terça-feira, abril 20, 2021

Gripen para o Brasil

Crise na Embraer também atinge empresa em Portugal

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O site do Partido Comunista Português divulgou uma eventual dispensa de trabalhadores da OGMA, empresa controlada pela Embraer em Portugal. Segue texto abaixo.

Particularmente preocupado com o futuro dos postos de trabalho na OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal, em Alverca, manifestou-se o STEFFA (Sindicato dos Trabalhadores dos Estabelecimentos Fabris das Forças Armadas), depois de a multinacional brasileira, Embraer, detentora de 65 por cento do capital social da empresa ter anunciado a intenção de despedir, no grupo, cerca de 400 trabalhadores, atitude que justificou com a crise mundial.

Lembrando a «falta de liquidez para pagar salários, assumida pelo presidente do Conselho de Administração», o sindicato revelou que os jovens trabalhadores com contratos precários têm sido dispensados por via da não renovação dos contratos, enquanto tem havido, simultaneamente, um aumento de mão-de-obra subcontratada na OGMA.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Reportagens especiais

Os AMX da FAB no Red Flag 98-3

Os AMX (A-1) brasileiros também mostraram sua capacidade no Exercício Red Flag, em Nellis nos EUA. Em agosto de 1998,...
- Advertisement -
- Advertisement -