quinta-feira, junho 24, 2021

Gripen para o Brasil

Sukhois para Argélia e Uganda

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Su-30MK

A Rosoboronexport anunciou que assinou dois contratos de US$ 1,2 bilhão para a entrega de 16 caças para a Argélia e seis para Uganda, segundo o jornal Russian Vedomosti.

As duas nações africanas receberão dois modelos diferentes do Su-30 Flanker. A Argélia receberá 16 Su-30MKI(A) e Kampala receberá seis Su-30MK2.

- Advertisement -

68 Comments

Subscribe
Notify of
guest
68 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
luiz-sp

QUE INVEJA, PODERIA SER NOSSO CAÇA TAMPÃO JOGA O MIRAGE 2000 FORA E MANDA UNS SU 30 MKI PARA ESPERAR MAIS UNS 12 ANOS PARA O PRÓXIMO FX , OU MELHOR ATÉ P PAK-FA FICAR TOTALMENTE OPERACIONAL QUE TAL ?

Ozawa

Bem, tais países não possuem um desenvolvimento humano minimamente aceitável segundo consta, e ainda adquirem vetores dessa magnitude…

Faz-me lembrar a guerra entre outros dois países miseráveis: Eritréia e Etiópia, cujos céus eram rasgados por combates entre vetores dessa mesma família, Su 27, salvo engano. A Rússia, por óbvio, tem nesses episódios um excelente laboratório real de testes.

LBacelar

Ozawa disse: [“…”]

Nesse conflito ocorreu o unico combate entre um flanker e um fulcrum, bem lembrado

Alex

Enquanto isso no Brasil……………………….a novela continua

fredy

Quem ganhou?

Ivan from Russia

The Su-27, despite its impressive air combat maneuvering (dogfighting) capacity, has seen little action since it first entered service. The only notable exception is during the Eritrean-Ethiopian War (1998-2000). For the latter half of the conflict, Su-27As were used extensively by Ethiopia in CAP (Combat Air Patrol) missions and as escorts for Mig-21 and Mig-23 bombers. In the course of their service, Ethiopian Su-27s shot down four Eritrean MiG-29s; some of the Flankers were flown by Russian & Ukrainian trainers (some of whom were accused of being mercenaries), while some were flown by their Ethiopian pupils. One such victory was… Read more »

Vader

A Argélia ainda vá lá, tem petróleo, é um país mais ou menos que luta até hoje pra se livrar da herança maldita deixada pelos franceses, mas Uganda? Isso é uma vergonha: o país é o 157o em IDH da ONU…

http://pt.wikipedia.org/wiki/Uganda

Uma lástima.

antonio

Quando vemos um país como Uganda comprando esses aviões….. e aqui no Brasil uma novela de 10 anos pra escolhermos o nosso!!!
É um negógio que envolve muitos interesses. Deveriam somente tentar colocar o interesse nacional acima dos outros.

Darkman

Os paises mas pobres estão dando uma aula de copetencia.
Tomando decisões rápidas e sabias.
Enquanto isso tudo leva crer que vamos de Rafale, o mas carod e todos.

Será que na FAB ninguém vê isso ????
Tiramos o melhor vetor da conclusão final.
Um absurdo por completo.

Abs.

Robson

nessa guerra (Eritréia/Etiópia) foram 5 Mig-29 abatidos, o Su-27 não registrou nenhuma perda em combate mostrando superioridade contra o outro caça russo. Porém, devemos levar em conta o nível de treinamento do mercenários russos que os pilotavam comparado aos pilotos nativos de Eritréia que contavam apenas com apoio, em terra, de técnicos ucranianos.

Roberto

O Sukhoi bi-place é feio, o mono é bem mais bonito.

Darkman

Perdemos uma oportuidade de termos os melhores vetores !!!!
A FAB decepcionou ao tirar os Russos do FX2..
Agora vamos escolher as jacas de asa fixa “Rafale” por puro luxo do MD.

Uma BURRICE sem tamanho !!!

Abs.

Marcelo

Flanker, se não estiver errado, duas vezes. Embora algumas fontes mencionem até 6 MiG-29 derrubados pelos SU-27S etíopes, incluindo um MiG-29U, dois MiG-29A são os números mais aceitos. Os MiG-29 da eritréia derrubaran 3 MiG-21 e alegam terem pegos alguns(4?) MiG-23BN que estavam executando missões de ataque contra forças em terra. O confirmado é um MiG-21 apenas. A Eritreia se reforçou e adquiriu mais 6 MiG-29, 8 SU-25 e 6 SU-27 após o término das hostilidades, para somar-se ao lote original de 8/10 MiG-29 que possuía. A Etiópia tinha 8 SU-27S e aparentemente adquiriu um segundo lote idêntico. Mantém menos… Read more »

Marcelo

O abate da piloto feminino carece de confirmação pois ao mesmo tempo que algumas fontes indicam que ela teria derrubado um MiG-29U desarmado, outras comentam que ela somente se formou piloto de flanker em 2004, anos após o conflito.

Cláudio

Olha nós perdendo mercado !!!

Nessas Nações pobres o Brasil tem potencial para abrir o mercado do Rafale para a França.

Estamos vendo 6 Caças aquí; 10 para lá; 7 para cola; mais outros 8 para lá; e, assim vai.

Seja a porcaria americanizada do Gripen, ou o figurão do Rafale, puro-sangue Francês, o Brasil poderia já estar vendendo o Caça, tal como vem fazendo com o Super Tucano.

Mas Está Difícil

Vader

Ahahahahaha, vender Rafale pra país africano??????

MWAHAHAHAHAHAHAHA… isso é que é sacanagem, rsrsrs…

Ai ai, cada uma… 🙂

Galileu

Uma lastima é ver a terra da banana, perder feio para países que vivem de turismo………

É cada coisa, parece mandinga isso, entra presidente sai presidente e nada muda.

Roberto

Avião russo na América Latina é coisa de cucaracha comunista.

Alexandre L

Pode até ser uma boa aquisião para países como Uganda e Argélia. Mas, não acredito que seria bom para o Brasil. O que me deixa até com vergonha é que esse tal FX se arrasta por anos e não dá em nada! Esses políticos ficam se beneficiando destes programas que no final quem paga a conta somos nos contribuintes e a FAB.

MA

A Argélia é uma das maiores forças armadas da Africa, IDH relativamente alto para a média do continente, parte da “Africa branca” mulçumana, grande exportadora de petróleo como bem lembrou o CPS… Não é surpresa nenhuma receber esses armamentos, mesmo porque, seu país ainda sofre com a insurgência, tem disputas com o marrocos, estão na mira da França (ou pelo menos pensam assim) e são membros da liga das nações árabes desde 62. Já a Uganda é irrelevante, suas forças armadas não são coisa que se valha comentar e sua compra é de meros seis caças, coisa que eles fazem… Read more »

Cabral

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH VOCÊS QUEREM ME MATAR DO CORAÇÃO? ATÉ ARGELIA E UGANDA. TAVA ATE ME CONFORMANDO COM O RAFALE AE APARECE ISSO. AGORA VOLTO A QUERER UMA PESSOA DE ATITUDE QUE COMPRE LOGO O SUKHOI ————*!

COMENTÁRIO EDITADO PELA MODERAÇÃO

Ricardo

A Argelia era mais um compradora garantida do Rafale e foi de SU-30. Não tem jeito o Rafale vai ser o avião de dois países: Brasil e França.

Leandro RQ

A Argélia eu entendo. Os caras tem petróleo. Agora Uganda é sacanagem. Com certeza é mais um país que vive naquele esquema africano. O governo não faz nada para a população. Que não tem água tratada, esgoto, escolas e muito menos hospitais. Mas as Forças Armadas deles tem SU 30 e com certeza outras armas modernas. O povo que se dane, o que importa são FAs fortes pra manter os diatdores no poder! Por fim, concordo com os comentários anteriores. A maior besteira que já fizeram no FX foi desclassificar os Flanker da disputa. Com certeza rolou pressão Yankee na… Read more »

Lucas Maciel

Embora o F-X tenha se tornado uma novela, e que ainda será usado para campanha eleitoral, mostra a diferença entre compra de prateleira e capacitação do país. Cada país tem os seus anceios, o Brasil por sua vez busca se capacitar tecnologicamente, Argélia, Uganda, Etiópia, Eritréia, etc, talvez no passado ou no futuro vislubram alguma ameaça eminente, mesmo que buscassem assim como o Brasil a capacitação tecnologica, teriam suas empresas nacionais capacidade para absorver a tecnologia? Acho que não. Sinceramente, vejo muitos reclamando da demora e tudo mais, mas se for para gastar 10 Bilhões que seja de maneira inteligente,… Read more »

Marcos

E segue a “INCOMPETENCIA” Brasileira no setor de Defesa …..

Marcos

A verdadeira pergunta é Até Quando?

Gui

o governo so apoia o rafale pq o presidente lula agora sonha em ser secretario geral da onu, e a frança foi a unica q apoiou esse sonho louco dele!!

Harpia

Cabral,
por favor. Sem palavrões. Fica feio.

X-nobe

. E vocês queriam o que, a FAB escolheu os três finalistas para o FX-2 pensando no melhor para a Embraer, sem pensar no que é melhor para a nação, o Sukhoi SU-35 e o Rafale eram os favoritos dos 6 concorrentes iniciais a levar o FX-2, só que mais uma vez assim como no FX-1 em que o SU-30 era o favorito, eles escolheram o Mirage2000 por a Dassault ter na época ações da Embraer. Só que nas duas ocasiões, eles deram com os burros N’agua hehehehe, porque o primeiro FX foi cancelado e no segundo ele não será… Read more »

brazilwolfpack

E o Brasil??? Bem,obrigado…

Alex Nogueira

E o Brasil continua levando de LAVADA até de paises da África que são muito inferiores ECONÔMICAMENTE…. Parabéns aos países que sabem comprar material de defesa. Enquanto isso o Brasil segue achando que no futuro tudo se resolvera diplomaticamente.

Harpia

Na verdade os nossos líderes se acham “o cara”. Eles sabem de tudo, de todos, do mundo, das leis, do certo, do errado, do que é demais para o Brasil… Resumindo: são a sapiencia em pessôa, só não entendo o fato de não termos nenhum nobel com tanta inteligência.

Giordani RS

Amigos! Anotem aí! A bolívia vai receber os seus dentro em breve…

Darkman

Lucas Maciel disse: 5 de abril de 2010 às 14:29, Sem essa de capacitação e transferencia de tecnologia, ninguém dá o pulo do gato, não acredite nisso meu caro. A Rússia queria passar sim a tecnologia prevista, como foi feito até mesmmo coma China, mas nossos Governates não podem ouvir falar em Rússia e se derretem de amores pela França. Um bando de incopetentes que não sabem nem os nomes dos caças que temos e nem se importam com nada, somente neste período d compra que voltam os olhsos para as forças. Queria ver o povo botar sua escolha e… Read more »

Wagner

e viva a mãe Russia !!!

enquanto isso, em Brasilia…

Cor Tau

Até a Africa….Até a Uganda possui mais poder de dissuasão do que nós….Até eles estão a nossa frente em termos de atualização, iniciativa e interesse…Algum dia o MST conquistara este pais……

http://www.youtube.com/watch?v=wZeguaJzUyk

emerson

Algumas correções, Quem viu ontem a entrevista de Lula no Canal Livre da Band, pode ouvir sua resposta sobre essa história de ser secretário geral da Onu. Tolice. Quando o jornalista perguntou se ele tinha essa pretensão, sua resposta foi que o cargo de secretário geral da ONU deve ser ocupado por um burocrata da ONU (e isso é verdade, basta ver quem já foi secretario geral) porque não se pode colocar um político nesse cargo porque ele nunca consiguiria mediar os conflitos diplomáticos na instituição. Sua resposta foi franca e definitiva. Lula não possui busca nenhum cargo na ONU.… Read more »

emerson

atenção. Não disse que a resposta de Lula era uma tolice, mas que ele acha que a ideia de ele assumir a secretaria geral é uma tolice.

melhor explicar antes de confundir

Tecnocop

Tenho certesa de que essa notícia deixará muito feliz nosso amigo sukhoi.

Cor Tau

Só quero ver a reação quando a turma do Chaves tiver de SU-35s…PAKs….S-400s………………………………………………………

http://www.youtube.com/watch?v=YEjdjIPnWF0

Enquanto a Fab esculhamba por Papercrafts NGs…………………..ÉÉÉÉ……ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ……………

Lucas Maciel

Darkman disse: 5 de abril de 2010 às 16:34 “ninguém dá o pulo do gato” Darkman, não disse que vão nos ensinar o pulo do gato, isso é lógico que ninguém faz, mas capacitando fornecedores para a produção de suprimentos consequêntemente tem que se desenvolver ferramentas e métodos para essa produção, vc força as empresas nacionais a buscarem certificações internacionais, desenvolve novos métodos de produção, indiretamente produz novas tecnologias, estimula a formação de recusos humanos, etc. Não espero que nós passem de mão beijada como construir um radar AESA, ou tecnologia STEALTH, ou sei lá mais oquê, isso é uma… Read more »

rogerio

temos que ver a verdade brasil e um pais que jamais sera levado a serio pelo mundo ainda mais assim

rogerio

um pais duas caras que muda de decisão toda hora não sabe o que quer
vai ficar assim ate o fim dos tempos

brujhar

Emersom e Lucas Maciel,

Excelentes cometários faço das suas palavras as minhas.

Abraços

Off-topic: Gosto muito do canal-livre e vi a entrevista do Barbudo, que por sinal foi muito boa.

MA

Só relembrando o comentário, no caso da Uganda, essa é uma compra realmente excepicional (e olha que são só seis aeronaves MK2!). A aeronave mais moderna de combate que Uganda possui são alguns Mi-24D, em péssimo estado. Não vale ficar com vergonha de nossas FFAA diante deles, isso é só desespero de brasileiro mesmo… Emerson, a Argélia não precisa de treinamento, eles já possuem alguns Su-30 (não lembro se são MK ou MK2) e uma doutrina de combate aereo bastante solidificada. Essa compra é somente para incrementar o contigente equipamental. Sobre a manutenção, realmente, um ponto negativo pra eles e… Read more »

Fabio Mayer

Não se preocupem.

Aquela compra brasileira terá um importante anúncio nos próximos dias.

Anunciarão que a decisão sobre os caças será feita em maio…

emerson

Caro MA Bem lembrado sobre os Su30 da Argélia. Pelo que apurei são 14 MK, assim não será nenhum problema para eles dobrarem sua frota de Su30 já que devem dominar minimamente o equipamento. Ainda assim, não me parece que uma frota de 30 aparelhos justifique a implantação de uma logistica local de manutenção pesada. Assim como a Venezuela, os motores e as aeronaves deverão ser atendidas na Russia mesmo. TAmbém significa que a Argélia não irá adquirir mais armamento. Provavelmente a quantidade de material estocado será usado em toda a frota. Já os seis Su30 em Uganda me parece… Read more »

emerson

Caros,

Claro que um Su30 é superior a um F16. Me expressei mal. Mas a força aerea de Uganda, com apenas 6 aparelhos deve ter uma doutrina bem restrita, focando interceptações simples e conflitos de baixissima intensidade. Para esses usos, meia duzia de F16 fariam o mesmo que os Su30 a um custo inferior.

Meia duzia de Su30 não dão poder de dissuasão, Considerando a fantastica condiçao de manter dois caças permanentemente em manuntençao e dois de prontidão, a reserva é de apenas 2 caças. Então, qual a necessidade de sukhois?

MA

Desculpe Emerson, eu não quis dizer excepcional, quis dizer “EXTRAORDINÁRIA”. Aquele país não faz uma aquisição que valha citação a anos… É uma meleca pisada em termos militares e econômicos e a propria compra é pífia. Sem dúvida fizeram algo não muito eficaz, acredito que conseguiriam sinal verde para F-16, nem que fossem versão A, mas no mínimo uma compra de MiG-29S da Rússia suplantaria suas necessidades a um preço bem inferior! Notar que todas os jatos de Uganda são monomotores… Significa que os custos realmente devem ser bem restritos e a disponibilidade das aeronaves também (afinal, duvido que possuam… Read more »

MA

Jesus, errata:
sobressalentes

Reportagens especiais

Poder Aéreo nos Estados Unidos: CAF AIRSHO – parte 2

Como dissemos na primeira parte desta reportagem, no nosso primeiro show aéreo nos EUA não pegamos um tempo muito...
- Advertisement -
- Advertisement -