quarta-feira, novembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

Lula vai à Argentina com acordo aeronáutico na bagagem

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Venda de jatos para Aerolíneas e renacionalização da AMC estão na pauta

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcará amanhã à noite na capital da Argentina para reunir-se com a presidente Cristina Kirchner. O encontro presidencial está dentro do marco do MICBA, o “Mecanismo de Integração e Cooperação Brasil-Argentina”, cujo ponto principal são as cúpulas presidenciais bilaterais que ocorrem duas vezes por semestre. Estes encontros são realizadas com o objetivo de propiciar um “empurrão” adicional periódico na integração entre os dois países.

Caso a agenda não seja modificada à última hora, Lula estará acompanhado nesta viagem pelo chanceler Celso Amorim e os ministros da Defesa, Nelson Jobim; Minas e Energia, Edison Lobão; Comunicações, Hélio Costa; e Comunicação Social, Franklin Martins. A viagem será breve – o presidente Lula deve partir da Argentina na quinta-feira “depois do almoço”, segundo fontes diplomáticas.

Até o final desta tarde não estavam previstas reuniões oficiais para o presidente Lula logo após seu desembarque. O presidente passará a noite no Palácio Pereda, a sede da Embaixada do Brasil em Buenos Aires. Ele se reunirá às 11 horas da quinta-feira na Casa Rosada, o palácio presidencial, com a presidente Cristina Kirchner.

Do lado do governo argentino existe a expectativa de “seduzir” a Embraer, de forma que a empresa brasileira realize investimentos no país. O sonho de Cristina Kirchner – uma declarada admiradora dessa empresa brasileira – é conseguir que a Embraer participe da fábrica Área Material Córdoba (AMC), a antiga fábrica de aviões militares da Argentina, na província de Córdoba. A ambição do governo argentino é que a fábrica produza no futuro peças para os aviões da Embraer. A AMC – que em seus tempos de glória nos anos 50 produziu os primeiros aviões a jato da América Latina – está em estado de semiparalisia desde os anos 90.

Na semana passada, Julio Alak, gerente da companhia aérea estatal Aerolíneas Argentinas e sua subsidiária Austral, anunciou que o governo argentino “está a ponto” de assinar um contrato para a compra de 20 aviões da Embraer, que serão utilizados pelas duas estatais aéreas. A compra dos aviões seria facilitada pelo financiamento do BNDES, segundo Alak. “A Embraer financiará 85% da operação de compra destes aparelhos, que é ao redor de US$ 650 milhões”.

FONTE: Agência Estado

- Advertisement -

68 Comments

Subscribe
Notify of
guest

68 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
edilson

só espero que nostros hermanos não estejam querendo ressucitar o Pampa…
excluindo-se isto, acho bom negócio para ambas as partes

Adelfi Zero Uno

qual o problema do pampa ?

Zago

Tomara que se concretize tal acordo,conseguinte a esse acordo poderemos abrir um grande mercado n AL.

Wolfpack

Seria interessante conseguir participação no KC390…

Hiigins

Nem pensar!
Esses caras acabaram com os motores dos nossos A-4’s!
A marinha teve recorrer aos israelitas para poder voltar a voar!

Vade retro Satanás!

Baschera

Hiigins,
A quem você imputa a culpa pelas m#rd@s realizadas nas turbinas dos A-4, os argies, os americanos da LM ou os dois ??

Sds.

Paulo Renato

Acho que seria muito bom esse acordo, os Argentinos estão passando por uma situação complica na sua economia.
Seria muito bom mesmo.
E qual seria o problema de termos alguns Pampas por aki ???
Creio que isso não vai acontecer.

Abs.

Hiigins

Baschera, meu caro…
Os Argies! Claro!
Da Lock, só havia uns executivos que criavam barriga comendo belos churrascos…

Hiigins

Pampa…
Nem a Bolívia aceitou!
PQ seríamos nós, as vítimas?

Baschera

Hiigins,

Putz…. e que churrasco…. a coisa desmancha na boca !!
A cerva lá também é marciana !!

Sds.

Adler Medrado

Eles sempre tentaram ‘ver a caveira’ de todo mundo e agora tão afim de parceria? Depende, não sou muito a favor de ver a embraer passando tecnologia pra eles…

joao terba

Eu acho importante uma parceria com os argentino,precisamos conhecer melhor a sua tecnologia militar,inclusive uma empresa argentina vai nos fornecer equipamento para nosso satélite.
abraços.

thiago

Nossa que discussão tonta… não existe a menor possibilidade de a FAB adquirir alguns vetores PAMPAS…. nenhuma!!! Acho interessante a viagem de Lula, afinal eles estão comprando bastante aeronaves. Quanto a parcerias, acredito que elas sejam bem vindas, mas nada de transferencia de tecnologia, pelo contrário, Brasil e Argentina deveriam se engajar em um projeto conjunto, para que desenvolvam conjuntamente tecnologia. Acredito que eles poderiam se engajar em mísseis de defesa litorânea, anti-navil seja terra-mar e ar-mar. Vale lembrar do bloqueio de misseis que a argentina sofreu na guerra das malvinas, que a impactou seriamente e que nos tb estamos… Read more »

Ulisses

João Terba

Que tecnologia?

Sds.

Carlos Brandão

A Argentina é nosso parceiro estratégico. Qualquer negócio no sentido de fortalecer essa posição é de interesse da nossa soberania.

Os Argentinos são nossos aliados… Menos no futebol é claro !!!

Marcelo Augusto

T-38 abate um F-22!

Texto e vídeo de confronto aqui.

Se o link acima não funcionar, eis a URL direta:

http://www.flightglobal.com/blogs/the-dewline/2009/04/video-youtube-clip-purports-f-.html

Até!

leonardo

falando em ‘pampas’ nossos tucanos ganham de 10 a 1 sobre eles

WAR

Amigos,
Brasil e Argentina deveriam ser parceiros em tudo. Inclusive no futebol. Já pensaram numa seleção da América do Sul com argentinos e brasileiros? Não teria pra ninguém… Ha, ha. Deixa eu sonhar. Experimentem visitá-los. São ótimos anfitriões. Seus vinhos, carne, etc, são ótimos. Precisam apenas reorganizar o país, modernizando-o, esquecendo o velho caudilho Perón, além das cicatrizes da “guerra suja” das sucessivas ditaduras contra a esquerda. Sua tecnologia em muitas áreas é muito boa. Se único problema é ter o nariz um pouco empinado, mas nada que um bom papo afirmativo não resolva

YANK

interesante ver os comentarios de vcs
vcs nao lembrao no tempo quando argentina pensava que era forte
da forma como eles tratavao o Brasil
agora que tao na pindaiba estao cheios de amizades
muita falta de lembracas . quando pensamos em futibol junto e lucros tbm
abracos

Ricardo

Guerra das Geladeiras 🙂

Você deve estar se referindo a isto não é ?

Noel

Tudo é possível, desde que seja bem delineado em contrato, e cobrado; não pode é depois ficar com peninha ou cheio de “não me toques”, caso eles não cumpram o que lhes cabe, sei que parece ridículo citar isso, mas, em se tratando de nossos vizinhos, todos, tem ocorrido com frequência o receio de lhes cobrar responsabilidade contratual. Particularmente com argentinos, na area aeroespacial, o retrospecto não é bom, além do caso dos motores da MB, já citado, também teve o “mico” do CBA-123, que esgotou os cofres da EMBRAER, pois o aporte financeiro foi quase todo dela, ou nosso,… Read more »

André Castro

Hoje a Argentina entregou a ONU um documento em que ela reinvidica uma area de mais de 1.7 mi de km² incluindo a area das malvinas a penisula antartica e até um pedaço do polo sul ,acho que é muita ambição para um pais que esta hoje em cituação não muito boa ,sera que ela consegue ou so vai ficar sonhando ?

Cantarelli

Esses hermanos sonhan d+

Mirage

Eles reivindicam o

gaspar

na parte de reatores nucleares os hermanos sao mais avancados que nos…
acho que so nisso tb…
sinceramente, acho que eles so conseguem produzir uma pequena parte da fuselagem que necessitamos…

Marcelo Tadeu

Nós temos astronauta, eles não!!! Hehehe!! Brincadeiras a parte, acho muito bom este contrato, pois além de ajudar a abrir mercado para a Embraer, podemos contar com outro parceiro de risco para seus programas.

Tio Déro

Gente, a discussão no blog está parecendo que estamos em uma partida de futebol, Brasil x Argentina.
Vamos manter a discussão em um nível aceitável e por favor menos preconceito.

Abraços a todos.

gaspar

bom, a Embraer melhor do que ninguem sabe onde esta se metendo…

Fábio Max

Se a Embraer entrar nessa, perderá dinheiro, os argentinos são conhecidos por simplesmente não observarem contratos e tratados. Eles simplesmente descuprem quando lhes é conveniente, o resto, dane=se!

edilson

0- para reabrir a linha 12 aviões para a argentina e nem 30 para o Brasil não justificariam o investimento… 1- o projeto é defasado e remonta dos anos 70, se até agora nenhum avião foi exportado, porque agora o seria? sendo o mercado está abarrotado de treinadores avançados que englobam tecnologias 30 anos à frente do Pampa. 2- Não agregaria nenhum conhecimento para EMBRAER senão a introdução de uma nova aviônica, mas poderia ser feito em qualquer outro modelo. 3- é mais barato comprar aeronaves disponíveis no mercado como MB 339 e revitalizá-lo. 4- tenho minhas dúvidas da manutenção… Read more »

[…] convênio para a compra dos aviões deverá ser um dos temas que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva discutirá junto a sua colega argentina, Cristina Kirchner, em Buenos Aires, onde desembarca ainda […]

RodrigoBR

Como tem gente que fala m#e$r%d^a… Os Argentinos são uns dos nossos maiores parceiros comerciais. Além disso, sem a Argentina(e demais vizinhos) crescendo junto e como aliado, o Mercosul, UNASUL, etc vai para o espaço. Temos que continuarmos crescendo juntos e nos integrando com os demais países do nosso continente para nos desenvolvermos mais rápido. Não adianta sermos uma ilha “desenvolvida” cercada por países “favelas” que nos vêem como “imperialistas” e “sugadores”, isso já gera conflitos atualmente, imaginem no futuro! Saibam os “incautos” que os Argentinos são tão ou mais desenvolvidos na área nuclear que nós(nós temos as ultra-centrífugas)! Inclusive… Read more »

leonardo

axo melhor o brasil nao comprar nada dos argentinos principalmentes com aqueles pampas que e aquilo

darci zanotelli

Amigos Argentinos; São parceiros comerciais importantes de nosso país, são responsáveis por uma fatia considerável das divisas advindas de turismo e investimentos. São aliados importantes nas questões políticas, comercial, tecnológico, turismo e integração nas áreas e infra-estruturas, ações estratégicas para o Brasil, onde temos utilizado suas rodovias para exportarmos e importamos dos Paises como Chile, Peru, Bolívia e dos paises asiático e do norte americano através do oceano pacifico. Os que criticam devam ter suas razões, por serem pessoas, com interesses próprios, e em especial desinformados, incapazes de contribuírem e conviverem numa sociedade integrada. Certamente o feito não é suficiente… Read more »

edilson

só espero que nostros hermanos não estejam querendo ressucitar o Pampa…
excluindo-se isto, acho bom negócio para ambas as partes

Adelfi Zero Uno

qual o problema do pampa ?

Zago

Tomara que se concretize tal acordo,conseguinte a esse acordo poderemos abrir um grande mercado n AL.

Wolfpack

Seria interessante conseguir participação no KC390…

Hiigins

Nem pensar!
Esses caras acabaram com os motores dos nossos A-4’s!
A marinha teve recorrer aos israelitas para poder voltar a voar!

Vade retro Satanás!

Baschera

Hiigins,
A quem você imputa a culpa pelas m#rd@s realizadas nas turbinas dos A-4, os argies, os americanos da LM ou os dois ??

Sds.

Paulo Renato

Acho que seria muito bom esse acordo, os Argentinos estão passando por uma situação complica na sua economia.
Seria muito bom mesmo.
E qual seria o problema de termos alguns Pampas por aki ???
Creio que isso não vai acontecer.

Abs.

Hiigins

Baschera, meu caro…
Os Argies! Claro!
Da Lock, só havia uns executivos que criavam barriga comendo belos churrascos…

Hiigins

Pampa…
Nem a Bolívia aceitou!
PQ seríamos nós, as vítimas?

Baschera

Hiigins,

Putz…. e que churrasco…. a coisa desmancha na boca !!
A cerva lá também é marciana !!

Sds.

Adler Medrado

Eles sempre tentaram ‘ver a caveira’ de todo mundo e agora tão afim de parceria? Depende, não sou muito a favor de ver a embraer passando tecnologia pra eles…

joao terba

Eu acho importante uma parceria com os argentino,precisamos conhecer melhor a sua tecnologia militar,inclusive uma empresa argentina vai nos fornecer equipamento para nosso satélite.
abraços.

thiago

Nossa que discussão tonta… não existe a menor possibilidade de a FAB adquirir alguns vetores PAMPAS…. nenhuma!!! Acho interessante a viagem de Lula, afinal eles estão comprando bastante aeronaves. Quanto a parcerias, acredito que elas sejam bem vindas, mas nada de transferencia de tecnologia, pelo contrário, Brasil e Argentina deveriam se engajar em um projeto conjunto, para que desenvolvam conjuntamente tecnologia. Acredito que eles poderiam se engajar em mísseis de defesa litorânea, anti-navil seja terra-mar e ar-mar. Vale lembrar do bloqueio de misseis que a argentina sofreu na guerra das malvinas, que a impactou seriamente e que nos tb estamos… Read more »

Ulisses

João Terba

Que tecnologia?

Sds.

Carlos Brandão

A Argentina é nosso parceiro estratégico. Qualquer negócio no sentido de fortalecer essa posição é de interesse da nossa soberania.

Os Argentinos são nossos aliados… Menos no futebol é claro !!!

Marcelo Augusto

T-38 abate um F-22!

Texto e vídeo de confronto aqui.

Se o link acima não funcionar, eis a URL direta:

http://www.flightglobal.com/blogs/the-dewline/2009/04/video-youtube-clip-purports-f-.html

Até!

Últimas Notícias

Chegam a Anápolis-GO os primeiros caças F-39 Gripen operacionais

Por Juliano Lisboa (Reportagem e Fotos) Os primeiros caças Saab F-39E Gripen operacionais da Força Aérea Brasileira pousaram hoje na...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -