quinta-feira, maio 6, 2021

Gripen para o Brasil

Eurofighters da Força Aérea Italiana: 1000 horas de vôo no 36º Stormo

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Quando o avião fica bem na foto, como os Eurofighters da Itália que recentemente freqüentaram este Blog, sempre há um motivo para mostrá-los de novo. E o motivo agora veio do do Gruppo XII, 36º Stormo, da Força Aérea Italiana (Aeronautica Militare), que nesta segunda-feira comemorou as primeiras 1.000 horas do vetor na unidade. A marca foi conquistada menos de um ano após o recebimento do primeiro Typhon (chamado de F-2000 na Itália) pelo 36º Stormo, baseado em Gioia del Colle (Bari), cumprindo uma etapa fundamental na completa transição da base ao novo sistema de defesa aérea italiano, com o objetivo de reinserir plenamente o esquadrão no sistema de alerta nacional e da OTAN.

Os Eurofighter do 36º Stormo, assim como os do 4º Stormo de Grosseto, somados aos F-16 do 5º Stormo de Cervia e do 37º Stormo de Trapani, compõe o serviço de alarme nacional da Aeronautica Militare.

Fonte e fotos: Aeronautica Militare

- Advertisement -

16 Comments

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RL

Bem que essas fotos poderiam ser em Anapolis na primeira e na segunda sobrevoando algum ponto do território nacional….

Jonas Rafael

Pra mim esse é o avião mais bonito voando no mundo atualmente…

Junior

Me desculpem mas, não consigo achar esse caça bonito… ainda mais quando os canards estão na posição de “descanso”, fica parecendo um cachorro orelhudo… Será que ele tem problemas como a ingestão de FOD pelos motores, como os F-16, uma vez que as entradas de ar são basicamente, na mesma posição???

AJS

Há um bom tempo atraz, a AMI dispunha de 70 bases aéreas.
Alguém sabe quantas estão disponível hoje?
Grato.

Vassily Zaitsev

Dá para comparar os F-2000 italianos com os brasileiros???????? acho que igual mesmo só no nome. Se os brasileiros fossem da versão -2000-5 MK-2, votaria para que, com a entrada dos Rafales em 2015, fossem deslocados para Belém, para finalmente termos uma base aérea bem equipada no Nordeste. E, 24 se sairiam bem melhor que somente 12.

Mas que os Eurofighters são bonitos e eficientes, não tenho dúvidas.

[…] programado de 34 caças dessa versão. Os quatro países parceiros no programa, Grã-Bretanha, Itália, Espanha e Alemanha, comprometeram-se a adquirir 620 Eurofighters das três versões (Tranches), e […]

[…] no modelo, superando 1000 horas de vôo, conforme também noticiou o Blog do Poder Aéreo (clique aqui para ler a matéria). Além do sistema de defesa aérea italiano (servizio de alarme nazionale), composto agora […]

[…] Eurofighters da Força Aérea Italiana: 1000 horas de vôo no 36º Stormo […]

RL

Bem que essas fotos poderiam ser em Anapolis na primeira e na segunda sobrevoando algum ponto do território nacional….

Jonas Rafael

Pra mim esse é o avião mais bonito voando no mundo atualmente…

Junior

Me desculpem mas, não consigo achar esse caça bonito… ainda mais quando os canards estão na posição de “descanso”, fica parecendo um cachorro orelhudo… Será que ele tem problemas como a ingestão de FOD pelos motores, como os F-16, uma vez que as entradas de ar são basicamente, na mesma posição???

AJS

Há um bom tempo atraz, a AMI dispunha de 70 bases aéreas.
Alguém sabe quantas estão disponível hoje?
Grato.

Vassily Zaitsev

Dá para comparar os F-2000 italianos com os brasileiros???????? acho que igual mesmo só no nome. Se os brasileiros fossem da versão -2000-5 MK-2, votaria para que, com a entrada dos Rafales em 2015, fossem deslocados para Belém, para finalmente termos uma base aérea bem equipada no Nordeste. E, 24 se sairiam bem melhor que somente 12.

Mas que os Eurofighters são bonitos e eficientes, não tenho dúvidas.

[…] programado de 34 caças dessa versão. Os quatro países parceiros no programa, Grã-Bretanha, Itália, Espanha e Alemanha, comprometeram-se a adquirir 620 Eurofighters das três versões (Tranches), e […]

[…] no modelo, superando 1000 horas de vôo, conforme também noticiou o Blog do Poder Aéreo (clique aqui para ler a matéria). Além do sistema de defesa aérea italiano (servizio de alarme nazionale), composto agora […]

[…] Eurofighters da Força Aérea Italiana: 1000 horas de vôo no 36º Stormo […]

Reportagens especiais

Os AMX da FAB no Red Flag 98-3

Os AMX (A-1) brasileiros também mostraram sua capacidade no Exercício Red Flag, em Nellis nos EUA. Em agosto de 1998,...
- Advertisement -
- Advertisement -