quarta-feira, outubro 20, 2021

Gripen para o Brasil

No Senado, Jobim diz que posição da Defesa sobre compra de caças sai em 20 dias

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

vinheta-clippingEm 20 dias, o Ministério da Defesa encaminhará ao presidente da República sua recomendação acerca da compra de aviões de combate para a Força Aérea Brasileira. Foi o que disse nesta terça-feira (2) o titular da pasta, Nelson Jobim, durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE).

O ministro, que foi ao Senado debater o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos, respondeu a questionamento do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) sobre a decisão do governo a respeito da concorrência internacional para compra dos aviões de combate.

No ano passado, ao debater a compra dos caças, Jobim admitiu aos senadores que existia uma “preferência política” pela francesa Dassault, produtora dos jatos Rafale, como já havia afirmado o presidente Luiz Inácio Lula da Silva após encontro com o presidente francês Nicolas Sarkozy na celebração de 7 de setembro. Mas reiterou que a decisão final dependeria da análise das propostas da própria Dassault, da norte-americana Boeing, que fabrica o F-18, e da sueca Saab, produtora do Gripen NG, avião que chegou a ser recomendado pela Aeronáutica.

– O negócio não está fechado. Há uma opção pela França, basta que ela cumpra a promessa de transferência de tecnologia. Vamos analisar as ofertas e ver o que significa a transferência irrestrita de tecnologia e o preço competitivo anunciados pelos franceses – disse Jobim na ocasião, classificando a competição entre os três produtores como “ótima” para o Brasil.

Em visita ao Brasil, a Secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton, que estará no Senado nesta quarta-feira, adiantou que um dos assuntos a serem tratados com o presidente Lula é a proposta da Boeing para a venda dos aviões de combate.

FONTE: Agência Senado

- Advertisement -

18 Comments

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
robertobozzo

Será que a excel. Secretária de Estado Hillary Clinton trará uma proposta governo a governo para o FX 2 ?? Algo a mais para a FAB, ou mesmo para as forças como um todo ?

JACUBAO

Assim não dá. Mais 20 dias?????? Como posso, dessa maneira, achar que o Brasil é um país sério?????

Francisco AMX

Tia Hillary, já deixa o “NAe e seu recheio aqui pra nossa MArinha!” depois manda mais uns 36 F-16B60 novos e coloca nóis da fila do F-35, para 2020 pode ser? 🙂 brigado!

pitstop

Olá senhores, primeiro post.

É coincidencia ou foi só para cumprir agenda que o ministro Jobim foi aos EUA depois de entregue o relatório do F-X que coloca o F-18 na cabeça da disputa???

Alguem tambem percebeu uma mudança no discurso dele ou fui só eu que vi??

Saudações!

Francoorp

FZZZZZZZZZZ2!

Quando sair o resultado no Diário Oficial da União eu vou acreditar!!

M1

mais bla bla bla… me chamem de Jó agora, beleza?

Aguardando…

Icaro

Francoorp em 03 mar, 2010 às 18:46

Concordo contigo!!!

Eu soh vow acreditar qndu estiver voando em céus brasileiros, com pilotos brasileiros, cumprindo missões e nas cores da F.A.Brasileira…

Cor Tau

Só políticos ingoistas e inganadores………..O anti-etismo é normal…………

http://www.youtube.com/watch?v=NYbaGYFMiXo

alex

Caro amigo francoorp a India esta negociando 42 SU-30 Mki por 3 bilhões, para integrar na pequena frota de 230 existentes, me responda o que é que eles tem que nós não temos.

Jackson F-5

Alex,

Amor à NAÇÃO, responsabilidade, coragem e fidelidade à ela!!!!

Carlos

mas há 20 dias atrás ele disse que a decisão sairia em 20 dias (!)

Edgar

Desde 2008 ele vem anunciando os 20 dias e provavelmente no dia 23/03 a posição que ele irá dar sobre a compra é que o relatório já está em análise pelo Ministério da Defesa e que o caça escolhido será um dos três.

A declaração dele foi algo como “Hillary, leave the Iran with us. Then I can buy some vehicles of your industries.”

aiai…

“Just take more time to that.”
heehhehe

athalyba

alex em 03 mar, 2010 às 22:40

Vou me adiantar ao Francoorp e te dizer o q os indianos tem a mais q nós: uma fronteira com um inimigo encardido e nuclear (Paquistão) e outra com uns sujeitos q, se eles desejaram, podem despejar MILHÕES de soldados e/ou combatentes, além de mais nukes em suas cabeças (chinas).

Essa vizinhança da pesada deve ter algo a ver com o tamanho e a disponibilidade das forças armadas indianas.

Mas é só um palpite 😉

alex

Athalyba, obrigado, eu pessoalmente fico com a sensação que não há interesse de nossos governantes em demonstrar os devidos respeitos por esse patrimonio que é as forças armadas

Joao

Bom, eu acho que já vi este post antes. O mesmo bla bla bla, os mesmos blogueiros… nada muda. Mas, o fato é que já sabemos que o caça Gripen é um projeto (cujo preço pode sofrer sensiveis variações), a transferência irrestrita de tecnologia da França se restringe a 50% da tecnologia de manutenção com a entrega da 36a. aeronave, e que a tranferência necessária da Boeing é de 98% das tecnolgias sensíveis da aeronave com a garantia de participação no novo caça de 5a geração da Beoing o F-18 Global SH. Boa sorte ao F-X2 que tem tudo para… Read more »

Challenger

Segue o enterro!

Nimuendayub

de qualquer forma, sinto que perdemos o velho complexo de viralatas…temos uma relação autonoma e independente com a maior das potencias…
é alguma coisa..

sds

Rui

Meu palpite é Rafale: 12 em Manaus, 12 em Anápolis e 12 em Porto Alegre. O motivo? Não se trata apenas de um contrato aeronáutico, mas de vários equipamentos para as três forças armadas. Abraços.

Últimas Notícias

Acompanhe a estreia do 1º episódio da websérie Colaboração Real 4 no YouTube

Em 21 de outubro, às 11h, estreia o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal...
- Advertisement -
- Advertisement -