Home Sistemas de Armas Mais fotos do F-5EM em exposição estática, com seu armamento atual e...

Mais fotos do F-5EM em exposição estática, com seu armamento atual e futuro

826
122

Subscribe
Notify of
guest
122 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
12 anos atrás

Porra… apesar das criticas da galera blogueira… eu sou afavor da existencia desse aviao na FAB!! Logico q junto com o F-X2…

No outro post alguns eram a favor da aquisição dos F-16MLU ao inves da modernizacao dos F-5. Mais na Red-Flag nosso F-5 bateram de frente com os F-16 block 50 e os F-15 da USAF. Acredito q contra um F-16MLU, q é considerado inferior ao block 50, nossos F-5 se imponham!! A vantagem dos F-16 chilenos seria o Aim-120 q é superior ao Derby..

gerson
gerson
12 anos atrás

penso que por mais que eu goste dos f5em, comparar com aviões de geraçoes mais novas fica dificil. o f5em naum tem nem fly by wire e é um avião com tecnologia dos anos 60.

Walderson
Walderson
12 anos atrás

gostari de vê-los com o painel aceso, como no post do Rafale.

Wilson Johann
Wilson Johann
12 anos atrás

É isso aí mesmo, Alfredo!
Nosso índice de vitórias foi de 70% contra os aviões da USAF. Dentro das funções que cumpriram, isso foi um excelente resultado. Empregados juntamente com os nossos R-99 faríamos melhor ainda. Então, não devemos nos preocupar por enquanto, nossos F-5s ainda dão conta do recado na arena latinoamericana. E aos que acham que devíamos ter adquirido F-16, lembro que para a FAB conta mais a padronização da frota, e que, no conjunto, o custo-benefício é mais favorável para a FAB aumentando a frota de F-5s do que introduzindo um novo vetor.

Abraços!!!

Wilson Johann
Wilson Johann
12 anos atrás

E, antes que me esqueça: belas fotos dos F-5, nesta matéria e na anterior.

Saudações!!

Galante
Galante
12 anos atrás

Wilson, as fotos do outro post são minhas. Essas, são de autor desconhecido.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Galante,
uma sugestão de um post. Sobre estes exercícios de combate aéreo simulado da FAB nos USA em que nós obtivemos estas fantásticas vitórias contra a mais bem treinada, equipada e experiente força aérea do mundo.
Um abraço meu caro.

RL
RL
12 anos atrás

Eu gosto desses caças. Ao meu ver, realmente não atendem 100% as necessidades de uma força aérea que possuem dimensões continentais como o nosso pais. No entanto, eu não acho que tenha sido tão ruim o investimento em revitalizar os Bicudos. Tendo em vista o carater tecnológico adiquirido, e também a capacidade profissional de nossos engenheiros, a médio e longo prazo isso com certeza irá refletir algum resultado muito positivo. Dentre tantas palhaças que este governo faz, ao menos coisas boas acontecem de vez em quando. A modernização dos F5 foi uma delas. Agora, é fato que precisamos de vetores… Read more »

RL
RL
12 anos atrás

Bosco..gostei da sugestão.]

Galante
Galante
12 anos atrás

Bosco, se a FAB liberar esses dados, a gente faz a materinha. Mas como os dados são sigilosos ou classificados, vai ser difícil fazer isso tão cedo. Lembra que a FAB não permitiu o acompanhamento dos exercícios pela imprensa brasileira?

Wilson Johann
Wilson Johann
12 anos atrás

Mas o DEFESANET divulgou dados relativos de nossas vitórias.

Abraços!

Beto
Beto
12 anos atrás

Alguem sabe quantos F-5 falta a ser modernizados??

Galante
Galante
12 anos atrás

Mauro, sem dúvida nossos pilotos são excelentes e não ficam nada a dever aos de outras forças aéreas. Mas a nossa crítica é com relação ao equipamento. Mas para mensurar o desempenho teríamos que ter acesso ao número de sortidas, a kill rate a favor dos F-5M etc. Quanto à modernização do F-5, ela deveria ter ocorrido na década passada. Enquanto a gente voava simuladores de vôo de F-16 e F-15 no início da década de 90 em PCs, que simulavam o funcionamento de radar digital, RWR, ECM, lançamento de mísseis, chaff/flare, os pilotos da FAB nem sonhavam em ter… Read more »

Wilson Johann
Wilson Johann
12 anos atrás

Dados sobre o RED FLAG:

http://www.defesanet.com.br/dn/22AGO08.htm

Abraços!!

Walderson
Walderson
12 anos atrás

Caro Mauro, tem um outro detalhe que vc não falou. A FACh já participou de uma Red Flag com o F-5 T III. Vi numa revista dessas de assuntos militares, mas não me recordo em qual, que os pilotos chilenos surpreenderam os americanos, a ponto de serem muito elogiados. Essa entrevista era com um piloto da FAB, que de retorno dos EUA sentou-se ao lado de um piloto americano, e este relatou a belíssima participação dos F-5 chilecos. Não vejo porque não possa ocorrer isso. Penso que temos excelentes pilotos na FAB, até porque são obrigados a extraírem leite de… Read more »

Cinquini
12 anos atrás

“Tendo em vista o carater tecnológico adiquirido, e também a capacidade profissional de nossos engenheiros, a médio e longo prazo isso com certeza irá refletir algum resultado muito positivo”

Esse é o espírito, uma força aérea nao é composta apenas de aeronaves, precisamos da capacidade de operar os meios e dar a manutenção necessária!

Abração

Cinquini

Cinquini
12 anos atrás

Desculpe, esqueci de citar que o autor do meu “recorte” é o amigo blogueiro RL

Abração

Saulo
Saulo
12 anos atrás

Alguém sab qd esse míssil anti radiação da mectron vai entrar em operação na força?? Será q tem alguma previsão???
Sds

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Pelo que li nos links sugeridos acima não ficou claro a nosso estratosférica superioridade frente a USAF. Pelo meu entendimento tivemos uma performance altamente louvável principalmente levando em consideração nossas limitações. Abatemos um número 40 a 60% maior de aeronaves. Tivemos um alto nível de disponibilidade. Tínhamos a função primária de fornecer escolta aos atacantes (F16 e Gripen). Algumas questões não ficaram claras. Se as operações eram conjuntas, qual foi o nível de suporte dado pelos nossos “aliados”? Qual o apoio dado pelos outros participantes da “coalizão”? Qual era o cenário. Contra quem lutávamos. Era contra a USAF ou ela… Read more »

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Abatermos 40 a 60 % a mais de aeronaves que o tanto de vezes em que fomos abatidos é uma afirmação relativa (derrubamos 16 x e fomos abatidos 10 x) e sem que se tenha um “padrão ouro” em que se basear ou o resultado dos outros participantes não quer dizer absolutamente nada. Os “outros” participantes “podem” ter abatido 300 a 400 % a mais (derrubou 40 X e foi derrubado 10 x).

henrique
henrique
12 anos atrás

alguem poderia me explicar, se o F-5M é superior ao Mirage 2000 podendo utilizar misseis de longo alcance e datalink,, pq o cachaceiro foi compra os mirage, que custaram contando com treinamento e misseis super magic que tem alcance so de 30Km custaram 20milhoes de dolares sendo que um F-5 usado custa 2milhoes mais a medernizaçao de 6,5mi, da 8,5 ou seja teriamos para cada dois mirage teriamos 5 f-5 muito superiores e dai a frota taria totalmente padronizada, e os f-5M vao ate 2020 ja os mirage dos francesinhos vao ate 2015, que logica vcs vem nisso senao a… Read more »

thiago
thiago
12 anos atrás

os f-5br nao tiverao apoio de aeronaves awe/c, só usaram o seu radar
e o derby contra (f-16/f/15e)

Libano
Libano
12 anos atrás

o rafale teve 3×1 de vitória, na ultima red flag, saiu na imprensa francesa, realmente naum tem como se basear, + na cruzex foram muito bem, e eles são exelentes e se comparam muito bem ao f16 mlu tendo em vista q é superior em armamento (BVR) e radar

Baschera
Baschera
12 anos atrás

Thiago,
Na Red Flag 08 os F-5E/M tiveram o apoio de aeronaves Boeing E-3, porém o data-link dos F-5 não estava operacional (p/gardar o segredo da FAB) mas eram monitorados e instruídos via rádio, em lingua inglesa, off course !!

Sds.

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Baschera falou tudo! como já disse em outro post, conversei com um capt. do 14 que me fez confidencias que vou passar para vcs: (tenho as fotos desta visita que fiz, onde posso postar tais fotos??) 1 – Os F-5M faziam escolta, porém, mais recuados, junto com F-15 e F-16, dos grepens e F-16, esta foi, a maioria das missões. 2 – Os F-5M recebiam dados via rádio dos AWCS Sentry, que são muito superiores aos R-99, de outra grandiosidade diria… compensando, de certa forma, o Data-link não utilizado. 3 – Era grande a desvantagem dos F-5M na parte de… Read more »

Vassily Zaitsev
Vassily Zaitsev
12 anos atrás

boas fotos. O MAR entrara em operação quando?????????? Qual o alcance do Derby????? seria algo como 40 KM?????????

Francisco M Xavier,

à respeito do F-5M, concordo plenamente. Só achei exagerado a comparação radar SU-30 contra R-99/Erieye.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

MAR? Será que virá algum dia? O Derby com seus 120 quilos (se tanto) se equivale ao MICA em termos de alcance, sendo + o – 50/60 km contra alvos em aproximação frontal. “Provavelmente” (tem fontes que afirmam e outros que não) possui data-link para melhorar a performance contra alvos distantes manobrando violentamente. E embora não tenha TVC pode puxar 40 G, podendo ser apontado pelo capacete (em “agilidade” perde para o MICA mas ganha do AMRAAM). O AMRAAM “A” já veio com data-link e tinha um alcance em situação ótima de 70/80 km. O AMRAAM AIM-120C5 possui um alcance… Read more »

Alte Kamarov
Alte Kamarov
12 anos atrás

Camarada Moderador, camaradas:

Não sei se já foi publicada uma matéria sobre isto no Blog, ou se alguém já discutiu esse assunto.

E quanto ao Eurofighter? Chegou a ser cojitado para o FX-2? Quais as opiniões dos camaradas sobre este caça?

Bosco
Bosco
12 anos atrás

O F5 é um ótimo avião mas está longe de ser um caça puro sangue. Ele é um treinador avançado bombado. O Mirage 2000, como foi dito, é um caça legítimo. Mas teríamos lucrado mais se a FAB tivesse comprado a versão 5 capaz de operar o MICA. Resumindo: temos um caça leve corajoso, mas fracote, que provavelmente (embora tenha capacidade) não possui nenhum Derby na manga, e mesmo que possuísse não tem fôlego para melhor se posicionar (mesmo que esteja linkado com o R-99), tirando proveito do upgrade feito. Por outro lado temos um caça leve corajoso e valentão… Read more »

Junior
Junior
12 anos atrás

Li, em algum lugar que, o número de AMXs que poderão sofrer uma modernização foi drasticamente reduzido, devido ao estado de algumas células, simplesmente não seria viável o upgrade.
Alguém sabe de alguma coisa nesse sentido?

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Gostei da sua colocação Mauro! no comentário que fiz, quando citei minha fonte: um piloto do 14 (que não foi ao RedFlag) foi mais voltado ao que eles sentiram, as suas experiências e seus temores, pois quem está sentado no canopy são eles, eles colocam as vidas em risco, tanto na paz quanto na guerra, e principalmente nos conflitos que, por ventura, teriam maior potencial nos conturbados dias de hoje. O F-5M é uma bela suíte eletronica e de armas, porém é um caça com sérias limitações de desempenho, se comparado aos vetores mais modernos, que estão ao nosso lado.… Read more »

Nelson Lima
Nelson Lima
12 anos atrás

Entre os viralatistas há muita gente beme informada, mas que teima em desmerecer o F5M só por teimosia. Pirraça infantil mesmo. A diferença entre o mencionado f5 dos anos 60 e o f5m é a mesma entre o Hornet eo Superhornet.Só o nome e a aparência lembram as versões anteriores. o f5 é de 4ªgeração estando apaeanas atrás dos de 4ªgeração e meia:Rafale, Thypoon, família Sukhoy, f16 block50, gripen. O f5 está no mesmo nível tecnológico das versões mais recentes do f15, acreditem. só não possui o mesmo desempenho, é claro.

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Alte Kamarov! Na minha opinião o Typhon é, depois do F-22, o caça mais moderno e capaz da atualidade! para mim seria uma grande escolha, pois é feito e coordenado por 4 países (principalmnete) (Alemanha, Italia, Reino Unido e Espanha… se não me falha a memória : ) e isso seria de grande importância política, pois não me iludo com este papo de transferencia de tecnologia, pelo menos nos dias de hoje, tipo… a EMBRAER vai fazer um caça de 5 geração e cobrar 3x mais do que um F-22…sabemos disso, lembrem do AMX, o negócio é abrir os fontes!),… Read more »

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Ah! o único defeito do Typhoon é não ter TVC…. e na minha opinião eles irão fazer uma versão assim… um dia!

Alte kamarov
Alte kamarov
12 anos atrás

Grato pela referência, Francisco!!!! Lembro da visita do nosso comandande da Força Aérea e do MinDef aos EUA, ocasiao na qual vislumbraram o caça americano, que foi declarado num nível muito acima de nossa realidade. Mas, com relação ao Typhoon, já não me lembrava do Eurofighter ter aparecido em qualquer matéria sobre o assunto.

Paulo Costa
Paulo Costa
12 anos atrás

O F-5m,tem um bom custo beneficio,se olharem por este lado,
ainda usado em varias forças,o que possibilida um bom estoque
de peças,e destes caças mais antigos em uso,é um dos poucos
supersonico,o que aqui na região uma vantagem clara..
O super 530 D,do F-2000,é um missil de guiagem a radar,40/50KM
e com 30KG de cabeça explosiva,se pegar de jeito,não sobra
nem para ejeção,ao contrario de varios por ai com 10,12KG..

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Paulo Costa, sem querer ser incoveniente, vou fazer uma suposição meio rude, mas é só para ilustrar!: vc entragaria a segurança de seu filho, estando numa favela do Rio para um soldado do Pelopes, que é bom soldado e até bem treinado, e que ganha R$ 1.000 por mês (e olhe lá) ou entregaria a mesma segurança para um elemento do SAS ou Delta ou Spetznaz, que ganham em torno de R$ 6.000 por mês – no caso do russo uns 3mil??? lembre-se que seu “filho” está numa zona perigosa! uma guerra! e vc tem dinheiro para pagar o SAS… Read more »

Walderson
Walderson
12 anos atrás

Francisco, Bosco e Mauro,
mandaram muito bem.
Um abraço, amigos.

Francisco,
se possível, passe-me as fotos.
Um abraço.
“walderson@stf.gov.br”
Obrigado.

Walderson
Walderson
12 anos atrás

Francisco,

em se tratando de uma favela no RJ, eu ficaria com o Pelopes. O cara é brasileiro, está acostumado com favelas (se brincar, até mora em uma. Rsrs) e é mala. Não sei se os outros seriam tão malas assim. Além do fato de não conhecerem uma favela e poderem se perder e ficarem por lá. Rsrsrs
Uma brincadeirinha, irmãozinho.
Um abraço. Valeu pela lucidez e coerência dos comentários.

thiago
thiago
12 anos atrás

com tudo isto que foi falado o f-5 abateu varios caças
f-15/f16/m.2000

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Vou passar sim Walderson! elas estão num brinquedinho que comprei, uma filmadora sony-sr11 full-hd, que tira foto de 10mp! só vou ver se estão boas quando baixar…até hoje, acho que faz uns 20 dias que fui ao 14, não baixei as fotos! sou muito relaxado! hauauhau – ah! e obrigado pelo gentil comentário, assim recebemos um “biscoitinho” pelo bom comportamento he he, brincadeirinha..!

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Thiago, vc está simplificando as coisas… não foi bem assim, no caso dos F-15 e F-16, mas foi muito bacana! pode crer, e fiquei muito orgulhoso do nosso “pampa”, tal o esforço! tenho certeza que o nossos pilotos, com vetores avançados, lavariam horror ao inimigo! imaginem-os encaixados no canopy de um Thypoon! com aqueles anti-gs de cair o queixo, voando a 1.300kmh, com supercruise, pronto a disparar de 4 a 6 meteors, e nesta velocidade…, esta é a grande vantagem do typhoon, superior ao F-22, pois um piloto, no typhoon, pode manobrar em alto G por muito mais tempo que… Read more »

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Paulo Costa,
o problema do R530D é que ele é guiado por radar mas é “semi-ativo”, necessitando que o caça lançador fique iluminando o alvo durante todo o tempo até o impacto, não podendo fazer nenhuma manobra para evitar ser contra-atacado. Isto o coloca em grande desvantagem tática frente a um adversário com mísseis do tipo dispare e esqueça, já que em um engajamento frontal permite ao adversário lançar um míssil de “curto alcance” com orientação por calor antes de ser abatido.

Raphael
Raphael
12 anos atrás

O Typhoon superior ao F-22? rsrsrsrs

gaitero
gaitero
12 anos atrás

RsRs mesmo. O Typhoon poderia detecta-lo antes de ser destruido? Ai é que esta a diferença. Com relação ao F-5, bem com toda certeza a versão M nos deu muitas vantagens, se comparado a Argentina por exemplo, mas nada de surpreendente, lembrando que eles voarão até 2018, então ainda ficaramos muitos anos falando destes bixanos. O FX-2 é inevitável não tem mais como fazer a volta, ou é isso ou dar adeus a FAB já em 2020, é claro que estamos falando de coisa séria. O FX terá seu vencedor já em 2009, então falta pouco para sabermos qual será… Read more »

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Eu acho que o Francisco se equivocou com esta afirmativa do Typhoon ser melhor que o F22. O Typhoon é capaz de supercruzeiro em uma configuração limpa ou com 4 AMRAAMs nos compartimentos conformais sob a fuselagem e embora tenha um RCS reduzido não é um “stealth”. O F-22 é supercruzeiro com 8 mísseis ar-ar, o que lhe confere uma maior persistência de combate, além de ter um alto nível de discrição tanto radar quanto IR. Também seu radar AESA é inigualável podendo detectar os caças de 4ºG e 4ºG+ em uma distância 4 x maior que a distância em… Read more »

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Se a FAB tivesse adquirido 36 Mirages e não 12.
Se os Mirages fossem da versão 5.
Se tivéssemos adquiridos junto com os 36 Mirages uns 150 MICAS.
Se tivermos 45 F5M.
Se nossos F5M fossem armados com Python III, IV, Derbys, MAR e LGBs.
Se estes mísseis tivessem sido adquiridos em quantidade suficiente.
Se tivéssemos pelo menos uns 40 AMX modernizados.
Se fossem armados com Python III, mísseis Gabriel, LGB e MAR.
Se tivéssemos este mísseis em quantidade suficiente.
Se tivéssemos uns 100 A-29
Se….

BVR
BVR
12 anos atrás

Bosco,
Cê tá estressando ???!?????….
Sds aos amigos.

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Amigos, leiam melhor meu post, falei que o Typhoon é superior em manobras em supercruise, mais tempo disponível para manobrar! o pessoal desenvolveu um macacão anti-g de grande capacidade, que faz com que o thyponn permaneça em manobras com alto grau de Gs, (e isto esá comprovado, tanto que este macacão anti-g já existe, e se existe é pq o avião é capaz de sustentar tais envelopes) e além disso o Typoon pode lançar armas a velocidades muito altas… o F-22 ainda não demonstrou este poder! mas para por aí! se vcs leram meu post,(16/10) ao qual dou humilde informação… Read more »

Francisco M. Xavier
Francisco M. Xavier
12 anos atrás

Bosco, concordo contigo sobre as capacidades (ainda teóricas) do F-22, pois os únicos caças de superioridade com batismo de fogo, digamos mais equilibrados entre lados opostos, são os F-16, F-15, Mirages, Migs, devo ter esquecido de alguém… mas definitivamente não estão o F-22, o Typhoon, o Rafale, lembrem-se…combate mais equilibrado! nada de Iraque e Afeganistão! (Ah uma dúvida minha o F-22 está operando nestes teatros??? me toque disso agora!) Mas, Bosco, vou comentar uma coisa sobre os “mísseis acrobáticos” que vc fala: Leve em consideração que os mísseis high-end, levam menos TNT, (não existe mágica: maior alcance, tamnaho reduzido, mais… Read more »