Home Aviação de Caça 40 anos do primeiro voo do caça MiG-29

40 anos do primeiro voo do caça MiG-29

13311
88
Protótipo do MiG-29 preservado no Museu de Monino

O primeiro voo do jato de combate Mikoyan MiG-29 ocorreu em 6 de outubro de 1977

O primeiro dos onze protótipos do caça Mikoyan MiG-29A, 9-01, fez seu primeiro voo no Aeródromo de Ramenskoye com o piloto de teste principal Alexander Vasilievich Fedotov, Herói da União Soviética, no cockpit. Fedotov tinha sido um piloto de testes na A.I. Mikoyan EDB desde 1958 e estabeleceu dezesseis recordes de velocidade e altitude em voo de aeronaves de alto desempenho. Ele faleceu enquanto testava o MiG-31 em 1984.

O MiG-29A é um caça de superioridade aérea de 4ª geração, monoposto, bimotor, de velocidade Mach 2+, construído pelo Mikoyan Design Bureau. Ele entrou em serviço com a União Soviética em 1983 e foi amplamente exportado para muitas outras nações.

O MiG-29A tem 13,37 metros de comprimento e tem uma envergadura de 11,4 metros. Seu peso vazio é de 11.000 quilos (24.250 libras) e o peso máximo de decolagem (MTOW) é de 20.000 quilos (44.100 libras).

Alexander Vasilievich Fedotov

O caça é propulsado por dois motores Klimov RD-33 turbofan que produzem 11.240 libras de empuxo, ou 18.277 libras de empuxo com pós-combustão. Tem uma velocidade máxima de Mach 2.25 (1.490 milhas por hora/2.400 quilômetros por hora) e um teto de serviço de 18.113 metros (59.100 pés). O alcance máximo com combustível interno é de 1.430 quilômetros (888 milhas).

O armamento consiste em um canhão automático Gryazev-Shipunov GSh-301 30mm com 150 cartuchos de munição e uma combinação de mísseis ar-ar, foguetes ou bombas transportadas em pilones inferiores ou pontos rígidos sob as asas e fuselagem.

Mais de 1.600 MiG-29 foram construídos.

FONTE: This Day in Aviation

88
Deixe um comentário

avatar
88 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
47 Comment authors
GIOVANI BENTOLuiz TrindadeMarcocolombelliLeonel Testa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana

Aposto que boa parte dos leitores do Poder Aereo ( os mais velhinhos) ainda lembram onde viram a primeira foto do MiG-29.

Ronilson
Visitante
Ronilson

Mig29 e su27 meus preferidos

Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana

Alexandre Galante,
Sou mais velho que você. Mas você viu primeiro, eu só fui ver quando fui comprar o número da Aviões de Guerra que falava daquele pouso de uma esqudrilha na Finlandia, acho que em 1986.
Lembro que foi muito bom, dei de cara com boas fotos coloridas de um avião que nunca tinha visto.

Edcarlos
Visitante
Edcarlos

O blue one merecia uma tratamento melhor, dentro de uma área coberta. Quem sabe até em condições de voo. Talvez nos 50 anos!

Saudações!

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

A primeira foto do Mig-29 eu vi na Aviões de Guerra.

Marcos
Visitante
Marcos

Conta a história da Finlândia.

teropode
Visitante

Eu havia perdido a oportunidade de compra o exemplar que falava sobre o Su-27 , aquilo foi o fim , mas em 1990 um colega que trabalhava na COSIGUA e foi fazer treinamento em JF na MJSiderugica ,tinha um exemplar repetido ,kkkkk , aquilo foi a glória , paguei a conta da boate de tanta felicidade ( Tá comigo até hoje ) , não contém para os russófilos !

Cerberos
Visitante
Cerberos

vi numa capa de revista, não lembro qual, me chamou a atenção por ser diferente de tudo que já tinha visto e achei o avião mais bonito já produzido. Fato que se repetiu com o mig 47.

Pangloss
Visitante
Pangloss

Quando eu vi a Aviões de Guerra com o MiG-29, vieram à minha cabeça dois pensamentos:
1 – Que avião lindo!
2 – O Ocidente está perdido!
Ainda bem que o segundo pensamento estava completamente equivocado…

Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana

Marcos,
Foi o início da era da ‘cara de vaca atolada’, quando a ainda União Soviética começou a mostrar o que tinha.
Nos dias 1 a 4 de julho de 1986, seis MiG-29 voaram até a Base Aérea de Rissala na Finlândia. Era a primeira aparição pública e oficial do MiG-29 no Ocidente.
Os ocidentais ficaram com a característica cara de quem está absolutamente sem graça, tamanha a surpresa com o avião, poucos anos mais tarde em Farnborough e Paris, os pilotos europeus e americanos iriam até mesmo recusar uma disputa sobre quem faria a curva mais apertada, temendo um vexame público

Flanker
Visitante
Flanker

O primeiro Mig-29 que vi foi quando cheguei na banca para comprar Aviões de Guerra. Tenho todos os números dessa coleção até hoje.

Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana

Os voos soviéticos ‘goodwill’ já existiam. Em 1978, um esquadrão de uma nova versão do MiG-23 (propositalmente despojada) voou também para a Finlândia. Os aviões, novinhos, causaram boa impressão.
Em 1971, um outro esquadrão de MiG-21MF novos em folha, causou um frenesi, quando visitou a França.

João Bosco
Visitante
João Bosco

Eu o tinha visto em Aviões de Guerra e o achei muito bonito, mas pouco se conhecia sobre ele na época. Coisas da Guerra Fria.
Mas adorei montar uma maquete dele em 1/72, feita na … Ucrânia! Apanhei pacas, mas saiu…

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

O Mig-29 é um ícone da aviação militar no mundo de todos os tempos. Bela matéria.

Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana

Olha quem estava na capa da revista que o Galante viu:
.
comment image

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Não lembro da primeira foto, mas a primeira reportagem foi numa extinta revista da Editora Globo sobre tecnologia, da qual não lembro o nome agora. Falou algumas (que hoje sei serem) abobrinhas mas comentou algumas coisas interessantes da aeronave.
.
Já o Su-27 eu só fui ver alguns anos depois, numa Flap Internacional, numa foto em preto e branco sobre Farnborough 94 (eu acho).
.
Agora contem quem tem esposa/namorada capaz de diferenciar o MiG-29 do Su-27. Isso era motivo de orgulho 20 anos atrás…

Mauricio_Silva
Visitante
Mauricio_Silva

Olá.
Interessante notar que a partir de uma mesma concepção básica, se tenha construído dos aviões: o Mig-29 e o Su-27, permitindo um “mix” high-low (Su-27 e Mig-29 respectivamente).
Nos EUA, o mix “equivalente” se deu com o F-15 e F-16, aparelhos completamente distintos.
SDS.

Humberto
Visitante
Humberto

Não sei, para mim a grande surpresa foi o MIG 25, este sim, metia medo. Ja o Mig 29 apesar de arrojado era um avião que tinha sido pensado em combater o F-15, mas não era considerado O BICHO PAPÃO. No mais, os gringos já tinham o F-16 que sempre foi bom nas curvas não?
Agora decepção mesmo foi quando apareceu o MIG 31, algo muito longe do Firefox hehehehe.

Nonato
Visitante
Nonato

Por que o mig 29 ou 31 metiam tanto medo?
O que tinham de diferente em relação aos antecessores ou rivais?
O 31 sei que há aqueles dois motores enormes soltando labaredas de fogo capazes de fritar qualquer míssil que se aproxime…

Nunão
Visitante
Nunão

Nonato, em poucas palavras:
Se correr, o MiG-31 pega.
Se ficar, o MiG-29 come.

Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana

Poxa Nonato, você deu uma boa ideia, “flame burning measures” FBM, vulgo, rabo de foguete.

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Dos grandes caças russos, o Mig-25 e o Su-27 causaram muito mais perplexidade do que o pequeno Fulcrum. Mas, quem já viu a aeronave ao vivo isso pouco importa: baita de design e uma lição de como se pode fazer muito com pouco.

Sds

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Rustico como deve ser um jato de combate, principalmente pela tampa que se fecha na entrada de ar durante a decolagem, protegendo contra estilhaços na turbina, numa guerra nao ha tempo pra ficar limpando a pista.

zorannGCC
Visitante
zorannGCC

Eu não lembro direito onde vi este avião pela primeira vez.
.
Não lembro se ele estava maquele álbum de figurinhas da Embraer e da Antarctica. Que vc trocava tampinhas por figurinhas. Passava o tempo todo olhando as guias e sarjetas e pedindo tampinhas nos bares. Se ele estava no álbum, foi ali que eu vi.

Jaci Fernandes mota
Visitante

Bom dia a todos mais tem uma nova geração de caças que estão surpreendo com desempenho e eficiência em território nos combates aéreos.

donitz123
Visitante

Bela aeronave que só veio a maturar agora. Teria sido realmente top de linha se a então indústria eletrônica soviética estivesse em pé de igualdade com o ocidente. Depois veio o colapso da URSS que não ajudou em nada suas atualizações.

Tio Rosenweiss
Visitante
Tio Rosenweiss

Lendo essa reportagem, bateu uma nostalgia da saudosa URSS!!!!!! Tempo que eu era um jovem comuna que sonhava em comer criancinhas….

MBP77
Visitante
MBP77

Design muito mais limpo e harmônico do que o do MIG-25 (até porque detinham funções díspares).
O achava o mais belo caça soviético, até ver o SU-27 pela primeira vez.
Aliás, na minha opinião, só há um rival à altura do Flanker em matéria de design: o querido (e finado) F-14 Tomcat.
Sds.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Zoran,
O meu primeiro contato com aeronaves foi com esse álbum da Antárctica. Tinha ele completo e dezenas (talvez centenas de figurinhas repetidas), pois meu pai era vendedor de bebidas para bares e conseguia juntar facilmente as tampinhas rsrs.
E até hoje não sei como meu álbum desapareceu. Só sei que sumiu durante a minha adolescência.

Ricardo Da Silva
Visitante
Ricardo Da Silva

Alexandre Galante;
Roberto 10 de outubro de 2017 at 20:49;
HMS TIRELESS 10 de outubro de 2017 at 21:19 ;
Pangloss 10 de outubro de 2017 at 22:02 ;
Flanker 10 de outubro de 2017 at 22:12;
João Bosco 10 de outubro de 2017 at 22:15 ;

Lembrando a primeira página da revista “Aviões de Guerra”:

“MiG-29: Sem Paralelo !”

Ricardo Da Silva
Visitante
Ricardo Da Silva

O bicho, ainda é bonito !
Na minha opinião é um dos 3 mais belos caças já construídos, perdendo apenas para o Mirage 4.000 (1º) e o IAI LAVI (2º).

Confesso que “sonhava” com um Hi-Low MiG-29 (por ser bimotor) e IAI Lavi (por ser monomotor).

zorannGCC
Visitante
zorannGCC

Olá Rafael Oliveira! . O meu também, não sei como sumiu. Foi também na adolescencia. Deve ser coisa de mãe de jogar tudo fora. Quando fui estudar, deixei minhas coisa importantes todas encaixotadas, com um pedido de não jogar fora. Até minha coleção de rótulos de cigarro, que era absurdamente enorme (com rotulos desde 1920, decadas de 50 ate ate meados da decada de 80 completa – com todas as variaveis de rotulos, desde pequenas mudanças – a parte mais antiga desta coleção ganha de um senhor de idade, vendo minha dedicação) , ela jogou fora. . E você sabe… Read more »

cwb
Visitante
cwb

também vi na revista aviões de guerra

Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana

Vila Rica, Albany, Paqueta, Imperador e muitas outras. Eu colecionava de tudo. Lembro que meu pai trouxe um Rothmans importato com vinte cigarros, ninguem tinha.
Tempo bom…

EParro
Membro
Member
EParro

Roberto 10 de outubro de 2017 at 20:49

Sou bem mais novo que você (hahahaha) e também conheci o MiG-29 nesta mesma revista.

Saudações

Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana
EParro
Membro
Member
EParro

Roberto 11 de outubro de 2017 at 9:57

E Chesterfield, você tinha?

Quando a gente lembra da infância, tudo parece sempre bom.

Roberto F. Santana
Membro
Famed Member
Roberto F. Santana

Eu não tinha. Na época acho que ele não era comercializado no Brasil. Creio que o Continental era a versão brasileira.

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

O MIG-29 foi uma revolução no visual dos caças da então URSS. De aparência mais ao estilo ocidental, me lembro de alguém comentando à época sobre as linhas mais aerodinâmicas do novo caça, que traduzia de certa forma uma mudança de pensamento dos soviéticos, que até então consideravam que qualquer coisa com asas e um motor potente poderia voar.. Uma crítica foi em relação a sua baixa altura em relação ao solo, devido a um trem de pouso sub-dimensionado o que o impossibilitava de transportar algumas armas sob a fuselagem. Outro ponto interessante, é que muitos aviões mudam bastante visualmente… Read more »

Ricardo
Visitante

Eu vi a primeira vez em fascículo que reunia vários posteres de aviões de guerra, isso foi nos anos 90, acho que acabei perdendo nas mudanças da vida…
Depois reencontrei com ele comprando a revista TOP GUN, essas eu doei para a biblioteca municipal.

Hawk
Visitante
Hawk

Caramba! Tô véio! :p
Ainda me lembro dá primeira vez que vi e ouvi falar desse o avião foi no livro “Aviões de Combat Migs”! Isso foi em 1990!
Era uma época onde ainda existiam “aviões secretos” entre as potência! 😉

EParro
Membro
Member
EParro

Roberto 11 de outubro de 2017 at 10:54

Exato!
Consegui com um primo que comprava de um sujeito que trazia lá de Santos (longa história).

donitz123
Visitante

Bom documentário sobre o desenvolvimento do MiG-29.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Pois é Zoran!
.
Eu acho que o meu álbum sumiu antes de eu sair de casa para fazer faculdade. Já a minha pequena coleção de embalagens sumiu durante a faculdade, mas, nesse caso, ela perguntou e eu autorizei ela jogar fora rsrs.
.
Ah, acho que não tinha o Mig 29.
.
Nessa época, meus avião preferido era o Sepecat Jaguar, acredito que mais pelo nome do que pela aeronave em si. Levava uma figurinha na minha carteira, junto com uma “cartão” do Corinthians rsrs.

Nunão
Visitante
Nunão

Eu não me lembro de aviões russos nesse álbum da Antarctica, que também colecionei. Capaz de ainda ter no fundo de alguma caixa. Algum dia quem sabe eu procure.

Nunão
Visitante
Nunão

Tem imagens na Internet pra quem quiser matar a saudade. Me lembro que, como sempre fui colecuonador mais heterodoxo que ortodoxo, quando acabou a troca de figurinhas e meu álbum estava ainda bem incompleto, preenchi os buracos com fotos das aeronaves de revistas diversas e desenhos meus.
.
Segue resultados de rápida pesquisa no google:
http://webkits.hoop.la/topic/quando-foi
.
https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-754471830-album-o-mundo-maravilhoso-da-aviaco-embraer-antarctica-_JM
.
https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-714807316-album-o-mundo-maravilhoso-da-aviaco-embraer-completo-_JM

Bosco
Visitante
Bosco

10 anos mais novo que o F-16 e o F-15 mas toda vez que foi interceptado foi porque não tinha ECM, não tinha RWR, não tinha chaffs e flares, o piloto não era bom o suficiente (não era um cossaco), foi pego de surpresa e não manobrou, não tava armado, a manutenção não era boa porque os mecânicos não eram russos, etc. Ufa!!!

Bavaria Lion
Visitante

Um monstro. Belo e capaz.