segunda-feira, maio 17, 2021

Gripen para o Brasil

EUA liberam venda de aviões comerciais da Embraer à Venezuela

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Embraer negocia venda de 20 aviões com companhias venezuelanas

vinheta-clippingOs Estados Unidos deram sinal verde para que a Embraer venda aviões comerciais com componentes americanos para a Venezuela, mas isso não significa que o embargo militar ao país sul-americano tenha sido afrouxado, informou a empresa nesta quinta-feira.

Os Estados Unidos proíbem que sua indústria bélica realize vendas ao governo do presidente Hugo Chávez, visto por eles como uma ameaça à segurança regional. Em 2006, Washington bloqueou a venda de aviões de treinamento Super Tucano da Embraer devido ao uso de peças americanas.

Luis Fernando Lopes, diretor regional de vendas da Embraer, afirmou que a companhia já foi impedida de vender aeronaves comerciais para a Venezuela porque elas usavam um sistema de comunicação americano.

“O embargo militar não foi abrandado”, disse Lopes. “O que se permite agora é que nós vendamos aeronaves comerciais com tecnologia americana”.

Lopes disse que a Embraer negocia a venda de 20 aeronaves a quatro companhias aéreas da Venezuela. A transação, que incluiria vários jatos Embraer 190 e Embraer 195, tem o valor total de cerca de US$ 700 milhões.

FONTE: Reuters, via invertia

NOTA DO BLOG: Seria este gesto de boa vontade do governo dos EUA relacionado com a concorrência F-X2?

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mauro dias

Tão querendo adoçar a boca de alguém.
Será que a busca por outros fornecedores , seria tão questionável assim?

gerson carvalho

caros amigos,

É claro que neste momento eles não vetariam nem se fosse o ST, pois caso contrario eles perderiam de véz qualquer chance no FX2.

Kfonseca

O Brasil também fez um protesto pela sobretaxa do suco de laranja, esta semana.

Era a hora de cobrar por tudo…

Marcelo Tadeu

RÁ!!! Nada como um contratozinho de US$ 7 bi pra abrir as portas do mercado para o Brasil, tinhamos que aproveitar este momento!!!

Lucas

Como nosso amigo Mauro Dias disse que eles estão querendo adoçar a boca de alguem, você esta coberto de razão.

Pessoal isso deve-se a fato de querer vender seus F-18S/S pra cá, eles fazem uma boa ação com a Embraer para ver se pesa para a escolha do seu avião,seus americanos medíocres e prepotentes.

Quem não se lembra do Super tucano sendo vetada sua venda para a Venezuela pois tinha componentes americanos, eles são covardes.

Acho que não preciso dizer mais nada sobre a conduta deles né??

Roberto CR

Eu acho que está mais para o que o Kfonseca falou(20 ago, 2009 às 15:33). É mais uma pedra movida no jogo político regional, com pouca relação com o FX 2. Os serviços de relações exteriores do Brasil andaram se queixando que estava difícil estabelecer relação amigável a Venezuela com os EUA passando o facão do outro lado. E isso impedia, por tabela, que o governo brasileiro influenciasse de forma mais contundente o governo Chaves. Parece que o espaço para conversa estava diminuindo rapidamente.

Abs

FN

É isso Lucas

Edmar

Caros Amigos.:

Esse FX2 ainda vai matar alguém infartado ou com AVC.
Até vender os “Super Tucanos” para a Venezuela já conseguimos!!!
Como disse o caro amigo Mauro Dias: “Tão querendo adoçar a boca de alguém”.

Abraços.

Angelo Nicolaci

Edmar

não vendemos nenhum super tucano ao chapolin , estamos vendendo aviões comerciais.

E pessoal essa bondade toda é só ate sair resultado do fx-2 depois volta a tudo como era

karlus73

Os Estados Unidos já vetaram a venda de avioes comercais “made in Brasil” a algum país? Gostaria de uma resposta, é que a maior parte das minhas perguntas não tem resposta. Obrigado

julio

Tendo sido liberado a venda de avioes comerciais para a Venezuela, bate aquela desconfiança. No mínimo a venda será financiada pelo BNDS, com certeza o Governo Brasileiro irá intermediar a liberação do financiamento. Quais são as chances de levarmos um cano da Venezuela? ou o pagamento será feito em petróleo, o que seria ótimo, pelo menos teremos uma esperança de receber.

bandeira

Me preocupa seriamente a venda de aeronaves de qualquer tipo a Venezuela, não pelo fato de os USA terem liberado, (aviões comercias nunca foramm vetados a ninguém), mas pelos seguintes fatores:
Quem ira financiar??
Qual garantias teremos de pagamento??
Não gosto muito dos americanos, mas como existe neguinho paranoico,
vê o dedo dêles em tudo (cuidado com exate de próstata)

Luís Aurélio

Pelo que sei os EUA numca fizeram embargo comercial contra a Venezuela. Eles fizeram restrições à venda de armas. Aviões comerciais não são armas.

Dalton

Ahhh tah !

se eles nao “liberam” nao sao nossos amigos e nao nos tratam como iguais…MAS…se eles “liberam” entao estao querendo de maneira sordida alguma coisa.

Oh povo do blog dificil de contentar…(rs)

RAF

Se eles são donos da alguma tecnologia é um direito deles vetar, imagine que nós produzissemos a tecnologia, e um pais “amigo” quisesse vender essa tecnologia pra um pais “inimigo” nós não aceitariamos, eles tambem não aceitam. Direito deles.

CosmeBR

EMBRAER, 40 anos de vergonha!

Noel

Dalton e bandeira, isso é uma questão político/patológica, e já existe uma informação segura que todos os médicos urologistas, no Brasil, são agentes da CIA infiltrados. RSRSRS

Baschera

karlus73,

Não é a pimeira vez, já qua a Embraer nunca cojitou vender aviões à Cuba, Irã ou Coréia do Norte. Apenas houve o veto americano a venda de componentes Made in USA presentes ST à Venezuela. O ST nunca foi vetado, e sim, os tais componentes e/ou tecnologias patenteadas(muitos diga-se…)que compõem o mesmo.
O veto a venda de aeronaves civís e sua recente liberação é explicada na reportagem texto acima.

Sds.

Fábio Max

Vai ver os americanos querem quebrar a EMBRAER, deixando-a vender aviões para o LADRÃO Hugo Chaves não pagá-los…ahahahahahhahahha!!! Teoria da Conspiração!

Quando os americanos proibiram o país de exportar peças americanas para a Venezuela, nos prestaram é um favor.

F35 ja

Caro cosmeBR,o seu comentário acima foi lamentável,se você citasse que seria 100 anos de vergonha e total desrespeito com o povo brasileiro,ai eu concordaria com você,os politicos que ai estão provam isso.

CosmeBR

Lamentável é em 40 anos de história e ainda produzem aeronaves onde apenas a estrutura é nacional. Os aviônicos são estadunidenses ou israelenses. Enfim, a tecnologia ‘operacional’ das aeronaves é estrangeira, ou seja, passíveis de veto ou embargo. Já deixamos de ganhar muito dinheiro, pois o que não é vetado, parte do valor das aeronaves vão lá pra fora, quando era pra ficar aqui.

Angelo Nicolaci

CosmeBR A culpa não é da Embraer, mas sim do nosso governo safado corrupto ladrão entreguista, que por anos viu inerte o fim de nossa industria bélica ao invés de investir pesado em tecnologia de ponta prefere dar esmolas ao povo. se tivessemos investido em capital humano e tecnologia de ponta ai vc poderia dizer algo sobre a embraer, pois a mesma é a mais capacitada industria de ponta brasileira, reconhecida mundialmente, e se usa componentes estrangeiros sujeitos a veto a culpa é do governo que não da ao país condição de produzir components de ponta e qualidade para podermos… Read more »

CosmeBR

Mas a EMBRAER é uma empresa privada que deveria investir em sua própria tecnologia.

CADU

CosmeBR. Você ta de sacanagem né ???, é pilha né ???, ou você não entende de nada???, por ser uma empresa privada e que ela não investe em tecnologia, prefere pagar o que precisa mas em conta, pois desenvolver tecnologia própria custa MUITO, mas MUITO CARO MESMO, e teria que sair do bolso dos acionistas (tudo que eles não querem), mas se ela ainda fosse empresa publica, quem pagaria as contas seriamos nos, aí é MOLE, como vai ganhar MOLE as tecnologias de ponta que o FX-2 vai trazer para ela, e que nos vamos pagar, não me leve a… Read more »

Bruno Correia

Uma questão sobre o Super Tucano.

No post acima o Luis Fernando Lopes, diretor regional de vendas da Embraer, afirmou que a companhia já foi impedida de vender aeronaves comerciais para a Venezuela porque elas usavam um sistema de comunicação americano.

Este sistema de comunicação, não daria para desenvolver um novo com a ajuda dos suecos, no meu ponto de vista especialista desta area ou com os franceses.

Este para mim e mais um motivo para que o Super Hornet não seja o vencedor do fx2

CosmeBR

E por isso é pau-mandado dos outros países. Já perdemos a chance de vender 12 AMX-T pra Venezuela(se não me engano U$ 16 milhões na época = U$ 192 milhões). Depois continuamos perdendo: 24 Super Tucano pra Venezuela também(se não me engano U$ 8 milhões = U$ 192 milhões). Total = U$ 384 milhões. Alguns sites dizem que a perda foi ainda maior, U$ 470 milhões. Esse é o preço que se paga por não desenvolver tecnologia própria. Agora enfrenta grande crise(4000 desempregados que devem se orgulhar muito), porque além de não ter produto 100% próprio(sujeito a veto, tanto por… Read more »

CosmeBR

E fim!!! Huahuahau

Roberto CR

Eu acho que está mais para o que o Kfonseca falou(20 ago, 2009 às 15:33). É mais uma pedra movida no jogo político regional, com pouca relação com o FX 2. Os serviços de relações exteriores do Brasil andaram se queixando que estava difícil estabelecer relação amigável a Venezuela com os EUA passando o facão do outro lado. E isso impedia, por tabela, que o governo brasileiro influenciasse de forma mais contundente o governo Chaves. Parece que o espaço para conversa estava diminuindo rapidamente.

Abs

Mauro dias

Tão querendo adoçar a boca de alguém.
Será que a busca por outros fornecedores , seria tão questionável assim?

gerson carvalho

caros amigos,

É claro que neste momento eles não vetariam nem se fosse o ST, pois caso contrario eles perderiam de véz qualquer chance no FX2.

Kfonseca

O Brasil também fez um protesto pela sobretaxa do suco de laranja, esta semana.

Era a hora de cobrar por tudo…

Marcelo Tadeu

RÁ!!! Nada como um contratozinho de US$ 7 bi pra abrir as portas do mercado para o Brasil, tinhamos que aproveitar este momento!!!

Lucas

Como nosso amigo Mauro Dias disse que eles estão querendo adoçar a boca de alguem, você esta coberto de razão.

Pessoal isso deve-se a fato de querer vender seus F-18S/S pra cá, eles fazem uma boa ação com a Embraer para ver se pesa para a escolha do seu avião,seus americanos medíocres e prepotentes.

Quem não se lembra do Super tucano sendo vetada sua venda para a Venezuela pois tinha componentes americanos, eles são covardes.

Acho que não preciso dizer mais nada sobre a conduta deles né??

FN

É isso Lucas

Edmar

Caros Amigos.:

Esse FX2 ainda vai matar alguém infartado ou com AVC.
Até vender os “Super Tucanos” para a Venezuela já conseguimos!!!
Como disse o caro amigo Mauro Dias: “Tão querendo adoçar a boca de alguém”.

Abraços.

Angelo Nicolaci

Edmar

não vendemos nenhum super tucano ao chapolin , estamos vendendo aviões comerciais.

E pessoal essa bondade toda é só ate sair resultado do fx-2 depois volta a tudo como era

karlus73

Os Estados Unidos já vetaram a venda de avioes comercais “made in Brasil” a algum país? Gostaria de uma resposta, é que a maior parte das minhas perguntas não tem resposta. Obrigado

julio

Tendo sido liberado a venda de avioes comerciais para a Venezuela, bate aquela desconfiança. No mínimo a venda será financiada pelo BNDS, com certeza o Governo Brasileiro irá intermediar a liberação do financiamento. Quais são as chances de levarmos um cano da Venezuela? ou o pagamento será feito em petróleo, o que seria ótimo, pelo menos teremos uma esperança de receber.

bandeira

Me preocupa seriamente a venda de aeronaves de qualquer tipo a Venezuela, não pelo fato de os USA terem liberado, (aviões comercias nunca foramm vetados a ninguém), mas pelos seguintes fatores:
Quem ira financiar??
Qual garantias teremos de pagamento??
Não gosto muito dos americanos, mas como existe neguinho paranoico,
vê o dedo dêles em tudo (cuidado com exate de próstata)

Luís Aurélio

Pelo que sei os EUA numca fizeram embargo comercial contra a Venezuela. Eles fizeram restrições à venda de armas. Aviões comerciais não são armas.

Dalton

Ahhh tah !

se eles nao “liberam” nao sao nossos amigos e nao nos tratam como iguais…MAS…se eles “liberam” entao estao querendo de maneira sordida alguma coisa.

Oh povo do blog dificil de contentar…(rs)

RAF

Se eles são donos da alguma tecnologia é um direito deles vetar, imagine que nós produzissemos a tecnologia, e um pais “amigo” quisesse vender essa tecnologia pra um pais “inimigo” nós não aceitariamos, eles tambem não aceitam. Direito deles.

CosmeBR

EMBRAER, 40 anos de vergonha!

Noel

Dalton e bandeira, isso é uma questão político/patológica, e já existe uma informação segura que todos os médicos urologistas, no Brasil, são agentes da CIA infiltrados. RSRSRS

Baschera

karlus73,

Não é a pimeira vez, já qua a Embraer nunca cojitou vender aviões à Cuba, Irã ou Coréia do Norte. Apenas houve o veto americano a venda de componentes Made in USA presentes ST à Venezuela. O ST nunca foi vetado, e sim, os tais componentes e/ou tecnologias patenteadas(muitos diga-se…)que compõem o mesmo.
O veto a venda de aeronaves civís e sua recente liberação é explicada na reportagem texto acima.

Sds.

Fábio Max

Vai ver os americanos querem quebrar a EMBRAER, deixando-a vender aviões para o LADRÃO Hugo Chaves não pagá-los…ahahahahahhahahha!!! Teoria da Conspiração!

Quando os americanos proibiram o país de exportar peças americanas para a Venezuela, nos prestaram é um favor.

F35 ja

Caro cosmeBR,o seu comentário acima foi lamentável,se você citasse que seria 100 anos de vergonha e total desrespeito com o povo brasileiro,ai eu concordaria com você,os politicos que ai estão provam isso.

CosmeBR

Lamentável é em 40 anos de história e ainda produzem aeronaves onde apenas a estrutura é nacional. Os aviônicos são estadunidenses ou israelenses. Enfim, a tecnologia ‘operacional’ das aeronaves é estrangeira, ou seja, passíveis de veto ou embargo. Já deixamos de ganhar muito dinheiro, pois o que não é vetado, parte do valor das aeronaves vão lá pra fora, quando era pra ficar aqui.

Angelo Nicolaci

CosmeBR A culpa não é da Embraer, mas sim do nosso governo safado corrupto ladrão entreguista, que por anos viu inerte o fim de nossa industria bélica ao invés de investir pesado em tecnologia de ponta prefere dar esmolas ao povo. se tivessemos investido em capital humano e tecnologia de ponta ai vc poderia dizer algo sobre a embraer, pois a mesma é a mais capacitada industria de ponta brasileira, reconhecida mundialmente, e se usa componentes estrangeiros sujeitos a veto a culpa é do governo que não da ao país condição de produzir components de ponta e qualidade para podermos… Read more »

CosmeBR

Mas a EMBRAER é uma empresa privada que deveria investir em sua própria tecnologia.

Reportagens especiais

Poder Aéreo visita o ‘The National WWII Museum’ em New Orleans

Nova Orleans, cidade no estado americano de Lousiana, foi o lar do historiador e autor Stephen Ambrose, que escreveu...
- Advertisement -
- Advertisement -