Home Sistemas de Armas Os MiG-29 alemães

Os MiG-29 alemães

2084
46

030610-F-7709A-003

A República Democrática Alemã, comprou 24 MiG-29 (20 MiG-29As, quatro MiG-29UBs), que entraram em serviço em 1988-1989. Após a queda do Muro de Berlim, em Novembro de 1989 e a reunificação da Alemanha, em Outubro de 1990, os MiG-29S e outros aviões da Luftstreitkräfte der NVA foram integrados na Luftwaffe. Após atualizações pela DaimlerChrysler Aerospace (agora EADS) para a compatibilidade com a OTAN , foram designados MiG-29G e MiG-29GT. Em março de 1991, um dos MiG-29 alemães foi transferido à USAF para avaliação, juntamente com diversos Su-22 e MiG-23.

A Federação de Cientistas Americanos alegou que o MiG-29 é igual ou melhor do que o F-15C em algumas áreas, tais como combates a curto distância, por causa do Helmet Mounted Sight (HMS) e melhor manobrabilidade em velocidades lentas.

Isto foi demonstrado quando os MiG-29 da Luftwaffe participaram de exercícios conjuntos DACT com caças americanos. O HMS foi de grande ajuda, permitindo que os alemães conseguissem obter o travamento de alvos fora da linha de visada, quase a 45 graus do nariz.

Em contraste, as aeronaves americanas só foram capazes de travar em alvos numa estreita janela diretamente na frente do nariz. Somente em finais de 2003 que a USAF e a Marinha dos EUA alcançaram capacidade operacional inicial do sistema Joint Helmet Mounted cueing.

Desde 1993, os MiG alemães estavam concentrados no 1./JG73 “Steinhoff”, em Laage, perto de Rostock. Durante o serviço na Luftwaffe um MiG-29 (“29+09”), foi destruído num acidente ocorrido em 25 de Junho de 1996, devido ao erro do piloto.

Em 2003, os pilotos da Luftwaffe tinham voado mais de 30.000 horas no MiG-29. Em setembro de 2003, 22 das 23 máquinas restantes foram vendidas à Força Aérea polaca, pelo preço simbólico de 1 € por unidade. O último dos aviões foi transferido em Agosto de 2004. O vigésimo terceiro MiG-29 (“29+03”) foi colocado em exibição em Laage.

Em serviço com a Polônia

mig-29-polonia

mig-29-polonia-2Os primeiros 12 MiG-29 (nove MiG-29As, três MiG-29UB) foram entregues à Polônia em 1989-1990. As aeronaves foram baseadas em Mińsk Mazowiecki e usados pela 1oº Regimento de Aviação de Caça, em 2001 reorganizado como 1º Eskadra Lotnictwa Taktycznego, ou 1º Esquadrão Tático.

Em 1995 10 exemplares usados foram adquiridos da República Checa (nove MiG-29As, um MiG-29UB). Após a aposentadoria de seu MiG-21 e 23, em 2003, a Polônia ficou por um tempo com apenas 22 desses MiG-29 no papel de interceptador.

Em 2004, a Polônia recebeu 22 MiG-29 ex-Luftwaffe. 14 desses foram revisados e entraram em serviço, dotando o 41º TS e substituindo seus MiG-21. Atualmente a Polônia tem 32 MiG-29 ativos (26 MiG-29A, seis MiG-29UB) que servirão, pelo menos, até 2012-5.

Estão atualmente estacionados no 1º Esquadrão Tático (1º ELT) na 23a. Base Aérea, perto de Mińsk Mazowiecki, e do 41º Esquadrão Tático (41º ELT), na 22a. Base Aérea, perto de Malbork.

A partir de 2008, a Polônia tornou-se o maior operador do MiG-29 da OTAN. A possibilidade de modernizar os aviões, para que eles voem até até 2020-5 está sendo contemplada, dependendo da cooperação com Mikoyan.

Desde 2007, os MiG-29 são apoiados pelos F-16 Bloco 52+ do 3º TS (substituindo MiG-21) e 6º TS (substituindo Su-22), e 10º TS (substituindo MiG-21).

Houve relatos não confirmados de que a Polônia alugou um MiG-29 do seu inventário para Israel, que depois de devidamente avaliado, foi devolvido à Polônia, como sugerido por meio de fotografias de um MiG-29 em Israel.

Subscribe
Notify of
guest
46 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
10 anos atrás

É um belo avião e um ótimo substituto para o Mig-21 mas dogfight é coisa do passado e hoje em dia com os vários modelos de mira montados no capacete ele perdeu uma das suas maiores vantagens isso junto com a sua pequena autonomia torna o Mig-29 apenas um quadjuvante do SU-27, mesmo em sua versão mais moderna, a não ser que o pais que o compre tenha ele especificamente para defesa aerea de ponto.

marlos barcelos
marlos barcelos
10 anos atrás

Tiago Jeronimo combates aéreos de curta distância sempre existirão em grande numero, os europeus e americanos desenvolvem misseis de 100 km de alcance, mas não consigo visualizar um combate aéreo desssa distância, até hoje o combate aéreo mais longo foi de 45 km, a grande maioria foi combates de alcance visual, pra ter um combate de 100 km é complicado, um caça vai ficar esperando o outro chegar perto enquanto isso fica rodeando o espaço aéreo? sabe pq digo isso, pq os caças hoje em dia~tem tecnologia steaths, jammings, baixo rcs, supercruiser, e não acho que eles sejam localizados a… Read more »

Clésio Luiz
Clésio Luiz
10 anos atrás

O combate aéreo de maior alcance foi bem maior que 45km. Aconteceram diversas interceptações de Mig-25 de reconhecimento Soviéticos sobre o Irã, durante a guerra Primeira Guerra do Golfo Pérsico (Irã-Iraque). Pode colocar aí 150/200km de distância. Quem avisa que o aparelho inimigo está chegando não é o caça interceptador, mas a rede de radares de defesa em terra. Na Segunda Guerra do Golfo Pérsico (Invasão do Kuwait), F-14 dos EUA efetuaram disparos contra Mig-25 iraquianos no limite do alcance dos mísseis Phoenix, então pode apostar que foram mais de 45km.

Fabio Max1
Fabio Max1
10 anos atrás

Só me pergunto.

Ele era melhor que o F15 ou ficou melhor que o F15 depois da atualização pela EADS?

Eu penso que até hoje é um vetor de ponta, mesmo na Rússia e sem atualizações ao padrão OTAN.

Anônimo
Anônimo
10 anos atrás

Ele ficou superior em alguns quesitos em relação ao F-15C após a atualização, não era melhor.

LBacelar
LBacelar
10 anos atrás

Ele ficou superior em alguns quesitos em relação ao F-15C após a atualização, não era melhor.

Adhelfi_zerouno
Adhelfi_zerouno
10 anos atrás

Para mim é o mais belo caça Russo.

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Ele era melhor, em combate, que qualquer caça americano nesta época, pelo que o post falou, não existiam combates BVRs como padrão, o F-14 era exceção… Porém o F-15 tinha vantagem de maior autonomia e detecção, podendo evadir caso considerasse a ameaça grave… além de ser mais versátil, como interceptador… mas no combate aéreo, perdia com margens preocupantes, o F-16 se saia melhor… O Mig-29 tem, ainda hoje, uma capacidade muito importante para o uso do canhão, ele consegue apontar o nariz em ângulo acentuado melhor que qualquer outro avião sem TVC… como consequência o canhão tem maior range/colimação…

BAD  WOLF
BAD WOLF
10 anos atrás

ainda nw sei pq td mundo compara o mig 29 com o f14, f 15 e outros mx recentes, poh td mundo que gosta de aviaçao sabe que o mig 29 foi desenhado pr bater o f 16, é um caça leve… em td site ou blog que eu entro é a msm tolice, su 27 x f15 – f 14 , e mig 29 x f 16…. putz será que é tão complicado assim de entender… o EUA tinha o f4 phanton, os russos fizeram o mig 25 pe bater nele, ai os EUA fizeram o f15 pr bater… Read more »

Marco Antonio Lins
10 anos atrás

ESTE É MEU CAÇA FAVORITO COMO INTECEPTADOR,COMPACTO, MONOBRAVEL.
MUDANDO SEUS AVIONICOS COM DATA-LIKS NOSSOS, BARATO E ESTARIAMOS BEM SERVIDOS. ACABAR COM ESTE FX2 JÁ ESTOU SEM SACO NÃO SAI NUNCA!..
É UMA INDECISÃO QUE NÃO TEM FIM.LARGA EXPERIENCIA EM COMBATE REAL, PODENDO SER APERFEIÇOADO POR NOS MESMO QUE VENHA SE ADPTAR AS NOSSAS NECESSIDADE.ESSE TEM HISTORIA DE COMBATE REAL.

Marcos
Marcos
10 anos atrás

“Houve relatos não confirmados de que a Polônia alugou um MiG-29 do seu inventário para Israel, que depois de devidamente avaliado, foi devolvido à Polônia, como sugerido por meio de fotografias de um MiG-29 em Israel”

Alguem aqui do blog tem alguma informação a respeito dessa analise “camarada” poxa entregar o ouro assim é lamentavel,mas fazer o que a grana devia estar curta….

Abraços…

Cmdt. Felix
Cmdt. Felix
10 anos atrás

O mig 29 é um caça fantástico. Prova disto são os estudos feitos pelos EUA e Israel. As versões mais atuais deste avião melhoram e muito a sua autonomia.

Abraço

Roberto CR
Roberto CR
10 anos atrás

Marcos em 30 jun, 2009 às 13:57

Os poloneses não são confiáveis!!!
(kkkkk)

Abraços

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

BAD WOLF, sai do mundo dos catálogos e venha para o mundo real!
O Mig-29 é comparado ao F-15, neste caso, pela simples razão que eles poderiam ter se enfrentado na Europa! e o próprio exercício caracterizou isso! será que é difícil entender??
Ou o amigo acha que na hora do pega, os pilotos diriam, “ah não vou combater com vc, seu caça não é comparável ao meu, ele está em outro patamar”… por favor!

Chega solando leva cartão amarelo!

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

Saco de pancada no Iraque, só não apanhou quem fugiu p/ o Irã e depois na ex-Iugoslávia aonde os caras lá eram bons, não são as melhores credenciais p/ se exibir.
Podia cantar de galo prá cima do Tornado F-3, Mirage 2000C, mas prá cima dos F-teen americanos, não lhe foi dada a chance sequer.

Anônimo
Anônimo
10 anos atrás

Sds.

A comparação do F-15 com o Mig-29 não é correta. São aviões de categorias diferentes, porque o mig-29 foi projetado para aviões como f-16, tornado, mirage 2000 ou f-18. Na questão da maneabildiade, o mig-29 perde para of-15. A vantagem fica por conta do HMS. Se for para generalizar, um mig-21 bate um f-22 porque o mig-21 também é caça.
Não, a coisa não funciona assim.

Att.
Atkinson

arjuna
arjuna
10 anos atrás

Sds.

A comparação do F-15 com o Mig-29 não é correta. São aviões de categorias diferentes, porque o mig-29 foi projetado para aviões como f-16, tornado, mirage 2000 ou f-18. Na questão da maneabildiade, o mig-29 perde para of-15. A vantagem fica por conta do HMS. Se for para generalizar, um mig-21 bate um f-22 porque o mig-21 também é caça.
Não, a coisa não funciona assim.

Att.
Atkinson

BAD  WOLF
BAD WOLF
10 anos atrás

o antonio AMX e o arjuna entenderam oq eu disse, mig-29 e fantastico, caça leve que se compara ao f-15, já em combate os leigos nw levam em conta avioes raderes e treinamento ocidental, em combates contra o striz…

Giovani
Giovani
10 anos atrás

O MIG-29 é um dos Caças mais legais que já vi, gostaria de te-lo visto voando na FAB.

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

“Mig-29 não é correta. São aviões de categorias diferentes, porque o mig-29 foi projetado para aviões como f-16, tornado, mirage 2000 ou f-18.”

O Mig-29 foi projetado p/ atender a um requerimento da Frontal Aviation soviética, em termos bem amplos equivalente direto ao TAC americano de então.

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

“O mig 29 é um caça fantástico. Prova disto são os estudos feitos pelos EUA e Israel.”

Sun Tzu já escreveu sobre isto, tem 2.500 anos:

“Conheça ao teu inimigo como a tí mesmo!!!”

Nada de novo, pois após o fiasco na Argélia e tirando a India, ninguem tá comprando “Fulcrum” novo, ao contrário do “Flanker”.

Rafa
Rafa
10 anos atrás

“Em contraste, as aeronaves americanas só foram capazes de travar em alvos numa estreita janela diretamente na frente do nariz. Somente em finais de 2003 que a USAF e a Marinha dos EUA alcançaram capacidade operacional inicial do sistema Joint Helmet Mounted cueing.”

nossa somente em 2003?? sera q os americanos demoraram td isso pra chegar aos 45 graus de lock??

Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
10 anos atrás

É um belo avião e um ótimo substituto para o Mig-21 mas dogfight é coisa do passado e hoje em dia com os vários modelos de mira montados no capacete ele perdeu uma das suas maiores vantagens isso junto com a sua pequena autonomia torna o Mig-29 apenas um quadjuvante do SU-27, mesmo em sua versão mais moderna, a não ser que o pais que o compre tenha ele especificamente para defesa aerea de ponto.

marlos barcelos
marlos barcelos
10 anos atrás

Tiago Jeronimo combates aéreos de curta distância sempre existirão em grande numero, os europeus e americanos desenvolvem misseis de 100 km de alcance, mas não consigo visualizar um combate aéreo desssa distância, até hoje o combate aéreo mais longo foi de 45 km, a grande maioria foi combates de alcance visual, pra ter um combate de 100 km é complicado, um caça vai ficar esperando o outro chegar perto enquanto isso fica rodeando o espaço aéreo? sabe pq digo isso, pq os caças hoje em dia~tem tecnologia steaths, jammings, baixo rcs, supercruiser, e não acho que eles sejam localizados a… Read more »

Clésio Luiz
Clésio Luiz
10 anos atrás

O combate aéreo de maior alcance foi bem maior que 45km. Aconteceram diversas interceptações de Mig-25 de reconhecimento Soviéticos sobre o Irã, durante a guerra Primeira Guerra do Golfo Pérsico (Irã-Iraque). Pode colocar aí 150/200km de distância. Quem avisa que o aparelho inimigo está chegando não é o caça interceptador, mas a rede de radares de defesa em terra. Na Segunda Guerra do Golfo Pérsico (Invasão do Kuwait), F-14 dos EUA efetuaram disparos contra Mig-25 iraquianos no limite do alcance dos mísseis Phoenix, então pode apostar que foram mais de 45km.

Fabio Max1
Fabio Max1
10 anos atrás

Só me pergunto.

Ele era melhor que o F15 ou ficou melhor que o F15 depois da atualização pela EADS?

Eu penso que até hoje é um vetor de ponta, mesmo na Rússia e sem atualizações ao padrão OTAN.

Anônimo
Anônimo
10 anos atrás

Ele ficou superior em alguns quesitos em relação ao F-15C após a atualização, não era melhor.

LBacelar
LBacelar
10 anos atrás

Ele ficou superior em alguns quesitos em relação ao F-15C após a atualização, não era melhor.

Adhelfi_zerouno
Adhelfi_zerouno
10 anos atrás

Para mim é o mais belo caça Russo.

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Ele era melhor, em combate, que qualquer caça americano nesta época, pelo que o post falou, não existiam combates BVRs como padrão, o F-14 era exceção… Porém o F-15 tinha vantagem de maior autonomia e detecção, podendo evadir caso considerasse a ameaça grave… além de ser mais versátil, como interceptador… mas no combate aéreo, perdia com margens preocupantes, o F-16 se saia melhor… O Mig-29 tem, ainda hoje, uma capacidade muito importante para o uso do canhão, ele consegue apontar o nariz em ângulo acentuado melhor que qualquer outro avião sem TVC… como consequência o canhão tem maior range/colimação…

BAD  WOLF
BAD WOLF
10 anos atrás

ainda nw sei pq td mundo compara o mig 29 com o f14, f 15 e outros mx recentes, poh td mundo que gosta de aviaçao sabe que o mig 29 foi desenhado pr bater o f 16, é um caça leve… em td site ou blog que eu entro é a msm tolice, su 27 x f15 – f 14 , e mig 29 x f 16…. putz será que é tão complicado assim de entender… o EUA tinha o f4 phanton, os russos fizeram o mig 25 pe bater nele, ai os EUA fizeram o f15 pr bater… Read more »

Marco Antonio Lins
10 anos atrás

ESTE É MEU CAÇA FAVORITO COMO INTECEPTADOR,COMPACTO, MONOBRAVEL.
MUDANDO SEUS AVIONICOS COM DATA-LIKS NOSSOS, BARATO E ESTARIAMOS BEM SERVIDOS. ACABAR COM ESTE FX2 JÁ ESTOU SEM SACO NÃO SAI NUNCA!..
É UMA INDECISÃO QUE NÃO TEM FIM.LARGA EXPERIENCIA EM COMBATE REAL, PODENDO SER APERFEIÇOADO POR NOS MESMO QUE VENHA SE ADPTAR AS NOSSAS NECESSIDADE.ESSE TEM HISTORIA DE COMBATE REAL.

Marcos
Marcos
10 anos atrás

“Houve relatos não confirmados de que a Polônia alugou um MiG-29 do seu inventário para Israel, que depois de devidamente avaliado, foi devolvido à Polônia, como sugerido por meio de fotografias de um MiG-29 em Israel”

Alguem aqui do blog tem alguma informação a respeito dessa analise “camarada” poxa entregar o ouro assim é lamentavel,mas fazer o que a grana devia estar curta….

Abraços…

Cmdt. Felix
Cmdt. Felix
10 anos atrás

O mig 29 é um caça fantástico. Prova disto são os estudos feitos pelos EUA e Israel. As versões mais atuais deste avião melhoram e muito a sua autonomia.

Abraço

Roberto CR
Roberto CR
10 anos atrás

Marcos em 30 jun, 2009 às 13:57

Os poloneses não são confiáveis!!!
(kkkkk)

Abraços

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

BAD WOLF, sai do mundo dos catálogos e venha para o mundo real!
O Mig-29 é comparado ao F-15, neste caso, pela simples razão que eles poderiam ter se enfrentado na Europa! e o próprio exercício caracterizou isso! será que é difícil entender??
Ou o amigo acha que na hora do pega, os pilotos diriam, “ah não vou combater com vc, seu caça não é comparável ao meu, ele está em outro patamar”… por favor!

Chega solando leva cartão amarelo!

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

Saco de pancada no Iraque, só não apanhou quem fugiu p/ o Irã e depois na ex-Iugoslávia aonde os caras lá eram bons, não são as melhores credenciais p/ se exibir.
Podia cantar de galo prá cima do Tornado F-3, Mirage 2000C, mas prá cima dos F-teen americanos, não lhe foi dada a chance sequer.

Anônimo
Anônimo
10 anos atrás

Sds.

A comparação do F-15 com o Mig-29 não é correta. São aviões de categorias diferentes, porque o mig-29 foi projetado para aviões como f-16, tornado, mirage 2000 ou f-18. Na questão da maneabildiade, o mig-29 perde para of-15. A vantagem fica por conta do HMS. Se for para generalizar, um mig-21 bate um f-22 porque o mig-21 também é caça.
Não, a coisa não funciona assim.

Att.
Atkinson

arjuna
arjuna
10 anos atrás

Sds.

A comparação do F-15 com o Mig-29 não é correta. São aviões de categorias diferentes, porque o mig-29 foi projetado para aviões como f-16, tornado, mirage 2000 ou f-18. Na questão da maneabildiade, o mig-29 perde para of-15. A vantagem fica por conta do HMS. Se for para generalizar, um mig-21 bate um f-22 porque o mig-21 também é caça.
Não, a coisa não funciona assim.

Att.
Atkinson

BAD  WOLF
BAD WOLF
10 anos atrás

o antonio AMX e o arjuna entenderam oq eu disse, mig-29 e fantastico, caça leve que se compara ao f-15, já em combate os leigos nw levam em conta avioes raderes e treinamento ocidental, em combates contra o striz…

Giovani
Giovani
10 anos atrás

O MIG-29 é um dos Caças mais legais que já vi, gostaria de te-lo visto voando na FAB.

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

“Mig-29 não é correta. São aviões de categorias diferentes, porque o mig-29 foi projetado para aviões como f-16, tornado, mirage 2000 ou f-18.”

O Mig-29 foi projetado p/ atender a um requerimento da Frontal Aviation soviética, em termos bem amplos equivalente direto ao TAC americano de então.

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

“O mig 29 é um caça fantástico. Prova disto são os estudos feitos pelos EUA e Israel.”

Sun Tzu já escreveu sobre isto, tem 2.500 anos:

“Conheça ao teu inimigo como a tí mesmo!!!”

Nada de novo, pois após o fiasco na Argélia e tirando a India, ninguem tá comprando “Fulcrum” novo, ao contrário do “Flanker”.

Rafa
Rafa
10 anos atrás

“Em contraste, as aeronaves americanas só foram capazes de travar em alvos numa estreita janela diretamente na frente do nariz. Somente em finais de 2003 que a USAF e a Marinha dos EUA alcançaram capacidade operacional inicial do sistema Joint Helmet Mounted cueing.”

nossa somente em 2003?? sera q os americanos demoraram td isso pra chegar aos 45 graus de lock??

adriano
adriano
10 anos atrás

o avião é bonito , mais não duraria uma semana contra uma força com f-16 ou f-15 , sem falar no novo f-22 raptor , alem de ser inferior ao Rafale frances.tecnologia soviética foi projetada para ser barata , deixando u muito a desejar na eficiencia.

Wagner
Wagner
9 anos atrás

Bom saber que os poloneses estão com vários deles, cuidando deles. É deprimente ver Migs 29 sérvios e iraquianos destroçados por incompetência de seus operadores.
Avião belíssimo que ainda tem muuuito pela frente !!