Home Sistemas de Armas Jordânia comprará 85 AMRAAM

Jordânia comprará 85 AMRAAM

213
35

AMRAAM

A Força Aérea da Jordânia pretende adquirir 85 mísseis AIM-120C-7 Advanced Medium Range Air-to-Air Missiles (AMRAAM). O pedido jordaniano foi aceito pelo governo dos EUA e aguarda aprovação do congresso daquele país.

O pacote, estimado em 131 milhões de dólares, inclui também 6 120C CATM (Captive Air Training Missiles), peças de reposição documentação técnica, treinamento e outros itens menores.

Os AMRAAM equiparão os F-16, principal vetor da Força Aérea daquele país. A Jordânia adquiriu diferentes levas de F-16, sendo que a primeria delas foi uma doação do governo dos EUA em 1997. Estas vieram equipadas com a versão AIM-7M do Sparrow.

Posteriromente, F-16 provenientes da Holanda, da Bélgica e do AMARG foram incorporados à frota. Acredita-se que um total de 55 F-16, block 15 e 20, foram transferidos para a Jordânia entre 1997 e 2009 em quatro lotes diferentes.

As aeronaves passam por um processo de modernização de meia-vida (MLU) na Turquia. Os objetivos principais são a padronização das células; a atualização dos sistemas; a revisão geral da estrutura e a possibilidade de incorporar novos armamentos como o prórprio AMRAAM.

FOTO: Raytheon

Subscribe
Notify of
guest
35 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Seria uma grande surpresa se os Jordanianos comprassem armamentos russos, se isso acontecesse o rei da jordânia iria dormir fora de casa, pois a rainha (que é americana), não o deixaria dormir no palácio.

Dalton
Dalton
10 anos atrás

Mauro…

ela nao é americana nao!

abraços

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Não? é o que marciana? só se mudou a nacionalidade agora.

Adler Medrado
10 anos atrás

Os EUA armando os inimigos de Israel? Interessante né?

Adler Medrado
10 anos atrás

Ela é de uma família ‘palestina’ mas cresceu e se educou no Kuwait. Deixe de ser ignorante.

Dalton
Dalton
10 anos atrás

Adler…

A Jordania hoje em dia nao quer confusao…nao diria que é inimiga de Israel, bom, ao menos nao o governo, vc refere-se a populaçao de maneira geral? Odios antigos nao cicatrizados talvez?

abraços

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

“…um total de 55 F-16, block 15 e 20,”

Block 20 não são exclusivos de Taiwan???

“Não? é o que marciana? só se mudou a nacionalidade agora.”

A atual rainha da Jordânia, não é americana mas jordâniana.
Considerar que o rei Hussein, faleceido há alguns anos é que era casado c/ uma cidadã americana.

adler medrado
10 anos atrás

Sim, o povo.

adler medrado
10 anos atrás

A propósito, eles estão buscando armas americanas pq já apanharam muito usando outras armas… Deixe-os tentarem a sorte mais uma vez. Abcs…

italo
italo
10 anos atrás

americana era a rainha Noor esposa do falecido rei Hussein, portanto pais do atual rei Abdullah. a atual rainha Haina é de origem palestina.

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Foi mal mesmo , errei sobre a rainha dos fantoches , mas mantenho o resto.

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Pelo que eu sei os maiores aliados norte americanos na região são os Jordanianos

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Do lado mulçumano, quero dizer

trackback
10 anos atrás

[…] NOTA DO BLOG: Comparar o pacote oferecido para o Bahrein com a proposta para a Jordânia. […]

Giovani
Giovani
10 anos atrás

Eles ganharam os F-16, e nos venderam aqueles F-5 de terceira.

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

A Jordânia sempre foi cliente de armamentos ocidentais, ingleses, franceses e americanos. Já o mesmo não se pode falar dos vizinhos Síria, Iraque, Egito (hoje cliente americano) que sempre se aproximaram da URSS (Russia).
Agora, a Jordania com os AMRAAM e os Israelenses com os Derby, quem leva esta?

trackback
10 anos atrás

[…] Jordânia comprará 85 AMRAAM […]

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Seria uma grande surpresa se os Jordanianos comprassem armamentos russos, se isso acontecesse o rei da jordânia iria dormir fora de casa, pois a rainha (que é americana), não o deixaria dormir no palácio.

adler medrado
10 anos atrás

Sim, o povo.

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Do lado mulçumano, quero dizer

trackback
10 anos atrás

[…] NOTA DO BLOG: Comparar o pacote oferecido para o Bahrein com a proposta para a Jordânia. […]

Giovani
Giovani
10 anos atrás

Eles ganharam os F-16, e nos venderam aqueles F-5 de terceira.

Dalton
Dalton
10 anos atrás

Mauro…

ela nao é americana nao!

abraços

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Não? é o que marciana? só se mudou a nacionalidade agora.

Adler Medrado
10 anos atrás

Os EUA armando os inimigos de Israel? Interessante né?

Adler Medrado
10 anos atrás

Ela é de uma família ‘palestina’ mas cresceu e se educou no Kuwait. Deixe de ser ignorante.

Dalton
Dalton
10 anos atrás

Adler…

A Jordania hoje em dia nao quer confusao…nao diria que é inimiga de Israel, bom, ao menos nao o governo, vc refere-se a populaçao de maneira geral? Odios antigos nao cicatrizados talvez?

abraços

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

“…um total de 55 F-16, block 15 e 20,”

Block 20 não são exclusivos de Taiwan???

“Não? é o que marciana? só se mudou a nacionalidade agora.”

A atual rainha da Jordânia, não é americana mas jordâniana.
Considerar que o rei Hussein, faleceido há alguns anos é que era casado c/ uma cidadã americana.

adler medrado
10 anos atrás

A propósito, eles estão buscando armas americanas pq já apanharam muito usando outras armas… Deixe-os tentarem a sorte mais uma vez. Abcs…

italo
italo
10 anos atrás

americana era a rainha Noor esposa do falecido rei Hussein, portanto pais do atual rei Abdullah. a atual rainha Haina é de origem palestina.

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Foi mal mesmo , errei sobre a rainha dos fantoches , mas mantenho o resto.

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Pelo que eu sei os maiores aliados norte americanos na região são os Jordanianos

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

A Jordânia sempre foi cliente de armamentos ocidentais, ingleses, franceses e americanos. Já o mesmo não se pode falar dos vizinhos Síria, Iraque, Egito (hoje cliente americano) que sempre se aproximaram da URSS (Russia).
Agora, a Jordania com os AMRAAM e os Israelenses com os Derby, quem leva esta?

Yuri
Yuri
10 anos atrás

Meu deus, parem de falar __________….a Jordânia sempre usou armas Americanas, mesmo quando lutavam contra Israel.

em 1996 Israel e Jordania assinaram um tratado pondo fim as hostilidades naquela região e desde então os dois vem cooperando para o desenvolvimento da região, principalmente no meio da Agricultura e medicina.

@Wolfpack:Israel tambem opera o AIM-120.

trackback
10 anos atrás

[…] Jordânia comprará 85 AMRAAM […]