segunda-feira, abril 12, 2021

Gripen para o Brasil

20 anos de atrição dos MiG-21 na IAF

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

MiG-21 IAF 2

A Força Aérea Indiana revelou que perdeu 265 jatos MiG-21 em acidentes nos últimos 20 anos, que ceifaram as vidas de 140 pessoas.

De abril de 1989 a 26 de novembro de 2009, 265 caças MiG-21 caíram. Um total de 96 militares e 44 civis foram mortos nos acidentes. Apelidado de “caixão voador” na Índia, por suas quedas frequentes, cerca de 150 a 160 MiG-21 operam na IAF, de um total de 450 recebidos.

- Advertisement -

21 Comments

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Francisco AMX

Que barbaridade!

Retiro tudo que falei de bom desta FA!

flaviodepaula

cai cai balão, cai cai balão…

ops, errei

cai cai avião, cai cai avião…

Os russos tem boas tecnologias, construiram bons aviões. Mas, como todos, tem suas “jacas”.

Felipe Cps

Como diria Regina Duarte: “eu tenho medo!” 🙂

Walderson

Flavio e Felipe,

estou para cair da cadeira de tanto rir. kkkkkkkkkkkkkk
cai, cai, balão foi ótimo.

E o “eu tenho medo!” me fez imaginar a cena. kkkkkkkkkk

Um abraço.

Rodrigo Marques

1 por mês? Taxa “pornográfica”.

E não se pode culpar apenas o vetor, vamos tomar cuidado, há de se averiguar as condições desta enormidade de acidentes. Mesmo com a tensão com o vizinho Paquistão, seria muito interessante o Blog averiguar mais a fundo esta questão para o pessoal debater ( tomara que não dê muito trabalho 🙂 ).

Abs

Rodrigo Marques

ops, saiu um treco errado acima… 🙁

“”Mesmo com a tensão com o vizinho Paquistão, o que deve colocar estes vetores em constante operação de treinamento, prontidão, etc… a força aérea da India como um todo deve ser responsabilizada. seria muito interessante o Blog averiguar mais a fundo esta questão para o pessoal debater ( tomara que não dê muito trabalho ).””

Acho que é isso.

Abs

Francisco AMX

O Mig 21 não é muito diferente do F-5 em termos de dificuldade para pilotar, é até melhor segundo vários relatos, mais arisco que um F-4 e mais ágil tb… mas isso dae, se vero for, não tem precedentes! é caso de investigação internacional! rrrsrs – os caras, no mínimo largavam os pilotos sem uma coversão adequada e com manutenção precaríssima!

casag

Pelo que sei estes MIG’s 21 são fabricados na própria Índia.
Que eu saiba nos aviões fabricados na Rússia não existe esta taxa de acidentes pornográfica.

Uma coisa que li no livro “MIGs” de Spike Lee é que o MIG 21 é muito instável quando o combustível está próximo ao fim e o avião bem mais leve. Justamente no pouso…

Felipe Cps

Hare Baba! 🙂

Alexandre Galante

Essa taxa alta de atrição de MiG-21 na IAF é semelhante a de F-104 Starfighter na Luftwaffe, onde mais de 200 caças também caíram.

Estudos dizem que tem a ver com a ergonomia da cabine e o padrão de pensamento dos pilotos, que varia com a cultura.

casag

Galante,

O F-104 Starfighter era chamado de “máquina de fazer viúva” pelos alemães.
Será que aquelas asas diminutas, eram quase aletas de um grande míssil, não teriam influência?
Velocidade de pouso, por exemplo, era absurda.

Alexandre Galante

Casag, sim, com certeza a alta velocidade de pouso atrapalhava. Tem aviões que perdoam alguns erros dos pilotos e tem aviões que não perdoam nenhum.

carl94fn

Nossa!!!
“caixão voador” que tal cemitério voador!!!! Com um inimigo assim quem precisa de aliado o Paquistão ta salvo!
Mas será que é só na Índia esse numero de assidentes?

R_Cordeiro

Felipe cps: “eu tenho medo” HAHAHAHAHA.
________

O SU-30 MKI tá indo pro mesmo lado… já são dois este ano.

será os russos o problema ou será “Lord Ganesh” que não está satisfeito com as oferendas dos últimos anos??

kaleu

nâ, nã, nã, não !!!!!!!!

O “Pobrema” é dos piloto (voam nele a pouco tempo!) … ou das “Monsões” … afinal, OS AVIÕES RUSSOS SÃO OS MELHORES do mundo (THE BEST) … vejam vcs … caíram 260 maaaiiiisss ainda tá voando 160 …

Pergunta pro Welington ! … ele vai confirmar TUDO que estou dizendo !

abcs
kaleu

kaleu

há … “isquici” … pode ser tambem TUDO UMA GRANDE MENTIRA dessa imprensa fantasiosa, decadente, vendidas pro americanos, neo liberal, … É ISSO … só pode ser isso !

giltiger

Este é um caso onde o resultado final desastroso é fruto de dois ou três fatores que puxam para a mesma direção errada:
1)ou indiano não tem vocação genética para pilotar caça ou o método de FORMAÇÃO dos pilotos na Índia tem algo particularmente errado (minha aposta);
2) o Mig-29 pode ser um avião com alguma manha ou dificuldade de pilotagem;
3) um projeto com tal característica ao ser produzido por um terceiro pode agravar ainda mais um problema existente…

Parece ser o caso…

Dalton

giltiger…

vc me fez recordar sobre uma materia publicada em uma revista americana muitos anos antes de Pearl Harbor, sobre a marinha
japonesa seus avioes e pilotos e lá eles julgaram erradamente,
que os japoneses não poderiam ser ótimos pilotos, apenas medianos, devido ao formato dos olhos…o que provou ser errado.

abraços

Welington

R_Cordeiro os SU-30 MKI estavam com um Record de 12 anos de operação na índia sem nenhum acidente, agora são 13 anos de operação e 2 acidentes, a taxa desta aeronave é simplesmente incrível…
A índia planeja ter 280 caças SU-30 MKI, até o presente momento, números que podem ser acrescidos com o crescente poderio bélico de seus visinhos…
Um grande abraço a todos…

Felipe Cps

giltiger em 03 dez, 2009 às 21:35:

Apenas uma correção parceiro, é MiG-21, não o 29, que é uma excelente aeronave.

Esse avião (MiG-21) “perdeu” todos os conflitos em que entrou: Vietnã, Israel, Afeganistão, and so on… Os indianos deviam groundear tudo e parar de matar os preciosos pilotos.

Sds.

Msf

“Esse avião (MiG-21) “perdeu” todos os conflitos em que entrou: Vietnã, Israel, Afeganistão, and so on…”
Melhor se informar mais, companheiro. O Vietnã não foi “derrota”, além do que, sua performance ajudou na criação dos atuais supermanobráveis caças americanos. No Afeganistão, ele atuou como avião de ataque, não caça, sua função primária. E esqueceu dos confrontos contra o Paquistão, nas mãos da própria IAF, com sucesso.

Combates Aéreos

Caças J-11 chineses venceram os Gripen tailandeses no dogfight

Mas os Gripen da Tailândia venceram no combate BVR Uma palestra proferida na Universida de Politécnica do Noroeste da China...
- Advertisement -
- Advertisement -