quinta-feira, maio 6, 2021

Gripen para o Brasil

B-52 realizam missões inopinadas a partir de Guam

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Seis bombardeiros B-52 do 20th Expeditionary Bomb Squadron da USAF, baseados na Ilha de Guam, no Pacífico, realizaram várias missões inopinadas de treinamento em larga escala, na primeira semana de setembro.
As missões repentinas permitiram aos tripulantes praticar vôos além do padrão de duas aeronaves, mantendo ao mesmo tempo a consciência situacional do campo de batalha, operando junto com outras aeronaves.
Durante o treinamento, os bombardeiros voaram mais de 60 horas e simularam o lançamento conjunto de mísseis standoff ar-superfície e de mísseis de cruzeiro contra alvos simulados.

- Advertisement -

17 Comments

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
André

Será que isso já na seria um treinamento para um eventual ataque ao Irã?

Alfredo_Araujo

Axo q nao… uma força com a “atitude” da USAF precisa estar preparada para a ação permanentemente!!
Em 15 anos foram varias intervenções… Iraque, Somalia, Iugoslavia, Kosovo, Afeganistao e o Iraque denovo!!!

Alfredo_Araujo

Notem os 2 F-22 la no fundo da foto.. atrás do E-3 e do kc-135..
Eles operam os F-22 em Guam??? Ou será q tmb estavam em exercicio…

GustavoB

Curioso Alfredo, é um rasante não? À primeira impressão parece montagem.

Vinicius Modolo

é irã…..espero que os S-300 deles estejam funcionando bem viu.

GustavoB

Agora entendi o que vi, é o radar do E3.

Tiago Jeronimo

Os B-52 podem até ser usados para atacar o irã, mas com misseis de cruzeiro, se eles entrarem em território Iraniano nenhum deles volta, se na epóca do vietnã eles já eram abatidos imagina agora, até os Super-Tucanos do Brasil derrubam ele com os MAA-1 Piranha, se os piranha fucionarem neh hehehe. O b-52 não passa de uma plataforma de lançamento hoje em dia, ou de tratores aereos pra derrubar as montanhas do afeganistão com bombas burras.

trackback

[…] Unidos (USAF) iniciou em julho um programa gradual de diminuição da sua frota de bombardeiros B-52. A cada duas semanas, uma aeronave é retirada de serviço e estocada na Base Aérea de Tinker, em […]

André

Será que isso já na seria um treinamento para um eventual ataque ao Irã?

Alfredo_Araujo

Axo q nao… uma força com a “atitude” da USAF precisa estar preparada para a ação permanentemente!!
Em 15 anos foram varias intervenções… Iraque, Somalia, Iugoslavia, Kosovo, Afeganistao e o Iraque denovo!!!

Alfredo_Araujo

Notem os 2 F-22 la no fundo da foto.. atrás do E-3 e do kc-135..
Eles operam os F-22 em Guam??? Ou será q tmb estavam em exercicio…

GustavoB

Curioso Alfredo, é um rasante não? À primeira impressão parece montagem.

Vinicius Modolo

é irã…..espero que os S-300 deles estejam funcionando bem viu.

GustavoB

Agora entendi o que vi, é o radar do E3.

Tiago Jeronimo

Os B-52 podem até ser usados para atacar o irã, mas com misseis de cruzeiro, se eles entrarem em território Iraniano nenhum deles volta, se na epóca do vietnã eles já eram abatidos imagina agora, até os Super-Tucanos do Brasil derrubam ele com os MAA-1 Piranha, se os piranha fucionarem neh hehehe. O b-52 não passa de uma plataforma de lançamento hoje em dia, ou de tratores aereos pra derrubar as montanhas do afeganistão com bombas burras.

trackback

[…] Unidos (USAF) iniciou em julho um programa gradual de diminuição da sua frota de bombardeiros B-52. A cada duas semanas, uma aeronave é retirada de serviço e estocada na Base Aérea de Tinker, em […]

daniele

nao sei o que ta acontecendo mas seu site ta bizarro visualizando no ie, tem certeza que configurou certo? bom pode ser um bug aqui também

Reportagens especiais

Visita ao National Naval Aviation Museum – parte 2

Continuando a visita à parte externa do National Naval Aviation Museum em Pensacola-FL, pudemos fotografar várias aeronaves que marcaram...
- Advertisement -
- Advertisement -