segunda-feira, maio 23, 2022

Gripen para o Brasil

Array

Queda de Brasília mata dois na Austrália

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Aeronave produzida pela Embraer não transportava passageiros

vinheta-clipping A Embraer informa que o turboélice EMB 120 Brasilia número de série 116 operado pela Air North, em Darwin, na Austrália, acidentou-se durante um vôo de treinamento sem passageiros a bordo. O fato ocorreu hoje, por volta das 10:00 horas, horário local. De acordo com as informações recebidas, as duas vítimas fatais foram os pilotos a bordo.

A Embraer lamenta profundamente o fato ocorrido e estende suas condolências a todas as famílias, amigos e entes queridos envolvidos neste acidente com a Air North. No momento, não há mais detalhes disponíveis. A Embraer disponibilizará apoio técnico completo às autoridades de investigação, lideradas pela Australian Transportation Safety Board. Para esta finalidade, uma equipe de especialistas está a caminho de Darwin, Austrália.

FONTE: Embraer

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Francoorp

Será que foram aquelas malditas hélices yankees instaladas neste modelo que fizeram cair mais um Brásilia???

Lembram daquele que caíu la nos States a alguns anos atrás???

Meus pêsames aos familiares! 😐

Alexandre

Meu amigo. Se o problema fosse só as hélices estava bom. Fiz mais de mil horas nessa máquina e não quero nem chegar perto. Ô bichinho chato de voar. Mais é inegável que foi um sucesso de vendas. É triste que a tripulação tenha morrido. Lamentável.

Zé Mané

A expressão “vítima fatal” não existe. Fatal vem do latim “fatale” e significa “que mata”, “que causa morte” e não que morre. Ao dizerem ou escreverem que há mortos em acidentes, não conseguem uma outra maneira para expressar essa ideia e, por isso, referem-se a vítimas fatais. Existem casos fatais, acidentes fatais, mas não vítimas fatais.

Bruno Rocha

Zé Mané

Pelo menos não é sempre assim.

Aqui em Minas, fala-se sem amenizar o choque da noticia mesmo.

“5 morreram e 7 ficaram feridos”.

Últimas Notícias

O dramático apoio aéreo ucraniano aos combatentes em Mariupol

O comandante do Regimento Azov, Andriy Biletskyi, observou o heroísmo excepcional das tripulações dos helicópteros, que entregaram reforços, armas,...
- Advertisement -
- Advertisement -