quarta-feira, novembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

Um MiG-23 muito estranho

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

MiG-23-1-fake

As duas fotos apresentadas neste ‘post’ mostram um avião de figuração em delta onde aparece escrito, em letras garrafais, “MiG-23” na grande deriva. Na verdade trata-se do avião experimental Convair XF-92A, derivado do programa XP-92, que perdeu para o XP-91.

O XP-92A foi empregado no filme “Jet Pilot” (lançado em 1957, mas filmado em 1949) onde o ator norte-americano John Wayne interpreta um piloto de caça de uma unidade baseada no Alasca, distante poucas milhas da URSS.

O XP-92A foi redesignado FX-92A e voou pela primeira vez em 18 de setembro de 1948. Com a experiência adquirida pelo programa, a Convair obteve muitos conhecimentos no campo das aeronaves com configuração em delta. Deste estudo surgiram o bombardeiro B-58 Hustler,o “hidro-caça” Sea Dart e os interceptadores F-102 Delta Dagger e o F-106 Delta Dart.

O XF-92A encontra-se perfeitamente preservado no museu da USAF na base aérea de Wright-Patterson em Dayton, Ohio.

MiG-23-2-fake

LEIA TAMBÉM:

- Advertisement -

8 Comments

Subscribe
Notify of
guest

8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
José Maria Bravo

Dados aerodinâmicos “cortesmente” fornecidos à Convair por Alexander Lippisch. Em algum lugar li que o filme era de 1952, e que ficou 5 anos sendo montado não por questões técnicas, mas em razão da Guerra Fria. Apesar de financiado por Howard Hughes, se mantido o cronograma original o filme seria lançado durante o julgamento do casal Rosemberg, mostrando um amor entre pilotos americano e soviética, o que era demais até para o mais extravagante dos texanos. T-33 e F-86 mal saíam da linha de montagem em 1949 (o T-Bird um pouco mais atrás que o Sabre), e não poderiam figurar… Read more »

Clésio Luiz

Acho que ao invés de FX-92A deve ser XF-92A não?

Joaca

Para quem quer ver as senas aéreas – aí vai o link:
http://www.youtube.com/watch?v=N4Zsmr8nXsI
Eu vi este filme na seção da tarde na década de 80!!1
At
Joaca

PC

Por coincidência, um dos pilotos da USAF que testou o XF-92 (Chuck Yeager), também serviu de dublê de piloto do John Wayne no filme.
Aliás, os então novíssimos controles controles operados hidráulicamente do XF-92 eram tão leves e sensíveis, que brincavam dizendo que não era necessário puxar ou empurrar o stick; bastava dar uma assopradinha.
Sds

Eddy Wallan

caças estranhos…. talz…. so faltou uma pintura da nasa… pq tudo quanto é caça sem noçao q fazia… botava a nasa pra testar hehehe (quem sabe até um sovietico)

Mauricio R.

“…e os interceptadores F-102 Delta Dagger e o F-106 Delta Dart.”

Poderiam acrescentar tb, o F-102A que diferia do ac citado entre outras coisa pelo formato de “garafa de coca-cola” da fuselagem central, devido ao uso da regra de area.

Joaca

Os americanos operarm Migs 17, 21 e 23 no esquadrão agressor. Assim, não seria estranho vermos um pintura americana não.
at
Joaca

sr.ricardo

Esse post me fez lembrar do MiG-28 em Topgun (f-5E) e o MiG-23 no Iron Eagle I e os “grandes MiGs” no Iron Eagle II (F-4E).
Alguém lembra de mais uma dessas “pérolas” do cinema ?

Últimas Notícias

Chegam a Anápolis-GO os primeiros caças F-39 Gripen operacionais

Por Juliano Lisboa (Reportagem e Fotos) Os primeiros caças Saab F-39E Gripen operacionais da Força Aérea Brasileira pousaram hoje na...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -