Home Asas Rotativas Airbus Helicopters mais forte e ágil mostra um sólido desempenho comercial em 2017

Airbus Helicopters mais forte e ágil mostra um sólido desempenho comercial em 2017

1013
18
H145
  • 409 helicópteros entregues só no ano passado
  •  Um sólido desempenho comercial em helicópteros pesados ​​e super-médios
  • Concluída a primeira fase da transformação geral da empresa 

Marignane, 22 de janeiro de 2018 – A Airbus Helicopters entregou 409 helicópteros e registrou 350 encomendas brutas de helicópteros (335 líquidas) em 2017, com forte desempenho comercial nos segmentos pesado e super-médio. A empresa registrou 54 encomendas de helicópteros da família Super Puma e 19 encomendas do super-médio H175, confirmando a liderança de vendas desses tipos em seus respectivos segmentos do mercado. Também foram registradas 168 encomendas de helicópteros leves de motor único e 105 encomendas dos H135/H145 leves de dois motores. No final de 2017, a carteira total somava 692 helicópteros.

“Estamos encerrando agora o primeiro capítulo da transformação iniciada em 2014 em toda a empresa, o que permitiu que ela se tornasse mais forte e ágil em um mercado desafiador. Nossos resultados de 2017 são um testemunho do excelente trabalho realizado por nossas equipes na transformação das operações industriais e na melhoria dos nossos produtos e serviços, ao mesmo tempo que oferecemos um ambicioso roteiro de inovações para preparar o futuro do voo vertical”, disse Guillaume Faury, CEO daAirbus Helicopters. “Ao lançarmos este ano uma segunda onda de transformações na empresa, o nosso foco principal será acelerar esses esforços por meio de uma maior digitalização dos nossos produtos, serviços e operações – em benefício dos nossos clientes e da segurança de nossa frota”.

No ano passado, houve grandes avanços em termos de novos produtos, como o H160 – o primeiro da “Geração H” – com três protótipos agora em testes de voo para a sua certificação em 2019. Uma campanha de disparo em escala real do sistema de armamentos HForce também foi realizada com sucesso no H145M, que se beneficiará de capacidades militares aprimoradas e modulares até o final de 2018. O ano também foi marcado pelo lançamento da ACH (Airbus Corporate Helicopters) que possibilitou a empresa a oferecer aos seus clientes privados e empresariais, design e especificações de alta qualidade em toda a sua gama de helicópteros.

Em 2017, a Airbus Helicopters concluiu a implementação do seu modelo industrial renovado com a inauguração de sua unidade de produção de lâminas de rotor em Paris-Le Bourget, na França, que será parte integrante da nova estratégia de especialização das instalações que abrange as plantas de Marignane, na França, Donauwörth, na Alemanha, e Albacete, na Espanha. No cenário internacional, a empresa entregou o 400º UH-72 Lakota ao Exército dos EUA e iniciou as obras de sua primeira linha de montagem final de helicópteros na China, com entregas iniciais esperadas para 2019.

DIVULGAÇÃO: Airbus Helicopters

18
Deixe um comentário

avatar
17 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
10 Comment authors
Bavaria LionoganzaCarlos Alberto SoaresVenireFe Woz Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Hernâni
Visitante
Hernâni

Daqui a uns anos os chineses vão copiar os helicópteros mais avançados da Airbus e deixarão de precisar da fábrica da empresa na China.

Galante, gostava de lhe fazer uma pergunta. Em Português a palavra “plantas” refere-se ao conjunto da flora…! Diz-se fábrica. a palavra não existe no Brasil ou é apenas um erro de tradução? Não se ofenda comigo, eu sou um fiel seguidor do blog e um entusiasta do vosso trabalho
Um abraço!

Ivan
Visitante
Ivan

Prezado Hernâni,
.
Significado de Planta (substantivo feminino):
– Vegetal, ser vivo desprovido de movimento locomotor;
– Parte inferior do pé do homem ou dos animais, que pousa no chão;
– Desenho ou traçado que representa uma cidade, uma fábrica, uma casa etc., em projeção horizontal.
.
Espero ter ajudado.
.
Cordiais saudações,
Ivan, do Recife.

Marcos
Visitante
Marcos

Já consertaram o cubo do rotor da Kombi, aquela com ToT que vai nos permitir fabricar helicópteros Mach 8?

Ivan
Visitante
Ivan

“A empresa registrou 54 encomendas de helicópteros da família Super Puma e 19 encomendas do super-médio H175…” . O H175 é um helicóptero muito interessante, na classe das 7 (sete) toneladas, anteriormente chamado de EC175. O link abaixo é da Helibrás, mas não sei se é montado no Brasil, penso que não. http://www.helibras.com.br/website/po/ref/H175_24.html . Entretanto não sei exatamente o que a Airbus Helicopters pretende dizer com “família Super Puma”. Se for apenas o H225M, que já foi EC725 e no Brasil é H36, penso que terá um pós vendas bem complicado. Chamam de ‘Caracal’, um felino robusto da África e… Read more »

Ivan
Visitante
Ivan

O doberman… 🙂

Ivan
Visitante
Ivan

O catálogo do H225M pela Helibrás:
http://www.helibras.com.br/website/po/ref/H225M_38.html

Hernâni
Visitante
Hernâni

Exatamente Ivan,

Eu não consultei o dicionário mas só me vem dar razão! quando refere “Desenho ou traçado que representa uma cidade, uma fábrica, uma casa etc., em projeção horizontal” não se refere à fábrica, cidade ou casa em si, mas sim ao seu desenho de projeto ou planta!
Podia acontecer como as palavras celular no Brasil, nós dizemos telemóvel…!! O mais interessante é que vocês dizem palavras antigas do português que aqui entraram em desuso. O Português é um “mundo”.
Um abraço

Walfrido Strobel
Visitante

Quanto ao planta: os dicionários mais modernos já reconhecem a versão do “planta” como tradução do “plant” em inglês.
.
Planta.

[Do lat. planta.] Substantivo feminino.
1. Bot. Ser vivo que pertence ao Reino plantae (q. v.) e que, na maioria das classificações, é qualquer dos organismos vegetais verdes, i. e., que contêm clorofila. [Em algumas classificações antigas, tb. os fungos e as bactérias são considerados plantas.]
2. Anat. Parte do pé que assenta no chão.
3. Arquit. Desenho da projeção horizontal de um objeto, terreno, de parte de uma construção, etc.

[Do ingl. plant.]
Substantivo feminino.
1. Instalação produtiva; fábrica.

Hernâni
Visitante
Hernâni

walfrido,
Então agora traduz-se tudo dessa maneira? Dá jeito… traduz-se e pronto! Depois não se queixem dos “gringos”…

Um abraço

Walfrido Strobel
Visitante

Hernâni, não fui eu que escrevi o dicionário, mas concordo com a adaptação, pois a linguagem tem que se adaptar ao usado pelas pessoas, dentro do que não seja absurdo ou chulo, hoje é muito comum se dizer que um determinado produto foi fabricado na planta de São Paulo, se referindo a fábrica de São Paulo.

Hernâni
Visitante
Hernâni

walfrido,
Eu estou de acordo mas não se pode traduzir uma palavra à letra logo quando essa palavra se confunde com outras que se escrevem da mesma maneira e são usadas no dia a dia. Neste caso eu acho absurdo e nunca devia ser feito.

um abraço

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Hernâni, o uso da palavra no sentido de “planta industrial” é corrente no Brasil há décadas, não é uma questão pontual de tradução. Planta, fábrica, indústria, todos esses termos são utilizados aqui no Brasil, com a diferença que os dois últimos são mais comuns e o primeiro menos difundido no grande público, mas muito comum na engenharia, ambiente corporativo, economia etc. Tão comum no ambiente corporativo, e há tanto tempo, que é usado em notas à imprensa como esta, veiculada em português (não é tradução nossa, é texto da assessoria de imprensa da empresa). Mas creio que esse assunto fora… Read more »

Fe Woz
Visitante
Fe Woz

E só tende a crescer. A melhor coisa que essa empresa fez foi abandonar a sopa de letrinhas e unificar o nome Airbus. Isso criou uma imagem muito mais clara e sólida. Sobre a fábrica da China, todos sabemos que é questão de tempo até o governo chinês achar que não precisa mais dela e dar um pontapé no traseiro.

Walfrido Strobel
Visitante

Fe Woz, mas é assim que se trabalha com os chineses, vc sabe que um dia fabricarão o seu próprio produto, com ou sem sua ajuda, então que se aproveite para ganhar algum $$$.
A Rússia sabe que terão um dia um avião próprio como o Su-35, então aproveitou e vendeu para eles ganhando um dinheiro, o mesmo vale para a Airbus.

Venire
Visitante
Venire

Lendo certas opiniões muito disseminadas pela blogosfera militar aprendemos que os helis da Airbus são kombis defeituosas, ineficientes e dispendiosas (kombi essa que, surpreendentemente, não para de receber encomendas…). E que o único heli que presta e que seria útil para o Brasil seria o Blackhawk. Sendo assim, fico surpreso que essa fabricante de porcarias de asa rotativa tenha um desempenho tão bom assim no seu portfólio de vendas…vai ver todos os seus clientes sejam trouxas.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Hernâni 24 de Janeiro de 2018 at 19:50

Pode usar a palavra “nave”

é assim que que definimos na España. (rs)
____________________________________

Reforçando:

A quantas anda …. ops …. voa o assunto daa engrenagem MGB do Caralhal ?

http://www.aereo.jor.br/2017/10/07/airbus-divulga-investigacao-de-acidentes-com-o-h225/

http://www.aereo.jor.br/2016/05/29/acidente-com-helicoptero-h225-na-noruega-investigadores-analisam-causa-provavel/

http://www.aereo.jor.br/2016/06/04/fab-suspende-voos-de-helicopteros-vh-36h-36-ec-725-caracal/

No quê deu o tema do link logo acima ?

oganza
Visitante

Hernâni tá falando de Cultura em sua mais básica expressão, a mesma cultura que abandonamos a quase 200 anos, ali nos perdemos e vocês não estão entendendo nada.
.
Hernâni, consciente ou não, partiu a loiça toda ao fazer tal questionamento e meu caro, há muito estamos feito ao bife com esse aparvalhar de coisas.

Bavaria Lion
Visitante

Bem, quando o caralhal e o tiger saírem do portfólio e entrarem os projetos de verdade, a Airbus vai dar um salto de qualidade. A nova direção é ótima.