domingo, abril 18, 2021

Gripen para o Brasil

Array

República Dominicana – Legislativo aprova compra de Super Tucanos

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A Câmara dos Deputados da República Dominicana aprovou hoje (11/11) um polêmico empréstimo de US$ 93,7 milhões para adquirir no Brasil oito aviões Super Tucanos da Embraer que serão destinados ao combate ao narcotráfico.

Apesar da rejeição dos deputados opositores, a aprovação foi obtida com a maioria na Câmara Baixa do governista Partido da Libertação Dominicana (PLD).

O empréstimo já tinha sido aprovado anteriormente pelo Senado e agora será enviado ao Poder Executivo para sua promulgação.

Legisladores opositores denunciaram que vários de seus colegas supostamente receberam dinheiro para emitir seu voto a favor.

No entanto, o presidente da Câmara dos Deputados, Julio César Valentín, rejeitou essas acusações ao defender a honestidade da maioria dos legisladores “de todos os partidos”.

Os deputados do Partido Revolucionário Dominicano (PRD), o principal de oposição, e vários do também opositor Partido Reformista Social Cristão (PRSC) rejeitaram o projeto de empréstimo ao considerar que a soma destinada a adquirir os aviões deveria ser invertida em serviços de educação e saúde para a população.

O projeto foi impulsionado no Congresso dominicano pelas Forças Armadas, que defendem a necessidade de adquirir os aviões para resguardar o espaço aéreo e a costa nacional diante do avanço do narcotráfico internacional, que utiliza o país como ponte de suas operações.

Fonte: EFE

- Advertisement -

115 Comments

Subscribe
Notify of
guest
115 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RL

Que bacana esta notícia.

Mais um pais que compra nossos aviões.
Más em se tratando de AL, ainda acho que o Super Tucano tem muita demanda pela frente.

Vamos torcer para que o sucesso dele seja tão grandioso quanto o de seu antecessor.

Brigadeiro... de chocolate

É… políticos! em vez de torrar um grana preta com 8 aviões, poderiam investir no cerne do problema… que é a educação dos seus jovens. É… eu sei, vai ter sempre um cretino dizeendo que um pais tem que ser soberano em defesa e blablabla. O negócio é sempre a “propina”. Educar crianças a ter caráter não da lucro, não compra mansões e iates.

Manfred Von Richthofen

Brigadeiro, pelo menos as criancinhas vão poder se divertir vendo os aviões passarem. Pense em quantas serão despertadas para a ciência e para a tecnologia quando virem os Tucanos! Quantas terão orgulho de seu país e quantas quererão ser piloto!

Microfone

Alguém sabe qtos Super Tucanos já foram encomendados por outros países?

Brigadeiro... de chocolate

Eu queria saber de onde vem tanta bobagem?? Da onde vc tira que 8 turboélices desperta alguma coisa cientifica em alguem??? Não estamos falando de projetos de aviões movidos a hidrogênio ou algo inovador. São nada mais nada menos que aviões de projetos melhorados dos anos 70. Acorda! Isso é mais pra enfeitar algum aeroclube de alguns generais déspotas. Não vão resolver o problema do narcotráfico com Super Tucanos. aaah é.. sim..parabéns a nossa Embraer. Orgulho Nacional e de pesquisa cientifica de fato.

Nunão

Se os políticos de lá seguirem a linha de uma parcela dos nossos (e que envergonham toda a classe), essa conversa de trocar os investimentos na defesa por educação e saúde na verdade quer dizer: “nessa negociata de aviões eu não tô levando o meu, então prefiro a minha parte na negociata com a empreitera que constrói a escola, com o meu compadre que faz o desvio da merenda, com o consórcio que vai superfaturar os aparelho de raio-x…”

Para o bem dos Dominicanos, espero que o problema deles não seja o nosso…

konner

[” Nunão em 12 nov, 2008 às 9:55 “]

Boa Nunão !!!

konner

Aí, pro pessoal do Blog.

Já tem novidade sobre os AMX, tá no “Valor E.”.

Manfred Von Richthofen

Brigadeiro, despertou em mim quando era pequeno. E vejo despertar em várias crianças pobres desse país que acabam entrando para a Força Aérea até como soldado mesmo, para poderem ficar perto dos aviões.
A paixão por aviões é perigosa, é transmitida por um vírus chamado “aerococus” e quando este pega uma pessoa, fica pra sempre.

RL

Não quero criar polemicas, más pelo que percebi dos comentários, então poderia eu dizer que seria a mesma linha de raciocinio para o Brasil cancelar de fato todo o PND para investir tudo em educação ao invéz de comprar Helis, Aviões, NAvios, realizar modernizações etc?

Isso já foi feito antes, pelo LULA quando cancelou o FX para priorizar o FOME ZERO e outros projetos sociais.

Brigadeiro, me corrija se eu estiver errado. Abraços.

Manfred Von Richthofen

Projeto melhorado da década de 70?
Brigadeiro de Chocolate, vá estudar um pouco de aviação antes de falar besteira, ok?
Se quiser aprender algo sobre o Super Tucano, recomendo o site do fabricante:
http://www.embraer.com.br/portugues/content/home/

Ozawa

Esses imperialistas brasileiros…, impondo suas armas, com seu poder econômico, em detrimento das demandas sociais dos países periféricos…, rsrs

Brigadeiro... de chocolate

Manfred Von Richthofen, ok, eu estudo mais sobre aviação e você sobre antropologia/história/geografia.

Se eu pedi muito, desconsidere e vá jogar atari.

dumont

Caros blogueiros, acho que o brigadeiro está é provocando… não dá para “entrar na pilha”.

Voltando ao “espirito do blog”, acho que tem o STUCANO podia desenvolver dois perfis que (creio) ainda não tem, o de anti-carro, operando misseis guiados por fibra otica e uma arma de cano de maior calibre (se possível) e com o artilheiro sentando no banco de tras. Ia concorrer tb com os helicópteros de ataque, com vantagens e desvantagens.

O outro é de patrulha naval (tem uma descrição detalhada no sistemadearmas)…

abrs

Brigadeiro... de chocolate

Dumont, vc está errado, mas não vou perder tempo tentando provar o contrário… eu só fico imaginando que não é todo entusiasta de aviação fica torcendo como em uma partida de futebol, para a ciência da irracionalidade tome corpo e seja usada com a sua força maior. Visto que existe muita gente que adora ver o circo pegar fogo porque no máximo de contato com a guerra se da pelo youtube hehehe. Amigos, vejamos os fatos. não sejamos por demais cegos. A ciência na aviação acabou quando o homem viu o avião como um lançador de bombas. Não existe ciência… Read more »

Brigadeiro... de chocolate

… um parenteses: (a evolução do homem não está ligado a evolução da maquina, essa evolução apenas mostra o quão fora dos parâmetros de valor o ser humano se encontra.).

Nunão

Ótima ponderação, Brigadeiro de chocolate, no sentido pacifista / humanista / prioridades educativas etc da coisa.

Mas, pensando um pouco mais simplesmente como o pouco educado mas sábio Garrincha, falta só combinar com o resto do mundo.

Mendes

Brigadeiro, mandou bem.
Concordo em gênero e grau porem como falou Nunão não combina com o nosso mundo.

Vassily Zaitsev

É, o Super Tucano é tão bom que até Empresa Mercenária Água Negra comprou. Acho que foi para o Iraque, héin???????????????

Mas, como subiu de valor esse S.T., no início o valor unitário girava em torno de 5 milhões de verdinhas, e já saltou para mais de 11 milhões de dolletas.

Acho que os políticos de lá fizeram “Mestrado” por aqui.

Iuri Korolev

Caro Manfred Von Richthofen

Concordo com seus apartes sobre o SuperTucano.

Com relação ao Aerococus, outro dia no programa do Jô Soares, vi uma manifestação dessa bactéria(cocus são bactérias, não virus).
Arlindo Cruz, grande compositor de sambas carioca mostrou uma foto dele dos anos 70 como aluno da AFA.
Ele demonstrou uma grande frustação de não ter sido piloto e gostar mais disso do que samba …

Sds
Iuri

Herik

“A ciência na aviação acabou quando o homem viu o avião como um lançador de bombas.” Penso o contrário. A ciência na aviação teve um enorme desenvolvimento quando passou a ser utilizada para fins militares. Houve melhoramentos na fuselagem dos aviões, o advento dos radares, o desenvolvimento de propulsores a jato, aviônicos, enfim, progressos que hoje são empregados em diversos ramos, incluindo atividades civil e de pesquisas. Como seria o transporte aéreo em massa, por exemplo, se ainda usássemos apenas motores a pistão? O aperfeiçoamento da aerodinâmica e dos propulsores permitiram o lançamentos de telescópios para pesquisas espaciais, como também… Read more »

Nunão

Vassili, o valor do Super Tucano varia bastante conforme o “recheio” que o cliente escolhe. Versões mais básicas, voltadas para o treinamento avançado / operacional, são menos “recheadas” de sistemas sofisticados do que as versões mais guerreiras.

Não que isso elimine a questão do “recheio” de algumas carteiras, como você coloca.

Nunão

Mauro, sem esquecer que o saudoso Mussum também serviu na FAB…

Mauricio R.

“…STUCANO podia desenvolver dois perfis que (creio) ainda não tem, o de anti-carro, operando misseis guiados por fibra otica e uma arma de cano de maior calibre (se possível) e…” Nossa até o BGM-71 TOW que tem “wire” no nome, já ganhou uma versão “wireless”, sem mencionar Hellfire II, Spike e Javelin. Esquece esse negócio de fibra ótica e de “wire”, hoje até armas ATGW são fire-and-forget! Então essa pretendida versão antí-tanque, vai ter sérios problemas p/ sobreviver frente a um ambiente de defesa aérea minimamente sofisticado, pois a plataforma não tem desempenho p/ se evadir de SAM. Alem do… Read more »

Hornet

Vixi! Até o Mussa! Fico aqui imagindando ele liderando uma esquadrilha de caça: Pinguis rapaziada! Só no forévis!!!rs.

abraços a todos

marujo

Na mosca, Nunão, o comentário sobre políticos daqui e alhures.

Wilson Johann

Não entendo o “porquê” dos entendidos em educação e com formação em ciências humanas virem dar palpites entre os entendidos em assuntos de defesa. Vão cuidar da educação, pô! E nós da defesa vamos garantir que vocês possam estudar com tranqüilidade, tá certo?
Só podia ser Brigadeiro… de chocolate mesmo!

Abraços a todos!!

Fábio Max

8 Super Tucanos podem parecer pouco no Brasil, mas representam empregos e a continuidade de programas de atualização de seus softwares, componentes, aerodinâmica, etc… ou seja, representam um passo na manutenção da pesquisa industrial em que eles se inserem. É bom para o Brasil, porque torna o avião conhecido e possibilita mais vendas no mercado internacional. É bom para a República Dominicana, que adquire um vetor compatível com suas necessidades, por preço atraente. Querer um mundo sem guerras e combates, todos queremos. Que a educação deve ser a prioridade das nações, acho que também é unanimidade, mas no mundo em… Read more »

Nunão

Hornet, que eu saiba o Mussum não voava nãozis.

Não sei se era da turma da graxis ou dos pésis com panis. Também não lembro se chegou a sargentis. Vale uma pesquisis.

cesar

mauricio r, concordo c/ vc qdo afirma “esqueça td q é wire”. porém discordo qdo afirma q o tucanão ñ deve ser utilizado como plataforma anti-carro. provavelmente teria problemas sim em um TO recheado de SAM, mas penso q os helis de ataque tb sofreriam. ante a desvantagem de ñ poder realizar vôo pairado,camuflar-se abaixo da copa das árvores etc, podemos contrapor a velocidade do super tucano. penso q o ideal seria uma aeronave c/ suíte de EW ativa e passiva completa, observando as dimensões do mesmo e armado c/ algo como o BRIMSTONE por ex., além de designadores de… Read more »

Nunão

Cesar, também concordo que helis de ataque (na função anti-tanque) e os A-29 não sejam excludentes. O ideal que eu saiba é utilizar os A-29 como escoltas dos helis de ataque, além de escoltas para helis em função C-SAR. Ou seja, dando apoio para missões em que os helis são muito melhores opções por suas próprias características (vôo pairado etc) Para o aspecto “limpeza de área” dessas missões ele operaria com bombas burras ou inteligentes, foguetes e metralhadoras. E para o lado “escolta de helicópteros” seria de grande utilidade ter mísseis ar-ar nos A-29, coisa que foi tão malhada na… Read more »

Vassily Zaitsev

Tb gostaria de ver o A-29 armado com mísseis anti-tanque.

Hornet

Nunão,

pesquisemis então!

pinguis!!!rs.

abraços

Hornet

ou melhor, pesquisemis entãozis!rs.

Francisco AMX

Olhando o canopy do SuperTucano, lembrei de um comentário de um cara no youtube, detonando nosso bixinho, dizendo que até o Spitfire é melhor…, fiquei imaginando a Inglaterra, na sua batalha mais vital, de todos os tempos, se ela tivesse, no lugar dos spitfires, alguns SuperTucanos para proteger Londres : ), poderiam ficar voando 4 horas…., não precisariam fazer aquela corrida louca para os caças e decolar, muitos, de plantão dormiam na nacele, embaixo, em cima, nas asas…, os ST perderiam em velocidade, sim, mas de resto….: ) era dar tapa no bêbado!
Abraço
Francisco

Iuri Korolev

Caro Francisco AMX

Pode crer que deve ser algum argentino babaca…
Ô povo para ter inveja de tudo do Brasil.
Mas não saem daqui…

Sds
Iuri

Vassily Zaitsev

Francisco AMX,

Não acho que sejas um “hermano”. O Iuri é cossaco, mora na sibéria e pensa que o AK-47 é a melhor arma do mundo!!!!!!!!

Agora, falando em bêbado, eta bebum bem equipado e destemido. Só não levou a guerra até a casa do Marine por causa de sua estratégia errada. Baseou sua força de bombardeiros basicamente em “táticos”, o que o impedia de atingir alguns pontos essenciais na ilha da rainha. Se ela tivesse caído, os EUA teriam que entrar no conflito mais cedo, e, consequentemente, menos preparado.

Ainda bem que a RAF não arregou.

Iuri Korolev

Tudo bem товарищ Vassily Zaitsev ?
Pois é, e a minha vodka já está acabando …

Abs
Iuri

Vassily Zaitsev

Iuri,

Não entendo cirílico não. Esses negócios aí, são letras ou algum tipo de “ideograma”????????????? Meu teclado nem tem isso.

abraços.

Iuri Korolev

Chamei o amigo de товарищ (algo assim como “taverich”)
que é camarada em russo.
O russo é uma língua muito elegante.

Abs
Iuri

Catavento André

Não é por nada não – sei que tem muita gente apaixonada aqui defendendo seus ideais, mas me expliquem como um avião de “ponta” usa um GPS igual que tem no meu carro? Até o mesmo suporte que tem em espera no segundo acento é igual kkkk. Será que também é alimentado por um acendedor de cigarro???

Abç

Francisco AMX

Gostei do “elegante” Iuri : ) he he

era Argentino o safado! como descobriu? ahuhuahuahu
eu vi o nick dele depois…..
mas não quis falar pq poderia algum ermano não gostar.
Tem Argentino legal! outro dia o Papai Noel me falou que….

Abraço!
Francisco

Francisco AMX

Vassily, pois é se o Goering tivesse feito o que deveria, sem ouvir Hitler, com a balela de que queria um bombardeiro a jato e não o ME-262, e perder tempo com essa estória, atrasando o trunfo alemão…hoje poderiamos estar falando “uma feiz”, : )
Graças a Deus que ele ficou enrolando o Furer!

Abração
Francisco

Hornet

Nossa! Morte ao bastardo!…é proibido falar mal do Tucaninho e do “Titio” Super Tucano…

Tudo bem que comparar o Tucano ao Spitfire até é um pouco aceitável, tendo em vista que o Spitfire é um dos meus preferidos e tal…Digamos assim, a comparação foi um belo elogio que se fez ao Spitfire. rs.

Mas mesmo assim, morte ao bastardo!!!…kkkkkkk

abraços a todos

Marco Antonio

Já que e para “viajar”, imagine os STUCANO “caçando” a noite na batalha da Inglaterra!
ALEMAESCAEMDEMONTY!!!!!!

cesar

pô galera, tá td mundo viajando.
tucanão correndo atrás de HE 111, JU 88, BF 109… rs
acho q têm alguém aí velho como eu.
já lembrei do filme “NIMITZ VOLTA AO INFERNO”. mais alguém lembra disto?
F-14 vs ZERO. faz tempo…

Corsario-DF

Bons comentários Mauro e Nunão.

Agora enquanto o Brigadeiro… Ele está em um céu de chocolate!!!!rsrsrsrssrsrsrsrsrsrs. Seu mundo fantástico e adocicado deve ser uma lindeza de viver, pena que Eva mordeu a maçã…

Sds.

cesar

Nunão,

Concordo c/ vc, escolta de helis de atq, operaçoes C-SAR e saneamento de ZD’S em op heli- transportadas.
Vc já têm alguma info referente a utilização do ST em escolta de C-SAR, FAC ou mesmo em escolta/apoio a operações c/ o EB (CAVEX/BIL)? Já há algum na estudo na FAB ou mesmo doutrina a respeito?

Sds.

Nunão

Cesar, ainda há muito o que ser trabalhado nesse sentido na doutrina referente ao A-29, já que os terceiros ainda estão no processo de completar suas dotações da aeronave. O potencial existe e há a intenção de explorá-lo, mas para criar doutrinas que explorem todo o potencial do vetor é necessário, por um lado, mais tempo e, por outro, mais verbas para mais equipamentos / sistemas / armamentos. Parece que a Colômbia tem andado um pouco mais rápido nesse sentido, mas as necessidades da FAC em obter resultados mais rápidos com o vetor são obviamente maiores, e seus ST têm… Read more »

Luciano Baqueiro

Amigos, um dos maiores males da humanidade é não dar valor a História. Ignorarmos a luta e o sofrimento dos milhões que morreram ou ficaram multilados, além é claro dos entes queridos que sofreram tanto também, é como violarmos seus túmulos, o mínimo que devemos fazer é não deixar isso cair no esquecimento e sobretudo aprendermos c/ seus erros, isso valorizaria o imenso e doloroso sacrifício que fizeram p/ que hoje não estivéssemos em uma colônia nazista cheia de um povo ‘inferior e mestiço’ ( na deturpada visão ariana ) – isto só p/ me ater à 2ª Guerra. Seria… Read more »

Reportagens especiais

Visita ao National Naval Aviation Museum

O Poder Aéreo esteve no National Naval Aviation Museum, o maior museu de aviação naval do mundo, em Pensacola...
- Advertisement -
- Advertisement -