Home Asas Rotativas Revisão dos helicópteros Mi-35P do Comando Aéreo do Chipre

Revisão dos helicópteros Mi-35P do Comando Aéreo do Chipre

2145
6
Mi-35P do Chipre

Em 2001, o Chipre recebeu 12 helicópteros de combate Mi-35P (também referidos como Mi-24VK2), fabricados por ordem de Rostvertol OJSC em Rostov-on-Don na Rússia.

Um desses helicópteros Mi-35P foi perdido em acidente no Chipre em 5 de julho de 2006. Os restantes 11 helicópteros já sofreram a primeira grande revisão na Rússia na Rostvertol em 2007-2008.

O Ministério da Defesa do Chipre assinou, em 2 de dezembro de 2013, com a Rosoboronexport OJSC um contrato no valor de 28 milhões de euros para a segunda revisão dos 11 helicópteros Mi-35P, que estão em serviço com o 450º Esquadrão do Comando Aéreo da Guarda Nacional do Chipre.

No momento, todos os 11 helicópteros estão em serviço e servem no Comando Aéreo do Chipre.

COLABOROU: Rustam Bogaudinov

6
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
BFESPWalfrido StrobelRinaldo NeryfonsecaCésar A. Ferreira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Marcos

Pegando um gancho, para saber sobre o suporte da indústria russa aos seus clientes pelo Mundo: como está sendo feita a manutenção dos nossos helicópteros?

César A. Ferreira
Visitante
César A. Ferreira
fonseca
Visitante
fonseca

Momento Bougadinov.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Marcos, Facebook não é informação oficial. Infelizmente, essa disponibilidade 100% não durou muito.

Walfrido Strobel
Visitante

Notem que esta versão antiga usa o “fixed twin-barrel GSh-30K autocannon 750 rounds of ammunition” enquanto a nossa usam a “flexible twin-barrel GSh-23L autocannon 450 rounds of ammunition”.
As nossas tem mais mobilidade na torreta móvel enquanto as fixas são melhores contra blindados pelo maior calibre de 30mm e mais munição, mas o piloto precisa alinhar o helicoptero contra o alvo para disparar enquanto na moderna 23mm o responsável pelo armamento direciona a torreta com um “joystick”.

BFESP
Visitante
BFESP

Cel. Nery. O Sr. deve estar mais por dentro do assunto. Como anda essa manutenção dos nossos? E o Poti está satisfeito com o equipamento russo? Ele é isso tudo que sempre querem colocar goela abaixo nos comentários aqui?