Home Indústria Aeroespacial Rolls-Royce celebra 50 anos no Brasil

Rolls-Royce celebra 50 anos no Brasil

515
2

vinheta-clippingNuma cerimônia que contou com a presença do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, a Rolls-Royce, empresa global de sistemas de energia, comemorou hoje, dia 29 de setembro (terça-feira), 50 anos de operação no Brasil.

Desde 1959, a Rolls-Royce vem expandindo sua presença no Brasil, empregando atualmente cerca de 500 pessoas em suas operações em São Bernardo do Campo, Rio de Janeiro, Niterói e Macaé. O Grupo continua a investir em instalações com as quais serve uma crescente base de clientes em todos os quatro setores de negócios: aeroespacial civil e militar, marítimo e de energia.

Nos últimos três anos a Rolls-Royce construiu no país três novos centros de serviços para apoiar seus clientes brasileiros e sul-americanos, com um investimento de mais de US$ 10 milhões. Essas três instalações incluem o Centro de Serviços de Macaé, o Centro de Serviços On-Wing Care, em São Paulo, e a recentemente inaugurada oficina em Niterói.

O presidente de Serviços da Rolls-Royce, Tony Wood, deu as boas vindas ao ministro na instalação de reparo e revisão em São Bernardo do Campo e declarou: “Estamos honrados que o Sr. Miguel Jorge tenha podido se unir a nós para esta marcante ocasião. O Brasil é um mercado muito importante para a Rolls-Royce e estamos orgulhosos de ter expandido nossas operações aqui ao longo dos últimos 50 anos. Esperamos continuar sendo bem sucedidos em fornecer tecnologia e serviços a nível de liderança mundial a nossos clientes aqui e através desta região.”.

Perfil – A Rolls-Royce é um negócio global que fornece sistemas de energia para uso em terra, no mar e no ar. A empresa estabeleceu posições fortes em quatro mercados globais – aeroespacial civil, aeroespacial militar, marítimo e de energia.

O Grupo Rolls-Royce tem uma ampla base de clientes que inclui mais de 600 companhias aéreas, 4.000 operadores corporativos e governamentais de aviões e helicópteros, 160 forças armadas, mais de 2.000 clientes considerados principais, incluindo 70 marinhas de guerra, e clientes do setor de energia em aproximadamente 120 países. Com instalações em 50 países, a Rolls-Royce emprega 39.000 funcionários em todo o mundo e têm negócios com sede no Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Escandinávia, Cingapura e China. Essa presença global permite ao Grupo acessar oportunidades internacionais de crescimento de longo prazo.

A Rolls-Royce continua a investir em tecnologias de núcleo, produto, pessoas e capacitações, com o objetivo de expandir e reforçar seu portfólio de produtos, aumentando a eficiência e melhorando o desempenho ambiental de seus produtos.

A Rolls-Royce vem fornecendo produtos e serviços aos mercados aeroespacial civil e militar, marítimo e de energia brasileiros desde a década de 1950.

Nossos principais clientes no setor aeroespacial civil brasileiro são a TAM, que utiliza motores Rolls-Royce Trent 500 em seus A340s, e a Embraer, que emprega o AE3007 para impulsionar as aeronaves da família ERJ145 de jatos regionais, e os Jatos Executivos Legacy 600. A Força Aérea Brasileira tem utilizado motores Rolls-Royce desde 1953, e a Marinha do Brasil usa turbinas a gás numa variedade de embarcações e fragatas. No setor de energia, a Rolls-Royce supre a Petrobras com sistemas “offshore” e terrestres de geração de energia elétrica e compressores centrífugos de gás para o projeto do gasoduto Gasene. A empresa também fornece a Petrobras embarcações de apoio “offshore” com projetos UT da Rolls-Royce construídos por estaleiros brasileiros.

Em 2008, a Rolls-Royce e seus parceiros investiram £885 milhões em pesquisa e desenvolvimento, e dois terços desse total têm o objetivo de melhorar ainda mais o aspecto ambiental de seus produtos, em particular a redução de emissões.

Foto: (esq./dir.) Mauro Gama, Diretor Presidente – Serviços / Rolls-Royce Brasil; Tenente Brigadeiro do Ar Antônio Gomes Leite Filho, Comandante Geral de Apoio – COMGAP; Miguel Jorge, Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Tony Wood, Presidente de Serviços da Rolls-Royce; Alan Charlton, Embaixador do Reino Unido; e Luis Marinho, Prefeito de São Bernardo do Campo

FONTE: Portal Fator Brasil

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
JOSE MARIOalvespereira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
alvespereira
Visitante
alvespereira

Boa Noite,

Está seria a solução para o problema do Griphen NG BR, no lugar de turbinas americanas, turbinas inglesas, algumas aeronaves já voam com as Rolls-Royce alguém sabe informar o desempenho das mesmas, Nunão ou Galante.

Ar, Terra e Mar – Saudações verde Oliva.

JOSE MARIO
Visitante
JOSE MARIO

gostaria de informado como devo proceder para enviar curriculum para a Rolls-Royce