quarta-feira, maio 12, 2021

Gripen para o Brasil

Vídeo do acidente com o MD-11 da FedEx

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

- Advertisement -

22 Comments

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mirage

Laqui aki dai mes mas. Uqui daqui laqui mas ige que te mas vaznickei to massssss.

Tradução: O piloto deve ter levado um “pedala robinho” na final.

Jacubão

Muito triste e lamentável esse trágico acidente.
Só nos resta rezar pelas vítimas.

Saulo

baita vento d través q ocasionou no acidente desse fedex!

andre de poa

Se fedex…

Tailhooker

Saulo, Aguardemos a investigação antes de especularmos. A tentação de opinar é sempre grande, mas temos que aguardar. As notícias dão conta de que a intensidade do vento no momento do pouso era forte, porém não sabemos a direção do vento. Um vento de través pode ter contribuído ? Pode, mas ainda é cedo para afirmar. Analisando as imagens, o primeiro toque é aparentemente normal, apenas parecendo que havia excesso de velocidade, demonstrado pelo primeiro “bouncing”. A partir daí, o comportamento da aeronave foi bastante estranho. Eu não conheço o comportamento de um MD-11 quando está estolado, mas pela aparente… Read more »

Edilson

Senhores posso estar enganado, e como já disseram, temos que esperar o laudo, mas me parece que o avião desce com excesso de velocidade, pelo menos é o que me parece.
posso estar enganado.
uma fatalidade

kaleu

Srs. Discordo da análise… me parece que o piloto não levantou suficientemente o bico da aeronave (talves por um erro de informação sobre a altitude do avião) então aterrizou com a trem de pouso da frente, com tal violência que o trem de pouso trazeiro ao bater em seguida na pista “jogou o avião pro alto” perdendo o controle horizontal, não havendo tempo para correção pois a asa chocu-se com o chão e com combustível explodiu… emfim…lamentável…

abraços
Kaleu

Sérgio

Que ótima bequilha. É uma visão aterrorizante, mas reparem, óbio tem o fator vento mencionado, o trem de pouso dianteiro recebe todo o pêso e ajuda a catapultar o nariz! Empresta pro Erj-145 turco.

Manfred Von Richthofen

Me parece que a carga transportada se deslocou para o nariz rapidamente, alterando o centro de gravidade do avião. Carga mal peiada já derrubou avião cargueiro antes.

Edilson

Achoq ue a hipótese do vento de cauda não me parece apropriada,pelo menos para mim parece que o avião vem com grande velocidade e como o Manfred disse há um desiquilíbrio, pelo menos é o que parece.
analisem a dispersão da fumaça, não me parece que havia um vento de cauda~

Andre Fernandes

Este tipo de aviao tem um problema serio em caso de bounced landing.
Apos o primeiro impacto a asa faz um tipo de sombra no profundor de maneira que o piloto nao tem controle sobre esta superficie , faltando comando de atuacao na mesma. Apos dois impactos acontece o capotamento.
Situacao dificil de sair .

Mirage

Laqui aki dai mes mas. Uqui daqui laqui mas ige que te mas vaznickei to massssss.

Tradução: O piloto deve ter levado um “pedala robinho” na final.

Jacubão

Muito triste e lamentável esse trágico acidente.
Só nos resta rezar pelas vítimas.

Saulo

baita vento d través q ocasionou no acidente desse fedex!

andre de poa

Se fedex…

Tailhooker

Saulo, Aguardemos a investigação antes de especularmos. A tentação de opinar é sempre grande, mas temos que aguardar. As notícias dão conta de que a intensidade do vento no momento do pouso era forte, porém não sabemos a direção do vento. Um vento de través pode ter contribuído ? Pode, mas ainda é cedo para afirmar. Analisando as imagens, o primeiro toque é aparentemente normal, apenas parecendo que havia excesso de velocidade, demonstrado pelo primeiro “bouncing”. A partir daí, o comportamento da aeronave foi bastante estranho. Eu não conheço o comportamento de um MD-11 quando está estolado, mas pela aparente… Read more »

Edilson

Senhores posso estar enganado, e como já disseram, temos que esperar o laudo, mas me parece que o avião desce com excesso de velocidade, pelo menos é o que me parece.
posso estar enganado.
uma fatalidade

kaleu

Srs. Discordo da análise… me parece que o piloto não levantou suficientemente o bico da aeronave (talves por um erro de informação sobre a altitude do avião) então aterrizou com a trem de pouso da frente, com tal violência que o trem de pouso trazeiro ao bater em seguida na pista “jogou o avião pro alto” perdendo o controle horizontal, não havendo tempo para correção pois a asa chocu-se com o chão e com combustível explodiu… emfim…lamentável…

abraços
Kaleu

Sérgio

Que ótima bequilha. É uma visão aterrorizante, mas reparem, óbio tem o fator vento mencionado, o trem de pouso dianteiro recebe todo o pêso e ajuda a catapultar o nariz! Empresta pro Erj-145 turco.

Manfred Von Richthofen

Me parece que a carga transportada se deslocou para o nariz rapidamente, alterando o centro de gravidade do avião. Carga mal peiada já derrubou avião cargueiro antes.

Edilson

Achoq ue a hipótese do vento de cauda não me parece apropriada,pelo menos para mim parece que o avião vem com grande velocidade e como o Manfred disse há um desiquilíbrio, pelo menos é o que parece.
analisem a dispersão da fumaça, não me parece que havia um vento de cauda~

Andre Fernandes

Este tipo de aviao tem um problema serio em caso de bounced landing.
Apos o primeiro impacto a asa faz um tipo de sombra no profundor de maneira que o piloto nao tem controle sobre esta superficie , faltando comando de atuacao na mesma. Apos dois impactos acontece o capotamento.
Situacao dificil de sair .

Reportagens especiais

Momentos da história do AMX nos anos 80 em notícias do Estadão

Pesquisando no arquivo do Jornal O Estado de São Paulo, encontramos algumas notícias sobre o avião de ataque ítalo-brasileiro...
- Advertisement -
- Advertisement -