Home Conflitos em andamento Alerta de possíveis ataques contra a Síria nas próximas 72 horas

Alerta de possíveis ataques contra a Síria nas próximas 72 horas

8178
305
Su-34 russo sobrevoando Tartus hoje com mísseis antinavio Kh-35(Х-35)

SINGAPURA (Reuters) – A agência pan-europeia de controle de tráfego aéreo Eurocontrol alertou nesta terça-feira as companhias aéreas a agir com cautela no leste do Mediterrâneo, devido ao possível lançamento de ataques aéreos na Síria nas próximas 72 horas.

A Eurocontrol afirmou que os mísseis ar-terra e/ou de cruzeiro poderiam ser usados ​​dentro desse período e que havia a possibilidade de interrupção intermitente do equipamento de radionavegação.

O presidente dos EUA, Donald Trump, e aliados ocidentais estão discutindo uma possível ação militar para punir o presidente da Síria, Bashar Assad, por um suspeito ataque com gás venenoso no sábado em uma cidade controlada pelos rebeldes que há muito resistiu contra as forças do governo.

Trump cancelou nesta terça-feira uma viagem planejada para a América Latina no final desta semana para se concentrar em responder ao incidente na Síria, disse a Casa Branca. Na segunda-feira, Trump alertou para uma resposta rápida e contundente quando a responsabilidade pelo ataque na Síria for estabelecida.

A advertência do Eurocontrol em seu site não especificou a origem de qualquer possível ameaça de mísseis.

“Devido ao possível lançamento de ataques aéreos na Síria com mísseis ar-terra e/ou de cruzeiro nas próximas 72 horas, e a possibilidade de interrupção intermitente de equipamentos de navegação de rádio, a devida consideração deve ser levada em consideração ao planejar operações de voo em a área FIR do Mediterrâneo Oriental/Nicósia ”, disse, referindo-se ao espaço aéreo designado.

Controladores de aviação em países como Estados Unidos, Reino Unido, França e Alemanha já emitiram alertas a companhias aéreas que entram no espaço aéreo sírio, mas a declaração do Eurocontrol incluiu uma área mais ampla fora do espaço aéreo controlado por Damasco.

A advertência do Eurocontrol citou um documento da Agência Europeia para a Segurança da Aviação, o regulador de segurança da Europa, cuja cópia não estava imediatamente disponível.

Aviso de exercício de tiro da Marinha Russa na costa da Síria para amanhã, dia 11-4-18

FONTE: Reuters

305 COMMENTS

  1. A guerra na Síria está escalando rápido. Rússia, Turquia, Irã, Israel… dentre outros estão lá. Agora eu estou me lembrado das lições de escatologia que eu tive na Igreja.

    • Com escatologia ou não isto é uma imoralidade. Justamente quando o governo Sírio esta conseguindo vencer os terroristas cortadores de cabeças e destruidores de patrimonio da humanidade, contratados pelos Estados Unidos e aliados europeus para derrubá-lo e dividirem um país soberano e criarem outro que sirva aos seus interesses. A ordem jurídica internacional, se é que existe mais uma vez vai ser jogada no lixo.

      • Infelizmente tá cruel… Mas se tudo fosse igual, só q a Síria fosse aliada americana e não russa, veríamos ordas e ordas de manifestantes pelo mundo queimando a bandeira americana e se rasgando pelo chão em uma esteria frenética.
        Assim como, se fosse aliada americana, talvez nem estaria na TV e não estaríamos sabendo….
        ou não….
        Deveria haver coerência, mas é tudo cinza.

      • Amigo, os tais terroristas que você acha que o governo sírio está atacando são curdos que, inclusive, ajudaram a eliminar o Estado Islâmico (Daesh). O governo sírio está atacando qualquer um que seja contra ele, mas estes não são, todos, “terroristas” como a propaganda sírio-russo-iraniana faz crer, aliás, é até simplista demais pensat que esta colcha de retalhos só tem “terroristas cortadores de cabeça”. Muitos nem são mulçumanos (são cristãos), outros possuem mulheres em suas fileiras que lutam arduamente contra os barbudos do Daesh…. Outro que não quer ver curdo ganhando é a Turquia que, embora ajuda dos EUA na OTAN, persegue os curdos armados pelos EUA…. A coisa é muito difícil e achar que é só “terrorista” é, no mínimo, engraçado

        • Amigo, com o devido respeito, você está equivocado. Os curdos não são inimigos dos sírios. Existe ressentimento pelo fato de uma parte deles estarem apoiando os EUA mas, no geral, a convivência é pacífica. Sheik Massoud é um bairro de curdos, em Aleppo, e nunca foi atacado. Da mesma forma, existem cidades “sírias” a leste do Eufrates, que também têm sido relativamente respeitadas pelos curdos.

          Terroristas são os caras do FSA, HTS, JTS, Al-Nusra e uma infinidade de outras letras. Foram estes terroristas que os sírios enxotaram de Ghouta Oriental. Lá não existem curdos.

          Portanto, a Síria e seus aliados estão, sim, combatendo terroristas, ao contrário de muitos países atolados em hipocrisia.

    • Confesso que há, por enquanto, uma incomoda convergência entre algumas interpretações escatológicas que li anos atrás e a atual realidade, inclusive quanto ao local Síria.
      Mas por enquanto acredito ser mera coincidência.

      • A convergência é em relação ao local e os povos envolvidos nesse conflito.
        Vamos fazer uma contagem:
        Israel está se envolvendo na guerra da Síria;
        Elão (Pérsia/Irã e parte do Afeganistão) está envolvido na guerra da Síria e na guerra do Iemem;
        Assíria (Curdistão) está envolvido nas guerras da Síria e Iraque;
        Damasco (Síria) está em guerra civil;
        Babilônia (Iraque) está em guerra civil;
        Gouge e Magogue (Turquia e/ou Rússia, mas provavelmente apenas Turquia) está/estão envolvido(s) na guerra da Síria;
        Líbano está envolvido através do Hesbolah na guerra da Síria;
        Líbia está em guerra civil;
        Egito está com graves problemas internos e com escaramuças contra o Sudão;
        Sudão com graves problemas internos e com escaramuças contra o Egito.

  2. “para punir o presidente da Síria, Bashar Assad, por um suspeito ataque com gás venenoso no sábado em uma cidade controlada pelos rebeldes”

    Se é apenas suspeição, por que tal ataque punitivo sem antes encontrar o verdadeiro culpado? Difícil de entender.

    • Dá realmente a impressão de ser HOAX, pretexto para a “coalizão” lançar um (contra?)ataque à Síria, convenientemente logo após Trump ter anunciado que desejava retirar tropas americanas de lá…

      Além disso, não consigo acreditar que Assad seja tão amador e imbecil.

      • De onde os investigadores? Os mesmos que disseram que o Iraque tinha armas de destruição em massa ? Não deu para perceber que esta m.. pode descambar em guerra nuclear e todos seremos atingidos ? O mundo realmente é governado pela mediocridade.

      • E de outro lado os EUA bloquearam o pedido da Rússia de colocar investigadores da Organização para a Proibição de Armas Químicas…

  3. A coisa está esquentando rapidamente. A Rússia prometeu revidar qualquer ataque à Síria, mas aparentemente, ao dizer isso, se dirigiu somente aos EUA, porque Israel segue sem ser retaliado.

    • Os Israelenses treinaram num cenario de guerra com o Hezbollah à algumas semanas, onde o Irã e Russia os ataca, o Irã com drones e as forças Quds e os russos com apoio de Aae russa disfarcada de Siria e fazendo ataques cibernéticos apartir de grupos supostamentes independentes mas que na vdd são controlados pela Russia.
      Os Marines tbm participaram num treinamento de guerra urbana com o exercito israelense no mesmo periodo, o que deu a entender que numa proxima guerra EUA e Israel vão lutar lado à lado na proxima guerra.

  4. Vou compartilhar um Twitter de um cara que acompanha a guerra:

    BREAKING: Syrian forces are lifting their military Airbases in Syria. Most of the jets were deployed to russian held Hmneim airbase.

    France deploys Rafale fighter jets to the British air base in Cyprus in preparation of air strikes against Assad in Syria.

    BREAKING: Heavy Russian aircraft flights arround Russian Hmneim airbase in western Syria tonight

    https://mobile.twitter.com/Nidalgazaui/status/983878314262761472?s=19

  5. O ataque vai ocorrer de comum acordo com o Putin. Não se preocupem que a chance de der merda e provocar o holocausto nuclear é zero.

    • Bosco, suas opiniões técnicas são sempre referência aqui, mas daí a dizer que o ataque contra um aliado de Moscou vai ocorrer de comum acordo com Putin é por sua conta.

      • Augusto,
        Israel ataca a Síria e a Rússia não faz nada. A Rússia tolera um certo nível de molestamento ao seu “amigo”, desde que não ultrapasse um certo limite ou que atinja os russos lá instalados.
        Faz parte do jogo. A Síria é só um peão!
        Só pra informar, acho que o Trump tinha que se retirar e não atacar, principalmente por conta de um suposto ataque químico . Eles que se virem! Se foram os próprios rebeldes que liberaram os agentes químicos, se não houve nada de agente químico, ou se foram os russos e sírios mesmo que fizeram só pra que pensassem que não foram eles, rsrssss, eles que se virem.
        Os muçulmanos dizem que amam a morte e quem ama a vida são os fracos ocidentais. E a gente fica aqui discutindo a favor e contra!!!
        98% das mortes no OM é muçulmano matando muçulmano e não tem nada a ver com o Ocidente ou sua sede por petróleo. Deixem esse povo viver do jeito que querem e que fiquem com sua cultura, suas crenças e seus adorados ditadores.

          • Russia tem boas relações com Israel???????????????????

            Só para lembrar a União Soviética(Russia e seus satélites), financiaram os muçulmanos todas as vezes que eles declararam guerra contra Israel.

          • Caro BILL 27

            Aonde tirou isso?

            Guerra do Yom Kippur só acabou porque antiga URSS iria entrar na guerra pro lado dos árabes, isso com as tropas israelenses nas portas do Cairo e de Damasco.

        • Na grande maioria das vezes concordo com você Bosco, mas quanto a essa questão de virar as costas para as atrocidades que estão ocorrendo na Síria, sou diametralmente contra.

          No atual mundo em que vivemos, os ditos países civilizados tem obrigações que extrapolam a proteção apenas a sua população, é mister que esses países impeçam, ou ao menos, tentem impedir violações tão graves aos direitos humanos.

          Apesar do “way of life” muçulmano ser em certos aspectos reprováveis e do fato que grande parte da população apoia seus ditadores, pensemos nas crianças que são as maiores vítimas desses vis ataques químicos.

        • Bosco, eu salientaria, ainda, que russos e iranianos não confiam uns nos outros.
          Quanto mais fraco estiver o Irã na Síria, melhor para os russos. E vice-versa.

        • O Trump precisa atacar, mesmo que seja apenas um ataque combinado, pois a tal da “linha vermelha” foi cruzada e a reputacao americana esta em jogo. Se deixar passar em branco, no futuro pode ser bem pior, vide crimea e ucrania.

      • O ataque americano com os tomahawk na base área foi previamente informado ao russos… Não tem porque pensar diferente agora!

    • Concordo que não dará nada, mas não por acordo. Os russos têm limitado publicamente sua ação a defender a Síria dos grupos definidos por ela de terroristas E a proteção de suas tropas. Portanto, não se sente diretamente pressionada a ação contra turcos, americanos e israelenses no território sírio. Fora disso é especulação e torcida.

      Obviamente é um incômodo, quando ações externas vão de encontro aos objetivos deles.

  6. Ta parecendo que vai dar ruim mesmo, tomara que seja tudo um mal estar passageiro e que no ultimo segundo alguém pise no feio…

  7. Até a Arábia Saudita está querendo participar da operação…

    Espero que não haja algo mais grave,mas se houver,espero ver imagem de caças sendo destruídos,especialmente desses lacaios franceses e ingleses…

  8. Como justificativa para a ofensiva há um ataque químico sem o menor sentido.
    Como as informações por lá são limitadas e de péssima qualidade, me reservo o direito de não confiar em ninguém atuando lá. Nesse meio de imprecisão e manipulação dos fatos está rolando o seguinte vídeo de crianças sendo ensinadas a fingir ataques químicos:
    .
    https://m.youtube.com/watch?v=8BSr_gMNmP4

    • A bandeira parece ser da Síria.
      “Ataque químico sem o menor sentido”
      Juliano,
      Você já ouvir falar de contra-informação, contra-inteligência, semear a confusão, semear a desconfiança, semear a discórdia?
      Só isso já são alguns bons motivos para dar sentido ao ataque químico seja lá quem tenha feito isso. O que posso dizer é que não tem santos nessa história e a morte de meia centena de seres humanos descartáveis só pra causar confusão perante a opinião pública mundia não faz nenhum senhor da guerra perder um minuto de seu precioso sono.

      • A soberba não é boa conselheira seja na guerra seja num debate.
        Releia meu comentário antes de me sugerir que a terra é redonda.

    • Juliano, falta bom senso a muitos. Particularmente preocupante quando falta bom senso aos que dirigem nações. Questiono-me se é só isso ou se é algo mais profundo?

      Neste momento repondo a minha própria questão da seguinte forma: os dirigentes destas nações não podem ser tão tolos, então estão usando o episódio como justificativa para atingirem seus objetivos. No caso dos EUA, mudança de governo. Não há preocupação nenhuma em punir os culpados do ataque.

      • Não acredito que o governo, prestes a retomar uma cidade, vitória garantida, fosse usar arma química sem necessidade.
        A imprensa ocidental e a população é muito “inocente”. Ah morreram crianças. E daí? Nessa guerra já morreram umas 600 mil pessoas.
        Aí ficam comovidas porque morreram dez dez crianças?
        Sou fã de Trump. Mas nesse caso, ele está caindo no sentimentalismo CNN.
        E pode acabar fazendo besteira sem necessidade.

  9. Parece que alguns Su-24M e Su-30SM fizeram voos agressivos sobre a Aquitaine… E a Fragata francesa agora está operando próxima do USS Donald Cook.

  10. Não entendi!
    Os caras vão matar um monte de gente porque o outro matou um monte de gente com gás venenoso. Se tivesse matado com bombas, dai não teria problema. É isso?

    • Arma química é diferente, dispersa de forma indiscriminada, resultando em mortes civis sem controle. Mas concordo com você, é bem estranho.
      Essa guerra é um rolo, querem tirar o ditador Assad, porém não fazem nada muito forte.
      Eu me nego a querer entender algo aí ou em querer escolher lados, não vou defender um sujeito apoiado pela Rússia e seus interesses econômicos, assim como um sujeitoque governa a Síria há 50 anos…assim como não concordo com a ação de vários países na Síria, não gosto dessa intromissão em assuntos internos da Síria…errado a ação dos EUA, França, Arábia Saudita entre outros…
      Não tem como defender lado nesse rolo!

        • No YouTube existem vídeos de teste de armas quimicas, da uma olhadinha nos efeitos destas pragas.
          Procure saber quantas toneladas de agente nervoso potente tipo o vx seriam necessários pra dizimar uma cidade, ou melhor a humanidade inteira…
          Armas químicas são armas de destruição em massa e ponto. Se o ataque partiu de assad mesmo este merece todas as consequências que estariam por vir…

      • Bombas convencionais fragmenta-se e atinge de forma indiscriminada (com exceção de um feita de fibra de carbono, o carbono se evapora por isso não há fragmento da bomba penta só quem tem é USAF e ela “só tem” 500lbs e é muito mais cara que uma convencional).

  11. Mar apertado ein.
    Parece que a base da RAF no Cyprus vai ficar agitada nessas 72h por vir.
    Agora é hora de especular a formação do strike packed e da amplitude que o ataque deve ter, na minha opinião, se for um ataque como o da última vez sera feito por subs, pq ai os EUA não precisam notificar a Russia que estão levando tomahawks para Europa pra armar os Burke e os britanicos devem acompanhar mandando seus subs tbm.
    Agora a parte Francesa deve ser com os Scalp lançados pelos Rafales, a partir de Cyprus.

      • É que eles vão mandar uns Su-24 desabilitar as Arleigh Burke antes. O USS Donald Cook já está escolado e se juntou à Aquitaine.

        • poisé, e os cara estão polpando os F35, acho que ainda estão se adaptando, optando por algo que ja conhecem, é mais básico e vai dar conta da missão. Afinal, convenhamos, IAF tem uns belos de uns mísseis.
          Mas vai ver os F35 foram usados mais do que agente imagina kkkkkk

          • É só para vc perceber o nível dos armamentos que os russos possuem atualmente. Esses que usam lá são suficientes para derrubar qualquer avião ou afundar qualquer navio. Caso seus inimigos desenvolvam coisas mais modernas, não se preocupem, já têm contra-medidas mais poderosas.
            Mal comparando, seria o mesmo se Israel usasse seus F-35 para atacar um aeroporto sírio no meio do deserto e disparando de longe. Não há necessidade. Serve o F-15 mesmo.

          • Mas Antônio, á questão não é se ele pode afundar um navio, coisa que ele pode. O negocio é ele ser capaz de passar pelas defesas dos navios inimigos que são muitas, por isso à indagação, um missil mais moderno como as versões supersonicas do Klub/Kalibur. Apesar de achar que não há uma versão naval ar-mar supersonica, ficando restrita as terra-mar e mar-mar.

          • Augusto L – Aí, só testando, né? Russos e chineses já possuem misseis anti-navios hipersônicos capazes de afundar porta-aviões americanos, visto que praticamente não existem defesas contra eles. Mas, creio que não chegará nem perto desse ponto. Seria praticamente o fim do mundo. Agora, com relação a pequenos navios franceses ou ingleses, o que existe lá é mais que suficiente.

          • Um NAe afunda com muitos misseis e / ou torpedos contra ele…. não é tão simples… sem contar as escoltas e defesas e aviões no entorno.

          • Agnelo – Quantos muitos bilhões de dólares custa um porta-aviões? Se um míssil hipersônico quase certamente passará pelas defesas do navio, imagine uma saraivada deles o estrago que faria. O prejuízo seria enorme. Acho que valeria o custo de uns 10 lançamentos simultâneos. Mas, tenho certeza que tudo acabará bem.

  12. Neste momento a Síria depende totalmente da Rússia para garantir a integridade das suas bases e aeronaves. Vamos aguardar como Putin se comporta como os Estados Unidos e OTAN atacando sem aprovação do conselho de segurança da ONU. Acredito que se as forças russas forem atingidas nestes ataques, ela irá responder com o submarino Veliky Novgorod através dos mísseis de cruzeiro Kalibr. Os alvos serão as bases americanos na Síria e inglesas no Chipre.

      • Desde quando apitou alguma coisa? ONU só serve para paisecos como o Brasil, o resto pinta e borda e ela não faz nada.

    • Duvido… a Russia não vai arrrumar guerra pra ela.
      Ela já deve ter acertado tudo.
      “Ataquem eles, mas cuidado com nosso pessoal! Vou espernear diplomaticamente, porque não posso ignorar a situação.”

  13. A questão não é que o clima esteja esquentando…. O problema é que muitos querem que o clima esquente. E aos colegas que blasfemam contra esse ou aquele país, na Síria de hoje tem de tudo, menos santo ou gente com boas intenções…

  14. Não acho que o conflito vai escalar. Os russos no máximo vão tentar abater o máximo de mísseis cruise possíveis para não passar o vexame que foi a chuva de Tomahawks depois do ataque químico anterior.

    • Espero que sim, porém armar um su-34 com mísseis anti-navio é um sinal claro que pode não ser simplesmente uma resposta passiva…

    • Groo,
      Aí é que mora o problema. rsrss
      Há duas maneiras de interceptar mísseis Tomahawks:
      1- na fase de cruzeiro, pelo ar, com o concurso de caças e aviões radar;
      2- na fase terminal, com sistemas de defesa de ponto de baixa altitude (SHORAD).

      A opção pelo ar é complicada porque é sabido que a detecção contra alvos em baixa altitude estando o radar acima, é muito dificultada e de curto alcance. Em geral se reduz em metade a distância de detecção. E se levarmos em conta que um Tomahawk Block IV voa a menos de 60 m de altura e tem RCS de 0,1 m² a coisa complica mais ainda.
      Se detectar e rastrear é difícil, mais ainda é interceptar o míssil utilizando mísseis ar-ar vindo de cima pra baixo.

      A opção mais efetiva é através da defesa de ponto, mas isso obriga que haja defesa consistente para cada alvo em si e como não se sabe qual são os alvos, se torna muito complicado e dispendioso.

      Esqueçamos os grandes sistemas de defesa antiaérea, como o S-300. Eles não se prestam a interceptar mísseis cruise subsônicos que voam a muito baixa altitude.

      • Bem explicado.

        Só um adendo. Os russos dizem que o único caça capaz de realizar esse tipo de missão bem é o MiG-31.

        Aquele monstro de radar, o Zaslon Modernizado, segundo os russos, possui capacidade para detectar um alvo de rcs muito reduzido e voando extremamente baixo.
        Aliado à alta velocidade do MiG-31 e dos mísseis ar-ar enormes que carrega, que conferem maior capacidade de traqueamento e alcance.
        Ainda assim, é uma missão difícil.

    • Os americanos têm receio dos mísseis balísticos, dos mísseis semibalísticos e dos mísseis cruise supersônicos, mas perdem o sono por conta dos mísseis subsônicos semelhantes ao Tomahawk ou ao Kalibr.
      Há uma série de programas no âmbito do US Army visando prover alerta antecipada e solução de tiro para esse tipo de ameaça. A maioria envolve algum tipo de engajamento cooperativo, onde há o entrelaçamento de diversos sensores e armas. Por exemplo, radares em aeronaves ou balões cativos e mísseis lançados do solo.
      Até onde se sabe os russos não têm nenhum sistema efetivo anti míssil cruise e utilizar a defesa tradicional anti aeronaves não é a melhor solução.
      O melhor seria ter um par de Pantsir em cada alvo provável, mas não é assim que funciona.

  15. Bem fato que o ataque é EMINENTE parece ser mais uma demonstração de força para os russos das potências ocidentais, atacando alvos de seu protegido, leia-se Síria de Bashar al-Assad. Claro que vão ter cuidados de não pegar os russos, mas pode acontecer.
    Segundo ponto infelizmente para os fãs de tudo que é russo, a verdade que a Rússia é muito fraca no teatro de operações quando comparado com todas as opções militares ocidentais, encontra-se em séria desvantagem numérica e logística. Não tem como combater ou desafiar. Isto é fato.
    Aguardemos.

    • Só que em apenas algumas horas a Rússia pode reforçar suas forças, devido à proximidade do OM. Aviões de caça podem chegar lá em alguns minutos vindos do Sul da Rússia. Ao contrário dos EUA, França e Inglaterra que só tem por perto a Turquia na OTAN. E seria certo que a Turquia negará qualquer apoio a essa operação.

      • Hã? Grecia, Cyprus, Itália e os outros paises árabes que tem Hardware militar dos EUA nos seus paises. Um voo do sul da França ate Palmira é de 1h e 30min.

        • Refiro-me a uma grande quantidade de armas e tropas necessárias para fazer frente ao que a Rússia poderia mandar. Nesse caso, só os EUA mesmo. Lembre-se que o Sul da Rússia, está a pouco mais de 1.000 quilômetros de distância e já possui uma grande concentração de tropas em alerta por conta até da situação política. Contra a Rússia, só os EUA poderiam fazer frente.

          • Putzzzzz…sera mesmo que a Russia conseguira enviar tantos reforcos assim ??? Sera que o Ira vai aceitar tamanha invasao de seu espaco aereo e ficar rezando para nao ser atacada tbm ?? enfim, o imbroglio nao e facil de resolver e a Russia nao esta com essa corda toda. Sabe disso e esta so rosnando. Sua pseuda analise esta totalmente equivocada, nao tem conteudo, somente uma torcida tola .

          • Isso é a sua opinião. Reportagem de ante-ontem da Agência Pars diz que o Irã aumentar os laços estratégicos com a Rússia. Não tente desqualificar outras opiniões com torcida típica de ‘american fanboys’. Trump percebeu (e parece que vc ainda não) que o mundo ligou e estão pouco ligando para os ‘interesses’ americanos.

            http://parstoday.com/pt/news/iran-i27856-irã_pede_ampliação_de_laços_com_a_rússia

            Leia mais fontes. Saia do casulo. O mundo não se resume aos EUA. E isso já há um bom tempo.

          • O problema meu caro Antonio é que você mesmo com sua histeria pró-Rússia, China e fascismo iraniano termina por desqualificar as próprias opiniões. Imagino que tenha sido frustração pelo fato do Papai não ter lhe dado uma viagem para Disney quando fez 15 anos…..

            A propósito, você já pode descontar os cheques….

        • Antonio, observe: a Síria faz fronteira com o Iraque, país que tem tropas e equipamentos americanos. Próximo a Síria há Israel, Grécia, Chipre, Arábia Saudita, Kuwait, Catar, sem falar a Turquia. Além desses, embarcações como destróiers, fragatas, submarinos e porta-aviões que podem ficam no mar mediterrâneo.

        • Trump conseguiu arrumar inimizades com a Turquia que, inclusive, está com uma retórica de guerra contra Israel, principalmente após a decisão de transferir a capital para Jerusalém. Essa região é muito confusa.

          • Jefferson – Não conte muito com a Turquia, conforme expliquei acima. E outra. As tropas americanas no Iraque não são significantes, acho que cerca de 5 mil homens.
            Sem contar que o Iraque é xiita, com grande influência do Irã. Possui ainda uma enorme milícia xiita, PMU, com fortes laços com Hezbollah e Irã. Melhor não contar com nada que venha de lá para não piorar mais a situação

          • Realmente, Antonio. Eu também não contaria muito com a Turquia, porém a presença de europeus e americanos na região é bem ampla e não pequena como dito anteriormente.

          • Da última vez que Russos, Sírios e iranianos se meteram com os americanos na Síria foram fragorosamente derrotados, especialmente pelo apoio aéreo da USAF/USN/US Army. Segundo consta o GAU/8 dos A-10 fez um estrago danado nos veículos blindados dos russos.

            E nem adianta mandar o “phodástico” Su-35 pois, como sabemos, ele se mostrou incapaz de impedir que o F-22 se aproximasse. E isso são fatos reais e não os delírios de quem até hoje não perdoa o papai por não ter lhe dado uma passagem para a Disney quando fez 15 anos.

    • Seria uma excelente oportunidade para um ‘teste de campo’ para o Zircon. Afundar um navio inimigo ou verificar alguma falha.

        • Não tem a fotinha porque ele passa muito rápido.
          Diversas publicações ocidentais já reportam que foram testados com sucesso chegando uma velocidade de lançamento de mach 6 e final de mais de mach 8. Ou seja, quase 10.000 km por hora. Uma boçalidade. Se os russos lançarem um desses, teremos a seguinte reação do operador de radar do navio atingido: ‘Aler….’ . Não vai vai dar para falar a palavra toda. hehehehe

          • Em tempo. Pelo que eu li, a energia cinética do impacto de um míssil desses é cerca de 50 vezes maior que um convencional. Se pegar um navio pequeno, pela extrema velocidade, está arriscado a vazar e sair pelo outro lado.

          • Toinho,
            Se o Zircon tivesse uma ogiva de material altamente denso até poderia ser que vazasse (toda ou parte dela) do outro lado, aliás, como é possível com bombas e mísseis subsônicos tendo em vista a “pele” de um moderno navio ser fina.
            No caso do Zircon, ele não vaza porque no momento do impacto haveria uma alta energia cinética que iria se transformar em energia térmica e aí ele explode numa imensa bola de fogo e não deve vazar.
            Ou seja, subsônico vaza… supersônico vaza… hipersônico não vaza.
            Como se pode ver nesse vídeo, o subsônico Tomahawk consegue vazar: https://www.youtube.com/watch?v=BGoJl8Lr46g
            Quando isso acontece, é ruim e é uma falha da espoleta, que reduz os danos no alvo. Explodir dentro é bom… vazar não é bom.

          • Não é o fato de ser subsônico ou supersônico, mas sim o fato de vc programar para que a explosão seja retardada. Acho que isso é bem simples e antigo.

          • E lembre-se. Artefatos contra bunkers vêm com uma velocidade e energia cinética incríveis, furam a capa do bunker no impacto’ e só explodem lá dentro. Mas, tudo bem. Continuo lendo seus posts.

            Em tempo: O vídeo que vc mostrou não diz nada, haja vista que o míssil provavelmente não tinha explosivos. Tanto que ele vazou o container e continua sua trajetória e o que pegou fogo deve ter sido pelo causados a ele.

            Acho que esse vídeo é mais elucidativo:

            https://www.youtube.com/watch?v=XHKkzuU2qtE

            Saudações

          • E lembre-se. É questão de física básica. Quanto maior a velocidade, maior a energia no impacto (E=mc2) e, assim, o poder de penetração. Ou seja, dessa forma, um míssil Tomahawk nunca furaria um bunker.

          • Toinho,
            Deixa Einstein fora dessa. A fórmula da energia cinética é Ec = m . v² / 2
            (energia cinética = massa x velocidade ao quadrado dividido por 2)

          • Essa é a fórmula da energia cinética GRAVITACIONAL. Estou me referindo à capacidade de geração de energia em função da massa e a velocidade. Ou seja, a ‘equivalência’ entre a massa em repouso e em movimento. Estou meio enferrujado em Física, visto estudei há quarenta anos, mas acho que é isso.

        • Rapaz, o armamento russo é bom mesmo como pude comprovar hoje cedo. Os comentários religiosos e com base em chutômetro do Toinho passam, minhas críticas são abatidas. Que medo hahaha

        • Estou sendo irônico. Evidente que os mísseis modernos não permitem mais isso. Só por curiosidade, li relatos de batalhas da 2ª GM em que navios americanos foram vazados dessa maneira quando atingidos pelas Okas japonesas.

  16. Esse ataque foi uma “false flag”!
    A CIA e os warhawks (falcões da guerra, como os americanos costumam chamar os burocratas e generais loucos por uma guerrinha) não querem sair da Síria! Eles estão no controle da maior parte do petróleo.
    Não é estranho que o exército do Assad acabou de ganhar a batalha na cidade onde os ataques ocorreram contra rebeldes apoiados pela Arábia Saudita e a CIA? Esses rebeldes, depois de perderem a batalha, avisaram que iriam se retirar da cidade em 48h, e justamente quando o ataque ocorreu! O que o Assad teria para ganhar com isso? É só porque ele é malvadão? Jogar gás num inimigo derrotado para dar umas gargalhadas e atrair a fúria do Ocidente? Ele não tem nada a lucrar com isso!
    Pode parecer papo de teoria de conspiração, mas vou apresentar diversos fatos a seguir:
    > General russo Gerasimov avisou em março que a Rússia tinha informação confiável de que os rebeldes estariam preparando um ataque químico falso (false flag) exatamente da próvíncia que viria a “sofrer” o tal ataque um mês depois (Eastern Ghouta)!!
    https://www.cnbc.com/2018/03/13/russia-military-threatens-action-against-the-us-in-syria.html
    > Secretário de Defesa dos EUA, General Mattis admitiu que lançaram o ataque do ano passado SEM SABER quem lançou o ataque químico:
    http://www.newsweek.com/now-mattis-admits-there-was-no-evidence-assad-using-poison-gas-his-people-801542
    > Intervencionistas ADMITEM que não querem largar o petróleo! ( intervencionistas = gente que não tem a pele em jogo, que não vai lutar a guerra, então dane-se quem morrer)
    https://www.zerohedge.com/news/2018-04-01/interventionistas-outraged-over-trumps-syria-withdrawal-we-took-oil-weve-got-keep
    > Um vídeo juntando os cacos
    https://www.youtube.com/watch?time_continue=4&v=aNVkEi9LKfI
    Meu Deus, é muito óbvio, os governos estão jogando jogos com as vidas das pessoas, é muita loucura!

  17. A gente sempre espera que o ataque seja via marítima por Tomahawks mas pode muito bem ser por via aérea. Será que vão estrear o JASSM?
    Se for o JASSM fica mais complicado de interceptar. O bicho é stealth.

  18. Senhores,

    A situação poderia se complicar muito. Há muito hardware e poder de fogo na região. Há inumeros cenários hipotéticos de como seria a sequencia dos eventos. Tudo vai depender de como a Russia vai responder.

    Os russos estão em tremenda disvantagem naquela região . As forças convencionais da OTAN + EUA + Israel, podem baixar o porrete pesado, contra qualquer oponente.

    A Russia vai ser derrotada na Siria, se ela contra atacar as forças da OTAN-USA.
    É ai que mora o perigo. A Russia poderia acabar atacando Israel, se a OTAN-USA atacam Damasco.

    Israel em reposta atacaria Latakia, e os EUA atacariam o Iran.

    Se a escalada do conflito continuar, qualquer erro de cáculo poderia produzir uma guerra nuclear regional, ou global.

    Senhores, a situação é delicada. Vamos ver se o DEFCON vai mudar nas próximas horas.

      • Deve ser o de sempre. Meia dúzia de mísseis em alguma base semi-vazia no meio do deserto. Se errarem o alvo, cai na areia.
        Depois todos contam vantagens do que fizeram.
        O fato é que esse Trump parece um cachorro louco. Está arrumando problemas em todos os cantos do mundo. Literalmente. Isso não vai acabar bem para os americanos.

        • Pois é, e eu que achei que se a Hillary ganhasse estaríamos mais perto de uma terceira guerra mundial por causa do ódio que ela nutria pelo Putin

          • Nada de odio. A Hillary jogou um papel fundamental na venda de 20% do uranio enriquecido nos Estados Unidos para a Russia.

  19. O que deve ter de submarinos enficados ali naquela região… Deve ter um pra cada estrela no céu. Exageros a parte, Essas embarcações já estão devidamente escoltadas né? Acredito que foi só o tempo de chegarem mais reforços para a USS Donald Cook.

  20. Bosco, sobre defesa cooperativa a Rússia faz isso muito com os Mig-31BM/BM3 e os A-50/50U. Agora sobre outroa meios eu não. Talvez o BUk-M2/M3 e S400 mas aí é mais um dedução e um chute.

    • Arariboia,
      Sem dúvida os A-50 apoiam os caças russos mas o tal “engajamento cooperativo” é mais complexo que um avião radar coordenar via data link um caça. Tem a ver com uma plataforma (aérea, naval ou terrestre) controlar diretamente um míssil lançado de plataforma diversa.
      Por exemplo, quando um caça utiliza seu radar para vetorar os mísseis lançados por outro caça que permanece com o radar silente. Ou quando um AEW vetora os mísseis lançados por um caça ou por um navio.

  21. E a escalada continua.
    Navios de guerra chineses no Mediterrâneo recebem ordens de se juntar a marinha Russa no caso de ataque maciço contra a Siria.
    A aviação síria e as forças aeroespaciais russas decidiram adotar novas regras de engajamento no Levante. Agora, aviões militares sírios e russos não só poderão interceptar aviões inimigos sobre o Líbano fora do espaço aéreo sírio, mas ampliarão seu campo de intervenção do anti-Líbano para a província iraquiana da Al-Qaeda. Anbar.
    Em paralelo, dezenas de aeronaves russas não identificadas acabam de chegar ao Irã.
    O Irã, por sua vez, decidiu intervir militarmente e responder a qualquer novo ataque dos EUA ou de Israel à Síria com o apoio do Hezbollah e de outras forças aliadas.

    Lembrando que a 1 GM começou com o o assassinato de Francisco Ferdinando.

  22. Temos uma fragata naquela região, né isso? Acho que se ela tiver naquela região ali perto, vai ser a primeira vez em meio a uma ação militar muito forte. Será que os armamentos que eles tem lá, é o suficiente para se protegerem?

  23. Tem gente jogando demais Battlefield 4, Arma 3, Call of Duty….
    Já notaram que 50% das notícias da internet são fakes, 40% só para causar alarde e talvez (talvez) 10% tem alguma chance de ser real?
    Hoje em dia, as coisas se resolvem mais na política do que uma ação propriamente dita.
    Guerras não tem aviso, elas vêm do nada principalmente quando envolve mais de 2 países.
    Parece que muitos desejam que o circo pegue fogo por questão ideológica ou só para provar para o amigo de “super trunfo” que estava certo.
    Se houver uma próxima guerra será em escala Global, não vai ser como na Segunda Guerra que o cenário aconteceu mais na Europa e no Pacífico, nenhum país vai conseguir escapar dela.
    E Sinceramente num país onde a gente vive uma roleta russa só de ir para o trabalho e voltar, uma Guerra dessas é a menor das preocupações.

    • WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, advertiu a Rússia nesta quarta-feira sobre a iminente resposta de Washington para um suposto ataque químico na Síria, declarando que mísseis “estão a caminho” e criticando Moscou por apoiar o presidente sírio, Bashar al-Assad.

      “A Rússia promete derrubar qualquer e todos os mísseis lançados contra a Síria. Se prepare Rússia, porque eles estão a caminho, bons e novos e inteligentes! Vocês não deveriam ser parceiros de um animal que usa gás para matar, que mata sua população e gosta”, escreveu Trump em publicação no Twitter.

      “A Rússia advertiu que qualquer míssil norte-americano lançado contra a Síria devido a um suposto ataque com armas químicas em um enclave rebelde será derrubado e que seus locais de lançamento serão atacados, levantando a possibilidade de um confronto entre Moscou e os Estados Unidos.” Dito pelo embaixador russo no Líbano.

      Avisos estão sendo dados, mas concordo com vc quando diz que isso será resolvido politicamente.
      Talvez os EUA disparem 6 duzia de misseis, Russia derruba metade e segue o jogo.

      • A Russia estaria arriscando uma guerra desastrosa, para defender a Siria.

        Isso seria o maior erro de calculo estrategico que os russos jamais cometeram em toda sua historia.

        Donald Trump atua muito diferente do Obama.

        • Uma gerra aberta Russia x EUA significa derrota para todos os lados, inclusive para os neutros. Por via das duvidas vou ali no atacarejo comprar algumas coisas em quantidade.

      • NEsta eu acho que o Trump está blefando …Da outra vez que ele atacou com os Tomas ,ele não avisou antes ,ou falou nada ,foi um ataque surpresa ,assim com tem de ser.

    • “Guerras não tem aviso”

      Você está errado nessa afirmação, todas as guerras têm eventos que as precede, o problema e conseguir enxergar esses eventos, leia as visões dos historiadores nelas você encontra os eventos causais das guerras.

  24. Muitos dizem que a Rússia foi humilhada no ataque dos Tomahawk de abril passado….mas qual ataque aquele que segundo a mídia lançaram 59 unidades , e acertaram segundo a mídia 23 ,e a base começou a operar no outro dia ….. Até os próprios americanos se sentiram frustados por isso depois..É por isso que um possível ataque agora sera massivo.. Lá já esta 3 Submarinos dos EUA 1 no mar vermelho e 2 no mediterrâneo cada um com dezenas de misseis , também tem uns 3 Russos, ontem a noite chegou dezenas de aviões russos no Irã , segundo relatos de civis iranianos… Todos os aviões Sírios foram espalhados (helicóptero) os poucos caças já esta na base Russa ..desde o inicio da intervenção Russa foram mandado para a Síria 40 equipamentos de Pantsir (mídia russa), vai sobrar a tal resistência de Assad para atingir ,pois as bases estarão vazias ..mas lançar míssil de cruzeiro sob Damasco pode ser um genocídio ,e não atingir o que eles queriam…Tem a base Russa ,mas atacar esta sera o inicio da 3° guerra 100anos depois de terminar a primeira..se a Rússia não revidar Putin esta em maus lençóis ,pois a pressão sera terrível no seu país…
    Um fato estranho é que a 20 dias atrás Inglaterra e EUA desembarcaram toneladas de equipamentos na Jordânia ,MBT inglês e blindados de apoio…”estavam esperando”….detalhe a ONU disse agora de madrugada que houve contaminação de 500 pessoas , e pede acesso a Douma à OMS para investigar melhor…
    A coisa e séria não é brincadeira ,a terceira guerra esta ai bem pertinho.. Agora me lembro que a uns anos um monge macedônio previu que a terceira guerra começaria com a invasão de um pequeno país sem importância, e lá geraria conflitos que se tornaria mundial….

  25. Trump no Twitter 1h atrás: “Russia vows to shoot down any and all missiles fired at Syria. Get ready Russia, because they will be coming, nice and new and “smart!” You shouldn’t be partners with a Gas Killing Animal who kills his people and enjoys it!”

    Tradução: A Rússia promete derrubar todos e quaisquer mísseis lançados contra a Síria. Prepare-se Rússia, porque eles estarão chegando, agradáveis e novos e “inteligentes!” Você não deve ser parceiro do Animal “Matador com Gás” que mata o seu povo e gosta disso!

  26. Esse lance de torcida é tão gritante aqui no blog, que editam até o comentário do Trump. Porque cortou parte do comentário? Segue abaixo o twitter na íntegra:

    Our relationship with Russia is worse now than it has ever been, and that includes the Cold War. There is no reason for this. Russia needs us to help with their economy, something that would be very easy to do, and we need all nations to work together. Stop the arms race?

    Tradução

    Nosso relacionamento com a Rússia é pior agora do que nunca, e isso inclui a Guerra Fria. Não há razão para isso. A Rússia precisa de nós para ajudar com sua economia, algo que seria muito fácil de fazer, e precisamos que todas as nações trabalhem juntas. Pare a corrida armamentista?

  27. Quando aconteceu o ataque dos Tomahawk, foi por volta das 21:00 horário de Brasília. Acho que se for acontecer, deve acontecer por volta desse horário novamente.

  28. Dessa vez é capaz de derrubarem o Assad de vez, e isso é mais uma resposta ao ataque químico na Inglaterra do que com o da Síria…

  29. Um ataque como o ultimo, não vai acontecer, pelo simples fato que o último foi aviso que a adm Trump tá no jogo e não ira tolerar atitudes q violarão os interesses americanos como a do Obama tolerava, por isso é mais que provável que o ataque agora seja maior, uma verdadeira punição.
    Não iram atacar alvos russos e os russos não iram abater os misseis, á não ser que sejam direcionado ao equipamento russo ou pessoal, o que não será feito.
    Muito menos o Irã vai mover um dedo, ate pq se atacar vai ter o seu precioso tratado rasgado e suas instalações nucleares reduzidas à pó.
    O que se vê é um preparo maior dos russos/sirios/iranianos á resposta america pq agora eles sabem que o ataque é muito maior, as ofensivas diplomaticas russas são para ganhar tempo, para dar tempo de por meio de um medo de guerra global deliberadamente escalado + a destruição completa e tomada de territorio de Khan Sheikhoun, com isso eles eperam barrar o ataque e destruir as provas para uma futura investigação se ocorrer não culpar o Assad de novo.

  30. incrível como os estados unidos precisa de uma guerra a cada dois anos…
    nao duvido que essa ataque a gás tenha sido obra dos israelis…. quando nao estão assassinando crianças e mulheres estão se intrometendo em assuntos de outros países…
    israel eh o famoso “bolsa familia” dos estados unidos… o povo capacho….

    • Israel é o maior recebedor de ajuda financeira dos EUA para a área militar , o que é muito engraçado para um país que é tido por muitos como uma economia pujante. Deveria pagar suas armas com recursos próprios, e não com dinheiro dos outros. O mais engraçado ainda é que os neocons são contra o parasitismo estatal, desde que o bolsa-armas seja para Israel.

      • PIB de Israel é de 330 bilhões de dólares. Para um país que é um deserto, sem riquezas naturais e com população pequena esse PIB é monstruoso. Inclusive nós brasileiros somos grande consumidores de produtos de Israel, principalmente aqueles de alta tecnologia como nas áreas médicas, energética e de informação. O próprio Brasil é um grande comprador de Israel no setor militar.
        Quanto a ajuda financeira é verdade, eles recebem isso…só que não pense que é de graça. Israel ajuda muito os EUA em diversas frentes, principalmente companhias israelenses nos EUA. Essa relação está mais para uma troca do que para uma simples “ajuda”.
        Quanto ao resto dos comentários acerca de Israel eu nem vou comentar…ignorância! Israel capacho dos EUA? Imagina o Brasil de PT e Temer vendendo o Brasil para a China, como se não bastasse vão financiar o coroné Ciro Gomes para entregar o restinho que sobrou. Se bobear tem louco para votar em um sujeito desses…

          • Jefferson. Não há como um País do tamanho de Israel manter tantas armas e homens sem uma polpuda ajuda externa. Se não me engano, seu PIB é do tamanho do PIB do Estado de Minas Gerais. Impossível.

          • Toinho, vamos aos fatos:

            O orçamento de defesa de Israel perfaz US$ 20 bilhões de dólares anuais. Conforme acordo celebrado entre o país e os EUA eles recebem US$ 3 bilhões anuais. Ou seja, a ajuda norte-americana não chega a 20% do orçamento de defesa israelense de modo que não possui impacto significativo.

            Ademais não custa lembrar que o grosso desse recurso é empregado na aquisição de armas e sistemas de origem norte-americana ou que possuam um mínimo de 30% dos componentes produzidos nos EUA. Ou seja, trata-se aqui na verdade de um subsídio indireto à indústria no intuito de assegurar empregos. E ainda desse montante US$ 500 milhões são empregados no financiamento da defesa antimísseis, sendo na verdade utilizado para o desenvolvimento de tecnologias a serem utilizados por ambos os países.

            Ademais não custa lembrar que no passado a URSS enviava pesada ajuda militar aos seus aliados árabes o que teve pouco ou quase nenhum efeito prático visto que esses países sofreram derrotas fragorosas para Israel. E muito do equipamento russo ainda foi capturado.

            Por fim é mais do mesmo ou seja, o sentimento de ódio a Israel mostra ser apenas uma infeliz peça de indigência intelectual.

        • Olá. Como Jefferson comentou, o PIB de Israel é de US$ 320 bilhõea, o que dá um valor percapita de US$ 37 mil (muito alto mesmo). O PIB de MB em 2015 (que eu conseguir apurar oficialmente) foi de R$ 520 blhões (ou aproximadamente US$ 140 bilhões, metade do PIB de Israrel) o que dá um valor percapita de cerca de US$ 6500 mil (o de Israel é 5 vezes maior).

        • Ah claro, só por que há companhias de investidores israelenses nos EUA, os EUA além de comprar os serviços e produtos dessas companhias israelenses, ainda tem que enviar uma gratificação em F-16, Iron-dome, Merkavas e F-35. Que interessante. Israelense é bicho inteligente mesmo, o Brasil deveria fazer o mesmo, cobrando uma contribuição dessas em troca das commodities que nós enviamos para o exterior. Até nisso brasileiro é burro.

          • Vou explicar uma coisapara você, PIB éapenas uma forma de mensurar a riqueza de um país, há diversas outras. Países pobres costumar usar o PIB como referência, porém, países ricos utilizam o PNB, que significa produto nacional bruto, este soma o PIB do país + as riquezas oriundas de fora da fronteira. O PNB de países pobres e em desenvolvimento costuma ser negativo, como é o caso do brasileiro, países ricos costuma ser positivo. Riqueza não é apenas aquilo que eu produto internamente, mas sim a soma GLOBAL de riquezas produzidas. A Embraed do Brasil produz riqueza fora do Brasil, por exemplo,vende aviões nos EUA e na Europa, a riqueza oriunda dessas vendas retornam para o Brasil. Outro caso é a Apple dos EUA que tem operações em vários países, o dinheiro dessas operações voltar para CASA. No caso da Apple há mais de 200 bilhões fora dos EUA. A Ambev do Brasil tem operações em vários países, produzindo riqueza lá…porém o dinheiro retorna ao Brasil através dos seus donos.
            O Brasil costuma usar PIB porque ele sempre será positivo, do ponto de vista da Adm. Pública ele é mais interessante…mas na prática o PNB é tão importante quanto.
            ……………………..
            Defensor da Liberdade 11 de Abril de 2018 at 15:53
            Se eu não me engano grandes companhias dos EUA são controladas por descendentes de judeus, principalmente na NASDAQ, eles são parte importante dos investimentos nessas empresas. É como os chineses aqui no Brasil, hoje eles já detem parte considerável de empresas (principalmente no setor portuário e energético), coisa que não existia há 1 década, certamente vão começar a ditar regras aqui, inclusive financiando candidatos (intromissão interna do Brasil). O mesmo ocorre lá…o pessoal tem certa influência e importância de fato.
            Outra coisa, não sei se você já olhou no mapa, mas Israel é o único país com cultura semelhante a nossa em todo o oriente médio, tirando Israel não há nada com povo semelhante ao nosso. É de interessa não apenas dos EUA, mas de qualquer outro país com governante com cérebro (não é o caso brasileiro) querer ajudar Israel. Sem mencionar que a terra de Israel tem grande valor cultural para o ocidente, especialmente para a nossa religião que é a base de toda a nossa cultura, tudo o que fazemos ou deixamos de fazer é cultura de um povo. Não é apenas USA que ajuda Israel, mas sim diversos países europeus e da Ásia…
            Os árabes dominam todo o oriente médio, parte do oriente, o norte da África e são parte importante de imigrantes dentro da EUROPA (na França 1/3 é árabe). Israel não é ameaça alguma para os povos árabes, não interfere em nada em termos de territórioe povo.
            ……………
            camargoer 11 de Abril de 2018 at 12:32
            Exatamente. Atualmente o PIB de Israel é de 330 bilhões de dólares, o PNB deles eu não sei mas deve ser bem elevado…o que aumenta a riqueza interna.
            Observe que você pegou MG, um dos maiores Estados do Brasil, 3° maior PIB do Brasil, população de 20 milhões, cheio de riquezas naturais, especialmente mineração, Estado cercado de outros Estados parceiros, sem problemas climáticos ou de guerra…mas mesmo assim o PIB de Israel é mais que o dobro do Estado de MG.
            Mais surpreendente que Israel apenas SINGAPURA com PIB de 300 bilhões de dólares…país minúsculo.

      • Os poucos drones que a Rússia tem são feitos com tecnologia licenciada de Israel, a Rússia depende de Israel em tecnologia.

        • Sabem como Israel mantém esse aparato militar todo?

          Lá o estado não é um cabide como no Brasil

          Um juiz lá não fica em 100 mil reais mês com salários, auxilio moradia, auxilio escolar, auxilio paleto……
          Muito menos mordomias de um politico brasileiro.

          Conseguem administrar o país de forma enxuta como fazem na Europa com deputado andando de metro e outras coisas impossíveis para um politico brasileiro

  31. Duvido os USA atacarem a Síria… Vai ficar só na bravata mesmo. No máximo um ataque igual ao do ano passado e só.
    PS: Fora que esse ataque de armas químicas tem muito cheiro de armação… Pela segunda vez. Todas vez que o Assad tá surrando os rebeldes e ganhando fácil, vem uma história dessa.

  32. Parece que o Iran vai receber S-400 (segunda mão) e Pantsir S2E em troca do uso de sua base aérea pelos Russos…
    .
    A coisa está escalando.

  33. São tantas variáveis presentes, uma coisa é certa: se um caça atira e afunda um PA será um soldado matando 5000 soldados, uma coisa é ficar no Twitter postando insanidades, a opinião pública não está nem ai, outra é começar a morrer cidadãos às centenas ou milhares em uma guerra inútil, no outro lado do globo, longe de suas fronteiras. Toda unanimidade é burra, se o ISIS diz “ou vem pro meu lado ou morre ” e os EUA dizem “ou vem pro meu lado ou sentirão o porrete do tio sam” só muda a ideologia, o fim é o mesmo, EUA levaram todo o espólio da Alemanha nazista para a América, não seus ideais, o Trump é insano e está no caminho de repetir um grande erro.

  34. A Rússia acabou de requisitar uma base Iraniana para operar bombardeiros TU-22M e tanques IL-78 “Midas”.

    O conflito está escalando.

    Gosto do Trump, mas é inegável que ele é absolutamente despreparado para lidar com uma crise dessa magnitude.

    • O Trump nao esta sozinho. Ele tomara as decisoes de acordo com as recomendacoes dos militares e analistas do Pentagono, e do Gabinete de Seguranca Nacional.

      • É o mesmo que aconteceu da outra vez…
        .
        Trump ataca. Os russos tentam defender e falham, ou deixam passar, como deixaram da outra vez…
        .
        O que vai restar a Rússia é fazer Fake news, dizendo que os ataques falharam, como fizeram antes.

      • Em minha opinião, o ‘sistema’ já decidiu.
        Na campanha eleitoral, o Trump queria apaziguar as coisas com Rússia, mas descobriu depois o serviço que teria que fazer. E acho que vai.
        O que me deixa assustado é a grande probabilidade de irmos de pato juntos.

    • Imagine se os EUA tbm pede o msm pra Israel. “Deixa eu colocar uns B-52 ai, mas uns B-1B, mais uns F-22 de brinde…”
      A questão é, pode por um cavalo no lugar do Trump, ele vai continuar tendo meia centena de submarinos, alias, mais de 60… Mais de 10 Porta Aviões, isso sem falar do restante da OTAN… Não é clubismo, mas é covardia comparar. O que a Russia pode fazer é dar um cansaço nos EUA, mas não vejo muito alem disso. A Russia não vai iniciar uma guerra por um pedaço de terra que nem dela é, mas convenhamos, tem alguns países europeus com o sangue no olho para espetar a Russia, mesmo que seja em uma frente no OM, e dar uma resposta a Russia. O enfraquecimento da ONU diminui o seu poder de intervenção em regiões desumanas, onde ditadores reinam e no geral pode representar um enfraquecimento do Ocidente e do Estado de Paz que conhecemos.

  35. Particularmente não gosto da conduta de nenhum dos que vou citar, mas não sei quem e mais Louco, Assad, Putim, Iran, israel ou o louco do Donald Trump, os EUA vão de novo se meter numa guerra que não tem absolutamente NADA haver com os Americanos, matar mais pessoas e botar mais lenha nesta fogueira que já começava a se apagar, simplesmente para ganhar uns pontos de aprovação do seu governo nos EUA e agradar a industria Bélica, quem ai esta do lado de Deus ou do diabo eim ?? são todos iguais, vidas não valem nada, o que importa e poder e dinheiro …

  36. O ataque será esta noite, muito provavelmente.

    As ‘provas’ do ataque começam a ser seriamente discutidas no ocidente. Se isso não for rapidamente sufocado politicamente ficara cada vez mais difícil autorizar o ataque. Como a verdade é o que menos interessa…

  37. Lembrei de uma frase do próprio Putin a alguns anos atrás se dirigindo a todos os seus políticos e militares…

    “Preparem-se para o Armagedom”.

  38. A Rússia não tem capacidade militar convencional para fazer frente aos Estados Unidos muito menos a OTAN. Acredito que os americanos estão receosos em entrar de vez neste conflito. Desde a segunda guerra mundial, ele não venceu nenhuma guerra contra adversários mais bem capacitados. Na Síria, a Rússia acaba se impondo de forma mais rígida, impedindo o massacre que foi no Afeganistão e Iraque. Na minha opinião, lançar mísseis de cruzeiro ou ataques aéreos é o que resta para Israel, Estados Unidos e OTAN. Pois um conflito em terra seria injustificável, pensando em custos e apoio da sua população e mídia.

  39. O que temo visto é que se confunde o gás toxico liberado por certas espumas e revestimewnto com os gases militares. Isso porque o efeito é o mesmo. Espumas tratadas com retardantes de chamas liberam gás fosgênio em altas concentrações, em niveis letais. E o que não falta no TO da Siria são incêndios em áreas comerciais e residenciais. E esses locais geralmente estão repletoss de divisórias e isolantes acusticos e térmicos desse tipo. As mortes do incêndio na boate Kiss se deram por inalação de gases e os sintomas foram identicos. Não descarto essa possibilidade, pois os envolvidos não incidirima no mesmo erro. O ocidente não tolera armas de destruição em massa.

  40. Engraçado que tudo que a Rússia diz é fake, já os EUA é tudo verdade, mesmo sem provas!
    Fatos: 58 misseis não incapacitaram a base Síria? No mínimo estranho…, aviões voando na base com menos de 24 hrs.
    O sistema de defesa da base não foi capaz de acertar um único míssil? Risível essa conclusão.
    Ou houve um acordo para a Rússia não interceptar, ou a informação dos EUA não foi verdadeira.
    Obs: Não estou dizendo que a Rússia interceptou os 23 que alegam. Provavelmente deve ter aumentado os números.

  41. O Trump fica no Twitter escrevendo bravatas, o embaixador russo no Líbano da entrevistas falando bravatas e enquanto isso o pessoal do pentágono e a alta cúpula militar russa discutem pelo telefone como será o ataque, ambos devem traçar linhas vermelhas e vão acabar chegando em um acordo. Muito provavelmente o pentágono vai dizer onde haverá ataques e dará tempo para que os Russos e Sírios evacuem essas bases antes. A fúria da Rússia com Israel essa semana foi justamente isso, Israel não avisou com antecedência aos russos antes, por isso o embaixador de Israel foi chamado na chancelaria russa ontem

  42. A verdade é que a Guerra na Siria chegou a um ponto de inflexão.
    A maioria dos analistas concordam que não se pode mais afastar a ideia de guerra entre as grandes potencias (pelo menos uma local).
    As potencias estão cada vez menos disposta a ceder diante de impasse.
    Putin não é bobo, ele sabe que se não reagir vai levar cheque e o mate vai estar próximo. Se a Rússia não mostrar que pode ou quer defender seus aliados vai perder toda capacidade de influência global, visto que economicamente não pode influenciar o mundo.
    O mais provável e que ela reaja polidamente, afim de evitar uma escalada.
    Putin pode jogar com o receio da população mundial tem de uma guerra entre EUA e Rússia.
    Agora o fator imprevisto e sempre uma constante.

  43. Acredito que os EUA e cia vão atacar um alvo militar de grande importância para aborrecer o Assad. Não irão atacar os Russos porque se atacarem os alertas de dissuação nuclear serão disparados e ninguém quer isso, pois a escalada de tensão poderá se elevar e todo mundo sabe que não haverá vencedores.
    Sinceramente acho que é muito cachorro grande latindo e poucos ou ninguém disposto a morder para valer!

  44. O engraçado é a cara de pau dos americanos preocupados com um ataque químico…
    Quem foi que realizou os dois maiores e mais criminosos ataques contra população civil usando armas de destruição em massa no Japão no final da II Guerra com bombas nucleares?
    Quem foi que inventou esta mais temida arma de destruição em massa?

    Os bonzinhos proterores dos “frascos e comprimidos”,,,,oops fracos e oprimidos.

    • Eles são justamente o país que mais usaram armas químicas no planeta! Até hoje os vietnamitas sofrem com câncer e problemas genéticos graves graças a agentes como o laranja.

    • Para quem foi um militar você se mostra pouco racional e ideologicamente contaminado Walfrido visto que embarca no moralismo seletivo dos antiamericanos patológicos, que sempre pinta os ataques a Hiroshima e Nagasaki como crimes de guerra omitindo o contexto. É fato que a despeito de estar em frangalhos, com suas cidades sendo varridas por devastadores ataques aéreos com bombas incendiárias, o Japão não iria se render. Os líderes militares, especialmente o Primeiro Ministro Tojo, queriam combater até o último civil. As sangrentas campanhas de Iwo Jima e Okinawa foram amargas prévias do que viria na planejada operação Downfall, onde se planeja a perda de 270.000 soldados dos EUA e 1 milhão de civis japoneses.

      Do lados dos EUA havia um país cansado de guerra, com a economia em frangalhos, os cidadão já não muito dispostos a provações tais como guardar o óleo de cozinha usado, economizar sucata e comprar War Bonds. Sem falar em ter de enterrar seus filhos ceifados em batalhas cada vez mais encarniçadas. De igual forma a moral dos soldados escalados para a tarefa era baixa, especialmente entre aqueles que seriam transferidos do TO europeu. Imagine para um soldado que penou nas praias da Normandia e nas Ardenas ter de enfrentar os fanáticos japoneses? Por tudo isso, as duas bombas restam plenamente justificadas.

  45. Pessoal viajam nas ideias de Super Tio Sam. Os Estados Unidos “Trump” tuitaram um monte contra a CN e no final das contas, não teve peito pra uma empreitada militar no nivel convencional e partiram pro um diplomático. Não vai ser com a Russia que eles vão peitar.
    A OTAN nem é digna de se falar… Sem os estados unidos, ela não representa uma ameça convencional e nem nuclear para a Russia e China.
    A OTAN não passa de uns ” parças na aba” como os amigos do Neymar para os Estados Unidos.

    • Enquanto isso deixem os EUA ficar torrando rios de dinheiro com inutilidades. Navio pra cá, avião pra lá. Depois a conta vai chegar. Aliás, já chegou. Deficit orçamentário de mais de US$ 1 trilhão por ano e uma dívida externa de cerca de US$ 20 trilhões.

  46. Bosco 11 de Abril de 2018 at 11:39
    Bruno,
    Todos os mísseis acertaram. Só um falhou. Suas fontes estão equivocadas e são parciais e levam em conta em demasia a versão oficial do governo russo.
    Bosco na rea,l usar uma mídia ocidental que também é anti Russa no mínimo e ser tendencioso não ….. Mas vamos fazer uma analise ,qual é o raio de destruição de um Tomahawk ? 44 unidades ,acertadas para a base operar no outro dia …então os americanos podem investir em um míssil melhor ..olha os Israelense foram apenas 3 acerto ,e 14 mortes ..imagina se fosse 44 unidades…

    • Bruno,
      Alguém está mentido. Os americanos alegam que lançaram 59 Tomhawks. Um eles dizem que caiu!
      Os russos dizem que só 23 atingiram a base. Então, tem 35 que não chegaram caso tenha sido mesmo 58 mísseis.
      A pergunta é: onde estão os 35? Caíram no mar? Em terra é que não foi porque ninguém mostrou destroços ou pontos de impactos desse míssil entre o mar e a base alvo.
      Será que os russos interceptaram 35 Tomahawks e não gravaram unzinho só sendo atingido? Nenhum deles caiu em terra?
      Claro, há sempre a hipótese dos detestáveis americanos terem mentido e tenha lançado só meia dúzia e alardearem que foram dezenas. Eles são muito mentirosos e ainda bem que tem o Putin pra restaurar a verdade.

      • Bosco, os russos realmente falaram que 23 misseis atingiram a base, mas em momento algum disseram que interceptaram os faltantes. Acompanho o MoD russo e não lembro disso. Se tiver a fonte, por favor me informe.

        Segue vídeo interessante. UAV filmando base atacada.

        • Eu não disse que eles afirmaram isso. Eu disse que os russos disseram que dos 59 mísseis lançados só 23 atingiram a base e não me consta deles terem desmentido os americanos acerca da quantidade de mísseis lançados.
          Ou seja, cadê então os 35 mísseis que eles não discutem que foram lançados mas dizem que não chegaram na base?

      • Vale salientar que a ogiva de um míssil só explode se for atingida diretamente (a menos que seja preenchido com explosivo insensível) ou se for espoletada de propósito. Um Tomahawk que cai ou é abatido pode se fragmentar por conta do impacto e até explodir por conta do combustível. mas a ogiva restaria intacta.
        Se 35 Tomahawks caíram em terra naquela oportunidade, há 35 destroços de Tomahawks no Síria e muito provavelmente há 35 ogivas intactas.

  47. “Nosso relacionamento com a Rússia é pior agora do que nunca, e isso inclui a Guerra Fria. Não há razão para isso. A Rússia precisa de nós para ajudar com sua economia, algo que seria muito fácil de fazer, e precisamos que todas as nações trabalhem juntas. Pare a corrida armamentista?”.

    É um pacificador…

  48. Tem gente que está achando graça.

    A Rússia não é o Iraque.

    No mundo, hoje, existem 3 super potências militares.
    EUA, Rússia e China.

    Um conflito envolvendo 2 super-potências militares é algo surreal.
    Estamos falando de uma possível 3a guerra Mundial e de um possível fim do mundo.

    A Rússia não consegue fazer frente aos EUA?

    Isso é piada, né? O poder militar desses países sempre foi equilibrado, e ambos possuem capacidade de causar danos altíssimos ao outro lado.

    • Errado!
      A China e Rússia são grandes potências regionais, só. Não são super potências. Termos/conceitos distintos/diferentes, grandeza diferente…

      China e Rússia não tem a logística e a capacidade de combater em força e grandes números longe do seu território. Os EUA sim.

      E falando em números e quantidade de equipamento militar, a Rússia só se equilibra e/ou supera aos EUA em principalmente nukes e tanques.
      E pelo menos em Força Aérea e Marinha, os EUA tem muito mais equipamento/quantidade que a Rússia.

      • Para que a Russia iria precisar de logistica se ela tem as nukes ? Se ela tiver tomando pau ,ela vai lançar mão delas ,pode ter certeza disso

    • DSC

      As potências militares como Inglaterra e França possuem cerca de 10 submarinos, menos de 20 navios escolta, menos de 300 caças. Não possuem bombardeiros estratégicos. E numericamente possuem forças armadas com 300 mil pessoas ou menos.

      Mas pela modernidade dos equipamentos são consideradas potências militares.

      EUA, Rússia e China possuem Cada um:
      Mais de 60 submarinos
      Mais de 100 navios escolta
      Mais de 1.000 caças
      Bombardeiros estratégicos
      Mais de 1 milhão de homens nas forças armadas.

      Não estou entrando no mérito de qual dos 3 eh a mais forte. Ou qual possui a maior capacidade de combater distante.

      Os 3 países se distanciam muito das potências militares como França e Inglaterra.

      Portanto podem ser considerados como super potencias militares.

    • Corrigindo o poder militar entre EUA e URSS sempre foi equilibrado, não a da Russia e EUA e sim o DSC está certo hj só existe uma superpotência que é os EUA no futuro existiram 2, EUA e China mas hj só tem uma.
      A Russia não passa de uma grande potencia, aquela que fica acima da regional mas abaixo da superpotência, ele está no mesmo patamar de RU e França.

  49. DSC a Russia tem capacidade convencional o Suficiente pra persuadir a qualquer outra nação ou Bloco a não os confrontar-los diretamente. É o poder da URSS? Não. Porem oque ela tem hoje em dia, mesmo faltando em numero é o necessário e com uma doutrina muito mais efetiva que a da URSS.
    Por mais que alguns, tenham sonho alegres e felizes que possam vencer no convencional… Pra vencer a Russia militarmente, só com uso de Nukes e ai é o fim do mundo.

  50. O tal do senador Sanders já esperneou que Trump não tem autoridade para entrar numa guerra ,mas sim isso tem que se votado no congresso….
    Sabe o que vai acontecer …Trump não termina o mandato, ele está fazendo esse estardalhaço todo para tirar a atenção dele…pois a muitos olhos sobre ele nos EUA..doido para apunhala- lo pelas costas…

  51. IL-38N “Dolphin” da Marinha Russa, armados com torpedo, realizando patrulhas ASW no Mediterrâneo.

    Começo a escutar os tambores da guerra.

  52. Uns seguem vc a razão, outros a loucura!!!
    Hoje vou seguir a locura!!!
    Profecia contra Damasco
    17 1/2 Esta é a mensagem de Deus para Damasco, capital da Síria: Vejam como Damasco acabou! Já não é mais uma cidade. É praticamente um montão de ruínas! As cidades de Aroer estão desertas. Só rebanhos se vêem ali a pastar; os animais deitam-se sossegadamente, porque não há ninguém que os espante. 3 A força de Israel e o poder de Damasco terão fim, e os que ficarem da Síria serão destruídos.

  53. Casa Branca. Nada está decidido quanto a possível ataque à Síria.
    Donald Trump tem em cima da mesa várias opções e nem todas são militares, diz a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders.

    Fonte: RTP

  54. Mais uma vez eu me surpreendo com o teor dos comentários, defendendo esta ou aquela facção, alguns com laivos mais emocionais outros com argumentação mais técnica. E fico impressionada com a frieza, descaso e inobservância da questão humana. Pouquíssimos preocupados com os milhões de crianças e civis mortos, feridos, orfãos, famintos e amedrontados. Foi se o tempo em que o brasileiro era “bonzinho”. Agora assumimos a tendência global em encarar o “outro” como não humano, como julgável e descartável ou como desprezível efeito colateral nas ações dos “grandes”, dos que “contam”. Perdendo a bondade, estamos perdendo a Divina Proteção. A conta virá, mais cedo do que esperamos e muito além do que possamos imaginar.

  55. Tadeu Mendes 11 de Abril de 2018 at 16:30
    Você não sabe o que está falando, como sempre.

    VC com a bandeirinha da torcida organizada sabe né….. “Ispicialista” …

  56. A China não possui força naval estratégiica. Não possui logística pa ra projetar poder global. Possui muito menos ogivas nucleares que a França por exemplo. Portanto não é uma superpotencia militar.

    Somente possuindo uma força militar de projeção global um país pode ser qualificado como superpotência militar.

    • “Possui muito menos ogivas nucleares que a França por exemplo” Fonte? Quantas ogivas nucleares a França tem, você saberia dizer? E quantas a China tem ?

      • Caro Jr.

        A estimativa oficial, segundo a agencia Federation of American Scientists e a SIPRI:

        1 Russia 7000
        2 USA 6800
        3 França 300
        4 China 270
        5 Inglaterra 215

        • Isso é estimativa, nem o Sipri, nem a Federation of American Scientists tem como afirmar ou comprovar esses números, isso e informação altamente classificada, acho difícil eles saberem o numero exato, ainda mais de dois países que não primam pela transparência e não só isso, usam bastante a tática de propagar informações falsas para confundir as agências de inteligência ocidental

  57. Comparar a China com a França eh piada.

    O verdadeiro arsenal nuclear da China eh um mistério.

    A marinha francesa possui 4 destroyers e 8 fragatas.

    A China vai receber APENAS NO ANO DE 2018:
    1 super destroyer type 055
    05 destroyers type 052D
    3 fragatas type 054A
    3 corvetas type 056A.

    Praticamente a frota de navios de escolta da França POR ANO.

    • A França não é uma superpotência militar, nem mesmo a China chega esse patamar.

      Mas a França é a terceira potencia nuclear do planeta.

    • Senhores,
      Não queiramos reinventar a roda.
      Armas nucleares têm função intimidatória. Não há razão de se esconder a quantidade exata de armas que um dado país tenha. É mais provável que se “minta” no sentido de aumentar do que diminuir a quantidade real de armas nucleares.
      Os únicos países que podem dar uma “maquiada” nos seus números são os EUA e a Rússia por conta de que eles integram tratados de redução de armas que impõem limites a ambos e eles podem não estar dando conta (ou não querem e fazem corpo mole) de desmantelar as armas que o tratado impõe num determinado espaço de tempo. Aí, eles podem dizer que têm menos armas operacionais ou na reserva do que realmente têm.
      China, França, RU, Paquistão e Índia têm no máximo o que dizem ter. Não há sentido em raciocinar diferente. Se eles estiverem “mentindo” é pra mais e não pra menos.

  58. Alguns pontos me impressionam nessa guerra da Síria

    1º – Uma simples manifestação no país se transformou em uma carnificina e que destruiu um país praticamente inteiro em 7 anos.
    Eu pensava que iria ser longa, mas nem tanto

    2º – Depois da ajuda russa e distanciamento dos EUA aos rebeldes, as tropas de Bashar Al-Assad praticamente retomaram o país que estava em retalhos.

    3º – Como essa guerra virou um cenário de briga geopolítica, teste de armas, engajamento de países vizinhos e tudo mais que possamos imaginar.

    4º – Nunca imaginei ver um presidente dos EUA usar twitter pra anunciar um ataque………os tempos são outros rsrs

  59. Parece que o Trump desistiu do ataque e Duma agora esta sobre controle do exercito sírio. Dessa vez os fanboys terão que adiar a comemoração

  60. Hum hum … (“Nunca disse quando um ataque à Síria aconteceria. Poderia ser muito em breve ou não! De qualquer forma, os Estados Unidos, sob minha administração, fizeram um ótimo trabalho livrando a região do ISIS [Estado Islâmico]. Onde está o nosso “Obrigado América?”, afirmou Trump no Twitter.)

  61. Oh! Avisa para sair de um aeródromo qualquer, pois nós vamos jogar uns negócios Lá. Deixa um Mig 21 para dizer quê algo foi destruído.
    “O verdadeiro arsenal nuclear de qualquer país é um mistério”. De nada adianta pois se for usado é para acabar com o mundo quê conhecemos.Tantas potências nucleares tomaram pau em guerra convencional, e saíram com o rabo entre as pernas.

  62. Tadeu,

    Por uma diferença de 30 ogivas, você coloca a França como a terceira potência nuclear??
    E ainda, sabendo que esses números são imprecisos??

    Você sabe o que é tríade nuclear?

    Para quem não sabe, a TRÍADE NUCLEAR é uma estrutura de força nuclear com 3 frentes, que consistem em:
    1) Mísseis Nucleares lançados por terra (silos, caminhões, trens)
    2) Mísseis Nucleares lançados por Submarinos Nucleares
    3) Mísseis Nucleares lançados por bombardeiros estratégicos

    Para que serve possuir a TRÍADE NUCLEAR? Porque foi inventada?

    Com o objetivo de espalhar seu arsenal nuclear em diferentes plataformas, tornando suas forças mais propensas a SOBREVIVER à um primeiro ataque e poderem REVIDAR.
    Ou seja, para aumentar o poder de dissuasão nuclear.

    A China possui a tríade nuclear.
    Os EUA possuem. A Rússia possui.

    A França NÃO.

    Caso um inimigo consiga monitorar os submarinos lançadores de mísseis balísticos da Marinha Francesa, que são MÍSEROS 4, e inicie a guerra afundando estes submarinos, o poder de dissuasão nuclear da França cai para QUASE 0. Quase porque possui caças Mirage 2000D e Rafale que podem utilizar armamento nuclear, mas NÃO possui bombardeiros estratégicos que possuem muito mais alcance e muito maior capacidade de armas.

    Já a França, além dos caças táticos como J-10, J-11, Su-30, etc, possui bombardeiros estratégicos H-6. Possuem os submarinos nucleares lançadores de mísseis balísticos e possuem os mísseis nucleares lançados por terra, em silos secretos e em caminhões.
    Aliás, possuem uma estrutura de túneis para armazenamento e transporte de ogivas nucleares que é chamada de A Grande Muralha SUBTERRÂNEA da China. Analistas americanos ‘estimam’ que esses túneis subterrâneos possuem mais de 5.000 km de extensão.

    • Luís,
      Você pode até dizer que o arsenal nuclear chinês é mais diversificado que o francês, mas é inegável que a França tem maior quantidade de armas.
      O chineses têm cerca de 40 a 50 ICBMs e não se tem certeza se portam MIRVs. O mais certo é que levem apenas 1 ogiva cada (SRV) cada.
      Os chineses também têm 5 SSBNs (provavelmente 6 se o mais antigo não foi retirado), ficando só um em patrulha por vez, com 12 SLBMs com 3 a 4 MIRVs cada, somando 36 a 46 ogivas em patrulha de cada vez.
      Somando tudo eles têm de cerca de 100 ogivas em prontidão a cada momento. O que é bem parecido com o estado de prontidão de 2/5 em relação às armas operacionais, dos americanos.
      Os franceses têm 4 SSBNs cada um com 16 SLBMs M51 com capacidade de 6 a 10 ogivas cada. Ficando 1 em patrulha a cada momento e têm-se uma quantidade teórica de pelo menos 96 ogivas em prontidão. Com mais cerca de 50 ASMPs operacionais e chega-se também a uma relação de 2/5 de armas em prontidão relativa às armas operacionais.

      • Bosco, com todo respeito, nem eu, nem você, nem ninguém no mundo ocidental sabe exatamente o número de ogivas nucleares chinesas.

        Releia seu texto. A todo momento você escreve: ‘não se tem certeza’, ‘provavelmente’, ‘cerca de’, ‘o mais certo é que’.

        Então não da para afirmar categoricamente, como você fez no início do texto, que é inegável que a França tem maior quantidade de armas.

        PS.: A China NUNCA afirmou que possui 270 ogivas nucleares, nem nenhum outro número. ANALISTAS OCIDENTAIS ‘ESTIMAM’ QUE POSSUA CERCA DE 270 OGIVAS.
        Porém, sempre foi e continua sendo SEGREDO DE ESTADO o número exato de ogivas.

        • Luíz,
          Minhas expressões de dúvida se referem à quantidade de ogivas de prontidão. Se é dito que um SLBM é capaz de levar até 4 MIRVs e um submarino leva 12 mísseis, então ele no máximo poderá levar 48 ogivas, mas não quer dizer que não haja mísseis com 1, 2 ou 3 ogivas, portanto, não tem como eu ter certeza que nem os chineses nem os franceses se reportam à minha pessoa.
          E o que o leva a crer que a China tenha mais armas nucleares do que divulga? Ela divulgando uma quantidade menor ela atrai para si a possibilidade de ataque, o que vai contra a doutrina da manutenção de um arsenal nuclear “dissuasivo”.
          E o que também o leva a crer que só a China esconde a quantidade exata de armas nucleares operacionais? Se eles o fazem, também os franceses também podem fazê-lo, e aí, voltamos ao mesmo dilema intelectual insofismável e eterno.
          Por isso, eu prefiro raciocinar em cima dos dados que são divulgados e tidos como aceitáveis e lógicos.

  63. A China possui SLBM? A China possui submarinos estratégicos de propulsão nuclear?

    E claro que eu sei que é a Triade Nuclear. Cujo o único objetivo é praticicamente garantir a doutrina MAD através de redundancia via mar, ar e terra.

    Venho acompanhando o tema desde os anos 70, e também através de palestras e cursos na Harvard.

    • Sim Tadeu.
      A China possui entre 5 e 7 Submarinos Nucleares Lançadores de Mísseis Balísticos.

      1 Type 092 mais antigo
      4 ou 5 Type 094
      e 1 Type 096 mais novo que provavelmente está em testes ou já entrou em serviço.

      E eles pretendem engrossar o caldo do feijão para valer.
      Já a França muito provavelmente continuará com 4 unidades por muito tempo.

  64. Um ponto que talvez não tenha ficado suficientemente claro é que estivemos (estamos) à beira da terceira guerra mundial, em razão de informação divulgada pelos White Helmets, apoiados pelo ocidente mas reconhecidos pela notória ligação com os grupos terroristas.
    É pra fechar o boteco.

  65. Teoricamento não se precisa de tantas armas nucleares para enfentrar um inimigo com maior quantidade de armas nucleares. Os EUA são tão preocupados a ter tantos meios por causa da sua doutrina a difamada Flexible Response, que espera os inimigos atacaram para ai fazer a resposta.
    Agora ngm precisa adotar essa doutrina, a China por exemplo pode decidir se quiser atacar apartir do momento que ela dectar misseis inimigos adotando a tatica que ela mas bem entender.

  66. Algumas notícias quentes sobre o assunto (boatos):
    – os EUA atacarão 8 alvos na Síria (pelo menos dois aeródromos, uma fábrica química);
    – avisarão os russos antes para que possam retirar seu pessoal(?);
    – ataque deve acontecer no dia 12 ou 13 (hoje ou amanhã);
    – Mattis e Trump conversam agora sobre os detalhes do ataque;
    – A reunião do CS da ONU que ocorre agora não impedirá o ataque. China, Russia e Bolivia votarão contra.

        • Pois então …Acho que não vão conseguir provar que foi o Assad.Eu não acredito que o Assad esteja fazedno isto e sim os rebeles

          • Também não acredito Bill. Sob inúmeros pontos de vista a ação é ilógica, improdutiva e trabalha contra os objetivos. Alguns acham que a Síria está em guerra com o ocidente e por isso fabricaria algo assim. O que menos importa é o ocidente para eles. Querem apenas que fiquemos longe de sua luta pela sobrevivência.

            Ainda, acho também que quanto mais eles demorarem, mais difícil se tornará o aval político da ação. Porém os tambores ainda ressoam.

          • Tudo que Assad fez é logico, os rebeldes vão lutar ate o fim, causando muitas baixas.
            O Assad jogar bombas nos rebeldes é tão logico como os EUA usarem bombas nucleares no Japão da IIGM.
            Alias o ultimo ataque a investigação da ONU-OPWC culpou o regime Assad.
            Os EUA levaram uma resolução no conselho na ultima terça, pedindo uma investigação liderada pela ONU com observadores internacionais com acesso livre e a Russia vetou, e inclusive vetaram resolucoes contra a Siria depois que a onu declarou Assad culpado dos ataques do ano passado..
            E o velho ditado quem não deve não teme.
            Agora o ocidente, é claro que ele tem seus objetivos, que é arrumar uma solução politica onde as ideias de descentralização de poder e mais liberdade levantadas pelas revoluções floresçam, fazendo assim o Assad ter q renunciar como a maioria dos lideres internacionais arabes que enfrentaram a primavera árabe.
            Já a Russia quer q Assad tenha uma vitoria total, sem solucoes politicas e se possível usar isso para desmoralizar os ideais da primavera árabe na região.

  67. 1) a China não divulga e nem divulgou.
    É segredo de estado. Esses números são ” estimativas”. E você está aceitando isso como se fosse uma divulgação oficial.

    2) porque a França eh um país muito mais aberto que a China.
    Posso apontar diversos exemplos de equipamentos militares chineses que só foram divulgados quando já estavam prontos ou em estágios avançados de construção.
    Bem diferente da França que divulga tudo que adquire e que pretende adquirir.

    3) a questão de divulgar mais o menos:
    Por um lado você pode aumentar seu poder dissuasório, por outro você reduz a atenção de possíveis inimigos.
    No entanto a China não fez isso.
    Eles simplesmente não informam NADA.
    E está estratégia também funciona, porque estabelece um poder dissuasório sem revelar muitos detalhes para possíveis planos adversários.

  68. Luis Henrique e Bosco.
    Será que o Putin perde sono só por causa dos EUA? Ou será que a China também lhe causaria pesadelos?

    • Não posso te responder com certeza , mas fico com uma dúvida quando aparece comentários aqui dizendo que Putin esta dando tiro no pé se aliando com a China , ou que a China vai pegar parte do território russo , etc.
      Oras bolas , se nós, brasileiros que não temos informações precisas sobre nada que acontece lá achamos que a China quer engolir a Rússia, Putin que é um cara extremamente inteligente e seus inúmeros conselheiros e estrategistas não teriam pensado nisso também? Ou eles fecharam os olhos para o perigo chinês?
      Prefiro acreditar que é muito mais fácil a Rússia pegar um pedaço da China do que o contrário .
      Não devemos esquecer que a capacidade nuclear da Rússia é muito superior a da China e a China vai demorar muito a ultrapassar militarmente a Rússia nas áreas mais importantes.

  69. só sei q nada sei…semana q vem saberemos quem afundou quem, quem derrubou quem, e quem matou quem, a unica coisa certa é q israel vai continuar bombardeando a siria com muita competencia apartir do espaço aereo libanes,que a turquia não ira se retirar da siria e anexara o territorio até aqui ja conquistado,que a russia sempre terá um porto no mediterraneo, e que quem fala demais acaba perdendo para suas proprias palavras(vide o q ocorreu nas “invasões“ para a implantação das upps) e no final o bashar condecorado pelo molusco com a ordem do cruzeiro do sul reinará por ad eternum na siria até a próxima guerra. : )

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here