quarta-feira, setembro 22, 2021

Gripen para o Brasil

Boeing já entregou o 400º Super Hornet

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

f-18-f-super-hornet-foto-boeing

Em junho, a Boeing entregou o 400º  F/A-18E/F Super Hornet à U.S. Navy (Marinha Norte-Americana), mas a informação a respeito da entrega só foi dada oficialmente, no site da empresa, na última sexta-feira, dia 24 de julho.

O Super Hornet atingiu a fase de capacidade operacional inicial em setembro de 2001, e a versão Block II, atualmente em produção e que incorpora o radar AESA (Active Electronically Scanned Array – Varredura Eletrônica Ativa)  APG-79, debutou em 2005.

Segundo a empresa, todos os 400 Super Hornets entregues até hoje foram recebidos no prazo e dentro do orçamento, graças ao esforço do Hornet Industry Team, que inclui a Boeing, a Northrop Grumman, a GE Aircraft Engines e a Raytheon, aos quais se somam mais de 1.900 fornecedores de itens para o programa.

FONTE e FOTO: Boeing

Leia mais sobre a produção do Super Hornet:

- Advertisement -

46 Comments

Subscribe
Notify of
guest
46 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tiago Jeronimo

Espero que chegue aos 520 Hornets com 120 sendo nossos, afinal sonhar não custa nada.

Caipira

É uma arma fantástica, bem que os EUA podiam fazer a tão sonhada TT…

Wilson Johann

Fantástica mesmo, mas não é páreo para o RAFALE, e para quem pensa que o radar AESA do F-18 faz toda a diferença, o radar que esta sendo desenvolvido para o RAFALE virá com, no mínimo, oito anos de avanços tecnológigos sobre o APG-79.

C’est la vie!

karlus73

Quem sabe que isto poderá ser realidade… o governo nos “states” é novo e acredito ver a FAB com SH e no futuro uma colaboração na fabricação de futuros caças EUA\BR. E como já foi muito discutido por aqui o factor principal será politico, uma aproximação aos norte americanos ou um duplo casamento com os franceses… Se a TT for realidade tal como a hipótese de maior abertura ao mercado americano será F18. E já agora, li uma notícia que foi adquirido um super tucano por parte dos EUA para a realização de alguns testes para apoio de tropas no… Read more »

Felipe Cps

Seria o caça perfeito, não fosse americano…

Rafael

Espero sinceramente que a análise de compra seja também estratégico e não apenas tático, ou seja, quem seria nosso aliado em caso de turbulências, leia-se Hugo Chapolin Chaves? Já li aqui que no caso de escolha do SH, ficaríamos a mêrce de alguma conspiração por parte dos EUA, para provocar uma guerra contra o sitado palhaço. Acho que a história já nos mostrou o suficiente destes caudilhos, que começam sempre com a mesma conversa de se armarem para auto-defesa e tão logo se sintam fortes o suficiente, passam a agressão. Por enquanto podem chamar apenas de loucura, visto o grau… Read more »

fernando

acho que o brasil tem que escolher o rafale, pois o brasil nao pode confiar nos americanos, pois qualquer coisa que contrariar eles , fazem o tao falado embargo, abre o olho brasil!!!

Francisco AMX

Este dae de cima vai precisar comer feijão para incomodar os SU-30 do chaves….

Sandro

Na verdade o F-18 Super Hornet e uma excelente aeronave multifunção mas no quesito superioridade o Rafaele da um banho em todos os concorrentes, lamento que a FAB so possa escolher um modelo, pq sem duvida para substituir os AMX e F-5M, o super hornet seria uma notavel escolha, mas na funçao superioridade o Rafaele e muito melhor..

Caipira

omnirole…

Edmar

Fiz algumas pesquisas pela Internet sobre os caças “Boeing F/A-18 E/F Super Hornet″, “Dassault Rafale C F-3” e “Saab Gripen NG” e vou passar resumidamente a vocês. O “Boeing F/A-18″ sem duvida é um dos melhores aviões de combate, só que esses aviões já estão um pouco mais velhos do que o Rafale e o Gripen, além de que o Rafale e o Gripen são mais rapidos e ligeiramente melhores do que os F/A-18. E se os F/A-18 forem vendidos para o Brasil, não saberiamos se os Americanos iriam transferir tecnologia para nós e eles não iriam vender armamentos de… Read more »

Edmar

Caros Amigos.:

O “Dassault Rafale F-3” é o único avião que vai transferir maior quantidade de tecnologiapara nós.

Felipe Cps

Edmar: o armamento do Dassault Rafale também é Número Um… Número Um em preços, rsrsrs… 🙂

Abs.

Mauricio R.

“…o radar que esta sendo desenvolvido para o RAFALE virá com, no mínimo, oito anos de avanços tecnológigos sobre o APG-79.”

No mínimo improvável, pois é a industria americana que tem no momento 6 designs de radar AESA e os franceses somente esse aí.
E os americanos não tiveram que passar esses mesmos 8 anos “recriando a roda”, p/ escapar de seus controles de exportação de tecnologia.

Mauricio R.

“…mas no quesito superioridade o Rafaele da um banho em todos os concorrentes…” Enquanto aeronave de superioridade aérea, o “EF-2000 Typhoon” é mto superior ao “Rafale”, tanto em sensores, como em armamento e motorização; a vantagem seria a capacidade de interdição que no ac frances está mais desenvolvída no momento, mas é quase que restrita a armamento frances. Então haverá aqui custo de desenvolvímento a ser acrescido na compra do ac frances. Aliás tdos os 3 itens, radar, motorização e misseis ar-ar questionados pelo UAE em suas negociações c/ os francesas, a respeito da aquisição deste avião. Em relação ao… Read more »

Francisco AMX

Maurício, agora o SH tb é stealth?? mesmo ele incorporando alguns materiais RAM, é notadamente detentor de um RCS enorme para o padrão do Rafale? o Rafale em configuração de defesa aérea, carregando 6 míssies BVR e 2 IRs se apresenta com um RCS muito menor que o SH nas mesmas configurações… Apesar de o amigo apregoar que só existem 62 Rafales, lembro, se é que o amigo já não entende, que o Rafale irá substituir todos os vetores na Armé de L´air e na Marinha, e chegará aproximadamente as 300 unidades. e começou a ser entregue no final da… Read more »

Caon

Acredito q no quesito RCS o Rafale é o que tem a menor (segundo algumas fontes, o sistema de guerra eletrônica integrado SPECTRA é capaz de deixar a aeronave praticamente “Stealth” ativamente, usando jamming e outras técnicas)

Mauricio R.

“…agora o SH tb é stealth?? mesmo ele incorporando alguns materiais RAM, é notadamente detentor de um RCS enorme para o padrão do Rafale?” Francisco AMX, O Super Hornet INCORPORA características “stealth”, típicas da tecnologia americana, ou sejam: Alinhamento das superficies alares, As entradas de ar são chanfradas e A face do compressor da turbina é encoberta. “Stealth” não é retrofitável e não se limita ao uso de RAM, pelo menos na tecnologia americana, então p/ poder incorporar essas características, o design tem que ser refeito. “…o Rafale em configuração de defesa aérea, carregando 6 míssies BVR e 2 IRs… Read more »

Mauricio R.

“…o sistema de guerra eletrônica integrado SPECTRA é capaz de deixar a aeronave praticamente “Stealth” ativamente, usando jamming e outras técnicas)”

Caon,

Não vai ser despejando RF, que é o que acontece qndo vc ativa um interferidor, no ar que vc deixará de ser detectado, mto pelo contrário vc até está facilitando a detecção.

Aliás no seu post o termo “stealth” está empregado errado, pois não tem a ver c/ guerra eletrônica, mas em uma maneira diferenciada de se projetar e construir uma aeronave levando em conta a dispersão calculada dos retornos dos pulsos de radar.

Caon

Mauricio R., coloquei o termo “stealth” entre aspas justamente por não estar em seu sentido específico (apenas escrevi no sentido de pouco observável pelo radar), quanto ao SPECTRA, apenas escrevi o que já li em vários outros sites, mesmo assim concordo que em algumas situações o uso de interferência facilite a detecção
Abraços

Francisco AMX

Caro Maurício, isso tudo que vc fala sobre o SH, é sabido, porém com tudo isso, que serve para tentar compensar a grande diferença que o RCS do SH apresenta frente a caças como Rafale e Gripen, não consegue chagar a ter um RCS menor… nem igual… Observe o tamanho das entradas de ar deste caça, das saídas das tubeiras, dos altos ângulos de junção asa e fuselagem! não negue que o SH é cheio de arestas! isso vai contra o “visual”! aceite o SH é um F-18 melhorado! mas seu desenho é praticamente igual, o que se tentou foi… Read more »

Edmar

Caros Amigos.:

Para mim o “Dasssault Rafale F-3” ainda é o melhor dos três concorrentes, seguido do “Saab Gripen NG” em segundo e “Boeing F/A-18 E/F Super Hornet em terceiro e ultimo.

O “Dassault Rafale F-3” é o melhor avião para o Brasil no atual momento.

Se ele vier armada com munição ar-ar com os mísseis.:

“Meteor” com alcance de 100Km + ou -.
“Mica” ou “Derby” com alcance de 50Km + ou -.
“Python” ou “A-Darter” com alcance de 15Km + ou-.

Para mim já estaria bom.

Abraço a todos.

Luís Aurélio

Senhores:

O FX – 2 já tem um vencedor??? Quando sai o resultado ???

Mauricio R.

“…mas no quesito superioridade o Rafaele da um banho em todos os concorrentes…” Enquanto aeronave de superioridade aérea, o “EF-2000 Typhoon” é mto superior ao “Rafale”, tanto em sensores, como em armamento e motorização; a vantagem seria a capacidade de interdição que no ac frances está mais desenvolvída no momento, mas é quase que restrita a armamento frances. Então haverá aqui custo de desenvolvímento a ser acrescido na compra do ac frances. Aliás tdos os 3 itens, radar, motorização e misseis ar-ar questionados pelo UAE em suas negociações c/ os francesas, a respeito da aquisição deste avião. Em relação ao… Read more »

Francisco AMX

Maurício, agora o SH tb é stealth?? mesmo ele incorporando alguns materiais RAM, é notadamente detentor de um RCS enorme para o padrão do Rafale? o Rafale em configuração de defesa aérea, carregando 6 míssies BVR e 2 IRs se apresenta com um RCS muito menor que o SH nas mesmas configurações… Apesar de o amigo apregoar que só existem 62 Rafales, lembro, se é que o amigo já não entende, que o Rafale irá substituir todos os vetores na Armé de L´air e na Marinha, e chegará aproximadamente as 300 unidades. e começou a ser entregue no final da… Read more »

Caon

Mauricio R., coloquei o termo “stealth” entre aspas justamente por não estar em seu sentido específico (apenas escrevi no sentido de pouco observável pelo radar), quanto ao SPECTRA, apenas escrevi o que já li em vários outros sites, mesmo assim concordo que em algumas situações o uso de interferência facilite a detecção
Abraços

Francisco AMX

Caro Maurício, isso tudo que vc fala sobre o SH, é sabido, porém com tudo isso, que serve para tentar compensar a grande diferença que o RCS do SH apresenta frente a caças como Rafale e Gripen, não consegue chagar a ter um RCS menor… nem igual… Observe o tamanho das entradas de ar deste caça, das saídas das tubeiras, dos altos ângulos de junção asa e fuselagem! não negue que o SH é cheio de arestas! isso vai contra o “visual”! aceite o SH é um F-18 melhorado! mas seu desenho é praticamente igual, o que se tentou foi… Read more »

Luís Aurélio

Senhores:

O FX – 2 já tem um vencedor??? Quando sai o resultado ???

Tiago Jeronimo

Espero que chegue aos 520 Hornets com 120 sendo nossos, afinal sonhar não custa nada.

Caipira

É uma arma fantástica, bem que os EUA podiam fazer a tão sonhada TT…

Wilson Johann

Fantástica mesmo, mas não é páreo para o RAFALE, e para quem pensa que o radar AESA do F-18 faz toda a diferença, o radar que esta sendo desenvolvido para o RAFALE virá com, no mínimo, oito anos de avanços tecnológigos sobre o APG-79.

C’est la vie!

karlus73

Quem sabe que isto poderá ser realidade… o governo nos “states” é novo e acredito ver a FAB com SH e no futuro uma colaboração na fabricação de futuros caças EUA\BR. E como já foi muito discutido por aqui o factor principal será politico, uma aproximação aos norte americanos ou um duplo casamento com os franceses… Se a TT for realidade tal como a hipótese de maior abertura ao mercado americano será F18. E já agora, li uma notícia que foi adquirido um super tucano por parte dos EUA para a realização de alguns testes para apoio de tropas no… Read more »

Felipe Cps

Seria o caça perfeito, não fosse americano…

Rafael

Espero sinceramente que a análise de compra seja também estratégico e não apenas tático, ou seja, quem seria nosso aliado em caso de turbulências, leia-se Hugo Chapolin Chaves? Já li aqui que no caso de escolha do SH, ficaríamos a mêrce de alguma conspiração por parte dos EUA, para provocar uma guerra contra o sitado palhaço. Acho que a história já nos mostrou o suficiente destes caudilhos, que começam sempre com a mesma conversa de se armarem para auto-defesa e tão logo se sintam fortes o suficiente, passam a agressão. Por enquanto podem chamar apenas de loucura, visto o grau… Read more »

fernando

acho que o brasil tem que escolher o rafale, pois o brasil nao pode confiar nos americanos, pois qualquer coisa que contrariar eles , fazem o tao falado embargo, abre o olho brasil!!!

Francisco AMX

Este dae de cima vai precisar comer feijão para incomodar os SU-30 do chaves….

Sandro

Na verdade o F-18 Super Hornet e uma excelente aeronave multifunção mas no quesito superioridade o Rafaele da um banho em todos os concorrentes, lamento que a FAB so possa escolher um modelo, pq sem duvida para substituir os AMX e F-5M, o super hornet seria uma notavel escolha, mas na funçao superioridade o Rafaele e muito melhor..

Caipira

omnirole…

Edmar

Fiz algumas pesquisas pela Internet sobre os caças “Boeing F/A-18 E/F Super Hornet″, “Dassault Rafale C F-3” e “Saab Gripen NG” e vou passar resumidamente a vocês. O “Boeing F/A-18″ sem duvida é um dos melhores aviões de combate, só que esses aviões já estão um pouco mais velhos do que o Rafale e o Gripen, além de que o Rafale e o Gripen são mais rapidos e ligeiramente melhores do que os F/A-18. E se os F/A-18 forem vendidos para o Brasil, não saberiamos se os Americanos iriam transferir tecnologia para nós e eles não iriam vender armamentos de… Read more »

Edmar

Caros Amigos.:

O “Dassault Rafale F-3” é o único avião que vai transferir maior quantidade de tecnologiapara nós.

Felipe Cps

Edmar: o armamento do Dassault Rafale também é Número Um… Número Um em preços, rsrsrs… 🙂

Abs.

Mauricio R.

“…o radar que esta sendo desenvolvido para o RAFALE virá com, no mínimo, oito anos de avanços tecnológigos sobre o APG-79.”

No mínimo improvável, pois é a industria americana que tem no momento 6 designs de radar AESA e os franceses somente esse aí.
E os americanos não tiveram que passar esses mesmos 8 anos “recriando a roda”, p/ escapar de seus controles de exportação de tecnologia.

Caon

Acredito q no quesito RCS o Rafale é o que tem a menor (segundo algumas fontes, o sistema de guerra eletrônica integrado SPECTRA é capaz de deixar a aeronave praticamente “Stealth” ativamente, usando jamming e outras técnicas)

Mauricio R.

“…agora o SH tb é stealth?? mesmo ele incorporando alguns materiais RAM, é notadamente detentor de um RCS enorme para o padrão do Rafale?” Francisco AMX, O Super Hornet INCORPORA características “stealth”, típicas da tecnologia americana, ou sejam: Alinhamento das superficies alares, As entradas de ar são chanfradas e A face do compressor da turbina é encoberta. “Stealth” não é retrofitável e não se limita ao uso de RAM, pelo menos na tecnologia americana, então p/ poder incorporar essas características, o design tem que ser refeito. “…o Rafale em configuração de defesa aérea, carregando 6 míssies BVR e 2 IRs… Read more »

Mauricio R.

“…o sistema de guerra eletrônica integrado SPECTRA é capaz de deixar a aeronave praticamente “Stealth” ativamente, usando jamming e outras técnicas)”

Caon,

Não vai ser despejando RF, que é o que acontece qndo vc ativa um interferidor, no ar que vc deixará de ser detectado, mto pelo contrário vc até está facilitando a detecção.

Aliás no seu post o termo “stealth” está empregado errado, pois não tem a ver c/ guerra eletrônica, mas em uma maneira diferenciada de se projetar e construir uma aeronave levando em conta a dispersão calculada dos retornos dos pulsos de radar.

Edmar

Caros Amigos.:

Para mim o “Dasssault Rafale F-3” ainda é o melhor dos três concorrentes, seguido do “Saab Gripen NG” em segundo e “Boeing F/A-18 E/F Super Hornet em terceiro e ultimo.

O “Dassault Rafale F-3” é o melhor avião para o Brasil no atual momento.

Se ele vier armada com munição ar-ar com os mísseis.:

“Meteor” com alcance de 100Km + ou -.
“Mica” ou “Derby” com alcance de 50Km + ou -.
“Python” ou “A-Darter” com alcance de 15Km + ou-.

Para mim já estaria bom.

Abraço a todos.

Últimas Notícias

Embraer amplia o Programa Pool com a Cobham, da Austrália

Singapura – 22 de setembro de 2021 - A Embraer anunciou hoje a assinatura de uma extensão e ampliação...
- Advertisement -
- Advertisement -