domingo, maio 9, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Gates propõe corte profundo na aviação tática da USAF

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Caças usados podem inundar o mercado, cancelando programas como o FX-2

usaf

O secretário de defesa dos EUA Robert Gates propôs um corte dramático no poder tático da USAF. Esta seria a maior mudança desde o final da Guerra Fria, ocorrido no início da década de 1990. Caso seja confirmado, centenas de caças serão varridos do inventário da USAF dando lugar a um aumento grande da frota de UAV/UCAV.

A principal mudança seria o congelamento do programa do F-22A , (conforme já exposto pelo Blog do Poder Aéreo no final do ano passado) depois de 189 aeronaves construídas. Outras modificações incluiriam a retirada de 250 caças (entre F-16 e F-15) dos modelos mais antigos.

A própria USAF propôs a aposentadoria de cerca de 300 caças no final do ano passado, desde que novas unidades de F-22 fossem produzidas. Mas os planos do secretário parecem mais radicais.

Gates pretende salvar apenas a produção do Lockheed F-35, atualmente cotada em 2443 aeronaves. Segundo sua proposta, a produção inicial de 14 aeronaves para este ano seria elevada para 30 no ano seguinte e em seis anos os EUA contariam com 513 F-35.

Segundo o Poder Aéreo, independentemente da decisão final, tudo indica que um grande número de aeronaves usadas da USAF estará disponível para estoque no AMARG ou eventual repasse para aliados dos EUA por valores bastante atrativos.

Mesmo que estes aviões possuam pouco mais de 10 anos de vida útil, (leia sobre o envelhecimento da frota da USAF no link) eles podem ser repassados para algumas forças aéreas que necessitam trocar seus equipamentos urgentemente. Um destes exemplos seria a própria Força Aérea da Argentina, cujos vetores de alta performance (Mirage III, V e Finder) aproximam-se rapidamente dos quarenta anos.

Planos como estes podem derrubar projetos como o FX-2. Em momentos de crise financeira mundial, seria fácil justificar para a grande população a economia de divisas com a aquisição de caças usados no lugar de unidades novas e caras. Mas, como sempre, tudo tem o seu preço.

- Advertisement -

163 Comments

Subscribe
Notify of
guest
163 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
FE COMANDOS

Tô começando a ficar com medo.

CorsarioDF

Essa é uma notícia que muda todo o panorama do comércio mundial, pois com uma grande disponibilidade de peças a preços satisfatórios, realmente países como Brasil, Suíça, Índia vão ter muitas opções para compras de oportunidades.
Será que eles mandam uns F-15 pra nós??? rsrsrsrsrs.
É um ponto a ser discutido no atual cenário de crise em que vivemos, mas com certeza vai reduzir muito o poder americano.

Sds.

edilson

não vejo motivo para alardes
esta é uma boa notícia para países membros da Otan o que não é o caso do Brasil.
Duvido que a Fab vá optar por aeronaves de segunda, lembro aos amigos, que tanto su-27, Mirrage 2000, gripen e F-16 já foram oferecidos pelos seus fabricantes como caças tampão para FAB na eventual escolha dos seus ofertados.
a resposta foi não…
quer-se um caça novo e que permita a evolução e capacitação nacional a introduzir sistemas e quem sabe produzir no futuro um caça nacional.
não creio que isto venha a abalar o FX…

catraca

Cheque Mate.

Marine

E uma noticia boa para alguns, ma para outros…Pra mim nao e surpresa, esse papo ja vem encaminhando aqui faz muito tempo os que opoem a gastanca da USAF citam a falta de um inimigo atual a par do poderio aereo americano e preferem o gasto de dinheiro em sistemas mais necessarios em guerras assimetricas como as atuais. O Pentagono vive hoje em uma bifurcacao tendo que adquirir e repor sistemas p/ guerras assimetricas nos proximos 10-15 anos e ao mesmo tempo tentando manter sua posicao suprema em conflitos convencionais que possam ocorrer nos proximos 25-30 anos. Nem mesmo os… Read more »

Aluisio

Edilson, depois da notícia de um possível ingresso brasileiro no PAK-FA,acho sinceramente que se os gringos oferecerem para nós alguns F-16 com os códigos liberados os franceses vão ter que suar para vender o Rafale…
Além do mais,se fizerem realmente isso,seria muito bom para nós,ainda mais no caso do F-15,que talvez possam ter um kit de modificaçao para o SE (apesar de eu duvidar que eles nos vendam =p ). Claro que o fator do custo operacional vai contar e muito nesse caso…

Rodrigo

estou começando a achar que tem alguem aqui louco para que o fx2 vá para o beleléu.

Paulo Renato

Com essa noticia fico mas firme na posição de que o GRipen NG leva esse FX tranquilamente, em um caso de extrema surpresa pode surgir o SU35.

Gripen NG esse será o vetor do FX2 !!!!

Abs.

Andre

UAV eh o futuro (inclusive a FAB acabou de abrir uma concorrencia para tal).

SE os EUA realmente oferecerem avioes estocados para paises aliados, e SE o Brasil for comtemplado na lista, sou a favor do cancelamento do FX-2 e a FAB focar no programa UAV.

Uns F-15 + varios F-16 (com + alguns reabastecedores) que nos servissem por uns 20 anos seria muito bem-vindo.

Zeke A6M

Existem hoje no país, dois projetos de nação para o Brasil. Uma, que considera que esta crise vai se resolver sem grandes mudanças estruturais na ordem econômica mundial, só com as regulamentacões e portanto o projeto de nação deve estar voltado para galgar a um novo patamar, alinhando-se com os principais protagonistas do mundo globalizado. Outra, que considera que esse modelo de desenvolvimento esgotou-se devido as questões energeticas, ambientais, etc., e que podemos esperar novos paradgmas economicos, politicos, sociais. Dentro dessa linha de pensamento, o END é fundamental para o projeto de nação. No FX o que menos importa é… Read more »

Flamenguista

Não vejo ameaça alguma ao FX-2. Talvez a Índia se interesse por esses caças. Além do mais, os EUA utilizam essas aeronaves à exaustão e muitas delas já devem estar só o bagaço.

ph ctba

Cancelar o fx-2 para adquirir aeronaves usadas?

Quando isso aconteceu com os atuais Mirage 2000 todo mundo caiu de pau, agora isso!

Loucura, loucura!

A unica opção inteligente para o Brasil, se ocorrer o cancelamento do fx-2 eh a entrada do país no desenvolvimento de um caça de quinta geração….

Rafael K.

olha, não seria a melhor opção mas, olhe para o Peru comprou migs 29 ja obsoletos eles o modernizaram e os migs 29 do Peru hoje são os melhores caça da américa do sul, será que não poderíamos fazer o mesmo com esses f15 para pelo menos “ajeitar” o GDA???

mas é claro, o fx2 seria muito mais vantajoso pela transferência de tecnologia etc…

Marcos T.

Mais uma vez os americanos tão querendo jogar M…. no ventilador.
Se isso se confirmar, adios FX2.

Marcelo

Já pensou o Paraguai faz uma graça com Itaipu e um esquadrão de F-15 brasileiros sobrevoa Assuncion e bota medo nos hermanos…rssssssssss

Marlos Barcelos

Minhas previsões começaram a ocorrer, é impossível os EUA gastarem mais de 500 bilhões de dólares por ano em armas, mesmo sem crise isso não iria durar muito tempo, fiz uma previsão que até o final do governo Obama o orçamento militar americano será cortado em pelo menos 1/3, até mesmoporque déficit americano de 1,3 trilhões de dólares ao ano é insustentável, e para dimnuir o déficit as forças armads é quem mais sofrerão, isso vale pra qualquer país do mundo, e os EUA não são exceção.

Marlos Barcelos

Rafael K

só poderemos modernizar um caça se tivermos os cídigos-fontes, será que os EUA liberam os códigos-fontes dos f-15 pro Brasil dúvido, por isso é melhor comprarmos logo um caça moderno em vez de ficar fazendo gambiarras.

AJS

Não creio em fim do FX 2, segundo a notícia, os vetores a serem disponibilizados (não diz a quais paises) terão mais 10 anos de vida útil, ou seja, menos tempo que os F-5M e A-1, não sei quanto aos Mirage 2000, não vejo como trocar a aquisição de vetores novos por usados, para logo em seguida, reiniciar o programa de aquisição.
Parece que por vezes, basta que uma carapuça esteja sobrando, para que alguém queira vesti-la em nossas FFAA.

COMANDANTE MELK

Senhores,

não coaduno com a opinião do editor do Blog, acho improvável o cancelamento do FX2, por conta de uma enxurrada de aeronaves americanas no mercado.

Digo isto porque em minha opinião, os sinais emitidos (Pelo Governo) são claros no sentido de dotar a indústria aeroespacial brasileira com a capacidade de desenvolver novas tecnologias e aeronaves. Isto indo de encontro com a END, que hoje se configura no norte da nova postura adotada pelo Brasil diante de suas aspirações, e a sua crescente importância no concerto das Nações.
Logo, é “imperativo´´ dar prosseguimento ao FX2…

Patriota

Não concordo que va ser isto que vai acabar com o FX não se esqueçam que a imagem do Brasil seria manchada caso a licitação fosse cancelada ,o Gripen NG está mais forte do que nunca
é um caça de 4,5 geração que custa 50% a menos que os demais possui
um custo operacional invejavel e tem uma performace exelente.

saudações

Zero Uno

“Planos como estes podem derrubar projetos como o FX-2. Em momentos de crise financeira mundial, seria fácil justificar para a grande população a economia de divisas com a aquisição de caças usados no lugar de unidades novas e caras. Mas, como sempre, tudo tem o seu preço.” Exatamente! “Tudo tem o seu preço”. Ao adquirirmos esses caças usados, daremos um tiro no pé para o nosso futuro como nação. Não vamos AGREGAR NOVAS TECNOLOGIAS e vamos ficar defasados num futuro muito próximo. Se quisermos pensar e ser uma GRANDE NAÇÃO, UMA POTÊNCIA MUNDIAL como muitos apregoam, é melhor sermos também… Read more »

Pedro Rocha

Olá senhores! Os F-15 e F-16 que serão disponibilizados com certeza serão as versões mais antigas (Alfa e Bravo) veteranos de duas campanhas desgastantes no Iraque e uma campanha no Afeganistão! Os F-16 serão inferiores aos F-16 chilenos, pois esses passaram pelo programa europeu MLU. Portanto, mesmo sendo aviões fantásticos, em suas versões mais atuais, seria um verdadeiro presente de grego para a nossa FAB! Não sei se os senhores estão lembrados que os F-15 mais antigos estão com problemas estruturais, mesmo os F-16 da ANG estão bem desgastados e voados! Gostaria de lembrar que mesmo com uma manutenção impecável… Read more »

Zero Uno

Zeke A6M

Concordo 99,99% com o que você disse. Agora o problema será a decisão do governo… Se este governo quer se provar realmente sério, o FX2 vai até o fim. Caso aconteça o contrário, este governo simplesmente tomará uma decisão de governo mesmo e não de ESTADO.

Abraços.

Hornet

Ah! é verdade!…E não podemos nos esquecer também que ontem 3 cangurus espirraram ao mesmo tempo no sul da Austrália. Taí mais um forte motivo para se cancelar o FX2….tsc.tsc.tsc….

abraços a todos

F-15

” Rodrigo em 09 abr, 2009 às 12:43

estou começando a achar que tem alguem aqui louco para que o fx2 vá para o beleléu. ”

Estou achando o mesmo amigo…

Estou torcendo para que o FX-2 vá até o fim, e que vença o Rafale =) Ou mesmo o F-18 ou Gripen, seriam boas escolhas. Agora, comprar caças usados em vez de modernos que possibilitaria uma transferência de tecnologia é uma fria…

Rafael K.

valeu pela resposta marlos!

Pedro Rocha

Em tempo! Como vi nos itens anteriores uma gozação com o Su 35, dizendo que suas viúvas (estou nesse grupo) estavam inconformadas vai agora o troco… Teremos agora no rol das viúvas as tristonhas viúvas do F-22 o caça que nunca vai ser… Ninguém vai expor um caça de 500 milhões de dólares a risco algum, sendo bem provável que seu uso pratico será somente teste e desenvolvimento de novas tecnologias, principalmente para UAV… O F-35 só não está com a cabeça na guilhotina em virtude da urgentíssima necessidade dos US Marines e Ingleses de substituírem o A/V-8 B e… Read more »

Gustavo

alguém pode me explica oq a bandeira do Brasil ta fazendo nesse protótipo do su 37?
aparece aos 3:08
http://www.youtube.com/watch?v=GHh_2p7c57w&feature=related

Zero Uno

Putz Hornet… kkkkkkkkk.

Gustavo

desculpem por desvirtuar o tópico mas fiquei intrigado

Carlinga Carenada

Antes tarde do que nunca! Agora sim a FAB terá a modernização de seus caças, de forma eficaz e barata. Vamos logo pra fila do AMARC escolher umas células em bom estado e fazer um retrofit bacana na Embraer… Até a chegada do Programa FX-n… Pelo menos não teremos que passar vergonha nos céus com caças de 300 anos…

Zero Uno

Carlinga Carenada…

” Pelo menos não teremos que passar vergonha nos céus com caças de 300 anos…”

É sério o que você disse?

F15-C com problemas estruturais e F16 A/B muito usados e ambos com mais de 20 anos de uso. É isso mesmo o que você deseja?

Edmar

A nossa solução não é comprar mais caças para modernizar.., a nossa solução é incorporar aéronaves novas e de alta tecnologia.

Hoje em dia.., alguns criticos falam que, o “Rafale F-3” ou o “Gripen NG” depois de finalizados e construidos.., vão ser melhores que os caças “F-5M”, “F-16”, “F/A-18 Super Hornet”, “Sukhói SU-27”, “Sukhói SU-30”, “Mirage F-2000”, “IAI Kfir II”, e muitas outras aéronaves.

Edmar

Caros Amigos.:

A nossa solução não é comprar mais caças para modernizar.., a nossa solução é incorporar aéronaves novas e de alta tecnologia.

Hoje em dia.., alguns criticos falam que, o “Rafale F-3″ ou o “Gripen NG” depois de finalizados e construidos.., vão ser melhores que os caças “F-5M”, “F-16″, “F/A-18 Super Hornet”, “Sukhói SU-27″, “Sukhói SU-30″, “Mirage F-2000″, “IAI Kfir II”, e muitas outras aéronaves.

Então que venham os “Rafale F-3” ou “Gripen NG”.

edilson

Alguém sabe algo sobre a velha louca? A vovódka, será que ela entrou em órbita junto do foguete norte coreano que os Japoneses queriam abater? ela sim talvez mais do que muitos aqui quisessem o fim d FX2 mas ao memso tempo tem gente aind propondo o F-5 F-16 desdentado versão A B -A -B O+ AB e entre outros. gente, já estamoss no século XXI faz tempo, está na hora de olhar para frente. daqui a pouco vão propor o P-51 reformados, HUD, FLIR e BVR, poderiam dotar a FAB de uma capacidade inigualável na AL. esqueçam isto é… Read more »

Carlinga Carenada

Parodiando Time is money: FAB is money… Sem dinheiro, sem caça novo ou usado…

Felipe TP

Fiquei sabendo que aquele F-22 que caiu estes dias, na verdade foi derrunado pelo protótipo do Su-35. Por isso que querem cancelar novos F-22.

Carlinga Carenada

Caro Zero Uno, A vivência na linha de frente de suprimento e manutenção da FAB pode indicar vários caminhos. Um deles é bem pragmático: não temos verbas para a operação e manutenção de Rafales e que tais… Então, nada melhor que cair na vida real: aquisição de células de F-16 e F-15, modernizá-las e torcermos para não enfrentarmos nenhum conflito bélico sério pelos próximos vinte anos. Há muita utopia nas mentes dos comentaristas. É salutar para os sonhadores, mas é um pesadelo para nós que trabalhamos no mundo real que tem avião de caça parado por falta de gaxeta de… Read more »

Zero Uno

“Viva o Brasil real !”

Isso… Vamos ficar onde estamos.

Resolvido.

Patriota

caramba se depender de muitos aki o 14 bis vai ser a proxima aquisição da FAB

Marlos Barcelos

Carlinga Carenada

quem disse que não temos dinheiro pra manter apenas 36 rafales, imagine o Peru manter os migs-29 e a venezuela os su-27 e o chile os f-16, porque se juntarem o PIB desses três não dá nem a metade de nosso PIB, e nós não temos condições e eles tem? temos como manter rafales depende apenas do governo querer e ainda sairá barato perto do que o Brasil pode ter em armamentos.

Marlos Barcelos

Carlinga Carenada

quem disse que manter rafales novinhos custa mais que manter caças f-15 com 20 anos de uso, só para constar já vi a USAF falar em aposentadoria de caças acima de 20 anos porque para mante-los custa o dobro de um novinho, a marinha americana quando fez os f-18 os fez para durarem apenas 20 anos, adivinhe porquê? Nunca acharei que um caça saindo da fabrica custe mais para manter que equipamentos de 20 anos de uso, só se me provarem.

Marlos Barcelos

Carlinga Carenada

pra mim tudo que é mais novo custa menos pra manter, isso vale para carro, computador, aviões, navios, caças, tudo, tudo mesmo, experimentem comprar um carro zero e um carro de 20 anos de uso, mesmo que as peças do carro novo sejam bem mais caras, ainda assim será mais barato mantê-lo porque precisa fazer menos manuntenção, isso vale pros caças também.

welington

SU-35 BM em testes de préprodução, rsrs.
Este aparelho já veio ao Brasil quando foi a FIDAE salvo engano, ele passou por Anápolis, este foi um dos vetores testados pelos pilotos da FAB em visita a Rússia com o propósito de testar o mesmo para o FX1, testes que o levaram a final da disputa que foi vencida pelo Gripen e pelo seu baixíssimo custo de aquisição e operação.
Um abraço a todos.

Zeke A6M

Carlinga Carenada, Concordo com voce, que deve ser muito dificil, ficar tirando leite de pedra, enquanto alguns “privilegiados” ficam sonhando com realidades utópicas. Eu sou “novo” aqui, e conhenci o blog de paraquedista, pesquizando sobre o END. Comecei a me manifestar depois de um longo tempo, porque gostei do nivel das intervenções e me identifiquei com as colocações de alguns participantes. Continuo não entendendo muita coisa de aviões, mas estou aprendendo rápido, e sempre aguardo anciosamente as polêmicas do Wellinton, e outros colegas do blog. Mas até o END, não via muito sentido numa forças armadas poderosas, e pelas fragilidades… Read more »

edilson

A aeronave esteve em anápoles e na altura era denominado SU-37, se não estou enganado este é o protótipo que fazia a demonstração em Lebourge… a aeronave esteve de passagem sim pelo Brasil mas não me consta que tenha sido avaliada pela (tecnicamente avaliada) pela FAB. As Bandeiras são como esperado propaganda do fabricante de forma a chaamar atenção das nossas autoridades, não são os únicos protótipos que voaram com bandeiras de prováveis compradores, isto é muito comum. a visita em questão visava como os amigos citaram acima o programa FX I o qual o vencedor virtual teria sido o… Read more »

Zero Uno

Carlinga Carenada,

Más um governante que pensa “estratégicamente” como você diz, compraria aviões com mais de 20 anos de uso ou investiria e concretizaria o FX2 para o país e a FAB ter o salto tecnológico que tanto precisa para, no futuro, ter mais independência e até mesmo projetar/construir (com parceiros é claro), seus próprios aviões de caça?

O que acha?

Abraços.

Zero Uno

Carlinga Carenada,

Na boa mesmo? Seja bem-vindo.

Abração.

Noel

Carlinga Carenada, se entendi as entrelinhas, vc quer dizer que é mais simples operar com logística americana do que com a européia, de forma geral(F-15 e 16 a parte), ou não…

CarPe

Carlinga Carenada, A nossa solução é incorporar aéronaves novas e de alta tecnologia e que nos traga conhecimentos, com relação a falta de dinheiro? “não temos verbas para a operação e manutenção de Rafales e que tais… Então, nada melhor que cair na vida real” Na verdade amigo alguma coisa neste país esta errada, cada jornal de Tv que eu assisto, aparece um novo político ladrão, ninguém é preso o dinheiro não é devolvido. Já estão querendo aumentar o numero de Senadores, Vereadores. Não seria interessante em fazer um plebiscito para saber se o povo quer mais político. O dinheiro… Read more »

Reportagens especiais

22 de abril – Dia da Aviação de Caça

'Sentar a Púa: lançar-se contra o inimigo com decisão, golpe de vista e vontade de aniquilá-lo. Quem vai sentar...
- Advertisement -
- Advertisement -