quarta-feira, junho 16, 2021

Gripen para o Brasil

BNDES financiará novo laboratório da Embraer

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A fabricante brasileira de aeronaves Embraer e o governo do Estado de São Paulo assinam na próxima segunda-feira (dia 2) um contrato para implantação de um laboratório de cerca de quatro mil metros quadrados (m²), voltado à pesquisa de estruturas leves para aviação em São José dos Campos, no interior do Estado paulista. O convênio prevê investimentos de R$ 90,5 milhões, que virão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Os pesquisadores irão trabalhar em tecnologias para desenvolver novos materiais capazes de reduzir o peso das aeronaves. De acordo com o diretor-presidente do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), João Fernando Gomes de Oliveira, apesar de ter foco no ramo da aeronáutica, o laboratório será capaz de desenvolver tecnologias em aplicações na indústria automobilística e de autopeças, petróleo e gás, naval, bélica, geração e transporte de energia elétrica, construção civil e bens de capital (máquinas e equipamentos). A base de pesquisas do laboratório será o desenvolvimento de materiais obtidos a partir de fibra de carbono e resinas.

A Secretaria de Desenvolvimento de São Paulo, liderada pelo ex-governador Geraldo Alckmin, destinou no fim de dezembro do ano passado um aporte de R$ 2,5 milhões do orçamento do governo do Estado para adequar o novo laboratório ao local cedido pela prefeitura de São José dos Campos. Alckmin disse, em nota, que a iniciativa “será importante para ajudar a contornar a crise econômica e retomar o crescimento da indústria aeroespacial”.

Na quinta-feira da semana passada (dia 19), a Embraer anunciou a demissão de pouco mais de 4,2 mil empregados, ou cerca de 20% de seu quadro de funcionários, em decorrência da crise que afeta a economia global, em particular o setor de transporte aéreo. Segundo a companhia, tornou-se inevitável revisar a base de custos e o efetivo de pessoal, “adequando-os à nova realidade de demanda por aeronaves comerciais e executivas”.

FONTE: Agência Estado

- Advertisement -

50 Comments

Subscribe
Notify of
guest
50 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marco

Agencia Estado – 27/2/2009 11:50
Liminar suspende demissões na Embraer até o dia 5
O presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Campinas (SP), desembargador Luis Carlos Cândido Martins Sotero da Silva, concedeu liminar em pedido feito por entidades sindicais ontem, na qual suspende até a quinta-feira da semana que vem (dia 5) as 4.270 demissões efetuadas pela Embraer, anunciadas na semana passada.

gaspar

em Portugal, a OGMA mandou pra rua 400 portugas…

sera que vao pesquisar materias “stealth” nesse lab tambem ????
ta na hora dos governos financiarem mais projetos como esse…

RL

Já já veremos a EMBRAER “explodindo” pelos ares.

Angares indo para o alto com anos de estudos e projetos sumindo pelos ares.

Nâo é querendo ser pessimista não, pelo contrário. Torço para que dê certo, más torcer positivamente aqui e ter muitos interesses internos e externos para que tudo seja negativo é algo que já deveriamos estar acostumados.
Afinal o gigante tem que continuar dormindo, pq se acordar…putz..

Ferrou…

Hornet

Essa questão da Embraer ainda vai se arrastar por um tempo…eu tinha cantado esta bola aqui: essas demissões não foram feitas de forma legal (dentro da lei). Já sobre o BNDES, nada de novo. BNDES, Finep, Fapesp, CNPq etc. vivem financiando as coisas na Embraer (CTA)…mas não sou contra isso. Tem que ser assim mesmo. O que sou contra é a prática de se privatizar os lucros e dividir com a sociedade os prejuízos. A Embraer (diretoria) precisa rever isso urgentemente, sob pena da empresa ficar com a imagem “manchada” na sociedade, o que teria consequências políticas (investimento público)…e por… Read more »

Rodrigo Marques

Hornet Comno assim? As demissões foram fora da Lei? Em países livres, as empresas contratam com a demanda em alta e demitem na situação inversa. Compreendo que é extremamente perigosa a crise para todas as empresas no mundo, todas dos setores produtivos que foram afetados estão demitindo. Sei evidentemente que é duro um pai de familia perder seu emprego, ou mesmo um jovem em inicio de carreira. Lembrando que quando a mesma foi privatizada, muita gente dizia que a empresa era um mico, hoje é a maior exportadora do Brasil. Na verdade acho que o Brasil é adminstrado como um… Read more »

Hornet

Caro Rodrigo, não é tão simles. Em um país livre também existem leis trabalhistas. E a lei que rege as demissões coletivas prevê que a empresa, antes de efetuar as demissões, negocie alternativas com o Sindicato…o que parece que não foi feito pela Embraer. A lei não proíbe as demissões coletivas, apenas impõe condições. A lei que rege as demissões coletivas é diferente da lei que rege a demissão individual. Por isso que o MPT pode, caso fique comprovado alguma irregularidade, entrar com uma ação civil na Justiça contra a Embraer. parece que na semana que vem, Embraer e MPT… Read more »

kaleu

HHUUUMMMM !!!

Se a Embraer fez demissões de forma irregular, então, isto pode ter sido de forma proposital, talvez para “forçar” o governo a respeito da agilização do C390 ou mesmo do FX-2, não acredito que uma empresa do porte e profissionalismo da Embraer cometarei “erros” grosseiros como este… o que acha S.Hornet Block III ???

abraços
Kaleu

Hornet

Kaleu, eu acho que pode ser por aí…não sei se por causa do FX2 e do C-390…mas acho que pode ser uma forma de pressão que a empresa quer colocar pra cima do governo (para arrumar mais verbas estatais? será?)…Mas isso pode ter dois lados…ou até 3…tem a imagem da empresa na jogada, tem as ações na bolsa (que despencaram após as demissões)…enfim…precisamos ver como se resolverá esta situação pra depois averiguarmos melhor qual foi a “estratégia” da empresa. Uma coisa é certa, a empresa não cometeria um erro trabalhista grosseiro como esse…mas, ao que tudo indica, comenteu. Intencional ou… Read more »

Hornet

Ou melhor, quem julga é a Justiça…o MPT vai avaliar…

Hornet

Kaleu, Pelo o que eu li nos jornais e sites de aviação (comercial), a empresa cometeu uma série de erros de estratégia de mercado. Desde apostar suas fichas no câmbio desfavorável (o que acabou causando um déficit para a empresa) até focar quase que exclusivamente sua produção na aviação executiva (cujo mercado estava diminuindo desde o ano passado, e agora, com a crise, sumiu)…tem outros problemas, relativos a contratação de funcionários sem muito critério e outras questões… Mas, fazer as demissões nas vésperas do carnaval tem um sentido político…sem dúvida. Qual seria? Quem é que sabe? Mas de qualquer modo,… Read more »

Abrivio

Sobre as demissões na Embraer: Agencia Estado – 27/2/2009 11:50 Liminar suspende demissões na Embraer até o dia 5 O presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Campinas (SP), desembargador Luis Carlos Cândido Martins Sotero da Silva, concedeu liminar em pedido feito por entidades sindicais ontem, na qual suspende até a quinta-feira da semana que vem (dia 5) as 4.270 demissões efetuadas pela Embraer, anunciadas na semana passada. De acordo com o advogado do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos (SP), Aristeu Pinto Neto, a entidade que representa recebeu um comunicado oficial do TRT de Campinas por… Read more »

kaleu

Amigo Mauro, de forma alguma entendo como intromissão e vc enrriqueceu a “especulação” pois, não sabia dessa reclamação sobre as verbas para o C390… Srs. realmente tem outros fatores a ponderar… e tais erros de estratégia, ocorrem com a substituição de Maurício Botelho por Frederico Fleury Curado… não querendo ser injusto com este último, porém, tudo indica que meteu os pés pelas mãos, inclusive como bem lembrou o amigo Hornet com risco de imagem da “marca”… se os amigos se lembram, fato semelhante aconteceu com a TAM, também após a substituição do CEO… vamos aguardar, pois, desse mato deve sair… Read more »

Abrivio

OBS: Liminar não externa opinião, é só um meio do juizo ter tempo para analisar o mérito da causa. Dia 5 saberemos o que vai acontecer.

Patriota

Pessoal eu sei que esta noticia foge um pouco do assunto mais e bem interessante ocorreu ha uma hora Caças canadenses interceptaram um avião bombardeiro russo no Ártico quando se aproximava do espaço aéreo do Canadá, às vésperas da visita do presidente Barack Obama, na semana passada, a Ottawa, disse nesta sexta-feira o ministro da Defesa do Canadá. Peter MacKay informou que o bombardeiro não chegou a entrar no espaço aéreo do Canadá, mas ele disse que os dois jatos canadenses F-18 entraram em contato com o avião russo no espaço aéreo internacional e enviaram um “forte sinal de que… Read more »

Patriota

correção foi divulgado ha uma hora

welington

Os canadenses estão vacilando os Russos não invadiram o espaço aéreo Canadense, portanto não há motivos para tanto alarde…
Um abraço a todos.

Tailhooker

Essas demissões já tinham sido anunciadas em dezembro. Ao contrário do que a imprensa diz, a Embraer vinha sim “negociando” com os sindicatos desde então, porém sem acordo. O sindicato quer que não haja redução de salários e que haja redução na carga horária. Ou, seja, trabalhando menos e ganhando a mesma coisa não resolve o problema da Empresa, só o do trabalhador. Essas demissões já vinham sendo discutidas a tempo. O jurídico da Embraer sabe o que é e o que não é legal. Não cometeriam um erro grosseiro destes. Agradar sindicato é complicado. Eles queriam a mesma solução… Read more »

Hornet

Uma notícia, no mínimo intrigante. Saiu na Gazeta Mercantil on line: “FAB contrata filial francesa da Embraer para reformar jatos São José dos Campos, 27 de Fevereiro de 2009 – O Diário Oficial da União trouxe em sua edição de 20 de fevereiro deste ano, um dia após o anúncio das demissões de 4.273 empregados pela Embraer, a publicação do extrato de dispensa de licitação, número 1/2009, no qual contrata a Embraer Aviation International, subsidiária sediada na França, para reformar 43 aeronaves AMX da Força Aérea Brasileira (FAB). O valor do negócio é de US$ 147.565,954,11. A nova negociação não… Read more »

Hornet

só um detalhe…

Na nota que o Baschera e o Nunão postaram, sobre a modernização do AMX, acho que ficamos discutindo o número de caças e não prestamos muito atenção num detalhe (que está lá, na nota)…

empresa contratada: “EAI- Embraer Aviation International.”

É Embraer francesa que fará a modernização dos caças.

O que isso significa? Alguém tem alguma opinião? Especulações? críticas? Sugestões?…enfim….

abraços a todos

Hornet

Uma opinião pessoal, de quem não está entendendo mais nada (e não estou mesmo): certamente esta notícia será muito bem recebida pela sociedade brasileira que sempre foi solidária com os trabalhadores altamente qualificados e bem remunerados da França que estão sofrendo, neste momento difícil, com o crescente desemprego em Paris. Champagne e caviar estão na hora da morte…um preço absurdo! Precisamos mesmo dar uma ajuda a este povo sofrido. Estou de acordo. Muito bom. Também acho que ficará bem mais fácil a partir de agora explicar pra sociedade brasileira (tipo assim…o Congresso Nacional, digamos) que a FAB precisa comprar mais… Read more »

Hornet

Ah! E sem falar que fica bem mais fácil e barato levar os caças até Paris, modernizá-los numa subsidiária da Embraer, e depois trazê-los de volta para os esquadrões da FAB. Claro! Isso é óbvio!

Poxa! Por que a gente não pensou nisso antes aqui no Blog? Estamos devagar, hein pessoal!

Mais agilidade no raciocínio, né pessoal? Senão os nossos patrícios de Lisboa vão começar a fazer piadas com a gente…Mais atenção, por favor!

abraços

Sérgio

Pelo q postaram seria sómente uma transferência de din-din para a subsidiária, mas os serviços seriam por aqui. Aproveitando os assuntos, qdo. mencionaram que as demais células dos AMX ( que estariam em Sta.Cruz) teriam um alto grau de oxidação, por falha de manutenção, não é que o gato ficou curioso novamente. As estruturas não são de alumínio aeronáutico. Que partes de uma aeronave podem “enferrujar” ?? ou a oxidação são zinabres nos fios ( q mem acontece em alguns carros)? PF não riem se são perguntas absurdas, mas acho que se isso está ocorrendo, está laboratório é mais que… Read more »

JULIO  SILVEIRA

Esta na hora do estado deixar de investir em empresa privada cujo compromisso é com seu lucro e com os dividendos dos seus acionistas. Dinheiro publico deveria ser utilizado como instrumento para multiplicação de beneficios aos seus reais proprietários, a cidadania. Deveria beneficiar grupos com visão social, e não apenas empresarial, afinal as pessoas que gerem os recursos publicos o fazem por delegação da sociedade, não são seus proprietários. Seria muito mais inteligente o estado criar um centro de pesquisa publico, onde parcerias fossem estimuladas com a iniciativa privada que correspondesse aos objetivos sociais, que deveriam ser o norte do… Read more »

Tailhooker

Sérgio, Não é algo que reconheçamos como o tradicional ferrugem que vemos e objetos metálicos. Nesse caso, ocore a formação de pits de corrosão que dão origem a micro trincas, que mecanicamente, se desenvolvem e, quando chegam a um determinado tamanho, comprometem a resistência da estrutura, que pode se romper quando é “trabalhada”. Muita das vezes, essas trinca são de difícil detecção pois situam-se em lugares de difíci acesso. Usam-se técnicas de ensaios não destrutivos como ultra som, líquido penetrante, zyglo, eddy current para detectar descontinuidades superficiais que denunciam a presença dessas trincas, muitas vezes invisíveis a olho nu. Dependendo… Read more »

Sérgio

Tail

Obrigado! Não fazia a menor idéia da situação e como ocorrem.

Marco

Agencia Estado – 27/2/2009 11:50
Liminar suspende demissões na Embraer até o dia 5
O presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Campinas (SP), desembargador Luis Carlos Cândido Martins Sotero da Silva, concedeu liminar em pedido feito por entidades sindicais ontem, na qual suspende até a quinta-feira da semana que vem (dia 5) as 4.270 demissões efetuadas pela Embraer, anunciadas na semana passada.

gaspar

em Portugal, a OGMA mandou pra rua 400 portugas…

sera que vao pesquisar materias “stealth” nesse lab tambem ????
ta na hora dos governos financiarem mais projetos como esse…

RL

Já já veremos a EMBRAER “explodindo” pelos ares.

Angares indo para o alto com anos de estudos e projetos sumindo pelos ares.

Nâo é querendo ser pessimista não, pelo contrário. Torço para que dê certo, más torcer positivamente aqui e ter muitos interesses internos e externos para que tudo seja negativo é algo que já deveriamos estar acostumados.
Afinal o gigante tem que continuar dormindo, pq se acordar…putz..

Ferrou…

Hornet

Essa questão da Embraer ainda vai se arrastar por um tempo…eu tinha cantado esta bola aqui: essas demissões não foram feitas de forma legal (dentro da lei). Já sobre o BNDES, nada de novo. BNDES, Finep, Fapesp, CNPq etc. vivem financiando as coisas na Embraer (CTA)…mas não sou contra isso. Tem que ser assim mesmo. O que sou contra é a prática de se privatizar os lucros e dividir com a sociedade os prejuízos. A Embraer (diretoria) precisa rever isso urgentemente, sob pena da empresa ficar com a imagem “manchada” na sociedade, o que teria consequências políticas (investimento público)…e por… Read more »

Rodrigo Marques

Hornet Comno assim? As demissões foram fora da Lei? Em países livres, as empresas contratam com a demanda em alta e demitem na situação inversa. Compreendo que é extremamente perigosa a crise para todas as empresas no mundo, todas dos setores produtivos que foram afetados estão demitindo. Sei evidentemente que é duro um pai de familia perder seu emprego, ou mesmo um jovem em inicio de carreira. Lembrando que quando a mesma foi privatizada, muita gente dizia que a empresa era um mico, hoje é a maior exportadora do Brasil. Na verdade acho que o Brasil é adminstrado como um… Read more »

Hornet

Caro Rodrigo, não é tão simles. Em um país livre também existem leis trabalhistas. E a lei que rege as demissões coletivas prevê que a empresa, antes de efetuar as demissões, negocie alternativas com o Sindicato…o que parece que não foi feito pela Embraer. A lei não proíbe as demissões coletivas, apenas impõe condições. A lei que rege as demissões coletivas é diferente da lei que rege a demissão individual. Por isso que o MPT pode, caso fique comprovado alguma irregularidade, entrar com uma ação civil na Justiça contra a Embraer. parece que na semana que vem, Embraer e MPT… Read more »

kaleu

HHUUUMMMM !!!

Se a Embraer fez demissões de forma irregular, então, isto pode ter sido de forma proposital, talvez para “forçar” o governo a respeito da agilização do C390 ou mesmo do FX-2, não acredito que uma empresa do porte e profissionalismo da Embraer cometarei “erros” grosseiros como este… o que acha S.Hornet Block III ???

abraços
Kaleu

Hornet

Kaleu, eu acho que pode ser por aí…não sei se por causa do FX2 e do C-390…mas acho que pode ser uma forma de pressão que a empresa quer colocar pra cima do governo (para arrumar mais verbas estatais? será?)…Mas isso pode ter dois lados…ou até 3…tem a imagem da empresa na jogada, tem as ações na bolsa (que despencaram após as demissões)…enfim…precisamos ver como se resolverá esta situação pra depois averiguarmos melhor qual foi a “estratégia” da empresa. Uma coisa é certa, a empresa não cometeria um erro trabalhista grosseiro como esse…mas, ao que tudo indica, comenteu. Intencional ou… Read more »

Hornet

Ou melhor, quem julga é a Justiça…o MPT vai avaliar…

Hornet

Kaleu, Pelo o que eu li nos jornais e sites de aviação (comercial), a empresa cometeu uma série de erros de estratégia de mercado. Desde apostar suas fichas no câmbio desfavorável (o que acabou causando um déficit para a empresa) até focar quase que exclusivamente sua produção na aviação executiva (cujo mercado estava diminuindo desde o ano passado, e agora, com a crise, sumiu)…tem outros problemas, relativos a contratação de funcionários sem muito critério e outras questões… Mas, fazer as demissões nas vésperas do carnaval tem um sentido político…sem dúvida. Qual seria? Quem é que sabe? Mas de qualquer modo,… Read more »

Abrivio

Sobre as demissões na Embraer: Agencia Estado – 27/2/2009 11:50 Liminar suspende demissões na Embraer até o dia 5 O presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Campinas (SP), desembargador Luis Carlos Cândido Martins Sotero da Silva, concedeu liminar em pedido feito por entidades sindicais ontem, na qual suspende até a quinta-feira da semana que vem (dia 5) as 4.270 demissões efetuadas pela Embraer, anunciadas na semana passada. De acordo com o advogado do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos (SP), Aristeu Pinto Neto, a entidade que representa recebeu um comunicado oficial do TRT de Campinas por… Read more »

kaleu

Amigo Mauro, de forma alguma entendo como intromissão e vc enrriqueceu a “especulação” pois, não sabia dessa reclamação sobre as verbas para o C390… Srs. realmente tem outros fatores a ponderar… e tais erros de estratégia, ocorrem com a substituição de Maurício Botelho por Frederico Fleury Curado… não querendo ser injusto com este último, porém, tudo indica que meteu os pés pelas mãos, inclusive como bem lembrou o amigo Hornet com risco de imagem da “marca”… se os amigos se lembram, fato semelhante aconteceu com a TAM, também após a substituição do CEO… vamos aguardar, pois, desse mato deve sair… Read more »

Abrivio

OBS: Liminar não externa opinião, é só um meio do juizo ter tempo para analisar o mérito da causa. Dia 5 saberemos o que vai acontecer.

Patriota

Pessoal eu sei que esta noticia foge um pouco do assunto mais e bem interessante ocorreu ha uma hora Caças canadenses interceptaram um avião bombardeiro russo no Ártico quando se aproximava do espaço aéreo do Canadá, às vésperas da visita do presidente Barack Obama, na semana passada, a Ottawa, disse nesta sexta-feira o ministro da Defesa do Canadá. Peter MacKay informou que o bombardeiro não chegou a entrar no espaço aéreo do Canadá, mas ele disse que os dois jatos canadenses F-18 entraram em contato com o avião russo no espaço aéreo internacional e enviaram um “forte sinal de que… Read more »

Patriota

correção foi divulgado ha uma hora

welington

Os canadenses estão vacilando os Russos não invadiram o espaço aéreo Canadense, portanto não há motivos para tanto alarde…
Um abraço a todos.

Tailhooker

Essas demissões já tinham sido anunciadas em dezembro. Ao contrário do que a imprensa diz, a Embraer vinha sim “negociando” com os sindicatos desde então, porém sem acordo. O sindicato quer que não haja redução de salários e que haja redução na carga horária. Ou, seja, trabalhando menos e ganhando a mesma coisa não resolve o problema da Empresa, só o do trabalhador. Essas demissões já vinham sendo discutidas a tempo. O jurídico da Embraer sabe o que é e o que não é legal. Não cometeriam um erro grosseiro destes. Agradar sindicato é complicado. Eles queriam a mesma solução… Read more »

Hornet

Uma notícia, no mínimo intrigante. Saiu na Gazeta Mercantil on line: “FAB contrata filial francesa da Embraer para reformar jatos São José dos Campos, 27 de Fevereiro de 2009 – O Diário Oficial da União trouxe em sua edição de 20 de fevereiro deste ano, um dia após o anúncio das demissões de 4.273 empregados pela Embraer, a publicação do extrato de dispensa de licitação, número 1/2009, no qual contrata a Embraer Aviation International, subsidiária sediada na França, para reformar 43 aeronaves AMX da Força Aérea Brasileira (FAB). O valor do negócio é de US$ 147.565,954,11. A nova negociação não… Read more »

Hornet

só um detalhe…

Na nota que o Baschera e o Nunão postaram, sobre a modernização do AMX, acho que ficamos discutindo o número de caças e não prestamos muito atenção num detalhe (que está lá, na nota)…

empresa contratada: “EAI- Embraer Aviation International.”

É Embraer francesa que fará a modernização dos caças.

O que isso significa? Alguém tem alguma opinião? Especulações? críticas? Sugestões?…enfim….

abraços a todos

Hornet

Uma opinião pessoal, de quem não está entendendo mais nada (e não estou mesmo): certamente esta notícia será muito bem recebida pela sociedade brasileira que sempre foi solidária com os trabalhadores altamente qualificados e bem remunerados da França que estão sofrendo, neste momento difícil, com o crescente desemprego em Paris. Champagne e caviar estão na hora da morte…um preço absurdo! Precisamos mesmo dar uma ajuda a este povo sofrido. Estou de acordo. Muito bom. Também acho que ficará bem mais fácil a partir de agora explicar pra sociedade brasileira (tipo assim…o Congresso Nacional, digamos) que a FAB precisa comprar mais… Read more »

Hornet

Ah! E sem falar que fica bem mais fácil e barato levar os caças até Paris, modernizá-los numa subsidiária da Embraer, e depois trazê-los de volta para os esquadrões da FAB. Claro! Isso é óbvio!

Poxa! Por que a gente não pensou nisso antes aqui no Blog? Estamos devagar, hein pessoal!

Mais agilidade no raciocínio, né pessoal? Senão os nossos patrícios de Lisboa vão começar a fazer piadas com a gente…Mais atenção, por favor!

abraços

Sérgio

Pelo q postaram seria sómente uma transferência de din-din para a subsidiária, mas os serviços seriam por aqui. Aproveitando os assuntos, qdo. mencionaram que as demais células dos AMX ( que estariam em Sta.Cruz) teriam um alto grau de oxidação, por falha de manutenção, não é que o gato ficou curioso novamente. As estruturas não são de alumínio aeronáutico. Que partes de uma aeronave podem “enferrujar” ?? ou a oxidação são zinabres nos fios ( q mem acontece em alguns carros)? PF não riem se são perguntas absurdas, mas acho que se isso está ocorrendo, está laboratório é mais que… Read more »

JULIO  SILVEIRA

Esta na hora do estado deixar de investir em empresa privada cujo compromisso é com seu lucro e com os dividendos dos seus acionistas. Dinheiro publico deveria ser utilizado como instrumento para multiplicação de beneficios aos seus reais proprietários, a cidadania. Deveria beneficiar grupos com visão social, e não apenas empresarial, afinal as pessoas que gerem os recursos publicos o fazem por delegação da sociedade, não são seus proprietários. Seria muito mais inteligente o estado criar um centro de pesquisa publico, onde parcerias fossem estimuladas com a iniciativa privada que correspondesse aos objetivos sociais, que deveriam ser o norte do… Read more »

Tailhooker

Sérgio, Não é algo que reconheçamos como o tradicional ferrugem que vemos e objetos metálicos. Nesse caso, ocore a formação de pits de corrosão que dão origem a micro trincas, que mecanicamente, se desenvolvem e, quando chegam a um determinado tamanho, comprometem a resistência da estrutura, que pode se romper quando é “trabalhada”. Muita das vezes, essas trinca são de difícil detecção pois situam-se em lugares de difíci acesso. Usam-se técnicas de ensaios não destrutivos como ultra som, líquido penetrante, zyglo, eddy current para detectar descontinuidades superficiais que denunciam a presença dessas trincas, muitas vezes invisíveis a olho nu. Dependendo… Read more »

Sérgio

Tail

Obrigado! Não fazia a menor idéia da situação e como ocorrem.

Reportagens especiais

Poder Aéreo no Cavanaugh Flight Museum

Visitamos recentemente o Cavanaugh Flight Museum (CFM) no norte de Dallas, no Texas, para conhecer um pouco mais da história da...
- Advertisement -
- Advertisement -