quarta-feira, maio 12, 2021

Gripen para o Brasil

EC 725 Cougar

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Quantos dos 50 helicópteros EC 725 Cougar, prometidos para a FAB, MB e MB, terão algum dos “opcionais” do exemplar da foto? 😉

Previous articleVox populi, vox dei?
Next articleEurofighter Typhoon
- Advertisement -

152 Comments

Subscribe
Notify of
guest
152 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vinicius Modolo

Ou então daquela foto que aparece em todas as revistas…

eu creio que não…

Eles virão com parachoque preto, vidro manual, sem desembaçador traseiro e tampouco com limpador…

vai vir 1.0 mesmo…

É mais lixo

Virão com “para-barro”, “bola de câmbio” com caranguejinho dentro, caverinha pendurada no retrovisor e oncinha que acende os olhos quando se pisa no freio. Como opcional terá um casal de periquitos de plástico, empuleirados, para se afixar no vidro.

Quer mais!?!?!?!

claudio

Sonha!

Alfredo_Araujo

asdhusdahuashud
Falou tudo Vinicius!!! Comparação perfeita!!!

Lembrei da época em q a FAB anunciou a compra dos primeiros S-70 Blackhawk…
Fiquei entusiasmado para comprar a revista q continha os detalhes sobre a versao comprada e tudo mais, pq os Blackhawks tem 4 cabides de armas q podem conter misseis Hellfire e Stinger e ainda possuem uma Minigun em cada lado…

A versão da Fab veio com 4 tanques de combustivel e sem a minigun!!!
Q decepção !!!

Wagner_ASW

Algum dos senhores sabem me dizer como será a divisão das 50 unidades dos Cougar entre a MB, FAB e EB ???

Alfredo_Araujo

Corrigindo… a FAB possui o S-60… S-70 é a versao embarcada q a marinha acabou de adquirir

konner

Minigun dos Black Hawks da FAB.

[ Esquadrão Harpia ]

http://www.youtube.com/watch?v=1FQG4hxt4C0&eurl=http://vootatico.com/?p=383

Claudio Grulla

Mas a FAB possui o Minigun-134 nos seus Hawks.

Melk

Olha é incrivel como tem pessoas da propria Forças Armadas que pensam pequeno, e não adianta falar que é por causa de falta de verba, pensam pequeno mesmo, teem um raciocinio de que “nós não podemos´´ ter meios de combate “realmente de ponta´´ se não deixaremos potencias e hermanos contrariados….façam-me o favor, quando vejo sendo criado uma doutrina de “resistencia´´ pela propria Forças Armadas chego a me arrepiar, vai pensar pequeno assim lá no Iraque…

Jorge Lee

Alfredo, S70 é o nome civil do UH60 blackhawk, portanto S70 ou UH60 se referem à mesma aeronave. S60 é a denominação de um protótipo da Sikorsky da década de 50. O Exército brasileiro em documentos oficiais afirma ter 4 S70A-36 (HM-2), na verdade, é um UH60L de exportação. A FAB afirma ter comprado 6 UH60L, iguais aos do US Army, portanto são as mesmas aeronaves, a diferença entre elas se limitam à opcionais de aviônica. A pergunta senhores, é se o “Super Cougar” será o EC725, ou uma versão incrementada do AS552 Cougar? Lembrando que o Ec725 não tem… Read more »

Zulu

Que é isso…..?

konner

O Brasil vai produzir a mais moderna versão do SuperCougar, helicóptero que pode transportar até 22 pessoas e voar a 300 quilômetros por hora.

http://www.defesanet.com.br/0806bf/003_supercougar.htm

EC725 — camado — “CARACAL” — fotos:

https://i10.photobucket.com/albums/a146/clanrain/EC725Caracal.jpg

https://i10.photobucket.com/albums/a146/clanrain/EC725Caracal2.jpg

Pedro Rocha

Olá senhores! Não existe nada de concreto ainda. O quê eu sei é que foi assinado um memorando de intenção para a aquisição de cinqüenta unidades. Relembro que eu dissera antes: Qualquer fabricante monta instalações no Brasil se tiver uma carteira garantida de cinqüentas encomendas. O que está faltando aos Blackhawk da FAB são as asas conhecidas como ESSS. Os do EB possuem nelas permitem dois tanques extras e (ou) armamentos. Uma pena que a Sikorsky não intensificou seu relacionamento com a Embraer (se não me engano a Embraer fabricava os trens de pouso do S-92 – inclusive os projetou),… Read more »

Pedro Rocha

Em tempo: Li em alguma publicação que os Super Pumas da FAB apresentaram grandes problemas quando operaram na Amazônia. Vendo que o EB está operando normalmente com 4 no Amazonas, tenho curiosidade sobre como é a operação do Super Puma na Amazônia. Parece, não tenho certeza, que a cadeia logistica e fundamental para o Super Puma, ou seja, se faltar um pequeno parafuso ele fica no chão. Já fui grande fã do Super Puma, mas essas estórias dão medo

Pedro Rocha

Lembrei! A Embraer ficou responsável pela carenagem dos trens de pouso principais do S-92. Acho que as turbinas do Super Puma não aguentam climas quentes e grandes altitudes. Caiu um na Bolivia que a Venesuela cedera ao Evo. Tive pena dos tripulantes e revolta por não acontecer algumas horas antes (risos).

Alfredo_Araujo

Vi sim pedro… legal os rotores de calda virados para tras!!

edilson

Senhores em se vonfirmando o Caracal creio que será um bom passo, embora defenda a uniformidade e padronização da força. como já me revoltei anteriormente não vejo o porque ter 5 linhas de produção distitntas dentro das forças armadas. se não fosse o seu custo o Blak hawk poderia ser o Heli padrão memso que em números menores creio que teríamos uma força bem mais adequadas. no entanto o caracal (se for produzido) é sim uma formidável aeronave e nem se compara com os próprios Cougarsdo exército. Só acho uma coisa e sei que vem pedrada ai pois cada criança… Read more »

Direto do Céu Azul

O helo que caiu na Bolivia era um velhaco ja no fim de carreira.

Esse 725 se vier a ser construído como nas fotos, será sim, um bom helicóptero, mas, eu só acredito vendo!

Vinícius

Pelo preço (3,2 bilhões) que foi divulgado tem que ter REVO/FLIR/blindagem/localizador… tem que ter mais que esse modelinho aí… imagine 60 milhões por helicóptero.

Jorge Lee

Konner,
A notícia no defesanet não é conclusiva. Não existe “Super Cougar”, e a capacidade de combatentes em 22, só indica que deverá ser o AS532 Cougar o helicóptero em que se está falando. O EC 725 Caracal (obrigado) leva 29 combatentes!
Eu realmente desejo que seja a nova aeronave, o EC 725, mas não vejo provas concretas disso.

konner

A Helibras chama o EC 725 de “Super Couga”.

http://www.helibras.com.br/detProdutos.asp?codProduto=48&linha=M&area=D

Claudio

Segundo comentários em outros fóruns, o nosso futuro heli não será o EC 725, será isto sim, uma versão tupiniquim do Cougar AS 532, com o diferencial de que a fuselagem usará materiais compostos, portanto mais leves, o que melhora o desempenho. Esta compra só vai sair, porque o Lula tem de fazer um agrado para o pessoal da FIESP, que fez a maior pressão, uma dos seus membros importantes é que vai ser o fornecedor da fuselagem. Será igual a industria de automóveis, vamos pegar o chassi de uma geração anterior colocar uma nova carroceria e vamos dizer para… Read more »

C.Queiroz

Srs. a versão a ser construida no Brasil será realmente a EC-725, chamada aqui de Super Cougar e com muita certeza terá umas 12 células das 50 previstas(que podem ser até mais, pelo discurso do Sr. Ministro da Defesa) com todos os equipamentos necessários para sua utilização como aeronave de missões especiais, neste caso alguns destes seriam: FLIR, Radar, RWR, MAWS, CHAF, FLARE, Datalink, NVG, Armas conteiraveis e Axiais, Guincho externo e possivelmente possibilidade de montagem de sonda de re-abastecimento em vôo(REVO).

Claudio

Eu não teria tantas esperanças sobre a vinda do EC 725. Segundo comentários em outros fóruns, o nosso futuro heli não será o EC 725, será isto sim, uma versão tupiniquim do Cougar AS 532, com o diferencial de que a fuselagem usará materiais compostos, portanto ele será mais leve, o que vai melhorar o desempenho. Esta compra só vai sair, porque o Lula tem de fazer um agrado para o pessoal da FIESP, que fez a maior pressão, já que as industrias envolvidas na fabricação dos componentes são de SP. Será igual a industria de automóveis, vamos pegar o… Read more »

joao

E isso ai,Melk,voce tem razao. No Brasil,infelizmente,nao se pensa pequeno. Se pensa minusculo! Ficam 20,30 anos pensando em helicoptero moderno,mas quando por milagre decidem comprar,so compram em numeros minusculos,e os modelos que chegam com o mais minimo oferecido. Ao passo que tem os projetos no Brasil,esses 50 helicópteros EC 725 Cougar chegarem,vai ser daqui a 20 anos. Armados provavelmente com uma metralhadora 7.62mm na porta,com a desculpa que “sao so para acoes anti-contrabandista”,e que nao queremos ameacar os nossos vizinhos pacificos. Vide a MB com seus “navio patrulhas”. enquanto isso, todo mundo fica comprando MIG-29,Sukhoi-35,MI-35 e tudo de mais moderno.… Read more »

Walderson

Putz,
já vi tudo. O negócio é malhar. Pessoal, muita gente está se esquecendo de ver qual o uso terá o helicóptero. Os helis da FAB “poderão” é diferente de “virão”. As versões compradas eram para SAR. Pela doutrina, eles vêm acompanhados de escolta armada. Fala sério.
Amigo, Konner,
excelentes comentários. Faço minhas suas palavras. Um abraço.
Um abraço a todos.

Marine

Edilson,

concordo com vc, acho a ideia de uma forca conjunta de helicopters uma ideia que vale apena ser no minimo estudada…

edilson

Caro amigo Marine, pessoalmente espero que o programa de reaparelhamento das nossas Forças Armadas considere isso, pois estas necessitam. Nosso país pode melhorar muito os índices de operacionalidade e prontidão, principalmente em tempos de paz onde não se justificariam funções concorrentes entre si, além disso é uma forma e nós precisamos aplicar melhor nosssos recursos. isto poderia se estender à outros sistemas das forças como a logística, saúde, formação e intendência. creio que nossa realidade só pode ser revertida se estes fatores, principalmente a gestão for alterada, do contrário vamos continuar a cometer os mesmos erros históricos. esta é minha… Read more »

Jorge Lee

Bom, para botar aguá no nosso chopp.
Recomendo a leitura a Revista Força Aérea nº 53, lá tem a notícia de que o helicóptero produzido será o AS532 Cougar, o mesmo do EB.
Notícia semelhante vocês encontrarão na revista flap internacional deste mês.
E no site da Helibras, Konner, só informa que o Ec725 é baseado na família Super Puma/Cougar. Não que o EC725 é “Super Cougar”.
E, pelo que parece, foi confirmada a compra de Mi35 para FAB…

edilson

Os Mi-35 serão utilizados na Fab com aeronaves de ataque em apoio e operações COIN, creio que sua função será a deintervenção juntamente com os AT-29, a razão é que a FAB precisa de uma aeronave fortemente armada para poder suprir e apoioar os grupos de comandos destinados a render os criminosos quando estes tiverem pousado. mas… digo mas, pois creio (conspiração minha) que a escolha dos Mi-35 tem origem na velha negociação de troca de carne por equipamentos militares, um compromentimento por parte do nosso gover que previa a compra de helis russos. no entanto ainda sim dou o… Read more »

Alfredo_Araujo

Se nem as policias, civil e militar, trabalham juntas imaginem entao forças do tamanho do exercito, marinha e força aerea…
Axo dificiu essa utilização conjunta dos helis…

konner

Sr. Jorge Lee, O EC725 “Super Cougar”, é uma — evolução — do AS532 Cougar. Se o Senhor ler com calma, neste link — [http://www.helibras.com.br/detProdutos.asp?codProduto=48&linha=M&area=D ], verá que no segundo paragrafo, na parte “B” do paragrafo, dis que: — ” Tem grande volume para carga e acomodações permitindo diversificado lay-out de transporte de tropas para até — “29 combatentes”, além dos 2 pilotos. [ Isto Senhor Jorge Lee, o EC725 “Super”–Cougar. A matéria, — ” Projeto SuperCougar será lançado este mês “, publicada no defesanet.com.br, link [ http://www.defesanet.com.br/0806bf/003_supercougar.htm ] que eu aqui repito: — ” O Brasil vai produzir a… Read more »

Marine

Edilson, com relacao a sua pergunta o USMC possue 3 Divisoes Anfibias e 3 Alas Aereas, quer dizer ele possue seus proprios UH-1, AH-1, CH-46, CH-53 e agora V-22 e tbm seus proprios F/A-18 e Harriers…USMC nao depende da Marinha em nada a nao ser apoio medico e transporte em navios anfibios. Na verdade o USMC e o maior exemplo de forca conjunta no mundo, todas as suas unidades Expedicionarias quer que elas sejam MEUs ou MEFs sao chamadas de MAGTF (Marine Air-Ground Task Force) e todas elas possuem um elemento de combate terrestre (GCE), elemento de combate aereo (ACE),… Read more »

edilson

Muito Obrigao pela gentileza caro Marine. respondeu sim.
A sua explanação ao meu entender, comprova a viabilidade desta proposta. vejamos o que farão nossas autoridades em respeito a isso.
cumprimentos

RL

Galera.
Notícia quentinha ai, do dia 01/09/08.

Nas asas do 725
Sem alarde, a Aeronáutica mudou de idéia em relação ao modelo dos helicópteros que vai encomendar à Helibras, controlada pela francesa Eurocopter. Saem de cena os Super Cougar e entram os 725, de maior porte, mais modernos e uns 30% mais caros. Está se falando de cerca de 4 bilhões de reais por cinqüenta helicópteros que podem transportar quase trinta soldados cada um.

Fonte: http://www.fab.mil.br/portal/capa/index.php?datan=01/09/2008&page=mostra_notimpol

Abraços.

Douglas

Senhores a versão aqui será o EC 725, ao custo de 4 bilhoes as 50 unidades, conforme a última informação da imprensa (revista Veja). O RL já postou aqui a noticia. É um avanço considerando que nossa frota está velha. Por outro lado como eu venho colocando aqui, o EC 725 não é padrão em NENHUMA força armada no mundo, nem na França. Por ser uma repaginação do velho Puma, as FA europeias preferem um projeto mais novo tipo NH 90 e Merlin. O Pedro Rocha lembrou bem, se compramos de prima 50 com possibilidade de numero maior, qualquer helo… Read more »

Andre

Caro Douglas!!

Você esta coberto de razão!!!

Vamos comprar um bom “Heli” ultrapassado!!!HEHE

Por que não montarmos aqui o NH 90?

Sera que os nossos 4 Bilhoes, não tem valor!!!

edilson

Senhor Douglas o Caracal foi desenvolvido para ser a base de uam aeronave Combat SAR da força aérea francesa (ou exército) o projeto teve inicio num requisito da Arábia saudita. como falei não se pode comparar o caracal com o cougar, são duas aeronaves distintas. se pensares numa analogia, se é que é válida e ou equivalente seria o mesmo que comparar o F-16 A/B da déca de 70 com o F-16 I de israel e eo bolck 60. são aeronaves totalmente distintas. e sim o caracal serve aos interesses da FAB Exército e Marinha. Os cougars e os pumas… Read more »

TAER

Gostaria de saber se é veridica uma notícia divulgada ontem (01.09)pela rede de televisão SIC internacional de Portugal, que divulgou a invasão do espaço aéreo paraguayo por dois helicópteros da Força Aérea Brasileira em perseguição a uma aeronave em atitude suspeita de tráfico ou contabando. Vi esta matéria em um telejornal que mostrou uma foto de dois UH-1H da FAB.
Sds.

TAER

Em tempo, contrabando.
Sds

Douglas

Prezado Edilson, Concordo, mas como o Pedro Rocha ponderou, 50 helos mais eventuais compras nos habilitaria a receber a montagem de qualquer outro helo. Porque então escolhemos o mais antigo, que foi preterido em toda a Europa? Só 14 deles operam na França hoje. É a ponderação. É novo, foi atualizado, mas não solto fogos como outros fazem aqui por essa noticia. Será uma melhora, contudo, sou da opinião que com comprometimento de 50 ou mais unidades poderiamos barganhar alguma coisa de desenho mais atual. Os franceses adquiriram 100 NH 90, e também outros 10 países ao redor do mundo.… Read more »

Mauricio R.

Os franceses que em 30 anos de Helibrás, nunca liberaram nada de tecnologia, engabelaram-nos + uma vez!!!
E ainda fazemos a maior festa achando que estaremos recebendo um tremendo produto, mas na verdade estaremos recebendo restos…
Isso que dá, deixar politicos se meterem a adquirir material bélico.

konner

Para, Douglas e Mauricio R.

Se a proposta da França por meio da Helibras, [EC 725], não foia a melhor que recebemos, por favor, me ajudem a recordar!

Qual foi a outra proposta, aínda melhor, que rejeitamos a favor da proposta da França ??

C.Queiroz

Caro amigo Mauro, eu juro que estou tentando compreender o por que de você perder tempo argumentando com o Sr. Douglas, haja visto que o mesmo é extremamente oposiocionista a este governo e tudo de bom que o mesmo possa vir a desenvolver(poucos projetos é verdade) e neste caso específico as suas críticas(Sr. Douglas) o projeto de ampliação da Helibrás vem de um pedido do Sr. Aecio Neves do PSDB, ou seja o Sr. atira em quem quer e acerta quem não gostaria, mas indo mais além o helicoptero sugerido pelo nosso “especialista em negócios internacionais” Sr. Douglas, é na… Read more »

Alexandre Bagatini

Devemos produzir aqui o NH90, este sim é atual, moderno. Este daí é um projeto da décacada de 60. Não possui rampa de carga, e leva o tanque de combustível principal no assoalho da aeronave. Se fosse tão bom, porque a Europa está substituindo-o pelo Merlin e o NH90?

C.Queiroz

Já foi respondido pelo Sr. Mauro o porque de não ser possivel a fabricação do NH-90 aqui, mas completo informando que o mesmo não atenderia o que se tem projetado para os EC-725 aqui no Brasil, quanto a rampa de carga em Heli, ela é interessante mas desnecessária, pois quando se embarca uma viatura razoavel no mesmo esta priva que sua dotação de tropa seja usada, quanto de se utilizar o gancho de carga o mesmo pode transportar uma quantidade de infantes a bordo, quanto ao tanque de combustivel no assoalho do mesmo, vejo que o amigo desconhece o projeto… Read more »

Raimundo

Olha só, a que ponto chegaram as forças armadas argentinas! Segundo o Sr. Mauro: As forças armadas argentinas estão operando na LAMA! Terrível, lamentável, patético! Salvo engano, essa LAMA toda veio da França, não foi ? ========================================================== Uma NOVA abordagem da polêmica SUPER PUMA/COUGAR: —————————————————— Talvez não seja do conhecimento de muitos visitantes desse Blog, mas até bem pouco tempo atrás, uma grande parcela do mercado de helicópteros de transporte usados em operações OFF-SHORE em plataformas de petróleo no litoral brasileiro e principalmente no Mar do Norte era ocupada pelos COUGAR/SUPER PUMA franceses, que só recentemente vêm sendo substituídos por… Read more »

konner

[” C.Queiroz em 01 set, 2008 às 20:08 “]

BRAVO !!! BRAVO !!!!! BRAVO !!!!!!!

Alexandre Bagatini

Devagar vou aprendendo, mas já que vamos gastar algum dinheiro, que seja se possível com o top de linha, pois vcs sabem, até que as coisas aqui no Brasil se concretizem,o tempo já foi.

Mauricio R.

“Ou o amigo acha que com 4 bilhões o Brasil compraria 50 NH-90, montaria aqui uma linha de montagem, conseguiria índices de nacionalização e autorização para negociá-lo com o mercado civil? Use um pouco a sua capacidade de analisar de forma…”

Qual indice de nacionalização??? Nenhum!!!!
Linha de montagem??? Ah, é mesmo os kits CKD virão da França.
Em tempo, a Austrália comprou 46 NH-90 por 2,2 bilhões em dólares australianos, 4 foram fabricados na França, os outros 42 serão montados localmente tal como aqui, ou seja kits CKD.

Reportagens especiais

Avro Canada CF-105 Arrow, um sonho interrompido

Por Luiz Reis*, especial para o Poder Aéreo Na aviação, muitos projetos considerados promissores acabam sendo cancelados, não por causa...
- Advertisement -
- Advertisement -