Home Indústria Aeroespacial Senador lamenta oposição de parlamentares norte-americanos à compra de aviões da Embraer

Senador lamenta oposição de parlamentares norte-americanos à compra de aviões da Embraer

65
1

O senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB) lamentou nesta terça-feira (1º) as notícias de que parlamentares norte-americanos teriam pressionado o governo dos Estados Unidos para que não compre os aviões Super Tucanos produzidos pela Embraer. O senador disse que ficou “absolutamente perplexo” com essa informação, veiculada pelo jornal Correio Braziliense.

– A reportagem dizia que parlamentares dos Estados Unidos estavam tentando impedir que o governo norte-americano negociasse com a Embraer a compra de aeronaves de ataque leve – resumiu.

Ele explicou que os aviões Super Tucanos são fabricados em São José dos Campos (SP) pela empresa brasileira e a negociação com o governo dos Estados Unidos poderia envolver cerca de cem aeronaves, que seriam compradas ou arrendadas.

Roberto Cavalcanti disse que a empresa norte-americana Boeing participa, de forma livre, de concorrência aberta pela Força Aérea Brasileira para aquisição de 36 caças de alta tecnologia, e era de se esperar o mesmo tratamento para a empresa brasileira naquele país.

– Não achamos que seja uma conduta adequada do governo norte-americano ceder às pressões desse grupo de parlamentares, totalmente desvinculados do cenário político atual – afirmou.

Para o senador, se a sugestão dos parlamentares for acatada pelo governo dos Estados Unidos, significará um retrocesso para as relações entre ambos os países.

Em aparte, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) elogiou o pronunciamento do colega e concordou com seus argumentos.

FONTE: Agência Senado

LEIA TAMBÉM:

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Marine Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marine
Visitante
Marine

O senador deveria ver isso como praxe e nao com perplexidade. Politicos serao politicos e em especial com a crise financeira atual nada mais fora da norma do que parlamentares procurarem defender empresas em que seus constituintes dependem para a sua sobrevivencia. Vejam bem, adoraria ver os ST aqui nos States mas nao fico surpreso ou “perplexo” de que politicos queiram agora garantir a compra de um produto fabricado em seu pais devido a economia atual. Nao e uma afronta pessoal ao Brasil ou ate um ato oficial dos EUA, nao passa de um grupo pequeno e isolado de parlamentares… Read more »