Home Perfil :::FINALISTAS DO F-X2: F/A-18E Super Hornet

:::FINALISTAS DO F-X2: F/A-18E Super Hornet

2765
186

vinheta-perfil-aereo Comparar o Super Hornet F/A-18E/F com o Hornet F/A-18C/D, é como comparar o A-29 Super Tucano com o T-27 Tucano. São aviões apenas parecidos exteriormente, mas na verdade, são totalmente diferentes em capacidade e poder de fogo.

O Super Hornet entrou em serviço em 1999 na Marinha dos EUA, para substituir o F-14 Tomcat. Ele opera ao lado dos antigos Hornet.
Em 2007, a Real Força Aérea da Austrália também selecionou o Super Hornet para substituir os F-111.

O F/A-18E/F é uma variante maior e mais avançada do F/A-18C/D. O conceito original do avião surgiu na década de 1980, comercializado pela McDonnell Douglas como Hornet 2000.

Mais tarde, o avião foi oferecido à US Navy para preencher a lacuna produzida pelo cancelamento do avião de ataque stealth A-12 Avenger II e pelo NATF, que seria uma versão navalizada do F-22.

O Super Hornet foi encomendado pela US Navy em 1992, porque precisava também substituir os velhos F-14 Tomcat e complementar os Hornet, até a chegada do F-35.

Parecido, mas nem tanto

A Marinha conservou a designação de F/A-18 para ajudar a vender o programa ao Congresso, passando a idéia de um “derivativo” de baixo risco, embora o Super Hornet seja, na verdade, uma nova aeronave.

Ele é cerca de 20% maior, pesa vazio 3 toneladas a mais e, carregado, seu peso supera em 7 toneladas o do Hornet. Carrega 33% a mais de combustível, com alcance 41% superior e persistência em combate 50% maior.

O mais importante de tudo é que apesar das diferenças de performance, o Hornet e o Super Hornet compartilham muitas características de vôo, incluindo aviônicos, assentos de ejeção, armamentos, software de missão, procedimentos operacionais e de manutenção, barateando os custos.
A capacidade de sobrevivência é uma característica importante no projeto do Super Hornet.

A US Navy resolveu adotar uma abordagem equilibrada no quesito furtividade, não adotando um design totalmente stealth, mas em vez disso, seu design incorpora características stealth, capacidade de guerra eletrônica avançada, reduzida vulnerabilidade balísticas, o emprego de armas stand-off, e o uso de táticas inovadoras.

A seção reta radar do F/A-18E/F foi reduzida consideravelmente em alguns aspectos, principalmente a parte frontal e traseira, através do redesenho das entradas de ar do motor e do emprego de materiais que espalham a radiação para os lados.

Novo radar

Em termos de aviônica, o Super Hornet compartilha 90% dos sistemas do Hornet original, facilitando a manutenção. O grande diferencial porém fica por conta do radar APG-79, introduzido a partir de 2005.

O novo radar APG-79 é do tipo AESA (Electronically Scanned Array), que oferece diversas vantagens para o Super Hornet. Ele permite que as tripulações possam executar simultâneamente ações ar-ar e ar-terra,  e proporciona também maior qualidade de alta resolução no mapeamento de terreno.

O radar AESA também pode detectar alvos muito pequenos, tais como mísseis ar-ar se aproximando e é muito mais discreto que o radar anterior, podendo detectar um avião inimigo muitas vezes sem alertar seu sistema de alerta radar. Ele também pode ser usado para “jammear” radares inimigos.

O Super Hornet, ao contrário do Hornet anterior, pode ser equipado com um sistema de reabastecimento aéreo (ARS) ou “buddy store”, permitindo que ele amplie o alcance de outros caças.

Convertido para REVO, o Super Hornet leva um casulo sob a fuselagem com um reservatório de 1.200 litros e a mangueira, juntamente com quatro tanques externos de 1.800 litros sob as asas, totalizando  13 toneladas de combustível na aeronave.

O Super Hornet tem também a seu favor o fato de ser um projeto maduro, com farta linha logística e experiência de combate. Já foram produzidas mais de 350 aeronaves e ele deverá ser, por muito tempo ainda, o principal vetor da Marinha dos EUA.

186
Deixe um comentário

avatar
186 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
63 Comment authors
FederalchicuRamoelO ‘Super Hornet’ e as gerações de caçasLula Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ozawa
Visitante
Ozawa

CAÇA…, PALAVRAS…, ENCONTRE A FAB:

EF18
RAFALE
SAABGRIPEN

Ozawa
Visitante
Ozawa

CAÇA…, PALAVRAS…, ENCONTRE A FAB:

EF18
RAFALE
SAABGRIPEN

Ozawa
Visitante
Ozawa

CAÇA…, PALAVRAS…, ENCONTRE A FAB:

………….F18
…………RAFALE
……….SAABGRIPEN

Ozawa
Visitante
Ozawa

CAÇA…, PALAVRAS…, ENCONTRE A FAB:

………….F18
…………RAFALE
……….SAABGRIPEN

konner
Visitante
konner

Será isso !?!?

………….F-18
………R-A-FALE
…SAA-B-GRIPEN

konner
Visitante
konner

Será isso !?!?

………….F-18
………R-A-FALE
…SAA-B-GRIPEN

Ozawa
Visitante
Ozawa

É Konner…, vamos ter que aguardar a resposta certa quando vier a última página… Acho que você mais se aproximou…, rsrsrs

Ozawa
Visitante
Ozawa

É Konner…, vamos ter que aguardar a resposta certa quando vier a última página… Acho que você mais se aproximou…, rsrsrs

RL
Visitante
RL

Inegáveis as capacidades, potencialidades, e caracteristícas dessa aéronave. No entanto, para quem chegou atrasado e levar o bolo vai deixar um ponto de interrogação enorme na cabeça de muita gente inclusive na minha. Como que os americanos conseguem essa façanha? Não em levar o pedido, e sim em aplicar a sua mais poderosa arma. PODER DE INFLUENCIA. É sabido que não repassam tecnologia, e mesmo que afirmam que irão passar, é mais conhecido ainda o fato de não ser 100%. Eu tinha como preferido aqui o Sukhoy-35BM como muitos também, e na segunda opção o RAFALE. Más os Hornets eu… Read more »

RL
Visitante
RL

Inegáveis as capacidades, potencialidades, e caracteristícas dessa aéronave. No entanto, para quem chegou atrasado e levar o bolo vai deixar um ponto de interrogação enorme na cabeça de muita gente inclusive na minha. Como que os americanos conseguem essa façanha? Não em levar o pedido, e sim em aplicar a sua mais poderosa arma. PODER DE INFLUENCIA. É sabido que não repassam tecnologia, e mesmo que afirmam que irão passar, é mais conhecido ainda o fato de não ser 100%. Eu tinha como preferido aqui o Sukhoy-35BM como muitos também, e na segunda opção o RAFALE. Más os Hornets eu… Read more »

Alfredo_Araujo
Visitante
Alfredo_Araujo

POO!!! O VFA-3 operava o F-14,nessa epoca eles se chamavam Tomcatters… agora mudaram seu vetor, do F-14, para o F-18.. e continuam se chamando Tomcatters!!! Poderiam mudar para Hornertters!

Alfredo_Araujo
Visitante
Alfredo_Araujo

POO!!! O VFA-3 operava o F-14,nessa epoca eles se chamavam Tomcatters… agora mudaram seu vetor, do F-14, para o F-18.. e continuam se chamando Tomcatters!!! Poderiam mudar para Hornertters!

Alfredo_Araujo
Visitante
Alfredo_Araujo

Po, a galera expert em Photoshop poderia fazer projeções de como ficariam os 3 finalistas com os padrões atuais de camuflagem da FAB!!!

O q acham ??

Alfredo_Araujo
Visitante
Alfredo_Araujo

Po, a galera expert em Photoshop poderia fazer projeções de como ficariam os 3 finalistas com os padrões atuais de camuflagem da FAB!!!

O q acham ??

Jorge
Visitante
Jorge

Pergunta de leigo (Eu!).

Haveria vantagem em vencendo o Hornet F/A-18E, tambem adquirir o F/A-18 C/D para substituir os AMX e os Skyhawk?

Pelo visto o recebimento dos F/A-18E começaria a partir de 2014.

A verba da revitalização dos AMX e A-4, seria utilizada na aquisição de células dos F/A-18C, desde que disponíveis e bem antes do recebimento do “irmão maior”, que viria para substituir os Mirage 2000-C e os F5-EM.

Fala-se muito em padronização e fiquei curioso se termos uma dupla americana (F/A-18C + F/A-18E) seria viável.

Jorge
Visitante
Jorge

Pergunta de leigo (Eu!).

Haveria vantagem em vencendo o Hornet F/A-18E, tambem adquirir o F/A-18 C/D para substituir os AMX e os Skyhawk?

Pelo visto o recebimento dos F/A-18E começaria a partir de 2014.

A verba da revitalização dos AMX e A-4, seria utilizada na aquisição de células dos F/A-18C, desde que disponíveis e bem antes do recebimento do “irmão maior”, que viria para substituir os Mirage 2000-C e os F5-EM.

Fala-se muito em padronização e fiquei curioso se termos uma dupla americana (F/A-18C + F/A-18E) seria viável.

Walderson
Visitante
Walderson

Caro Alfredo,
cuidado com o que vc pede ao Galante e colaboradores. Muitas vezes, o pedido se realiza antes de terminar de pensar. Rs.

RL,
concordo contigo e tb estou de orenha em pé, pois americano é Soda. Dão nó até em pingo d’água. Nós é que fiquemos espertos para não perdermos bons contratos sendo enrolados por eles. Esse é o famoso “cavalo azarão”. Está por último, vem por fora e ganha a parada. Só tenho uma dúvida: ontem o Jornal da Globo anunciou como sendo 52 milhões o preço dele. Acho que deve ser limpo, só a casca, né?
Sds.

Walderson
Visitante
Walderson

Caro Alfredo,
cuidado com o que vc pede ao Galante e colaboradores. Muitas vezes, o pedido se realiza antes de terminar de pensar. Rs.

RL,
concordo contigo e tb estou de orenha em pé, pois americano é Soda. Dão nó até em pingo d’água. Nós é que fiquemos espertos para não perdermos bons contratos sendo enrolados por eles. Esse é o famoso “cavalo azarão”. Está por último, vem por fora e ganha a parada. Só tenho uma dúvida: ontem o Jornal da Globo anunciou como sendo 52 milhões o preço dele. Acho que deve ser limpo, só a casca, né?
Sds.

Roberto
Visitante
Roberto

gente, olhando a 2ª foto de baixo pra cima, não lembra um pouco o AMX ??? (antes de criticarem, ainda não bebi nada hoje, só depois da prova da facu rsrsrsrs) mas falando sério, é um pu.. avião, e se confirmarem a transferência de tecnologia, será fantástico, o que eu acho até provavel, pois na verdade eles repassariam o quê ??? um radar ? gente, eles vão liberar os códigos fontes porque estamos desenvolvendo mísseis com a África do Sul (um pais alinhado à Inglaterra e, logicamente, aos EUA), estamos comprando mísseis e reformando nossos aviões em Israel (outro aliado… Read more »

Roberto
Visitante
Roberto

gente, olhando a 2ª foto de baixo pra cima, não lembra um pouco o AMX ??? (antes de criticarem, ainda não bebi nada hoje, só depois da prova da facu rsrsrsrs) mas falando sério, é um pu.. avião, e se confirmarem a transferência de tecnologia, será fantástico, o que eu acho até provavel, pois na verdade eles repassariam o quê ??? um radar ? gente, eles vão liberar os códigos fontes porque estamos desenvolvendo mísseis com a África do Sul (um pais alinhado à Inglaterra e, logicamente, aos EUA), estamos comprando mísseis e reformando nossos aviões em Israel (outro aliado… Read more »

paulo
Visitante
paulo

Saiu uma noticia no defesanet justamente falando que a colocação do F18 e a saida do SU 35 se deram mais por motivos politicos do que por outra coisa. Segundo a noticia os próprios americanos afirmaram que “não ficariam chateados” com a vitória francesa… Então ninguém está preocupado com custos, como pensei, ou com excelência, mas com o que “os outros querem que tenhamos”. Oras, não é necessário tanto desgaste e “rami-rami” pra escolher algo dessa forma, afinal se não vão transferir a tecnologia no caso dos F 18 e do gripen (americana), se a tecnologia e o custo do… Read more »

paulo
Visitante
paulo

Saiu uma noticia no defesanet justamente falando que a colocação do F18 e a saida do SU 35 se deram mais por motivos politicos do que por outra coisa. Segundo a noticia os próprios americanos afirmaram que “não ficariam chateados” com a vitória francesa… Então ninguém está preocupado com custos, como pensei, ou com excelência, mas com o que “os outros querem que tenhamos”. Oras, não é necessário tanto desgaste e “rami-rami” pra escolher algo dessa forma, afinal se não vão transferir a tecnologia no caso dos F 18 e do gripen (americana), se a tecnologia e o custo do… Read more »

RLobo
Visitante
RLobo

O Super Hornet é um caça fantástico e acredito que os americanos darão os códigos fontes ao Brasil. Podem achar que não… mas o Chaves está fazendo um bem danado ao Brasil comprando armas da Russia.
Gostaria de saber porque o Rafale não ganhou uma concorrencia até agora se é tão bom como dizem!!

RLobo
Visitante
RLobo

O Super Hornet é um caça fantástico e acredito que os americanos darão os códigos fontes ao Brasil. Podem achar que não… mas o Chaves está fazendo um bem danado ao Brasil comprando armas da Russia.
Gostaria de saber porque o Rafale não ganhou uma concorrencia até agora se é tão bom como dizem!!

Roberto
Visitante
Roberto

concordo com o RLobo em “RLobo em 02 out, 2008 às 15:34 “.
mas ao mesmo tempo sei que o sapo barbudo é mais afeito a França do que a Russia, então…

Roberto
Visitante
Roberto

concordo com o RLobo em “RLobo em 02 out, 2008 às 15:34 “.
mas ao mesmo tempo sei que o sapo barbudo é mais afeito a França do que a Russia, então…

André
Visitante
André

120 rafales para FAB e 30 para a MB, Paulo??? Vai sonhando…

André
Visitante
André

120 rafales para FAB e 30 para a MB, Paulo??? Vai sonhando…

tailhhoker
Visitante
tailhhoker

POis é amigo, por que será ?? O custo operacional é CARÍSSIMO. O custo do ciclo de vida, mais ainda.
Concordo também que devemos é torcer para que o Chavez fica cada vez mais louco. é a nossa única chance de vermos algo decente acontecer em termos de aquisição de equipamento militar de ponta. Alimentemos a sandice do Chavez !!!!

tailhhoker
Visitante
tailhhoker

POis é amigo, por que será ?? O custo operacional é CARÍSSIMO. O custo do ciclo de vida, mais ainda.
Concordo também que devemos é torcer para que o Chavez fica cada vez mais louco. é a nossa única chance de vermos algo decente acontecer em termos de aquisição de equipamento militar de ponta. Alimentemos a sandice do Chavez !!!!

konner
Visitante
konner

H U U M M M M M M M M !!!!!!!!!!!!

Os próprios americanos afirmaram que “não ficariam chateados” com a vitória do Rafale … !?!?

O Rafale era o segundo na minha lista mas …, talvez fosse bom olharmos melhor o Gripen … !!!!

Sei não … !!! rsrsrs

konner
Visitante
konner

H U U M M M M M M M M !!!!!!!!!!!!

Os próprios americanos afirmaram que “não ficariam chateados” com a vitória do Rafale … !?!?

O Rafale era o segundo na minha lista mas …, talvez fosse bom olharmos melhor o Gripen … !!!!

Sei não … !!! rsrsrs

marcelo
Visitante
marcelo

por mim a fab teria comprado uns SUKOI 30 MK (pra mim ganha de longe dos f-18 SH )ja taria bom demais ia sair mais barato e teriamos os melhores avioes da america do sul e acabaria com essa embrolio todo…..jogo de cartas marcadas..vai ganhar o rafale….ou entao nao vai ajudar no submarino

marcelo
Visitante
marcelo

por mim a fab teria comprado uns SUKOI 30 MK (pra mim ganha de longe dos f-18 SH )ja taria bom demais ia sair mais barato e teriamos os melhores avioes da america do sul e acabaria com essa embrolio todo…..jogo de cartas marcadas..vai ganhar o rafale….ou entao nao vai ajudar no submarino

Douglas
Visitante
Douglas

Vamos aguardar.
apenas acho que a saída do SU 35 tambem deveu-se ao fato de ser um caça de 4.5 ger. que ainda não está em operação efetivamente. Qual esquadrão usa o SU 35 na versão oferecida à FAB em condição operacional plena? Acho que nenhum. F 18 Rafale e Gripen voam por ai, sendo que o gripen NG está em fase de inicio de produção industrial. Não?

Douglas
Visitante
Douglas

Vamos aguardar.
apenas acho que a saída do SU 35 tambem deveu-se ao fato de ser um caça de 4.5 ger. que ainda não está em operação efetivamente. Qual esquadrão usa o SU 35 na versão oferecida à FAB em condição operacional plena? Acho que nenhum. F 18 Rafale e Gripen voam por ai, sendo que o gripen NG está em fase de inicio de produção industrial. Não?

hms tireless
Visitante
hms tireless

Tomara que dê Super Hornet. O avião é espetacular e seria o mais avançado do continente por muitos anos. Essa questão dos códigos fonte é complicada mas creio que com um pouco mais de persuasão pode ser conseguida sua liberação. Felizmente não ficamos com os russos, certamente teriamos problemas.

hms tireless
Visitante
hms tireless

Tomara que dê Super Hornet. O avião é espetacular e seria o mais avançado do continente por muitos anos. Essa questão dos códigos fonte é complicada mas creio que com um pouco mais de persuasão pode ser conseguida sua liberação. Felizmente não ficamos com os russos, certamente teriamos problemas.

Douglas
Visitante
Douglas

Pelo informado pelo LM no blog naval as restrições americanas a nós estão sendo exageradas pela imprensa especializada daqui. Talvez a Boing, em razão do tamanho do pedido (120) e do aumento da dissuaçaõ de Chaves realmente tenha permissão do DoE para fornecer projetos e códigos. E não se esqueçam, mesmo que as franceses também o façam, todos eles manterão o direito de receber royalties pelas vendas e futuros desenvolvimentos.

Douglas
Visitante
Douglas

Pelo informado pelo LM no blog naval as restrições americanas a nós estão sendo exageradas pela imprensa especializada daqui. Talvez a Boing, em razão do tamanho do pedido (120) e do aumento da dissuaçaõ de Chaves realmente tenha permissão do DoE para fornecer projetos e códigos. E não se esqueçam, mesmo que as franceses também o façam, todos eles manterão o direito de receber royalties pelas vendas e futuros desenvolvimentos.

Douglas
Visitante
Douglas

Mas acho que o Rafale leva. O governo atual é muito distante dos EUA.

Douglas
Visitante
Douglas

Mas acho que o Rafale leva. O governo atual é muito distante dos EUA.

Carlos
Visitante
Carlos

morte ao Lula e Jobim

Carlos
Visitante
Carlos

morte ao Lula e Jobim

LOCO !
Visitante

Se eu fosse o comandante da FAB o Saito eu falava assim:

_Blz vamos comprar o 120 Super Hornet, desde que vcs Iankes nos mandem de grátis os F14 Tomcat que estão no deserto esperando a morte; pra a MB operar no Opalão !

Só louco ?

LOCO !
Visitante

Se eu fosse o comandante da FAB o Saito eu falava assim:

_Blz vamos comprar o 120 Super Hornet, desde que vcs Iankes nos mandem de grátis os F14 Tomcat que estão no deserto esperando a morte; pra a MB operar no Opalão !

Só louco ?

tomas
Visitante
tomas

O Rafale poderá até levar, mas não podemos esquecer que o Super Hornet F-18 é um caça fantástico, testado em combate e com custo operacional menor que o do Rafale. Foi este o motivo que pesou em todas as concorrências em que o Rafale participou e não levou. A Boeing explicitou que diante de um contrato de 120 a 160 unidades, poderiam fazer uma parceria com o Brasil/Embraer para manter uma linha de montagem, evidentemente repassando tecnologia para tal. Há alguns anos Já fizeram o mesmo com os F-16 na Europa. Muitos congressistas americanos e industriais tem criticado abertamente a… Read more »

tomas
Visitante
tomas

O Rafale poderá até levar, mas não podemos esquecer que o Super Hornet F-18 é um caça fantástico, testado em combate e com custo operacional menor que o do Rafale. Foi este o motivo que pesou em todas as concorrências em que o Rafale participou e não levou. A Boeing explicitou que diante de um contrato de 120 a 160 unidades, poderiam fazer uma parceria com o Brasil/Embraer para manter uma linha de montagem, evidentemente repassando tecnologia para tal. Há alguns anos Já fizeram o mesmo com os F-16 na Europa. Muitos congressistas americanos e industriais tem criticado abertamente a… Read more »

Almeida
Visitante
Almeida

Pessoal, é ÓBVIO o interesse norte-americano em liberar algumas migalhas, como os códigos-fonte do F-18 E/F, para não perder ainda mais PRESTÍGIO POLÍTICO na América Latina. O governo Bush foi um desastre neste sentido e o avanço russo e chinês na região é evidente. Como o Brasil sempre esteve na esfera de influência dos EUA e a liderança política e militar na América do Sul está visivelmente saindo das mãos brasileiras para as mãos populistas e neo-socialistas do dito “Socialismo do Século XXI” de Chávez, é mais do que previsível a liberação de tecnologias sensíveis “pero no mucho” ao seu… Read more »

Almeida
Visitante
Almeida

Pessoal, é ÓBVIO o interesse norte-americano em liberar algumas migalhas, como os códigos-fonte do F-18 E/F, para não perder ainda mais PRESTÍGIO POLÍTICO na América Latina. O governo Bush foi um desastre neste sentido e o avanço russo e chinês na região é evidente. Como o Brasil sempre esteve na esfera de influência dos EUA e a liderança política e militar na América do Sul está visivelmente saindo das mãos brasileiras para as mãos populistas e neo-socialistas do dito “Socialismo do Século XXI” de Chávez, é mais do que previsível a liberação de tecnologias sensíveis “pero no mucho” ao seu… Read more »