segunda-feira, abril 19, 2021

Gripen para o Brasil

C-130 da FAB continuará buscas à noite

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

c-130-foto-fab

As ações da FAB (Força Aérea Brasileira) em busca do avião da Air France, que permanece desaparecido desde a noite deste domingo, não serão interrompidas durante a noite desta segunda e a madrugada da terça-feira (2). O avião Hercules (C-130) fará uma busca noturna através de equipamentos eletrônicos para tentar captar sinas do equipamento de emergência do avião do Airbus A330, que cumpria o voo AF 447.

Fonte: Folha Online Foto: FAB

- Advertisement -

28 Comments

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wolfpack

Amadorismo puro, hoje de manhã fui surpreendido por este desaparecimento, e sobe ainda de manhã que as buscas iriam começar pela manhã assim que o sol nascesse. Um absurdo. Nós temos controle sobre o nosso espaço aéreo ou não? Um avião desaparece do radar e se espera até o outro dia para ver se ele chegou ao destino. Um absurdo e amadorismo que demonstra o estágio de nossa nação. Um dia cada um de nós paga pelos desvios de dinheiro e corrupção, seja no atendimento médico ou policial ou quando mais precisamos de nossas forças de defesa. França, Espanha, Estados… Read more »

AJS

Estava em espaço aéreo internacional.

Joca

Senhor Wolfpack Amadorismo? Você tem noção o que é voar a noite sobre mar revolto? Você acredita mesmo que existe alguma chance de localizar um avião, ou o que sobrou dele, nessas condições, sem nem mesmo saber o local exato da queda? Se esse avião se desintegrou durante o voo, como parece ser o caso, acho que ficará um pouco difícil de localizar a caixa preta no fundo do oceano, não acha? Amadorismo não é o caso, não é mesmo. A FAB sabe melhor do que você ou até mesmo eu, como realizar uma operação de pente fino, como essa… Read more »

Nunão

Srs, como não entendi o porque de algumas colocações do primeiro comentário, achei por bem destacar um trecho do texto com bold.

Saudações

Alecsander

Wolfpack

Ao contrario dos assidentes de 2006 e 2007, esse não aconteceu por problemas na infra-estrutura aérea nacional, mas sim por provavelmente uma serie de elementos, como clima, mecanica etc.
O avião caio em territorio neutro, que não pertense a nenhum país, por isso não tem-se tanta agilidade para faser contatos.
Espero que ninguem mais relacione injustamente este episodio tragico com os de 2006 e 2007.

Sopa

“O avião Hercules (C-130) fará uma busca noturna através de equipamentos eletrônicos para tentar captar sinas do equipamento de emergência do avião do Airbus A330”

Sem querem por mais lenha na fogueira, mas sim entender os fatos, pergunto a vocês pq. o C-130 vai continuar as buscas mesmo agora anoite e não começou a fazer essa busca nas horas seguidas do fato ?

Sds.

Wolfpack

Então existe um vazio de cobertura de radar no Atlântico. Correto, então o que é isso? Isso se chama falta de controle sobre a aerovia Brasil Africa Europa. O Seu Joca,imagino sim o que é fazer busca a noite e este deveria ter sido o procedimento adotado de imediato pelas autoridades da Aeronáutica assim que não se confirmou o contato seguinte a partir de Fernando de Noronha. Isso para mim é amadorismo e falta de profissionalismo. Não vivemos na época do Correio Noturno de Saint Exupery ou de Charles Lindemberg, vivemos quase um século depois que a travessia do Atlântico… Read more »

Wolfpack

Quem resolverá este caso serão os americanos e os franceses. Quero que se recupere a caixa preta e para isso a França vai se desdobrar. Os equipamentos brasileiros estão com a Petrobrás dos pelegos sindicalistas.

Wolfpack

O Brasil é responsável pelas buscas no Atlântico Sul. Este mesmo blog afirmou isso em matéria sobre os P3A Orions que estarão sendo entregues a conta gotas pela EADS-CASA. Estes episódios mostra o estágio atual de nossas forças. O tempo de reação é de uma tartaruga manca.

Alecsander

Sopa

É por questões simples e elementares de procedimentos; como já citei acima, o Airbus A330 estava em mares neutros que não pertencem a ninguém, quando a aeronave sumiu do radar estava nessa área, e só podia esperar por confirmações do Senegal, já que a aeronave iria passar por lá antes de entrar na Europa. Só depois que não ouve confirmação do país que pode ser decretado como desaparecido, e só assim pode ser fazer uma éqüite de busca e resgate. Este é o procedimento padrão para esses casos.

Alecsander

Agora acabou de passando uma matéria no Jornal do SBT, sobre um grupo de Super Tucanos que faria uma apresentação em um show de aviação na Inglaterra, e justamente tiveram que passar no mesmo local que desapareceu o Airbus A330, eles só podem viajar nessa área acompanhados de uma aeronave maior, como o avião Hercules. Nesses lugares o perigo é muito grande, e não tem nada a ver com a corriqueira incompetensia do governo.

Nunão

Para esclarecer um pouco mais a todos sobre o tema busca e resgate, um trechinho de reportagem das 21h52 do G1: “Durante a noite, serão duas aeronaves da FAB que, além de recursos visuais, farão as buscas com recursos eletrônicos e de radar. A Aeronáutica informou que a busca noturna tem como objetivo a captação de algum sinal por radar que esteja sendo emitido pelo avião desaparecido. Durante o dia, acontecem as buscas consideradas pela Aeronáutica como mais efetivas porque são feitas com vôos rasantes e com observação visual.” Só pra complementar: dependendo do estado do mar (altura das vagas)… Read more »

Nunão

“Wolfpack em 01 jun, 2009 às 21:46 Então existe um vazio de cobertura de radar no Atlântico. Correto, então o que é isso? Isso se chama falta de controle sobre a aerovia Brasil Africa Europa.” Wolfpack, não há radares no meio do Atlântico Sul, entre Fernando de Noronha e a Ilha do Sal, porque é oceano, assim como não há radares sobre grandes partes do Atlântico Norte, do Oceano Pacífico etc. O controle é feito por rádio, e dessa forma foi percebido o desaparecimento da aeronave, quando esta não fez o contato rádio que deveria fazer. Então foi acionado o… Read more »

Alecsander

Caro Wolfpack Você esta assistindo muita Cidade Alerta, em primeiro lugar ao contrario do que você pensa não é tão simples assim colocar uma cobertura por radar no local onde caio o Airbus A330, já que não a terra firme naquele local para fazer uma base de monitoramento, que possivelmente só poderia ser feito por satélite, mas produzir um satélite com funções de radar para manter vigilância nesta área não é tão simples assim. Eu concordo sim com você que falta um maior planejamento entre Brasil, África e Europa, mais não acredito que o fato de ser ter vigilância nessa… Read more »

Alecsander

Caro Wolfpack Você esta assistindo muita Cidade Alerta, em primeiro lugar ao contrario do que você pensa não é tão simples assim colocar uma cobertura por radar no local onde caio o Airbus A330, já que não a terra firme naquele local para fazer uma base de monitoramento, que possivelmente só poderia ser feito por satélite, mas produzir um satélite com funções de radar para manter vigilância nesta área não é tão simples assim. Eu concordo sim com você que falta um maior planejamento entre Brasil, África e Europa, mais não acredito que o fato de ser ter vigilância nessa… Read more »

Wolfpack

Amadorismo puro, hoje de manhã fui surpreendido por este desaparecimento, e sobe ainda de manhã que as buscas iriam começar pela manhã assim que o sol nascesse. Um absurdo. Nós temos controle sobre o nosso espaço aéreo ou não? Um avião desaparece do radar e se espera até o outro dia para ver se ele chegou ao destino. Um absurdo e amadorismo que demonstra o estágio de nossa nação. Um dia cada um de nós paga pelos desvios de dinheiro e corrupção, seja no atendimento médico ou policial ou quando mais precisamos de nossas forças de defesa. França, Espanha, Estados… Read more »

AJS

Estava em espaço aéreo internacional.

Joca

Senhor Wolfpack Amadorismo? Você tem noção o que é voar a noite sobre mar revolto? Você acredita mesmo que existe alguma chance de localizar um avião, ou o que sobrou dele, nessas condições, sem nem mesmo saber o local exato da queda? Se esse avião se desintegrou durante o voo, como parece ser o caso, acho que ficará um pouco difícil de localizar a caixa preta no fundo do oceano, não acha? Amadorismo não é o caso, não é mesmo. A FAB sabe melhor do que você ou até mesmo eu, como realizar uma operação de pente fino, como essa… Read more »

Nunão

Srs, como não entendi o porque de algumas colocações do primeiro comentário, achei por bem destacar um trecho do texto com bold.

Saudações

Alecsander

Wolfpack

Ao contrario dos assidentes de 2006 e 2007, esse não aconteceu por problemas na infra-estrutura aérea nacional, mas sim por provavelmente uma serie de elementos, como clima, mecanica etc.
O avião caio em territorio neutro, que não pertense a nenhum país, por isso não tem-se tanta agilidade para faser contatos.
Espero que ninguem mais relacione injustamente este episodio tragico com os de 2006 e 2007.

Sopa

“O avião Hercules (C-130) fará uma busca noturna através de equipamentos eletrônicos para tentar captar sinas do equipamento de emergência do avião do Airbus A330”

Sem querem por mais lenha na fogueira, mas sim entender os fatos, pergunto a vocês pq. o C-130 vai continuar as buscas mesmo agora anoite e não começou a fazer essa busca nas horas seguidas do fato ?

Sds.

Wolfpack

Então existe um vazio de cobertura de radar no Atlântico. Correto, então o que é isso? Isso se chama falta de controle sobre a aerovia Brasil Africa Europa. O Seu Joca,imagino sim o que é fazer busca a noite e este deveria ter sido o procedimento adotado de imediato pelas autoridades da Aeronáutica assim que não se confirmou o contato seguinte a partir de Fernando de Noronha. Isso para mim é amadorismo e falta de profissionalismo. Não vivemos na época do Correio Noturno de Saint Exupery ou de Charles Lindemberg, vivemos quase um século depois que a travessia do Atlântico… Read more »

Wolfpack

Quem resolverá este caso serão os americanos e os franceses. Quero que se recupere a caixa preta e para isso a França vai se desdobrar. Os equipamentos brasileiros estão com a Petrobrás dos pelegos sindicalistas.

Wolfpack

O Brasil é responsável pelas buscas no Atlântico Sul. Este mesmo blog afirmou isso em matéria sobre os P3A Orions que estarão sendo entregues a conta gotas pela EADS-CASA. Estes episódios mostra o estágio atual de nossas forças. O tempo de reação é de uma tartaruga manca.

Alecsander

Sopa

É por questões simples e elementares de procedimentos; como já citei acima, o Airbus A330 estava em mares neutros que não pertencem a ninguém, quando a aeronave sumiu do radar estava nessa área, e só podia esperar por confirmações do Senegal, já que a aeronave iria passar por lá antes de entrar na Europa. Só depois que não ouve confirmação do país que pode ser decretado como desaparecido, e só assim pode ser fazer uma éqüite de busca e resgate. Este é o procedimento padrão para esses casos.

Alecsander

Agora acabou de passando uma matéria no Jornal do SBT, sobre um grupo de Super Tucanos que faria uma apresentação em um show de aviação na Inglaterra, e justamente tiveram que passar no mesmo local que desapareceu o Airbus A330, eles só podem viajar nessa área acompanhados de uma aeronave maior, como o avião Hercules. Nesses lugares o perigo é muito grande, e não tem nada a ver com a corriqueira incompetensia do governo.

Nunão

Para esclarecer um pouco mais a todos sobre o tema busca e resgate, um trechinho de reportagem das 21h52 do G1: “Durante a noite, serão duas aeronaves da FAB que, além de recursos visuais, farão as buscas com recursos eletrônicos e de radar. A Aeronáutica informou que a busca noturna tem como objetivo a captação de algum sinal por radar que esteja sendo emitido pelo avião desaparecido. Durante o dia, acontecem as buscas consideradas pela Aeronáutica como mais efetivas porque são feitas com vôos rasantes e com observação visual.” Só pra complementar: dependendo do estado do mar (altura das vagas)… Read more »

Nunão

“Wolfpack em 01 jun, 2009 às 21:46 Então existe um vazio de cobertura de radar no Atlântico. Correto, então o que é isso? Isso se chama falta de controle sobre a aerovia Brasil Africa Europa.” Wolfpack, não há radares no meio do Atlântico Sul, entre Fernando de Noronha e a Ilha do Sal, porque é oceano, assim como não há radares sobre grandes partes do Atlântico Norte, do Oceano Pacífico etc. O controle é feito por rádio, e dessa forma foi percebido o desaparecimento da aeronave, quando esta não fez o contato rádio que deveria fazer. Então foi acionado o… Read more »

Reportagens especiais

Poder Aéreo visita o ‘The National WWII Museum’ em New Orleans

Nova Orleans, cidade no estado americano de Lousiana, foi o lar do historiador e autor Stephen Ambrose, que escreveu...
- Advertisement -
- Advertisement -