sexta-feira, abril 16, 2021

Gripen para o Brasil

Nota da FAB sobre os novos destroços

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

RELATÓRIO DAS BUSCAS DO VOO 447 DA AIR FRANCE

O Comando da Aeronáutica informa que durante as buscas realizadas na noite de hoje (03/06), uma aeronave R-99 da Força Aérea Brasileira (FAB) identificou às 03h40 (horário de Brasília), mais 04 (quatro) pontos de destroços, 90 km ao sul da região inicialmente coberta pelas aeronaves da FAB. A tripulação a bordo do R-99 observou a seguinte disposição dos pontos detectados:

– Vários objetos espalhados numa área circular de 5 km de raio;

– 01 (um) objeto de 7m de diâmetro;

– 10 (dez) objetos, sendo alguns metálicos; e

– mancha de óleo com extensão de 20 km.

Durante a madrugada, outras cinco aeronaves militares decolaram de Natal-RN com destino à área de buscas, sendo 03 (três) C-130 Hércules da FAB, 01 P-3 Orion da Força Aérea dos Estados Unidos e 01 Falcon 50 francês, oportunidade em que se percorrerá cada ponto identificado pela aeronave R-99, a fim de se obter maiores informações dos objetos detectados.

No total, onze aeronaves estão mobilizadas na Base Aérea de Natal e em Fernando de Noronha para o trabalho de busca.

Cinco navios da Marinha do Brasil estão navegando em direção à área de buscas, com previsão de chegada do primeiro deles (navio patrulha Grajaú) nesta manhã. Outros 03 navios mercantes de nacionalidade holandesa e francesa já chegaram ao local das buscas na noite de ontem e irão auxiliar no resgate dos destroços encontrados no mar.

O Centro de Coordenação de Resgate de Dakar enviou documento para o SALVAERO Recife, agradecendo aos esforços do Brasil e informando sobre o encerramento das operações de busca na FIR Dakar. No entanto, continuarão a contribuir com a operação de busca do Brasil, com a coordenação de aeronave AWACS (aeronave radar) da Força Aérea Francesa, que sobrevoará uma área no limite daquela FIR com a FIR Atlântico (Brasil), em busca de objetos sobre a superfície do oceano.

FONTE: CECOMSAER – Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

[…] « Nota da FAB sobre os novos destroços […]

RJ

O E-3 francês está lá para impedir que aeronaves de busca se percam, ou que colidam. É muita aeronave num espaço que não tem cobertura radar.

Jacubão

Essa coordenação do E-3, é importante para evitar novos acidentes como o ocorrido com o 447, pois ele pode ficar por várias horas sobrevoando a área devido a sua grande altonomia.

tonii

parabens a força aerea brasileira e com orgulho que envio os parabens para todos os soldados, cabos sargentos sub e oficiais da fab envolvidos nesta busca parabens ao parasar e a mb

[…] « Nota da FAB sobre os novos destroços […]

RJ

O E-3 francês está lá para impedir que aeronaves de busca se percam, ou que colidam. É muita aeronave num espaço que não tem cobertura radar.

Jacubão

Essa coordenação do E-3, é importante para evitar novos acidentes como o ocorrido com o 447, pois ele pode ficar por várias horas sobrevoando a área devido a sua grande altonomia.

tonii

parabens a força aerea brasileira e com orgulho que envio os parabens para todos os soldados, cabos sargentos sub e oficiais da fab envolvidos nesta busca parabens ao parasar e a mb

Combates Aéreos

‘Árabes sempre mentem’

Por Tom Cooper* Neste momento, não me lembro de ter encontrado um israelense que não tenha repetido essa frase do...
- Advertisement -
- Advertisement -