Home Sistemas de Armas Coréia do Sul recebe último F-15K

Coréia do Sul recebe último F-15K

1176
46

A Força Aérea da Coréia do Sul recebeu seu último lote de três caças F-15K da Boeing, em 8/10, nos Estados Unidos, encerrando o pacote de 40 aviões da primeira fase do programa FX, que planeja introduzir um total de 120 aeronaves de combate high-end multifunção.

Com essa mais recente adição à Força Aérea, 39 aeronaves F-15K estão disponíveis, uma vez que um aparelho caiu nas águas ao largo de Pohang, a cerca de 320 quilômetros a sudoeste de Seul, durante uma missão noturna, em junho de 2006.

Os três F-15Ks foram entregues ao Esquadrão 122 da 11 ª Ala, baseado em Daegu.
Em 2002, o Boeing F-15K Eagle foi selecionado na primeira fase do projeto FX, num contrato de US$ 4,2 bilhões por 40 aviões. A Coréia do Sul assinou outro contrato com a Boeing de US$ 2,3 bilhões, para a segunda fase do programa FX, para 21 aviões. Os aviões vão ser entregues entre 2010 e 2012.

O F-15K é capaz de realizar missões ar-solo, ar-ar e ar-mar, de dia e de noite, em quaisquer condições meteorológicas. Ele pode levar 23.000 libras de carga útil e pode voar a uma velocidade máxima de Mach 2.3, com um raio operacional de 1.800 quilômetros. Uma única aeronave do tipo custa cerca de US$ 100 milhões.

Seu armamento inclui o míssil ar-terra Boeing SLAM ER, bombas Joint Direct Attack (JDAM), e mísseis ar-ar AIM-9X.
A terceira fase do Programa FX está prevista para começar em 2011, com foco em caças furtivos.

Subscribe
Notify of
guest
46 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nunão
Nunão
11 anos atrás

Passo a passo, a Coréia do Sul vai se reequipando, e muito bem. Capacitou-se para produzir F-16 sob licença, o que levou à capacidade de produzir um ótimo Lift / caça-leve, o T-50. E se equipa com grande quantidade desses meios, substituindo caças antigos, sem descuidar de adquirir os “high-end” F-15. E na marinha também dão show de reequipamento constante. Parabéns pra eles.

Edilson
Edilson
11 anos atrás

Concordo contigo Mauro.
E acho ainda que o F-15 I Talvez seja o melhor caça do ocidente, excluindo-se o raptor é claro.

André
André
11 anos atrás

Alguém saberia me dizer por que o F-15 não foi incluído no F-X2?
Sds a todos!

CorsarioDF
CorsarioDF
11 anos atrás

Concordo com vcs, apesar de adorar os caças russos, no ocidente para mim, só o F-15 é quem manda (sem contar o F-22), sem dúvida alguma uma máquina de guerra formidável. Também gostaria de vê-lo com o cocar da FAB!!! Sonho meu, sonho seu… Enquanto o F/A-18 concordo com o Mauro, o F-15 dá de 10 a 0, apesar de ser também um bom caça. Sds.

Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
11 anos atrás

O F-15 apesar de não ser mais o melhor avião de caça do mundo ainda é um dos meus preferidos só perdendo na minha lista pra o F-14. E apesar de não ser mais o melhor ainda é um caça a ser temido com certeza, eu também preferia um F-15BR com radar AESA ao F/A-18 E/F.

Manfred Von Richthofen
Manfred Von Richthofen
11 anos atrás

André, o F-15 não foi incluído no FX-2 por causa do seu alto preço unitário de US$$ 100 milhões. O engraçado é que o mesmo preço do Rafale e tem gente que ainda sonha que a FAB vai comprar o caça francês…

Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
11 anos atrás

Ja li na revista Asas q foi feito um exercicio entre os F-15 da USAF e os TyphoonII da RAF… onde o Thyphoon surpreendeu 2 F-15 e os abateu com misses Aim-120..

Essa versão do F-15 possui radar AESA?? Pq se nao possuir o F-18E seria melhor em uma situação ar-ar nao???

Walderson
Walderson
11 anos atrás

Caro Manfred,

penso que não procede seu raciocínio, pois o preço divulgado do Rafale é de 77 milhões. Além do mais, penso que o que vai pesar não é o preço em si, mas o que será ofertado em termos de transferência de tecnologia, off-set etc.
Um abraço, amigo.

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Taí uma boa pergunta: por que o Titio Sam não incluiu o F-15 na concorrência do FX-2? Alguém saberia responder isso? Foi pelo preço (muito alto)? Ou porque o Titio Sam acha que um F-15 é muita areia pro caminhãozinho da FAB? Ou porque tem muita coisa (aviônica) no F-15 que os EUA não gostariam de ver voando aqui no Brasil? Nenhuma das alternativas? Enfim, alguém tem a resposta? abraços ps. O F-14 Eagle e o F-14 Tomcat foi uma dupla e tanto. Em termos de design, acho que são os melhores caças já criados no Ocidente na minha opinião.… Read more »

Manfred Von Richthofen
Manfred Von Richthofen
11 anos atrás

Walderson, no perfil do Rafale publicado aqui no Poder Aéreo aparecem as seguintes informações:
O “flyway price” de 2006 era de € 51,8 milhões (cerca de US$ 72,5 milhões) para a versão da Força Aérea, e € 56,6 milhões, para a versão naval.
Nas concorrências de Singapura e Coréia do Sul, o Rafale foi oferecido por US$ 95 milhões.
Em 2006, foi anunciado que a Líbia queria comprar de 13 a 18 Rafales por US$3,4 bilhões, mas o negócio não foi concretizado.

AJS
AJS
11 anos atrás

Creio que como sempre ocorreu, o equipamento de ponta dos EEUU, não figura na lista de possíveis vendas à América do Sul.
Alegam que não querem uma corrida armamentista por aqui.
O Chile, só conseguiu comprar mísseis BVR, depois que a Russia os forneceu ao Peru.

Wagner_ASW
Wagner_ASW
11 anos atrás

Alguém saberia me dizer quanto custa um F-22 e um F-15 ??? Lembram da declaração do Ministro da Defesa quando cogitaram o F-22?? Que este caça era muito caro para o Brasil. (se não me falhe a memória era o F-22 ou F-35, não lembro ao certo). Mas mesmo assim, não seria o F-15 mais barato em comparação ao F-22 ?? Porque se fosse mais barato poderia ter entrado no páreo em contra-proposta ao F-18…

Wagner_ASW
Wagner_ASW
11 anos atrás

Valeu Mauro, Obrigado. Grande abraço.

Walderson
Walderson
11 anos atrás

hornet,

eu ficaria com a segunda e terceira opções. F-15 na América do Sul? Absurdo.

Excel
Excel
11 anos atrás

Toda vez que se fala na Coréia do Sul neste blog (e nos outros sobre a marinha e o exército), parece que eu sou o único a ficar feliz (talvez pelo fato de ser o único coreano por aqui). Apesar das várias notícias sobre a modernização das forçar armadas da Coréia, a Coréia também não tem muito o que festejar pois não importa o quanto invista, estará sempre atrás de seus vizinhos China, Japão e Rússia (e por que não, dos EUA também). A doutrina militar que a Coréia tem hoje não é de se fortalecer para vencer os seus… Read more »

André
André
11 anos atrás

Eu imaginei que a questão fosse o preço, Manfred.
Contudo, como você mesmo postou aqui, o rafale, pelo visto, vai praticamente atingir esse valor do F-15 por unidade. Se formos considerar somente a questão do preço – e não a questão de transferência de tecnologia – o F-15 seria melhor para FAB, na minha modesta opinião, por conta do que falam sobre esse avião.

André
André
11 anos atrás

Muito bom o vídeo, excel.
Salvo engano, numa das demonstrações o avião utilizado me parece ser um F-4 Phantom.

Excel
Excel
11 anos atrás

Caro André,
Você está certo, tem mesmo um F-4 no vídeo. A Coréia tem mais de 100 unidades deste avião e são utilizados basicamente como caças bombardeiros. Se algun navio inimigo se aproximar da costa corena os F-4 irão recepcioná-los com esses “Popeyes”.

Excel
Excel
11 anos atrás

Alías, sobre esses F-4, logo serão retirados de serviço devido à sua idade e serão subtituídos pelos F-15 no papel de caças bombardeiros. No lugar dos F-15 como caças de superioridade aérea deverá ser aberto a nova licitação. Pelo pouco que sei o governo coreano quer um avião de quinta geração mas uma vez que os EUA não vão vender os F-22 (só o F-35, que aliás a Coréia não quer) cogita-se no projeto “FX” para desenvolvimento de um caça coreano (2 turbinas, 2 pilotos, stealth, AESA e tamanho entre o F-15 e o F-16. Hahaha, se a coisa fosse… Read more »

Paulo Taubaté
Paulo Taubaté
11 anos atrás

Passei boa parte do meu tempo lendo sobre os hipotéticos conflitos entre os caças da OTAN e do Pacto de Varsóvia (putz, alguém ainda lembra que isso existiu um dia???) Era o F-15 baseado na Alemanha e na Inglaterra, contra MIGs 21,23,25 e depois, o MIGs 29,31 e o SU-27. Tinha também SU-15. Teve uma época que na banca saía uma coleção nova por semana. E eu olhava o F-14 e o F-15, uns “puta” duns aviões…. E o F-15 tá aí, até hoje. A Coréia tá comprando, Singapura. Bom, concluindo, se é pra comprar o Rafale, a $100 milhas,… Read more »

Alte Makarov
Alte Makarov
11 anos atrás

Algumas consideraçoes para os camaradas: O BRASIL POSSUI UM DOS MAIORES ORÇAMENTOS MILITARES DO MUNDO! Algumas fontes de estatísticas, como o NationMaster, colocam o Brasil dentre os dez maiores orçamentos. Agora , sendo assim, porque não estamos entre as dez maiores potências militares, em termos de pessoal, tecnologia, equipamento????? Por que, meus camaradas, os gastos das Forças Armadas Brasileiras se perdem em um verdadeiro BURACO NEGRO DE PAGAMENTOS DE PENSÕES!!!! Num país como o nosso, eu considero este sistema de pensões uma tremeda injustiça com o resto da população. MAs é isso aí, os Generais, Almirantes e Brigadeiros preferem garantir… Read more »

Wladimir
Wladimir
11 anos atrás

É verdade! O Ministério da Defesa irá receber, este ano, R$ 40 bilhões! Mas 80% disso vão ser destinados a pagamento do pessoal!!! Que absurdo, peloamordedeus!!! E “os novos” F-15 já podem receber o radar AESA, tanto que a USAF vai manter seus F-15E até 2030 e logo-logo irá equipá-los com este sistema, pelo menos foi o que eu li.

R$ 40 bilhões!!!

trackback
11 anos atrás

[…] República de Singapura (RSAF). O F-15SG é uma variante do altamente capaz F-15E, semelhante aos F-15K da Coréia do Sul. O avião é o primeiro de uma encomenda de 24 caças, que serão entregues de 2009 a 2012. O […]

Nunão
Nunão
11 anos atrás

Passo a passo, a Coréia do Sul vai se reequipando, e muito bem. Capacitou-se para produzir F-16 sob licença, o que levou à capacidade de produzir um ótimo Lift / caça-leve, o T-50. E se equipa com grande quantidade desses meios, substituindo caças antigos, sem descuidar de adquirir os “high-end” F-15. E na marinha também dão show de reequipamento constante. Parabéns pra eles.

Edilson
Edilson
11 anos atrás

Concordo contigo Mauro.
E acho ainda que o F-15 I Talvez seja o melhor caça do ocidente, excluindo-se o raptor é claro.

André
André
11 anos atrás

Alguém saberia me dizer por que o F-15 não foi incluído no F-X2?
Sds a todos!

CorsarioDF
CorsarioDF
11 anos atrás

Concordo com vcs, apesar de adorar os caças russos, no ocidente para mim, só o F-15 é quem manda (sem contar o F-22), sem dúvida alguma uma máquina de guerra formidável. Também gostaria de vê-lo com o cocar da FAB!!! Sonho meu, sonho seu… Enquanto o F/A-18 concordo com o Mauro, o F-15 dá de 10 a 0, apesar de ser também um bom caça. Sds.

Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
11 anos atrás

O F-15 apesar de não ser mais o melhor avião de caça do mundo ainda é um dos meus preferidos só perdendo na minha lista pra o F-14. E apesar de não ser mais o melhor ainda é um caça a ser temido com certeza, eu também preferia um F-15BR com radar AESA ao F/A-18 E/F.

Manfred Von Richthofen
Manfred Von Richthofen
11 anos atrás

André, o F-15 não foi incluído no FX-2 por causa do seu alto preço unitário de US$$ 100 milhões. O engraçado é que o mesmo preço do Rafale e tem gente que ainda sonha que a FAB vai comprar o caça francês…

Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
11 anos atrás

Ja li na revista Asas q foi feito um exercicio entre os F-15 da USAF e os TyphoonII da RAF… onde o Thyphoon surpreendeu 2 F-15 e os abateu com misses Aim-120..

Essa versão do F-15 possui radar AESA?? Pq se nao possuir o F-18E seria melhor em uma situação ar-ar nao???

Walderson
Walderson
11 anos atrás

Caro Manfred,

penso que não procede seu raciocínio, pois o preço divulgado do Rafale é de 77 milhões. Além do mais, penso que o que vai pesar não é o preço em si, mas o que será ofertado em termos de transferência de tecnologia, off-set etc.
Um abraço, amigo.

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Taí uma boa pergunta: por que o Titio Sam não incluiu o F-15 na concorrência do FX-2? Alguém saberia responder isso? Foi pelo preço (muito alto)? Ou porque o Titio Sam acha que um F-15 é muita areia pro caminhãozinho da FAB? Ou porque tem muita coisa (aviônica) no F-15 que os EUA não gostariam de ver voando aqui no Brasil? Nenhuma das alternativas? Enfim, alguém tem a resposta? abraços ps. O F-14 Eagle e o F-14 Tomcat foi uma dupla e tanto. Em termos de design, acho que são os melhores caças já criados no Ocidente na minha opinião.… Read more »

Manfred Von Richthofen
Manfred Von Richthofen
11 anos atrás

Walderson, no perfil do Rafale publicado aqui no Poder Aéreo aparecem as seguintes informações:
O “flyway price” de 2006 era de € 51,8 milhões (cerca de US$ 72,5 milhões) para a versão da Força Aérea, e € 56,6 milhões, para a versão naval.
Nas concorrências de Singapura e Coréia do Sul, o Rafale foi oferecido por US$ 95 milhões.
Em 2006, foi anunciado que a Líbia queria comprar de 13 a 18 Rafales por US$3,4 bilhões, mas o negócio não foi concretizado.

AJS
AJS
11 anos atrás

Creio que como sempre ocorreu, o equipamento de ponta dos EEUU, não figura na lista de possíveis vendas à América do Sul.
Alegam que não querem uma corrida armamentista por aqui.
O Chile, só conseguiu comprar mísseis BVR, depois que a Russia os forneceu ao Peru.

Wagner_ASW
Wagner_ASW
11 anos atrás

Alguém saberia me dizer quanto custa um F-22 e um F-15 ??? Lembram da declaração do Ministro da Defesa quando cogitaram o F-22?? Que este caça era muito caro para o Brasil. (se não me falhe a memória era o F-22 ou F-35, não lembro ao certo). Mas mesmo assim, não seria o F-15 mais barato em comparação ao F-22 ?? Porque se fosse mais barato poderia ter entrado no páreo em contra-proposta ao F-18…

Wagner_ASW
Wagner_ASW
11 anos atrás

Valeu Mauro, Obrigado. Grande abraço.

Walderson
Walderson
11 anos atrás

hornet,

eu ficaria com a segunda e terceira opções. F-15 na América do Sul? Absurdo.

Excel
Excel
11 anos atrás

Toda vez que se fala na Coréia do Sul neste blog (e nos outros sobre a marinha e o exército), parece que eu sou o único a ficar feliz (talvez pelo fato de ser o único coreano por aqui). Apesar das várias notícias sobre a modernização das forçar armadas da Coréia, a Coréia também não tem muito o que festejar pois não importa o quanto invista, estará sempre atrás de seus vizinhos China, Japão e Rússia (e por que não, dos EUA também). A doutrina militar que a Coréia tem hoje não é de se fortalecer para vencer os seus… Read more »

André
André
11 anos atrás

Eu imaginei que a questão fosse o preço, Manfred.
Contudo, como você mesmo postou aqui, o rafale, pelo visto, vai praticamente atingir esse valor do F-15 por unidade. Se formos considerar somente a questão do preço – e não a questão de transferência de tecnologia – o F-15 seria melhor para FAB, na minha modesta opinião, por conta do que falam sobre esse avião.

André
André
11 anos atrás

Muito bom o vídeo, excel.
Salvo engano, numa das demonstrações o avião utilizado me parece ser um F-4 Phantom.

Excel
Excel
11 anos atrás

Caro André,
Você está certo, tem mesmo um F-4 no vídeo. A Coréia tem mais de 100 unidades deste avião e são utilizados basicamente como caças bombardeiros. Se algun navio inimigo se aproximar da costa corena os F-4 irão recepcioná-los com esses “Popeyes”.

Excel
Excel
11 anos atrás

Alías, sobre esses F-4, logo serão retirados de serviço devido à sua idade e serão subtituídos pelos F-15 no papel de caças bombardeiros. No lugar dos F-15 como caças de superioridade aérea deverá ser aberto a nova licitação. Pelo pouco que sei o governo coreano quer um avião de quinta geração mas uma vez que os EUA não vão vender os F-22 (só o F-35, que aliás a Coréia não quer) cogita-se no projeto “FX” para desenvolvimento de um caça coreano (2 turbinas, 2 pilotos, stealth, AESA e tamanho entre o F-15 e o F-16. Hahaha, se a coisa fosse… Read more »

Paulo Taubaté
Paulo Taubaté
11 anos atrás

Passei boa parte do meu tempo lendo sobre os hipotéticos conflitos entre os caças da OTAN e do Pacto de Varsóvia (putz, alguém ainda lembra que isso existiu um dia???) Era o F-15 baseado na Alemanha e na Inglaterra, contra MIGs 21,23,25 e depois, o MIGs 29,31 e o SU-27. Tinha também SU-15. Teve uma época que na banca saía uma coleção nova por semana. E eu olhava o F-14 e o F-15, uns “puta” duns aviões…. E o F-15 tá aí, até hoje. A Coréia tá comprando, Singapura. Bom, concluindo, se é pra comprar o Rafale, a $100 milhas,… Read more »

Alte Makarov
Alte Makarov
11 anos atrás

Algumas consideraçoes para os camaradas: O BRASIL POSSUI UM DOS MAIORES ORÇAMENTOS MILITARES DO MUNDO! Algumas fontes de estatísticas, como o NationMaster, colocam o Brasil dentre os dez maiores orçamentos. Agora , sendo assim, porque não estamos entre as dez maiores potências militares, em termos de pessoal, tecnologia, equipamento????? Por que, meus camaradas, os gastos das Forças Armadas Brasileiras se perdem em um verdadeiro BURACO NEGRO DE PAGAMENTOS DE PENSÕES!!!! Num país como o nosso, eu considero este sistema de pensões uma tremeda injustiça com o resto da população. MAs é isso aí, os Generais, Almirantes e Brigadeiros preferem garantir… Read more »

Wladimir
Wladimir
11 anos atrás

É verdade! O Ministério da Defesa irá receber, este ano, R$ 40 bilhões! Mas 80% disso vão ser destinados a pagamento do pessoal!!! Que absurdo, peloamordedeus!!! E “os novos” F-15 já podem receber o radar AESA, tanto que a USAF vai manter seus F-15E até 2030 e logo-logo irá equipá-los com este sistema, pelo menos foi o que eu li.

R$ 40 bilhões!!!

trackback
11 anos atrás

[…] República de Singapura (RSAF). O F-15SG é uma variante do altamente capaz F-15E, semelhante aos F-15K da Coréia do Sul. O avião é o primeiro de uma encomenda de 24 caças, que serão entregues de 2009 a 2012. O […]