terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

Especialista aponta “licitação dirigida” no FX-2

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A corte que os franceses têm feito ao Brasil pode ainda ajudar o caça Rafale, da fabricante francesa Dassault, a ser o vencedor do programa FX-2, que escolherá o novo caça da Força Aérea Brasileira. O Rafale é finalista da concorrência ao lado do sueco Gripen (SAAB) e do norte-americano F-18 Super Hornet (Boeing).

Para Rudzit [assessor do ministro da Defesa entre 2001 e 2002, quando a pasta era comandada por Geraldo Quintão], as presenças do F-18 e do Gripen –caça que tem tecnologia norte-americana– na lista final é “estranha”, por conta da histórica relutância de Washington em transferir tecnologia.

“Ou os americanos mudaram muito, e aí é mais um erro a gente se aproximar da França, ou esta é uma licitação dirigida”, critica.

Outro ponto do acordo em gestão com Paris incluirá também a fabricação de helicópteros EC-725, da francesa Eurocopter, na fábrica da Helibras, subsidiária da companhia européia, em Itajubá (MG). A idéia do governo é comprar 50 aeronaves para as Forças Armadas a partir de 2010.

“Para um país de dimensões continentais, eu acho que equipamentos americanos e russos seriam mais adequados”, disse Rudzit.

Procurado pela Reuters, o Ministério da Defesa não estava imediatamente disponível para comentar as críticas dos analistas.

Fonte: Reuters Brasil

- Advertisement -

79 Comments

Subscribe
Notify of
guest
79 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
joao

50 aeronaves para as Forças Armadas a partir de 2010???? Porque tao rapido??? Desse jeito,la por 2035 ja terao chegado os 50 helis.

C.Queiroz

Caro amigos, o que este Sr. Rudzit está comentando é no mínimo descabida, pois falado explicitamente que não haverá licitação para a compra de materiais de defesa(Principalmente no caso do FX-2) e sim uma compra direta onde o pais que melhor oferecer mecanismos e tecnologias para capacitação aeroespacial e tecnologicas será o escolhido(neste caso como foi informado por Colegas aqui, entram questões técnicas e também politcas, por isso com todo o respeito ao Sr. Rudzit o que o mesmo diz não cabe a esta compra.

Wilson Johann

Exatamente, caro C. Queiroz,

A FAB já esperou demais por essse programa, portanto, vamos deixar a FAB escolher técnica e politicamente o avião que ela desejar. Críticas virão de todos os lados, não importando qual o avião escolhido. O que importa é que, com qualquer um deles, seja por critérios técnicos ou políticos, teremos um excelente avião de combate para os próximos trinta anos. E se tudo esta indo bem para o lado dos franceses com o Rafale, que seja, tecnicamente ele não perde em nada para nenhum dos outros.

Abraços!!!

welington

Enquanto isso a Sukhoi ja esta com os testes de voo do 2º prototipo do SU-35BM
o Brasil perdeu essa grande oportunidade de alavancar a nosssa industria naçional com o 2º melhor caça do mundo ficando atras do
F-22 que é de geração diferente!
vejam a materia no sukhoi tribute.
http://sukhoitribute.blogspot.com/

C.Queiroz

corrigindoÇ

Caros amigos, o que este Sr. Rudzit está comentando é no mínimo descabida, pois foi falado explicitamente que não haverá licitação para a compra de materiais de defesa(Principalmente no caso do FX-2) e sim uma compra direta onde o pais que melhor oferecer mecanismos e tecnologias para capacitação aeroespacial será o escolhido(neste caso como foi informado por Colegas aqui, entram questões técnicas e também politicas), por isso com todo o respeito ao Sr. Rudzit o que o mesmo diz não cabe a esta questão.

KungFusion

Por acaso ele quiz dizer que está digirida para o Super Hornet?
Está meio confuso…

Roberto

Não Sr. KungFusion, ele diz que esta dirigida para o Rafale… e que a presença do F18 e Gripen é estranha exatamente porque os Eua não transferem tecnologia, que é o desejo do MD.

Direto do Céu Azul

Esse papo de transferência é muito dificil de interpretar.
Porque?
Por que a FAB especificou 10 tecnologias que ela quer e certamente não é nenhuma para fabricar o caça aqui no Brasil, mas continuo lendo em Blogs e fóruns que as pessoas continuam acreditando que os caças serão construidos no Brasil e que eles vão passar todos os segredos para nós.
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Nem os Franceses nem os Americanos farão isso. Apenas as 10 que a FAB especificou e só.

Mas não adianta muito falar isso, pq parece que muitos não querem entender ou enxergar o óbvio.

RL

Sinceramente?!!

Eu já não sei de mais nada.
A cada dia, a cada hora, aparecem novas noticias disso, daquilo.
Muda-se aqui, posterga-se ali, libera aqui, freia-se ali.

Bom, uma coisa não podemos negar.
Esta bem a cara do Brasil mesmo.

Apesar de minha critica, vou continuar acreditando. Pensar positivo mesmo em meio a tantas águas turvas.

Abraços.

Fernandes

Alguém sabe informar se existe alguma tabela comparativa das especificações técnicas (raio de ação, potência, carga bélica, etc) dos três caças.

Abraços

Roberto

Fernandes, abaixo segue um link com uma tabela do Military Power Brasil com uma tabela, espero que ajude.

http://www.militarypower.com.br/projeto%20fx.htm

Abraços

Daniel

Estes “EX-assessores” são mesmo ótimos.
Quando estão no poder trabalham para determinados grupos ou têm seus interesses atendidos e ficam quitinhos. Quando ficam de fora, “acham” tudo muito estranho.
Tem uma frase de mafioso que define “maracutaia”: É todo aquele bom negócio que todo mundo ganhou dinheiro e VOCÊ ficou de fora.

Hornet

Mas que ralhos de “especialista” é esse que nem sequer se deu conta que não vai ter licitação nenhuma pra ser “dirigida” pra França ou pro Butão? A compra vai ser direta, sem licitação nenhuma. Só se for especialista em assuntos inúteis, tipo o “Derico” do Jô Soares. Acho “interessante” (pra não dizer palavrão aqui) o que a “imprensa” (a imprensa PIG) faz com o leitor. A manchete da Reuters, reproduzida em vários jornais e informativos da net, é: “Acordo militar com França é equivocado, dizem analistas”. Pergunta número um: Quais “analistas”? A matéria só se refere às palavras de… Read more »

Baschera

Colegas, Não é só passageiros com mala de roupas que tem chegado em Brasília. Chegaram muitos com malas de $$$$$$$ também. Mas em que país vcs penssam que estão ??? Esqueceram do caso SIVAM, da espionagem e suborno ??? Mas não se preocupem muito. Existe uma boa chance de tudo ser postergado, como aliás, já estão fazendo, sem alarde. Se esta tal crise financeira derrubar mais alguns dominós…… Li em outros blogs (estrangeiros)os primeiros efeitos. “Lo que en un principio pareció ser una turbulencia financiera, ahora se ha convertido en una tormenta que tardará un buen tiempo en desaparecer no… Read more »

Nunão

Que cafusão esses analista… Como diria o Didi Mocó, sabe tuuudo.

Hornet

Nunão, vc resumiu bem a coisa toda: sabe tuuudo! Ô psiti!!!!rs.

abraços

joaquim

Resumindo…será o Rafa…

Walderson

Caro Hornet,

eu pessoalmente achei o artigo uma M….. Nunca vi um artigo tão vazio. O cara não explica nada. Enfim, pra mim é um desses ASPONE (ASsessor de P…. NEnhuma).

Sds.

Hornet

Caro Walderson,

acabei comentando seu post no Blog Naval…mas Aspone é uma definição que cabe ao nosso “querido” Rudzik, mas AAA (Assessor para assuntos aleatórios) também caberia…O Jô Soares até podia contratar o cabra pro lugar do Derico, não é?…rs.rs.rs.

um forte abraço

Nunão

Duvido Hornet. O cara também ia ter que ser bom saxofonista, e bons saxofonistas normalmente falam besteira com bastante propriedade, não é pra qualquer um não…

Wilson Johann

E, pesssoal, lembrem de uma coisa: Na década de oitenta nossa indústria de defesa, que começava a se tornar grande, foi bombardeada pela mídia e por “especialistas”. Lembram? Houve que dissesse que o Brasil estava “fomentando o comércio da morte”. Quando compramos nossas fragatas da Inglaterra, a revista Veja publicou uma matéria mostrando cálculos do que poderia ser feito com o dinheiro gasto. A matéria dizia que com o preço de uma fragata se construiria 10 mil casas populares. Precisavamos constriuir casas para os pobres e não comprar fragatas. O mundo todo meteu o pau na nossa indústria, que começava… Read more »

Alte Makarov

Algumas consideraçoes para os camaradas: O BRASIL POSSUI UM DOS MAIORES ORÇAMENTOS MILITARES DO MUNDO! Algumas fontes de estatísticas, como o NationMaster, colocam o Brasil dentre os dez maiores orçamentos. Agora , sendo assim, porque não estamos entre as dez maiores potências militares, em termos de pessoal, tecnologia, equipamento????? Por que, meus camaradas, os gastos das Forças Armadas Brasileiras se perdem em um verdadeiro BURACO NEGRO DE PAGAMENTOS DE PENSÕES!!!! Num país como o nosso, eu considero este sistema de pensões uma tremeda injustiça com o resto da população. MAs é isso aí, os Generais, Almirantes e Brigadeiros preferem garantir… Read more »

Hornet

Nunão,

é verdade. Esqueci que o Derico, além de AAA, é saxofonista…já não ia dar pé pro Rudzit…rs.rs.rs.

um forte abraço

rodrigo rauta

Esse Sr.Rudzit tem problemas…o cara disse que acha estranha a presenca do F-18 e do Gripen pq possuem tecnologia americana , mas diz que para um pais com dimensões continentais como o Brasil o melhor seria material russo ou AMERICANO…na boa…ele deve usar drogas…
Fora que ele detonou o acordo com a França no Blog Naval….ele realmente usa drogas….

Walderson

Nunão e Hornet,

será que além de falar besteira o cara toca sax?
Rsrsrs…

Um abraço, amigos.

Hornet

Walderson,

acho que não…mas se tocar, não deve ser nenhum John Coltrane…aliás, nem sombra disso…rs.

um forte abraço

Walderson

Boa Nunão e Hornet,

acho que ele iria falar: John quem? Não é a minha área. Sou especialista em DEFESA NACIONAL. Rsrsrsrs.

Um abraço, amigos.

João-Curitiba

O amigos estão sendo injustos com mister Rudzit. Ele naturalmente é um especialista em assuntos de defesa. Apenas precisamos descobrir defesa de que país…..

Hornet

Walderson e João-Curitiba,

Na verdade ele iria dizer: John Who? or, John What?…e isso já seria uma dica sobre qual país ele está defendendo com muita especialidade….rs.rs.rs.

abraços

Luiz Marcelo

O mercado de defesa na América do Sul continuará divido entre as três nações dispostas a oferecer material bélico, Peru e Venezuela comprando equipamentos Russos, Chile e Colômbia comprando equipamentos Americano e o Brasil se servindo da histórica relação com a França. A Argentina não está neste momento interessada em reativar suas forças, acredito que seguirá o Brasil ou até fará parte no futuro de uma estratégia comum. Estas três opções que restaram para o programa FX2 são aparentemente só para fazer número, os Suécos e Americanos não têm chance, não pela qualidade da tecnologia ofertada, nem offset, tranferência de… Read more »

Taer

Concordo plenamente com Luiz Marcelo e tb acredito no Rafale, que seja muito bem vindo!
Sds.

Walderson

Luiz Marcelo,

penso que vc deveria ter falado no lugar do tal “especialista”. Falou de forma simples e direta. Um abraço, amigo.

Felipp Bittencourt Frassetto - Joinville

Se o Gripen ficará “deslocado em nosso ambiente”, então, o mesmo acontecerá com os outros, pois foram projetados para os seus respectivos países. Por que então a África do Sul o comprou (o Gripen)? É um país com características semelhantes às nossas. Não estou entrando na questão de dar preferência a um ou outro, mas, ao que sei, o Super Hornet não pousa em pistas despreparadas, ao passo que o Gripen sim, sendo essa uma de suas principais características (assim como o Sukhoi), além de todo aquele papo de manutenção facilitada em campo, pouca exigência de apoio, etc. Ou seja,… Read more »

Jorge

Provocação de leigo: ::::: OPÇÃO UM ::::: Enfiamos o “rabo” entre as pernas e paramos com esse discurso anti-USA. Viva o Hip-Hop, Jazz, Blues, Coca, Pepsi, Reggae??, Bip-Bop, Rock, etc. Qualquer inimigo mais forte chamamos a “cavalaria” e como bons “cornos mansos”, ops. digo, maridos liberais, não vamos nos incomodar com incursões noturnas nas nossas ausências! 🙁 Fica assim então: SUPERHORNET (FX-2): 18 F-18E + 6 F-18F (é o que o vai dar para comprar); HORNET (by FMS) 64 F-18C + 16 F-18D (substitui os F-5EM, A-1 e A-4); ::::: OPÇÃO DOIS ::::: Como não somos nós que escolhemos os… Read more »

Edmar

Para mim o “Dassault Rafale” será o ganhador, o “Saab Gripen NG” o quase, e o “Boing F-18” nem será lembrado.
Só que agora falando sério, com certesa para o Brasil será melhor mesmo o “Dassault Rafale” ou o “Saab Gripen NG” por serem mais rápidos e ligeiramente melhores que os “Boing F-18”.

Leonardo Corrêa

eSSA DISCUSÃO É MUITO IMPORTANTE E SALUTAR E ACHO QUE TODOS ESTÃO CERTOS, POIS ESE PROJETO PODE TENDER PRA CADA UMA DESSAS VERTENTES.
PROPONHO QUE TODOS VCS. E TODOS QUE SE INTERESSAM PELO PROJETO FX-2, FAÇAM UMA CAMPANHA PARA MOSTRAR O QUE O “POVO” PENSA A RESPEITO E O QUE DESEJAMOS PARA O NOSSO PAÍS.
EU SOU A FAVOR SO SUKOI-35 FLANKER OU O SEU MODELO MAIS ATUAL.
vAMOS GENTE TEMOS QUE MANDAR ALGO PRO MINISTÉRIO DA DEFESA E MOSTRAR O DESEJO DE TERMOS O MELHOR.
OBRIGADO PELO ESPAÇO

LEONARDO

Allexandre

Caros Amigos.

Esta disputa esta dirigida pois os critérios técnicos não foram levados em conta, senão o melhor da disputa não teria sido descartado o SU-35.

Yurgen Haltz von Vienna

O Ministério da Defesa brasileiro acaba de aceitar reavaliar o SU35, após pedido formal do presidente russo, feito quando da sua visita oficial ao país, que teve além da presença do embaixador da Federação da Rússia, Vladimir Lvovitch Tyurdenev, também de uma completa delegação da Rosoboronexport, que veio especialmente de Moscou para tratar da reavaliação do Sukhoi Su-35 pela FAB, dentro do Projeto FX2.5. Tirando-se a imposição americana para o F18, além da francesa para o Rafale, o única aeronave de combate apresentada que cumpre todos os requisitos operacionais estabelecidos pela Força Aérea Brasileira é incontestavelmente o S35, necessitando somente… Read more »

Luis Alberto

O GRIPEN NG é um caça desenhado especialmente para as condições brasileiras e atende a todos os requisitos exigidos pela FAB. Tem maior autonomia que o Rafale e o Super Honet e é o único dos três capaz de fazer vôos em regime super-cruzeiro (velocidade acima da vel. do som sem uso de pós-combustor)o que constitue excepcional vantagem tática. É o mais barato dos três e seu custo de ciclo de vida e hora de vôo é menos da metade do Rafale e do F-18E/F. Os suecos são, pelo seu histórico junto ao Brasil, confiáveis e sérios, cumprido tudo o… Read more »

joao

50 aeronaves para as Forças Armadas a partir de 2010???? Porque tao rapido??? Desse jeito,la por 2035 ja terao chegado os 50 helis.

C.Queiroz

Caro amigos, o que este Sr. Rudzit está comentando é no mínimo descabida, pois falado explicitamente que não haverá licitação para a compra de materiais de defesa(Principalmente no caso do FX-2) e sim uma compra direta onde o pais que melhor oferecer mecanismos e tecnologias para capacitação aeroespacial e tecnologicas será o escolhido(neste caso como foi informado por Colegas aqui, entram questões técnicas e também politcas, por isso com todo o respeito ao Sr. Rudzit o que o mesmo diz não cabe a esta compra.

Wilson Johann

Exatamente, caro C. Queiroz,

A FAB já esperou demais por essse programa, portanto, vamos deixar a FAB escolher técnica e politicamente o avião que ela desejar. Críticas virão de todos os lados, não importando qual o avião escolhido. O que importa é que, com qualquer um deles, seja por critérios técnicos ou políticos, teremos um excelente avião de combate para os próximos trinta anos. E se tudo esta indo bem para o lado dos franceses com o Rafale, que seja, tecnicamente ele não perde em nada para nenhum dos outros.

Abraços!!!

welington

Enquanto isso a Sukhoi ja esta com os testes de voo do 2º prototipo do SU-35BM
o Brasil perdeu essa grande oportunidade de alavancar a nosssa industria naçional com o 2º melhor caça do mundo ficando atras do
F-22 que é de geração diferente!
vejam a materia no sukhoi tribute.
http://sukhoitribute.blogspot.com/

C.Queiroz

corrigindoÇ

Caros amigos, o que este Sr. Rudzit está comentando é no mínimo descabida, pois foi falado explicitamente que não haverá licitação para a compra de materiais de defesa(Principalmente no caso do FX-2) e sim uma compra direta onde o pais que melhor oferecer mecanismos e tecnologias para capacitação aeroespacial será o escolhido(neste caso como foi informado por Colegas aqui, entram questões técnicas e também politicas), por isso com todo o respeito ao Sr. Rudzit o que o mesmo diz não cabe a esta questão.

KungFusion

Por acaso ele quiz dizer que está digirida para o Super Hornet?
Está meio confuso…

Roberto

Não Sr. KungFusion, ele diz que esta dirigida para o Rafale… e que a presença do F18 e Gripen é estranha exatamente porque os Eua não transferem tecnologia, que é o desejo do MD.

Direto do Céu Azul

Esse papo de transferência é muito dificil de interpretar.
Porque?
Por que a FAB especificou 10 tecnologias que ela quer e certamente não é nenhuma para fabricar o caça aqui no Brasil, mas continuo lendo em Blogs e fóruns que as pessoas continuam acreditando que os caças serão construidos no Brasil e que eles vão passar todos os segredos para nós.
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Nem os Franceses nem os Americanos farão isso. Apenas as 10 que a FAB especificou e só.

Mas não adianta muito falar isso, pq parece que muitos não querem entender ou enxergar o óbvio.

RL

Sinceramente?!!

Eu já não sei de mais nada.
A cada dia, a cada hora, aparecem novas noticias disso, daquilo.
Muda-se aqui, posterga-se ali, libera aqui, freia-se ali.

Bom, uma coisa não podemos negar.
Esta bem a cara do Brasil mesmo.

Apesar de minha critica, vou continuar acreditando. Pensar positivo mesmo em meio a tantas águas turvas.

Abraços.

Fernandes

Alguém sabe informar se existe alguma tabela comparativa das especificações técnicas (raio de ação, potência, carga bélica, etc) dos três caças.

Abraços

Roberto

Fernandes, abaixo segue um link com uma tabela do Military Power Brasil com uma tabela, espero que ajude.

http://www.militarypower.com.br/projeto%20fx.htm

Abraços

Reportagens especiais

Fort Worth Alliance Air Show 2015 – F-22 Raptor

Um amigo uma vez me disse brincando que depois de assistir a uma demonstração do F-22 passou a acreditar...
- Advertisement -
- Advertisement -