse embrulho que virá, as Jacas voadoras, isto é se chegarem a voar, outra coisa este foi o cara que mais afastou as trés forças. Ele realmente entrou para a historia, como alguem que conseguiu fazer a maior Lambença no MD, e isto tenho certeza que ele será muito bem lembrado.

Marcos
Visitante
Marcos

Lembença não, é Lambança

Marcelo Brandão
Visitante
Marcelo Brandão

Segundo alguns comentários, o EB esta acompanhando essa compra da FAB desde o seu início e o MD tem interesse em fazer uma segunda encomenda tão logo se tenha uma avaliação da aeronave operando por aqui, e do funcionamento da sua cadeia logística na prática… vislumbrando essa possibilidade é que os Russos estão tão preocupados em montar uma estrutura de logística adequada, já que seus produtos não tem tradição por aqui. Essa segunda encomenda por parte do EB poderia equipar dois esquadrões com uma aeronave em versão voltada para a função de ataque, coisa que hoje não temos.Será??? Acho que… Read more »

otavio
Visitante
otavio

No meu conceito atual parabenizo o MD pelo o esforço que tem feito pra reequipar as forças armadas,independente da preferência pelo Rafale ou da opção do pais fornecedor dos equipamentos militares,a questão e que vamos colocar em ação submarinos, helicópteros e se possível caças! De forma superficial sem levar em consideração o superfaturamento dos contratos com franceses,alto preços do Rafale e Scorpenes ou mesmos dos propios contratos que deveram seguir temos que concordas que nunca ou ha muito tempo nao viamos nada deste tipo. Entao discordo dos que os criticam e sim devemos pensar que o Brasil o desvio de… Read more »

Marcelo Brandão
Visitante
Marcelo Brandão

Concordo com o Wolfpack… antes do Jobim não tinhamos polêmica sobre material de defesa, simplesmente por que não compravamos… não discutiamos a END, por que ela não existia de forma concreta… O EB esta comprando novos blindados e tanques Leopard modernizados, esta modernizando suas aeronaves e comprando novas, fala-se em um novo Fuzil padrão, novos equipamentos para a artilharia, radares e plataformas de misseis… a MB esta comprando subs o projeto nuclear esta andando, compando aeronaves e modernizando os A-1, estamos falando em novas escoltas em OPV, construíndo patrulheiros… falando em novos navios tanque, compramos NDD usados e fala-se até… Read more »

Vetusto Douto
Visitante
Vetusto Douto

Dois pontos pessoal.
Primeiro, a palavra que alguns tantos frisaram de “reorientar” o FX-2 foi usada no contexto da mudança do Fx-1 pro FX-2 que passou a ter como requisito principal a TT (por isso os russos sairam).

Segundo, independente de resultado de FX. Vale a iniciativa de adquirir esse lote de helis.

O resto, é resto. Deixa o FX-2 pra lá. Daqui a 30 dias todas as nossas inquietações serão sanadas…(e não vai ser Rafale, podem escrever).

Rafael
Visitante
Rafael

Demagogo e cinico, suas falas são incoerentes, se mostrou covarde e indeciso no FX-2, faz um discurso populista e engana toda uma populção que foi prestigiar a FAB e não esse projeto de ministro.
Não é merecedor de usar farda e nem de comandar qualquer processo de licitação que envolva nossas FAs.

Galileu
Visitante
Galileu

Wolfpack…hahahahahah

“Parabéns ao Ministro Jobim. O homem certo no momento certo, tomando as decisões mais certas para as três Forças.”

“Nelson Jobim já está na História do Brasil por muitas realizações.”

Wolfpack, Cara…………não posso xingar mais vai sacanear outro site!! você viajou na maionese?? Esse Ministro, como a maioria, é INCOMPETENTE, se bobear tá querendo um cargo na ONU, ele é muito falastrão sem noção, deve ser motivo de chacota nas forças

emerson
Visitante
emerson

amigos, Cuidado para não contaminarem a aquisição do AH2 com o processo do FX2. Nossas críticas poderiam ser direcionadas ao fato dos helicopteros estarem com a FAB e não com o EB, com o fato da FAB não ter experiência com equipamento russo, e até mesmo com o número insuficiente de helicópteros para o tamanho da amazõnia, mas ficar criticando Jobim por causa do macacão ou ficar remoendo Rafales, Gripens ou Hornets é apenas desnecessário. Existem informações mais importantes 1) o total foi de 364 milhões de dólares, resultando em 30 milhões por aeronave. 2) existe um acordo para manutenção… Read more »

Walfredo
Visitante
Walfredo

“Concordo com o Wolfpack… antes do Jobim não tinhamos polêmica sobre material de defesa, simplesmente por que não compravamos… não discutiamos a END, por que ela não existia de forma concreta… O EB esta comprando novos blindados e tanques Leopard modernizados, esta modernizando suas aeronaves e comprando novas, fala-se em um novo Fuzil padrão, novos equipamentos para a artilharia, radares e plataformas de misseis… a MB esta comprando subs o projeto nuclear esta andando, compando aeronaves e modernizando os A-1, estamos falando em novas escoltas em OPV, construíndo patrulheiros… falando em novos navios tanque, compramos NDD usados e fala-se até… Read more »

Hrotor
Visitante

“A PARTIR DA END FORAM REJEITADAS SOLUÇÕES QUE ENVOLVESSEM TÃO-SOMENTE A COMPRA DE AERONAVES.” “(…) QUEBRA DE PARADIGMA (…)” É mesmo o “END” da picada! Permitam-me citar algumas aeronaves militares projetadas e construídas aqui no Brasil pela nossa indústria nacional a partir dos anos 50, bem antes do “nosso END”: – T-25 Universal, T-27 Tucano, A-29 Super Tucano (treinadores); L-42 Regente ELO (ligação e observação); C-95 Bandeirante (transporte), P-95 Bandeirulha (patrulha); R-95 (reconhecimento); R-99/E-99 (AWACS/SIGINT); Construído no Brasil pela indústria nacional, sob licença (não seria exemplo de transferência de tecnologia…?): AT-26 Xavante. Construído no Brasil em parceria com a Itália… Read more »

Harry
Visitante
Harry

Caros Sobre END: não é propriedade de NJ nem tão pouco a idéia foi dele. A elaboração desse plano estratégico cumpriu determinação de decreto presidencial de 6 de setembro de 2007, que criou um Comitê Ministerial para sua formulação. O Comitê foi apenas presidido pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim. Coordenado pelo Ministro-Chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos, para confeccionar uma Estratégia Nacional de Defesa para desenvolver o projeto. Durante mais de um ano, militares do Ministério da Defesa e da Secretaria de Assuntos Estratégicos, juntamente com as Forças Armadas, se dedicaram ao projeto. Roberto Mangabeira Unger teve papel importante… Read more »

Vader
Visitante
Member
Vader

Pessoal, vamos falar dos AH-2, deixa o caça “reorientado” do Jobim pra lá…

Ver esse cara envergando farda me dá ganas de vomitar…

Sds.

Fsinzato
Visitante
Fsinzato

Senhores, Na minha opinião e verificando as notícias e notas oficiais, ficou bem claro a intenção do MD em avaliar o equipamento russo para posteriormente algum tipo de acordo em outras áreas. O único entrave para uma parceria entre Brasil e Russia, era a negativa dos Russos na ToT e o total tradição e desconfiança do suporte pós vendas, um dos motivos da eliminação do SU-35, mesmo sendo um grande vetor (o melhor em minha opinião). Posteriormete, Moscou mudou de idéia e se tocou da importância do país enquanto player global, devido ao grande movimento de outros países. Percebeu, que… Read more »

J Jacahead da Silva
Visitante
J Jacahead da Silva

Pois é Vader vc percebeu aquilo que já me embrulhou o estomago logo de cara. Pensei que eram as novas aeronaves da Força Aérea da Guatemala.

É por essas e outras que já viu né.

No outro post, com o infografico fala de asas mais curtas. Alguem tem alguma duvida do porque?

Ora porque somos um pais pacifico e aeronave mesmo operando desarmada como quase sempre é, deve parecer desarmada para nao ofender nossos aliados e nossa sociedade pacifica…leia-se povo @#$!@ mesmo

HARPIA
Visitante

Sejam muito bem vindos Sabres, e que cumpram a devida função com garra, dedicação, inteligência e todo o patriotismo que o nosso amado Brasil merece.

“Dedicar-me inteiramente ao serviço da pátria, cuja honra, integridade e instituições; defenderei com o sacrifício da própia vida”.

A7X
Visitante
A7X

Amigos,

Deixemos esse assunto desagradável, que é o FX-2, pra lá. Pelo menos hoje, que é um dia histórico para nossas Forças Armadas…

Abs.

Carlito
Visitante
Carlito

Barca,

Creio que você deva ler melhor o meu comentário. Não disse em momento algum disse que os produtos russos são inferiores.

Leia novamete, e leia também o comentário postado pouco antes do meu pelo colega “Jovert L Garotti”.

Apenas leia…